Um resumo da jogada editorial da Globo para proteger a Lava Jato

Canal Meteoro explica cada uma das decisões editoriais que o Jornal Nacional tomou, na noite do dia 12, para proteger Moro e Dallagnol dos vazamentos do Intercept

Jornal GGN – Como e por que a cobertura da Globo sobre o vazamento da Lava Jato está isolada do resto da cobertura do mundo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Xadrez do auto-impeachment de Bolsonaro, por Luis Nassif

12 comentários

  1. Acho que já comentei mas repito: a Miriam teve de ficar repetindo um texto que lhe era ditado, mostrando que a voz tinha dono. Esperava que, ante o ocorrido, passassem a ter um pouco mais de dignidade e tentassem preservar a reputação ( nem que fosse a que julgassem ter). Mas mostraram porque são pagos.

    2
    1
  2. A #RedeGlobo entrou em pânico e acusou o Kremlin de ter espionado Sérgio Moro e Deltan Dellagnol. Avisem os russos que nós já sabemos a verdade. Quem entregou os chats para o The Intercept foi o Bebê Diabo do Notícias Populares. Ele cresceu e virou hacker.

  3. Veremos que toda fábrica de ilusões tem um grande depósito de lixo…

    comparem as notícias com os botões de comando do simulador jurídico da lava jato e confirmem

  4. O TIB tem usado de grande estratégia para maior atenção ao assunto. Quero ver se as coisas contra a globo forem colocadas nas mãos da folha de São Paulo e veremos se a globo vai fazer de conta que não há nada quando sair podres dela no uol.

  5. o hacker capturou minha ideia pincipal
    que consistia no total descrédito à
    rede globo de televisão e no desejo de que
    se lasque logo, o quanto antes….

  6. Pensando bem, os maiores especialistas em grampos, interceptações telefônicas e de comunicações em geral está dentro das polícias. Eles são treinados para descobrir hackers, invadir privacidade, quebrar sigilos e fazer monitoramento em tempo integral.
    Looogo, fica difícil aceitar uma narrativa que não seja a do “inside job”.
    Trabalho interno, persistente e encomendado, pronto para detonar na hora certa, pois que tudo o que está sendo denunciado nem é novidade e nem parecia ser segredo.
    Apenas o grande público zumbi não percebia que se representava uma grande farsa.
    A narrativa agora vai ser o fator preponderante para a credibilidade dos fatos e, por enquanto, ela está com a globo, a especialista.
    Vamos ver como se sai o denunciante e a quem ele agrada, já que todos os interessados, vítimas e algozes estão envolvidos nessa briga de cachorro grande, a saber: MPF, STF, PF, meios de comunicação, congresso, igrejas, bancos…

  7. Circula o curriculo de Glenn Greenwald, editor chefe do Jornal Intercept, reproduzido abaixo. Impossivel ignorar ou depreciar até que a globo apresente algum jornalista de seu quadro, com curriculo SIMILAR, para contestar JORNALISTICAMENTE, o conteúdo contido neste 1% apresentado pelo Intercept.
    PS1 – caso exista algum jornalista tão capacitado na Globo não creio que se prestasse ao papel ridiculamente falso a que estão se submetendo os atuais jonalistas menos qualificados ali existentes.

    O curriculo de Glenn Greenwald:
    * Advogado especialista em direito constitucional;
    * Ex jornalista do “The guardian”
    * Prêmio Izzy – 2009;
    * Prêmio de Jornalismo On line – 2010;
    * Prêmio Gerge Polk – 2013;
    * Prêmio Esso de reportagem (primeiro estrangeiro a ganhar) – 2013;
    * Prêmio Libertad de Expresion Internacional da revista argentina Perfil – 2013;
    * Prêmio Pioneiro da Electronic Frontier Foundation – 2013;
    * Prêmio Pullitzer – 2013 (é um PULÍTIZZER VÉI)
    * Indicado pela revista Foreign Policy como um dos 100 principais pensadores globais de 2013;
    * Ganhador do Geschwister-Scholl-Preis, um prêmio literário alemão – 2014;
    * Ganhador da Medalha McGill de Coragem Jornalística do Colégio Grady de Jornalismo e Comunicação de Massa da Universidade da Geórgia;
    Mas preferem citá-lo como marido do Deputado David Miranda do PSOL, o que nem de longe é demérito em qualquer grau.

    (Obs: Ainda não vi este curriculo publicado no GGN. Caso já tenha ocorrido peço que ignorem este comentário)

  8. Pela primeira vez a estratégia de manipulação da Globo não está funcionando. E por uma razão surpreendente: os desinformados da direita xucra e os evanjegues, que são o alvo das manipulações da Globo, foram convencidos por Bolsonaro a NÃO assistir a Globo. O único público fidelíssimo do Jornal Nacional (bem como de toda a programação-lixo da Globo) é a nossa velha esquerda, que padece da Síndrome de Estocolmo, em relação à emissora. Fica uma lição: quem quer combater um inimigo, não se apaixona por ele.

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome