Revista GGN

Assine

Joaquim Barbosa no centro das discussões, outra vez

Jornal GGN - O ministro Joaquim Barbosa vive o centro das discussões políticas, com as recentes prisões de 11 acusados do esquema mensalão. Com o intuito de resolver o problema rapidamente, concluiu o caso durante o feriado da Proclamação da República, tomou medidas consideradas ilegais para retenção dos réus e criou desavenças com seus pares no Supremo.

Mas, desta vez, o que está no centro das discussões, tanto na mídia, como nas redes sociais e nos bastidores do Senado e Câmara, é o teor da ilegalidade da prisão dos condenados, dando ré na progressão da imagem de direito de Barbosa. Com a determinação de cumprimento imediato das sentenças sem embargos infringentes, o regime auferido em caso de condenações que não excedem 8 anos é de semiaberto.

Entretanto, as penas de José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares, além dos demais, estão sendo aplicadas em regime fechado na prisão da Papuda, em Brasília, como denunciou Luiz Fernando Pacheco, advogado de José Genoíno, ao Jornal GGN, no último domingo (17).

Além disso, entra em discussão a necessidade de enviar a Brasília os condenados da Ação Penal 470, em contramaré ao direito de recorrer e cumprir as prisões em seus Estados de origem. Os críticos à medida falam em “desperdício de dinheiro público”, conforme demonstram reportagens em vários veículos.

Atrelado a isso, o deputado petista Chico Vigilante divulgou em rede social conversa com o sub coordenador do Complexo Penitenciário da Papuda, informando, segundo ele, que “não há autorização – nem documento solicitado – ao sistema carcerário para receber os presos”.

Joaquim Barbosa hoje dará prosseguimento aos mandados, anunciando as prisões de mais sete réus, entre eles, o delator do esquema mensalão, Roberto Jefferson, e o deputado Valdemar Costa Neto.

Pretensões eleitorais

Em coletiva realizada durante Conferência Global de Jornalismo Investigativo, no Rio de Janeiro, em outubro, Joaquim Barbosa declarou suas intenções em se candidatar ao cargo de presidente, mantendo os desvios e manobras de discurso do “quando”, mas conferindo segurança à sua pretensão eletiva .

Quando perguntado com qual partido político se identifica mais, domou o fôlego da população brasileira de “filiação apartidária” e, como que no seu posto e direito de representatividade, declarou: “Atualmente, nenhum”.

No decorrer do período, aumentando  suspeitas de sua possível candidatura e ainda sem garantir datas e prazos, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, vem definindo o fechamento de seu mandado de presidência na Corte e o fortalecimento de uma pré campanha, ainda que a médio prazo.

Neste momento, contabilizando os 10% de favoritismo em pesquisas eleitorais do presidente da Corte, parece que a estratégia de risco vale pela causa. 

Média: 3.6 (5 votos)
6 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

JB ainda nem conseguiu

JB ainda nem conseguiu regularizar a prisão dos que já estão na Papuda e já quer trancar mais gente... Mel dels... é daqueles caras que pra  conseguir fazer UMA coisa, tem tem que fazer 18 merdas maiores que a coisa que tinha que ser feita; qq coisinha simples, vira um evento piroténico que precisa de 32 pessoas para consertar os efeitos devastadores de sua passagem... É impressionante... O cara não consegue fazer nada certo. Eu hein, cada vez que JB resolve colocar uma ideia em prática, o Estado vítima tem que mobilizar Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária, DAC... Ele é muito prático e muito objetivo, o resto do planeta é que é enrolado... É o Homem-Evento!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Cidionir Leonel Coelho
Cidionir Leonel Coelho

Prisão dos Mensaleiros.

Fico feliz em ouvir que um politico foi preso no Brasil. Mas preocupado como esta sendo conduzido o processo,mantendo os presos que foram julgado em regime semi aberto em regime fechado. Porque isto? sera porque são do Pt. Porque ninguem foi preso nos escandalos do pessoal do Psdb, porque que um Maluf que comprovadamente roubou tanto este Pais, tem prisão decretado por todo o mundo e aqui esta solto.

Estou 50% feliz, quando todos que citei estiverem na cadeia, vou acreditar que não é perseguição e nem pretenção politica Do joaquim Barbosa.

 

 

 

Seu voto: Nenhum

Lula, a humanidade nunca vai

Lula, a humanidade nunca vai lhe perdoar. Nem a Dilma pela indicacao do Fucks. O unico cxonsole é saber que o Gilmar Dantas ainda vai mandar os seus capangas para cima do rebelde sem rumo.

Seu voto: Nenhum
imagem de Arthur Castro
Arthur Castro

Pessoa que estava no clube

Pessoa que estava no clube onde Assas JB Corp foi comemorar a prisão dos petista diz que ficou impressionado com o ódio que ele dispensa ao Dirceu e Genuíno.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Eis a questão.

Por quê Arthur ninguém filmou ou gravou essas declarações do JBCorp? Qualquer deslize deveria ser filmado (de modo seguro, óbvio) e enviado para youtube, facebook, twitter, skype e desmascarar de vez o "ilustríssimo".

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de RONALD
RONALD

Seria muito bom esse

Seria muito bom esse sujeitinho ser candidato a presidente.

Neste caso não poderia  fugir de perguntas como:

- condenar o PIZZOLATO com provas de que o dinheiro da VISANET não é público.

- das auditorias realizadas no BANCO DO BRASIL informando que o dinheiro da VISANET não foi desviado e comprovadamente gasto em publicidade que inclusive teve a rede globo como beneficiária.

- da compra do apartamento em MIAMI.

- do endereço utilizado para montar a empresa sendo o apartamento funcional em BRASÍLIA.

- da surra na mulher.

- do filho trabalhando na globo e em uma das empresas envolvidas no mensalão mas que não foi citada no processo.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.