Governo Bolsonaro desperdiça milhões em medicamentos

Secretaria de Vigilância em Saúde deixa vencer testes de covid-19, remédios e vacinas para outras doenças; material será descartado

Jornal GGN – A Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), ligada ao Ministério da Saúde, desperdiçou cerca de R$ 80,4 milhões em kits para diagnóstico da covid-19, medicamentos e vacinas para diversas doenças.

Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo afirma que a SVS foi notificada pela proximidade da data de validade de 32 tipos de insumos, e não agiu a tempo para distribuir a quem precisa.

Dentre os itens que serão descartados estão mais de 18 mil kits de testes de covid, além de 44 mil vacinas meningocócicas (contra meningite) e 16 mil vacinas contra a gripe. Agora, esse material que não foi aproveitado a tempo terá de ser inutilizado.

Tais insumos compõem uma lista de 271 itens que perderam a validade entre 2017 e 2021, em um total de 1,8 milhão de unidades ao custo de R$ 190,8 milhões aos cofres públicos.  Quase a totalidade desse material (96%) foi comprometido a partir de 2019, no governo de Jair Bolsonaro. A partir de 2019, o prejuízo chegou a R$ 190,1 milhões, ante o prejuízo de R$ 680 mil visto entre 2017 e 2018.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador