O bloqueio das verbas de custeio, autorizado por Jair Bolsonaro, vai paralisar todo o sistema de ensino superior e dos Institutos Federais de Educação. E foi motivado exclusivamente pela tal guerra ao marxismo cultural que orienta todas as ações de governo e pelos investimentos de Paulo Guedes no setor privado.

É tão maluco esse desmonte quanto seria a ideia de estatizar o setor privado. São posições ideológicas sem nenhuma avaliação sobre o resultado final para o país.

Essa loucura vai desestruturar o sistema universitário, prejudicar milhares de alunos, interromper pesquisas científicas, comprometer o atendimento dos hospitais universitários.

Insisto: o país não pode continuar refém desses celerados. O governo é transitório. Dura um mandato, dois, com reeleição. Há obras que são permanentes, como é o caso do sistema de ensino público. Não há nenhuma possibilidade de conferir a um mandatário o poder de destruir uma construção intergeracional e, mais do que isso, essencial para o desenvolvimento do país.

Talvez essa irresponsabilidade  seja derrubada em breve, por uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal). Mas como se pode conviver com armadilhas diárias, desmontes diários de toda uma construção política, social, de várias gerações de brasileiros, não apenas destruindo o que foi construído ao longo de décadas, mas deixando um vácuo, sem nenhum projeto alternativo?

O STF, o Congresso, o Judiciário, as Forças Armadas são parte do Estado brasileiro. Não podem permitir a continuidade dessa loucura. Se não agirem, serão cúmplices da destruição do país como Nação.

Leia também:  Reforma tributária será apresentada após aprovação da nova Previdência

 

 

52 comentários

  1. Estou de pleno acordo. Para salvar as universidades e a educação em geral, é preciso interditar esse ignaro nazista Jair Bolsonaro. #ImpeachmentdeJairBolsonaroja.

  2. Metáfora: Uma pessoa de mãos fracas empunhou uma arma pesada. A mão, vacilante, deixou a arma cair no chão. A queda fez com que a arma disparasse e a bala atingiu uma outra pessoa. Esta pessoa está na UTI.
    A arma é o poder político. A pessoa de mãos fracas, o PT. A mão vacilante, o Lula, a Dilma, ou qualquer outro vacilão. A bala, o bozo. Na UTI está o país.

    • E o Lâmpada é a vela de 5W que vai iluminar o cenário mundial para solução dos problemas da humanidade.

    • Tuas metáforas são o sinal de tua raiva ignara. Por pessoas como tu passou a perseguição aos judeus na Alemanha e passa agora a destruição do Brasil como nação. Tu és um covarde irresponsável.

      • Ataques pessoais, faz o que critica em outros, mais um de nossos milhões de hipócritas.
        Tenho verdadeira compaixão de simplórios como você. Distribui julgamentos sem nada conhecer. Sacrifica o senso crítico em nome de seus ídolos de carne e osso. Pedante e pretencioso, ignora o fato de quem preparou, por vias legais, o estado de arbítrio que vivemos, foi o próprio PT, com o seu republicanismo, suas leis antiterroristas, seu empoderamento da polícia e do MP, suas escolhas para os tribunais superiores, etc. Um líder máximo, que se pretendeu absoluto, que entre um puro e um vinho premiado, se comprazia em dizer que socialismo era doença infantil.

      • Ataques pessoais, faz o que critica em outros, mais um de nossos milhões de hipócritas.
        Tenho verdadeira compaixão de simplórios como você. Distribui julgamentos sem nada conhecer. Sacrifica o senso crítico em nome de seus ídolos de carne e osso. Pedante e pretencioso, ignora o fato de quem preparou, por vias legais, o estado de arbítrio que vivemos, foi o próprio PT, com o seu republicanismo, suas leis antiterroristas, seu empoderamento da polícia e do MP, suas escolhas para os tribunais superiores, etc. Um líder máximo, que se pretendeu absoluto, que entre um puro e um vinho premiado, se comprazia em dizer que socialismo era doença infantil.

    • “A pessoa de mãos fracas, o PT.”
      Melhor se tivesse as mãos fortes e dominasse o Brasil?
      Querias um PT ditatorial?
      No que o sr. ajudou o PT a fazer um Brasil forte?
      Bolinhos. Agora eu vou fritar!

  3. Bem, caro Nassif, como você escreu, serão cúmplices… Quer dizer, desde sempre, são cúmplices. É só verificar, por exemplo, a “passada de mão” em relação ao financiamento da última campanha eleitoral por parte de pessoas jurídicas, através do que há de pior: falsas notícias e ataques carniceiros via internet e wathsapp, sem que os fux da vida iluminassem qualquer caminho. Então, vale o Jucá: com stf, com tudo.
    Cúmplices nem seria o termos correto: talvez, associados milicianos juridiquês?

  4. Tem que tirar o Bozo antes que ele acabe com o Brasil.
    Aqui em Sampa os amigos do Bozo já começaram a destruir o SAMU.
    O prefeito Bruno Covas promoveu uma “reestruturação” no SAMU, que consistiu em fechar várias bases.
    A demora para o SAMU atender um chamado chega até 12 horas.
    É impressionante como eles encontram eufemismos ou nomes bonitinhos para disfarçar o desmonte dos serviços sociais. “Reestruturação” se traduz em desmonte, sucateamento.

  5. Obrigado pela ofensiva anti-bolsonaro, Nassif. Espero que os blogs progressistas também participe desta empreitada. É preciso agir antes que seja tarde demais.

  6. Eita, que não aprendem! Isso não é loucura, é capitalismo, de extrema-direita, tosco e bisonho, mas ainda mais capitalismo, racionalidade capitalista sem disfarces. Parece que o fato de mostrar a verdadeira face do sistema capitalista incomoda, e para não discutir de fato as questões políticas e ideológicas, apela-se para o estigma da loucura.
    Sr. Nassif, outros comentaristas já disseram mas é impossível não dizer o óbvio: pedir ajuda ao STF, Congresso e Forças Armadas? Tá de brincadeira? Quem deu o Golpe de 2016? (barulho de grilos esperando a resposta dificílima…).
    Que tal nós, a sociedade civil, sairmos das redes sociais e da internet e fazermos um dia ou uma semana inteira de protesto?
    Meu, os jovens do mundo estão dando exemplo com as greves estudantis pelo clima. E não têm experiência de vida, não sofreram, ainda, perdas civis e em outras lutas políticas, mas assim que foram informados pela Grande Greta Thunberg (muito engraçado, eu quando jovem tinha ídolos mais velhos, e agora, a caminho da velhice, meus ídolos são os jovens ativistas pelo meio ambiente!, isso é que é intergeracional, rs) que o futuro deles estava em risco e chamados a agir, estão fazendo REVOLUÇÃO!
    É claro que vocês não sabem, mas depois de uma visita dela e outros ativistas britânicos como a Anna Taylor (17 anos) ao Parlamento britânico, e meses de mobilização de ativistas de todas as idades – por justiça, os jovens são lindos porque são naturalmente idealistas e ainda inocentes em política, mas é um trabalho conjunto e os veteranos de outras guerras sociais estão dando um show de diversidade, democracia, maturidade (sem estrelismos), trabalho coletivo, solidariedade, rebeldia, desobediência civil, rock n’roll social (sou fã mas tudo que estou dizendo é verdade, rs) – como o Extinction Rebellion, o Parlamento votou anteontem uma moção para declarar a mudança climática uma EMERGÊNCIA!
    E como dizem que em todo lugar do mundo se acha gente do Brasil, bem, no vídeo de apresentação da moção, que acabei de assistir, o Brasil esteve presente em dois momentos:
    a partir de 13 minutos, ao mencionar a cidade do Rio de Janeiro como uma cidade condenada pela mudança climática, e a partir do minuto 33, para falar do Vergonhoso e da Amazônia; um detalhe importante do discurso é a referência do Jeremy Corbyn ao boicote ao financiamento dos combustíveis fósseis do Sul Global – ou seja, Brasil e Venezuela…
    Acorda, Brasil.
    Ao PT: quem no partido sabe ou está trabalhando em alguma coisa relacionada à mudança climática e a um modelo de transição sustentável para a nova sociedade sem petróleo? – com justiça social, que é obrigatoriamente ambiental, ou não será.
    Precisamos nos dar conta de que a tolerância com o Golpe esperando pelas eleições quebrou o moral do povo. As pessoas foram domesticadas para esperar pelas instituições, esse o grande erro – não que elas sejam depredadas, mas se elas se deixaram usar para dar o Golpe não estão em condições, nem interessadas (basta ver o comportamento do sr. Barroso, um sabotador da corte) em se redimir de seus erros até porque o que as motivou (chantagem, cumplicidade, quem dá mais… ) ainda está em pleno funcionamento.
    Chega de esperar pelo lobo para salvar o cordeiro. Cordeiros do Brasil, levantem-se e ajam – e quando forem a manifestações, não sejam mal-educados com a cidade e cuidem de seu próprio lixo, e se possível, prestem atenção às pessoas que estiverem se apresentando. Manifestação de esquerda ultimamente parece, tragicamente, happy hour, em que as pessoas vão para tirar selfies, tomar cerveja, literalmente jogar conversa fora enquanto o país e o planeta pegam fogo, também literalmente, tudo para recomeçar a Grande Máquina no dia seguinte… Isso para não falar do apartheid e da sensação de “o que é que estou fazendo aqui…”, as panelinhas e a falta de companheirismo e empatia – nem parece que estão lutando pelas mesmas coisas… porque talvez não estejam mesmo, nem lutando nem pelas mesmas coisas… quais são mesmo?

    Abaixo, vídeo do Jeremy Corbyn no Parlamento Britânico

    Jeremy Corbyn MP, Speaks to Environment & Climate Change Debate – Extinction Rebellion – May 1st
    https://www.youtube.com/watch?v=-gClS_anyAk

    Da Nação Zumbi, o novo nome do Brazil, “Um sonho”
    https://www.youtube.com/watch?v=WlatHB9jZ1g

    Do saudoso Caju, Cazuza (profeta que precisa ser ouvido diariamente), “Ideologia” (o que seria de nós sem música?)
    “MEUS INIMIGOS ESTÃO NO PODER”. Quer uma ideologia pra viver? Seja ativista ambiental, e depois de impedir a destruição do planeta e garantir a sobrevivência, como dizia o Abujamra, estrague sua vida como quiser.

    https://www.youtube.com/watch?v=cDtp1z33tXY

    Sampa/SP, 03/05/2019 – 21:10

  7. Nunca vi tal coisa. Una sociedade estática a ver tudo sendo desmontado a vista de todos. Governador demonstrando prazer en matar e mandar matar através da PM. Exercito matando civis. Sociedade babaca ou covarde? Aqueles que podem se calam. Crer no judiciário? Grande ilusão. Poderes podres e corruptos.

  8. Só acho que, se considerarmos que Bolsonaro é um fantoche de Trump, faz todo o sentido destruir o Brasil.

    Só assim se explicam as ações desse governo.

  9. No dia 02/01/2019 Bolsonaro publicamente agradeceu ao General Villas Boas – comandante do Exército: “O senhor é um dos responsáveis por eu estar aqui”. O general chorou de emoção…
    Infelizmente, tudo indica que as nossas Forças Armadas estão sob o comando de militares entreguistas e, portanto, traidores da pátria.
    Existem militares nacionalistas e defensores da soberania nacional ? Quantos ?

  10. Lembrando que tem o centenário Colégio Pedro II que vai da educação Infantil ao médio também neste corte. É um nefasto que faz isso. É a incarnação do mal. Foi a saúde, o meio ambiente, agora a saúde!

  11. A missão do governo é muito maior do que destruir o sistema educacional. Ele cumpre a missão de destruir o Brasil, cumprindo um roteiro preparado há anos, esperando execução por Aécio, começado por Temer e continuado brilhantemente pelo grupo atual, com Bozo fazendo figuração para a arquibancada. A questão educacional é apenas um detalhe, para agradar ao bruxo Olavo, que tem ódio pelo saber e pelos que o defendem. O que mais interessa é o petróleo, como nos golpes de 54 e 64. Com o pré-sal, e seguindo dados espionados desde 2006 (wikileaks), foi montada a operação de lawfare, iniciada com o mensalão, depois lava-jato e outros nomes que devem achar criativos. Com o petróleo da Venezuela, Brasil e agora Guiana, os EUA não necessitarão do que vem do Oriente Médio, com guerras tão caras. Aqui basta comprar alguns deputados e “operadores do direito”, e o governo sai quase de graça. Na Venezuela está mais caro, é preciso pagar um bando de caras fortes, de cabelo cortado igual, para fazer de conta que são manifestantes e causar mortes que sejam pretexto para invasão. Já tentaram isto desde o tempo do Chavez (ver o filme South of the Border). Mas lá se invadirem pisarão nos pés de chineses e russos, por isto estão mais quietos, e tentando mandar seus cachorrinhos dos outros países como bucha de canhão.

  12. Caro e ilustre Sr. Luiz Nassif. Teria sido preciso haver reação quando se apresentaram os primeiros indícios de que a operação Farsa a Jato era toda jogada na finalidade de solapar as estruturas e os fundamento das bases da economia, da política e das instituições, em 2014.
    Teria sido preciso perceber que se formava um cenário de GOLPE quando o Aécio entrou com o pedido de anulação das eleições em 2015 e a quadrila do Cunha começou a agir no Congresso em 2015.
    Teria sido preciso estancar o GOLPE quando o usurpador e traidor Temer aprovou o congelamento de gastos públicos por vinte anos e o Serra correu pelos bastidores para aprovar os instrumentos para entregar o pré-sal às petroleiras internacionais em 2016, conforme prometera à Chevron, em 2009, durante a campanha para as eleições presidenciais de 2010.
    Era preciso denunciar as fraudes que se praticavam às vésperas das eleições de 2018.
    Mas o PT não fez nada.
    Então, é tudo culpa do PT.

  13. Inércia que vem da cumplicidade…
    quando acontece, já era, impossível interromper

    quando apenas “estavam” fascistas, ainda dava para interromper

    agora não dá mais porque hoje eles são fascistas, não apenas estão

    O mundo civilizado já concluiu que são realmente e começou a isolar o Brasil

  14. Parabéns, Luis Nassif! É bonito de ver a resistência ao golpe! E aqui, sem desmerecê-la, ela é até comedida. Conheço muitos – mas muitos mesmo – setores, grupos e pessoas que estão trabalhando junto com o GGN fervorosamente e sem parar desde antes do impedimento de Dilma, desde antes da prisão do Lula, por uma nova democracia e consciência onde não caibam mais palhaçadas de criminosos como esses Bolsonaro, Sérgio Moro, Dallagnol (entre as celebridades) e outros menos célebres mas não menos nefastos.

    E não é que a pressão está dando resultado? Quantos são os que até votaram nesse inepto do Bolsonaro, que apoiaram o limitadíssimo Sérgio Moro mas que, de um tempo para cá têm enxergado com mais clareza quem são, e o mais importante, o que fazem os golpistas? Quntos são os heróis célebres e também os milhões de anônimos a fazerem de tudo para não só interromper esse ataque contra a Democracia, gente daqui e de muitos outros países.

    A resistência é enorme e cresce dia-a-dia, na medida em que o efeito estupefaciente do ódio vai arrefecendo, na medida em que percebemos o papel do dólar e desses traidores que querem acabar com nossa prosperidade! Já éramos milhões em Outubro passado e hoje somos muitos mais!

    Parabéns novamente, Nassif, e rumo interrupção da destruição do Brasil e à sua reconstrução!

  15. Nassif só derruba Bolsonaro quem colocou ele lá ,nós esquerdistas/progressistas só podemos é espernear/orientar mesmo,o q está ocorrendo é um PROCESSO REVOLUCIONÁRIO NADA CONSERVADOR E CRISTÃO com viés ideológico(o povão dirá “Quêê?”)está sendo bastante pedagógico/construtivo para Bolsominions, principalmente EMPREOTARIOS MÉDIOS PEQUENOS(eles não eram os bonzões?)a questão realmente é se estruturalmente o Brasil vai resistir pq DESTRUIR É FÁCIL(Bolsonaro)o DIFÍCIL É CONSTRUIR(Lula)é preciso “aproveitar”o momento de forma construtiva para o futuro,o desgoverno destruirá fácil quero ver é o depois…mito,mito,mitoooooo!!!
    Ass.:José Marcelo – analista especialista em qq assunto formado pela faculdade da vida!!
    Obs: Comentário meu histórico(no meu mundo!)

    • Fico admirado pessoas inteligentíssimas com doutorado e etc…CRITICANDO…O PT/LULA,ainda,acham pêlos em ovo e vivem do passado,LULA TÁ PRESO BABACAS, não tem nada disso não q o PT não faz nada pq pensa nas eleições,ora agora só existe o PT pra fazer oposição!?CADÊ OS OUTROS!? Vejo professores ao invés de analisar os estragos de Temer/Bolsonaro ficam dizendo “Ah mas o foro de SP…”querem saber…é chicote nas costas mesmo pra ver se despertam da programação mental,o q digo ao PT é q façam leis protegendo a nossa soberania!
      Obs:Se Nassif puder por gentileza deixar em destaque este desabafo,AGRADECIDO…,mais ainda,vaaaleu !!

  16. Tem que tirar o Bolsonaro e não só pela destruição da Educação. Mas… Ontem o ministro da defesa da Venezuela Vladimir Padrino veio a público declarar que os Estados Unidos quis comprá-lo a um mercenario na última tentativa de golpe. Quantos mercenarios tem no poder do Brasil incluindo judiciário, forças armadas, legislativo e mídia? Quem tem o caráter do ministro da defesa da Venezuela?

  17. Desculpe Nassif, em geral concordo com suas avaliações, mas neste caso não. Não tem base pra impeachment. Seria outra farsa, como foi com a Dilma. Não da pra partir pro impeachment toda vez que as instituições – MP, STF, Congresso, não fazem seu trabalho. Se houver enquadramento das ações loucas do governo, tanto no legislativo quanto no judiciário, e principalmente, se a justiça terminar a perseguição política desastrosa contra Lula e permitir que a oposição se organize, haverá pressão suficiente para colocar a trupe bolsonaro sob controle, apesar de que, claro, eles continuarão fazendo um projeto de desmonte (para o qual, é bom lembrar, foram eleitos democraticamente), mas sem aberrações inconstitucionais.

    O voto é sagrado, e Bolsonaro foi eleito. Não dá pra mudar isso. Ao invés do impeachment, deveríamos estar perguntando, afinal, porque as instituições não estão fazendo seu papel e investigando – por exemplo – as ações ilegais da campanha, com disseminação de fake News pagas por terceiros (caixa dois). Isto, sim, poderia dar base legal para impedimento (caso tenha havido, como parece, irregularidades seríssimas).

    Enfim, é isso. Não posso embarcar em campanha de impeachment depois de tudo que já banalizaram esse instrumento que deveria ser apenas para crimes sérios.

    • É isso, eleito por 52 milhões, por mais que a gente considere a eleição fraudulenta, foram 52 MILHÕES de votantes que chancelaram uma eleição baseada em fake news. 52 milhões que agora comemoram em silêncio a destruição do país. Como se pode supor que não estão felizes (por dentro)? Ontem mesmo um colega de trabalho comentou com outro sobre os cortes na universidade no que o segundo respondeu “tem que cortar mesmo, só tem vagabundo” (ao menos o primeiro fez aquele silêncio surpreso e um pouco desapontado). Agora é deixar acontecer, é um processo longo, é otimista dizer que vai durar somente quatro anos, pode durar mais de uma década. Não podemos sofrer do imediatismo do nosso tempo curto de vida comparado ao tempo da história, por mais que esteja sendo difícil viver em meio à terra arrasada e que estejamos sofrendo as consequências, não existe ciclo na história que dure somente três meses. Como já disseram aqui, só quem o colocou lá pode tirar, é tempo de observar, ler, refletir, lutar pelo que der. Fora isso, só uma uma via menos ortodoxa.

  18. O lider do “Bando de maluco” está forçando a barra para que lhe deem um pé na bunda e ele volte para o barranco, onde poderá morrer encostado.
    É um preguiçoso, perigoso e vingativo, mas um preguiçoso. A missão foi demais para este sujeito que nao quer porra nenhuma com trabalho, como demonstrou antes de ser sacado do exército e durante quase 3 décadas no congresso, .

  19. URGENTE DEVER COLETIVO

    O alerta feito no artigo está corretíssimo, visto que é dever das instituições brasileiras impedir o prosseguimento da destruidora marcha da insensatez deliberada, empreendida pelo governo Bolsonaro. E tal dever é insofismável, sob pena de cumplicidade.

    O acintoso e repentino corte de verbas de instituições federais de ensino constitui ato lesivo aos direitos e princípios consagrados na Constituição Federal e, nesta medida, pode vir a caracterizar crimes de responsabilidade nos termos da lei 1.079/1950.

    Urge mobilizar as instituições representativas da sociedade para que estas exijam, de modo rigoroso, através dos meios formais e democráticos, o pleno respeito ao Estado de Direito e à Constituição, para barrar a destruição da República.

    E, para tanto, é preciso compreender, em toda a sua amplitude, a gravidade da afirmação feita por Bolsonaro ao dizer que o Brasil não seria um campo aberto para construir, mas que haveria muito a ser ‘desconstruído’, e que ‘desconstruir’ seria a missão dele.

    Salta à vista a evidência de que o significado do eufemismo ‘desconstruir’, na realidade, é ‘destruir’, e tal objetivo fica patente também em muitas outras medidas do governo.

    A sociedade brasileira não pode permanecer inerte diante da destruição do Brasil.

  20. STF, militares e corporações elegeram um miliciano para presidente da república, nada se pode esperar dessas instituições. Mesmo que substituam o delinquente, não haverá salvação para o que chamamos de democracia representativa. O colapso de um sistema econômico está em curso e a instituição armada aliou-se incondicionalmente aos que comandam o colapso.

  21. Nassif, Nassif, eles SÃO cúmplices dessa mixordia toda; todos abraçaram o golpismo.

    E a desculpa está na ponta da lingua. Podem fazer a lambança que quiserem que ” a culpa é do PT, PT, PT”.

    Enquanto esses imbecis nao forem tratados pelo que são, e enquanto nao for dado nomes aos bois, eles vao seguir em frente. A fase de debate racional, razoável com esses “liberais” e esses fascistas ja passou há muuuuito tempo.

    Ou os setores civilizados, democráticos afinam o discurso e botam na praça uma campanha adulta de comunicação, ou já era, vai ficar todo mundo assistindo ao Triunfo da Boçalidade.

  22. Já disso aqui e repito o seguinte: Temos ótimos jornalistas no Brasil que estão lutando pela libertação de nosso país. No entanto, nenhum se compara a Luís Nassif. Além de destemido, é perspicaz, dotado de muito conhecimento, o que lhe propicia análises inteligentes, contundentes e esclarecedoras, que trazem luz às trevas que estamos vivendo e mantêm viva a chama da esperança. Eu te amo, Nassif! Que tu viva, no mínimo, 100 anos!

  23. 𝗢𝘂 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗿𝗱𝗶𝘁𝗮 𝗷𝘂𝗱𝗶𝗰𝗶𝗮𝗹𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗼 𝗶𝗺𝗯𝗲𝗰𝗶𝗹 𝗽𝘀𝗶𝗰𝗼𝗽𝗮𝘁𝗮 𝗼𝘂 𝗽𝗿𝗲𝗻𝗱𝗲 𝗼 𝗰𝗮𝗻𝗮𝗹𝗵𝗮 𝗽𝗼𝗿 𝗰𝗿𝗶𝗺𝗲 𝗱𝗲 𝗿𝗲𝘀𝗽𝗼𝗻𝘀𝗮𝗯𝗶𝗹𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲. #𝗳𝗼𝗿𝗮𝗯𝗼𝗹𝘀𝗼𝗻𝗮𝗿𝗼 🐐🐐🐐

  24. DO LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL

    “TENTATIVA DE SEPULTAR O PENSAMENTO CRÍTICO
    A necessária recuperação do debate estrutural na América Latina
    ACERVO ONLINE | AMÉRICA LATINA
    por José Luis Fiori e Rodrigo Leão
    Maio 3, 2019” (https://diplomatique.org.br/debate-estrutural-na-america-latina/)

    Nesse mesmo jornal, ver a seção Miscelânea, e nela, as dicas para os sites:
    1 – https://interactive.afp.com/Balas-perdidas_253 (sobre as vítimas da guerra civil ignorada no Rio de Janeiro)
    2 – https://elsurti.com/historias/chaco-paraguay/ (“O segundo ecossistema mais importante da América do Sul corre o risco de se tornar um deserto”)
    3 – https://elpais.com/agr/28_dias_tabu_regla/a (sobre menstruação e seus tabus)

    Aqui, o comentário que eu iria fazer no site do jornal se não fosse exclusivo para cadastrados no Facebook…

    “Li com entusiasmo porque achei que o pensamento chegaria à questão ambiental e à reorganização mundial para a transição não apenas energética mas de toda a ordem social e econômica baseada na exploração de combustíveis fósseis e na transformação industrial dos recursos naturais para garantir um estilo de vida insustentável adotado nos países mais ricos às custas dos países explorados.
    O Acordo de Paris é importantíssimo porque trata disso, de uma nova ordem mundial baseada na Justiça Ambiental em que os países que forem atingidos pelas alterações que garantam seu cumprimento (manter o petróleo no chão, por exemplo, para controlar o aumento da temperatura – o aquecimento global) sejam compensados. É de fato uma guinada política que é até mais igualitária em relação ao combate às desigualdades múltiplas (entre países, regiões, classes sociais) do que muitas propostas ditas de esquerda.
    Não sei se os professores signatários do artigo conhecem a ativista Greta Thunberg e o grupo britânico Extinction Rebellion para além das manchetes de jornal (ouviram algum deles em debates ou discursos?), se não, é imperativo conhecer porque eles atualmente fazem a provocação ao debate sobre o capitalismo e novas formas de sua superação de modo mais qualificado, politicamente combativo (Greta já falou no Parlamento europeu, no britânico, e começou sua saga no Parlamento de seu país natal, a Suécia, maravilhosamente política, Rosa Luxemburgo teria orgulho, rs) e com melhores resultados para o debate público e para a tomada de decisão dos políticos profissionais do que toda a esquerda mundial.
    Precisamos de gente qualificada como os articulistas para guiarem o pensamento alternativo em direção ao que a Natureza nos está apontando: não apenas nossos modelos de vida coletiva se esgotaram, a paciência e a capacidade de autorregeneração da Natureza também. E quando uma mãe sábia fala, ou pede socorro, o que fazem seus/suas filhos/as? Não sejamos filho/as prodigo/as além do necessário para aprender a dar valor ao que importa, a Vida em todas as suas formas.
    Precisamos de ajuda para salvar a nossa pele e o resto do planeta do qual dependemos.

    (Extinction Rebellion em encontro com secretário de meio ambiente do Reino Unido)
    https://www.youtube.com/watch?v=EMGqP5rP8v8

    (Documentário mais recente da BBC com Sir David Attenborough sobre a mudança climática)
    https://www.youtube.com/watch?v=0ypaUH57MO4

    (Documentário A Era da Estupidez)
    https://www.youtube.com/watch?v=nNNeAxRlLN4&t=111s

    https://elsurti.com/historias/chaco-paraguay/ (site sugerido na Miscelândia desse próprio jornal)”

    Porque a Vida é boa, precisamos acordar para a nossa negligência com nossa n-Ave Mãe, A Terra, e nos redimir.

    “Deixar o barco ir (https://www.youtube.com/watch?v=foj7A35_Vyg)
    (Dani Black/Arnaldo Black)

    Coisas que eu não sei que são
    Me dizem que é a hora
    Coisas que eu não sei se estão no vazio ou na memória
    É a vida anda a mil eu sei quanta escolha fica fora sem vez
    Não não quero nem falar não só de lua e solidão

    Lanço na maré o coração
    Que de amor e de dor nos ensina
    Quero ter a certeza

    Como todos querem ter de que o que esta por trás
    É bem mais que água e pão
    Bem mais que o sim e que o não
    Que vale a pena estar aqui agora
    Tudo tem a sua hora
    De achar o que procura

    Pra que se desesperar o coração verá
    Viver é navegar é só deixar fluir
    Pra que se desesperar o coração será
    É só botar pra correr deixar o barco ir
    Pra que se desesperar o coração verá
    Viver é navegar é só deixar fluir
    Pra que se desesperar o coração será
    É só sorrir e cantar olhar pra frente agir”

    Sampa/SP, 04/05/2019 – 14:55

    • ERRATA: Faltou o último verso dessa poesia lai(lou)camente sagrada, ou sagradamente mundana.

      DEIXAR O BARCO IR

      “Deixar o barco ir
      (Dani Black/Arnaldo Black)

      Coisas que eu não sei que são
      Me dizem que é a hora
      Coisas que eu não sei se estão no vazio ou na memória
      É a vida anda a mil eu sei quanta escolha fica fora sem vez
      Não não quero nem falar não só de lua e solidão

      Lanço na maré o coração
      Que de amor e de dor nos ensina
      Quero ter a certeza

      Como todos querem ter de que o que esta por trás
      É bem mais que água e pão
      Bem mais que o sim e que o não
      Que vale a pena estar aqui agora
      Tudo tem a sua hora
      De achar o que procura

      Pra que se desesperar o coração verá
      Viver é navegar é só deixar fluir
      Pra que se desesperar o coração será
      É só botar pra correr deixar o barco ir
      Pra que se desesperar o coração verá
      Viver é navegar é só deixar fluir
      Pra que se desesperar o coração será
      É só sorrir e cantar olhar pra frente agir
      Deixar o barco ir”

      Sampa/SP, 04/05/2019 – 16:18

  25. espera-se que o stf decida mas cada vez maismostra-se o desespero tomando conta desse governo lunatico,,
    e alguns falam em armas,,,
    a hora é das ruas ou nada se consegue

  26. espera-se que o stf decida mas cada vez maismostra-se o desespero tomando conta desse governo lunatico,,
    e alguns falam em armas,,,
    a hora é das ruas ou nada se consegue

  27. Os ministros, como o próprio vocábulo diz; minis (de menos, menores, abaixo) no fundo não significam nada para Bolsonaro. São figurantes. Só os nomeiam porque precisa. O problema é que pegam os que coadunam com a mentalidade destruidora. O problema maior é que Bolsonaro cometeu várias burlas durante o processo eleitoral e a maior delas é que não se submeteu a debates para expor planos e ideias e mesmo por não ter um plano onde detalhasse que sua verve é a da destruição. Pela sua índole enquanto cidadão, parlamentar, soldado, já mostrava isto para quem buscava ver. Mas está posto e quanto antes sair menos pior, pois acredito como o Nassif que tem coisas que vão ser perdidas e vão atenuar a crise, pesando para que seja mais dificultoso retornar. Quem tem descendência viva deve pensar bem se é para ser e ficar como está. Ou desde já vamos matar as esperanças de mais jovens.

  28. As instituições “já são/eram cúmplices. O exército está com ele!
    Tem que tirar ele e a família da política pra sempre, concordo. Mas é mais fácil uma cobra voar.
    O povo fez essa “cagada”.
    E os alunos-coxinhas, os coxinhas-professores?
    Tinha que ficar até o fim do mandato.
    Depois o povo reconhece que errou e “põe o PSDB de volta”. E vamos cavando nossa sepultura.

  29. Quem colocou esta besta lá:
    Generais do cabide de emprego que “já” o conhecia;
    Globo;
    Stf.
    Aí estão os eternos culpados.

  30. Não pensem que afastar o presidente através de um impeachment seria a solução, o seu vice ao ser questionado por repórteres sobre o que achava, declarou, no alto dos seus conhecimentos de gestão econômica do país, que isso era “causado pela queda nas arrecadações e que poderia ser revertido caso a a arrecadação aumentasse depois da aprovação da PEC da previdência”. Estamos fodidos.

  31. Imagino que seja assim: cambada minha, o plano é desmontar, embaralhar, desestruturar, desassistir e descapitalizar todos os setores fundamentais para a estruturação da república. Caso aconteça dessa esquerda inimiga nossa voltar ao poder, até encontrarem todos os fios das meadas que possam permitir uma costura de reconstrução,ainda que em meia bomba e até localizarem todos os nossos espiões, que deixaremos nos setores chaves para boicotar qualquer tentativa de reação ou reparação daquilo que destruímos, o mandato já estará no fim e provaremos, por bilhões de fake news, que em quatro anos não saíram do lugar e tentaram destruir tudo o que foi consertado por nós. ha ha ha ha ha ha ha…

  32. Durante anos o país assistiu diariamente o cenário de tubos de esgoto à frente de apresentadores de notícias, que liam o roteiro estabelecido em algum “think Tank” televisivo. E tudo neste país tinha a frase anterior –estou criticando mas antes de tudo eu sou contra a corrupção. Isto se seguiu e depois desta frase vinha: eu sou critico mas antes de tudo sou favorável a operação da força tarefa da lava jato. E a sociedade como num expiar da culpa aceitava com tranquilidade que aquela meia duzia de delatores corruptos representavam, primeiro toda a Petrobrás, e logo a seguir todas as companhias estatais e a seguir tudo o que é publico no país e a seguir todos os brasileiros. Tudo então justificava vazamentos , prisões coercitivas prisão em zero instância, sempre em nome da luta contra a corrupção. Tudo levava a conclusão óbvia, o partido X foi o criador de um esquema que quebrou a Petrobrás, e depois quebrou o país ,bla bla bla. Finalmente toda a política é corrupta, seguido de todos os velhos políticos são corruptos. Depois todo o serviço publico é corrupto e depois tudo que é publico é corrupto. Todos os serviços publicos foram aparelhados pelo partido X para fins de captação de recursos eleitorais. Depois, todos os serviços publicos foram aparelhados. Até mesmo os criticos começam suas frases com, de fato eu sou contra o aparelhamento ideologico e contra a corrupção e contra a má administração. Como se fosse necessário enunciar esta frase.
    E depois a questão ética e moral e boa administração. E todos até os que se opunham tinha que em primeiro lugar dizer , que apesar das críticas eram contra a corrupção, a favor da boa administração e a favor da ética.
    E hoje ficou mais fácil condenar um ex presidente por corrupção, por um triplex que nunca teve ou um terreno que jamais foi comprado e nem doado etc… Ficou mais fácil eleger um presidente que apenas usou todos estes chavões. Fica mais fácil privatizar tudo o que é público. E o gran finale: ficou muito fácil atacar as Universidades, começando por falar em corrigir a má administração ( que jamais foi provada), acabar com o aparelhamento ideológico ( sem jamais demonstrá-lo ) e obviamente acabar com todos os seus corruptos ( sem antes apontar e provar algum crime) etc…
    E assim ficará fácil também privatizar a universidade. E assim fica fácil para um presidente dizer que apenas as universidades privadas fazem pesquisa ( o que contraria os fatos e a realidade ) . Fica fácil atacar a universidade porque sendo publica é mal administrada. Fica fácil falar em fazer uma lava Jato da Universidade, pois por definição lá deve ser um antro de corrupção. Fica fácil atacar a universidade porque é aparelhada ideologicamente, porque é um antro de balbúrdia e de alunos que não seguem as ordens do templo.
    Assim fica fácil impor um ideal liberal de privatizações, fica fácil retirar os direitos trabalhistas e destruindo a estrutura sindical, e fica fácil destruir o estado e suas instituições, alegando a má administração e finalmente fica fácil mais tarde ir curtir o dinheiro ganhado no exterior. Ou criar fundações em nome da luta contra a corrupção.
    Esta narrativa criou e mantém Bolsonaro. Uma construção narrativa que cria um fosso virtual entre a realidade e o discurso e se baseia sobretudo na desinformação e na escolha planejada sobre o que deve ser falado, escrito e televisado. Mas a força deste governo é também sua maior fraqueza, pois como um vampiro este governo se estilhaça se for colocado diante da realidade do desemprego ou de uma economia que teimam em deixar estagnada e paralisada a espera da tal reforma do Mercado, a Capitalização da Previdência. Neste fosso virtual criado o desemprego aparece junto com as notícias de balas perdidas e serve apenas com mais um chamariz da frase: se a reforma não for aprovada o país se transformará num caos. Como se o caos já não estivesse instaurado.

  33. as instituições não vão fazer nada….. só a revolta da população vai tirar esse maluco da presidência, a começar pela juventude, duramente atingida pelos cortes nas verbas da educação pública

  34. Já passou da hora de defenestrar esse governo, pois se
    essa gang governamental ficar no poder mais um pouco,
    O BRASIL VAI SE TORNAR O PIOR PAÍS DO MUNDO.
    #ForaBozo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome