As plantas que são repelentes naturais de insetos

Do eCycle

 
Citronela (foto) é uma delas. Opção é eficiente e mais sustentável que o uso de repelentes químicos

 

Plantar uma semente, regá-la, introduzir terra e acompanhar seu crescimento. Todas essas são práticas que os amantes de plantas adoram realizar – muitas vezes as encaram até como terapia. No entanto, certas plantas atraem insetos, que podem inibir o próprio crescimento dos vegetais ou trazer transtornos por causa de sua grande concentração e reprodução.

Uma possível solução passa pelo uso de pesticidas e repelentes, se não fosse o fato de que eles são nocivos não só para as plantas, mas para a saúde humana, pois contêm substâncias tóxicas. A melhor opção, mais saudável e ecológica, é criar plantas que repelem insetos em seu jardim, principalmente em locais com grande incidência de insetos. Dê uma olhada:

Lavanda

Além de ser uma planta que pode perfumar ambientes internos, devido ao seu cheiro adocicado, e decorá-los, por causa de sua beleza, a lavanda ajuda a espantar mosquitos;

Citronela

Outro excelente repelente natural contra mosquitos, principalmente os borrachudos e os pernilongos. Caso seja combinada com outras duas plantas repelentes naturais, aerva do gato e a cascata gerânio, o efeito se torna mais potente ainda;

Hortelã

Basta plantar várias em torno do seu jardim que as formigas não vão mais incomodar suas plantas. Aproveite para ver aqui outra forma de se livrar das formigas em casa sem usar pesticidas;

Crisântemo

Ajuda a manter baratas, percevejos, pulgas e carrapatos afastados;

Manjericão

O cheiro forte da planta afasta moscas e mosquitos;

Alecrim

Também repele os mosquitos e pode ajudar a manter gatos afastados de locais em que a presença deles seja indesejável, como numa caixa de areia destinada para o lazer de crianças. Basta colocar algumas folhas de alecrim no local – os gatos não gostam do cheiro.

Confira abaixo um vídeo (em inglês) sobre as diferentes plantas que repelem os mosquitos:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. Nos jardins da PBH? – Acho que não plantarão.

    Por exemplo, a pista de caminhada na Andradas, em BH, seria um excelente lugar para estas 9 plantas, mas tenta convencer Marcio Lacerda de mandar plantá-las: acho que não as plantará.

    Nessas áreas cresce um capim, que ficou muito bonito com a chuva – mas, não demora contratam não sei quem e vão lá passar as máquinas.  

    E nas propagandas caras contra dengue durante muito tempo puseram a culpa pela proliferação do mosquito na população da cidade.

     

     

    • Tony Francis

      Muita calma nessa hora.

      Não adianta SÓ PLANTAR a citronela, por exemplo.

      Para espantat o ZIKCT, ela tem que ser macerada para exalar o seu perfume natural inebriante.

      Numa sauna, hmmm, né rúim não!

  2. muitos dos repelentes

    muitos dos repelentes industriais trazem a citronela na formula. pelo o menos é o que dizem os rotulos… no caso do mosquito da dengue eu acho que repelente nao ajuda muito.

  3. Ele é chegado…

    Você planta mandioca brava e se o Feciano souber, ele irá na sua casa todo dia, sabia?

     

  4. Recebi por e-mail alguns anos

    Recebi por e-mail alguns anos atrás essa fórmula que testei,  aprovei e repasso a todos que possam interessar.

    Coloque em meio litro de álcool (somente álcool líquido, gel não serve) dois pacotinhos de cravo da Índia, desses que a gente compra no supermercado.    Agite por pelo menos duas vezes ao dia, durante 4 dias seguidos.  Depois coe e coloque um pouco de óleo para atuar como fixador.  Eu uso óleo de coco extra virgem. Agite bem e passe nas áreas do corpo que ficam expostas.  Serve para pessoas de todas as idades, não tem contra indicação, e ainda deixa um perfume delicioso na pele.  

  5. citronela

    Tenho entendido que a citronela não tem mais efeito repelente, tanto que estão fazendo outras misturas de cheiros com óleos essenciais.

    Aliás, aqui em casa temos todas elas a excepção do crisantemo. E também moscas, mosquitos, baratas e monte de outros bichinhos.

  6. Meus preferidos: oleo de citronela e de coco

    Olha, concordo que os repelentes naturais sao muito melhores que os industriais. Na minha opiniao o mais efetivo e’ a citronela, principalmente o seu oleo, que alem de repelente e’ um excelente fungicida e anti-mofo (aqui em Curitiba o mofo e’ uma praga). Outro oleo coringa que tem muitos usos e’ o de coco, todo mundo ja’ ta’ cansado de saber que ele faz bem pra pele e pros cabelos, mas o que muita gente nao sabe e’ que ele tambem e’ repelente sim, eu passo muito no meu corpo, e, a noite, os mosquitos so’ mordem o meu marido 🙂

    Quanto a plantar em casa…eu nao tenho paciencia pra isso nao, mas admiro quem consegue, deve ser muito gratificante. Mas eu tenho uma lavanda na floreira, sera’ que isso conta rsrsrs

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome