newsletter

Assinar

No MPF, Roberto Gurgel arquivou denúncia contra Agripino em 2012

Ex-coordenador de campanha à presidência de Aécio Neves (PSDB), o senador teria recebido mais de R$ 1 milhão em esquema de propina 
 
 
Jornal GGN - A investigação sobre o envolvimento do senador José Agripino Maia (DEM-RN) no esquema de pagamento de propinas em serviços ao Detran no Rio Grande do Norte, entre 2008 e 2011, foi reaberto há cerca de cinco meses pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Agripino, que foi coordenador-geral de campanha de Aécio Neves (PSDB) à presidência, teria recebido R$ 1 milhão e 150 mil no esquema. O caso tinha sido arquivado no MPF pelo ex-procurador-geral Roberto Gurgel.
 
A jornalista Thaísa Galvão publicou, em seu blog, a decisão de Gurgel. Datada de 2012, o procurador elenca os fatos que envolveram a Operação Sinal Fechado. Os empresários José Gilmar Carvalho Lopes, conhecido como “Gilmar da Montana”, e Alcides Barbosa foram os primeiros a prestarem depoimento, negando que o empresário George Olímpio pagou a Agripino R$ 1 milhão de propina em 2010.
 
George Olímpio criou um instituto para prestar serviços de cartório ao Detran do estado, e cobrava uma taxa de cada contrato de carro financiado no Rio Grande do Norte. De acordo com a denúncia do MPF, o custo da propina estava inserido nessa taxa.
 
Nas declarações de Gilmar da Montana e Alcides Barbosa, ambos negam que George transferiu o valor em quatro cheques para o senador. Entretanto, o próprio empresário citado decidiu fechar acordo de delação com o Ministério Público, trazendo à tona as informações divulgadas neste domingo (22) pelo Fantástico, da rede Globo.
 
George, que teria liderado o esquema dentro do Detran, confirma o pagamento de R$ 1 milhão e 150 mil ao ex-coordenador de campanha de Aécio. O empresário também delata como funcionava as operações, entre os anos de 2008 e 2011. Segundo George, Agripino teria pedido mais de R$ 1 milhão, em 2010, em um encontro no próprio apartamento do político. "Subimos para parte de cima da cobertura de José Agripino, começamos a conversar e ele disse: 'é, George, a informação que nós temos é que você deu R$ 5 milhões para a campanha de Iberê [governador, na época]".
 
George respondeu que deu R$ 1 milhão, e não cinco. Agripino teria pressionado George Olímpio a dar a mesma quantia para a sua campanha, em troca de manter o esquema ilícito em segurança, sem prejudicá-lo. "Para mim, aquilo foi um aviso bastante claro de que ou você participa ou você perde a inspeção. Uma forma muito sutil, mas uma forma de chantagem. R$ 1,150 milhão foi dado em troca de manter a inspeção", disse o empresário.
 
Na prática, a inspeção tratava-se da compra de uma lei que tornava obrigatória a inspeção veicular no estado, incluindo de veículos que acabaram de sair da fábrica. Para a lei ser aprovada rapidamente, George contou que obteve ajuda do deputado Ezequiel Ferreira (PMDB), agora presidente da Assembleia Legislativa.
 
Ezequiel foi denunciado na última sexta-feira (20) pelo promotor de Justiça, Paulo Batista Lopes Neto, pela prática de corrupção passiva. Quanto à Agripino, o Ministério Público Federal recuperou o arquivamento do caso. A propina aos envolvidos teria sido completamente paga, mas os serviços de inspeção não chegaram a funcionar, porque ainda em 2011 o MP descobriu o esquema com as delações de Gilmar da Montana e Alcides Barbosa. Somente no ano passado que o empresário George Olímpio contou todas as informações, que foram transmitidas pelo programa da Globo, neste domingo.
 
Leia o despacho do ex-procurador Geral da República, Roberto Gurgel, que arquivou as investigações contra Agripino, disponibilizado por Thaisa Galvão:
 
 
Média: 4.3 (18 votos)

Recomendamos para você

28 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de jesuitasousa
jesuitasousa

No MPF Roberto Gurgel arquivou denúncia contra Agripino em 2012

Esse senhor Roberto Gurgel, torna a dignidade do cidadão bem mais difícil. 

Seu voto: Nenhum
imagem de Joao Maria
Joao Maria

Haja Oleo de peroba, para o

Haja Oleo de peroba, para o "cara de pau". Sujeito esta mais sujo que pau de galinheiro, e ainda tem a desfaçatez de posar como defensor do dinheiro publico. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Pedro Penido dos Anjos
Pedro Penido dos Anjos

Como é que a gente faz para

Como é que a gente faz para não arquivar o Gurgel?

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Heber Folco
Heber Folco

paraguai argentina  brasil  e

paraguai argentina  brasil  e  agora venezuela  interessante governos  trabalhistas  como  dominó  vão  se  enfraquecendo   sem  perceber  o  que  e  de  onde  parte  o  ataque.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Acabei de comentar no whatsapp

[6h57 24/02/2015] *: Veja so como a mesma imprensa que hoje vocifera contra o acordo de leniencia o defendeu no trensalao tucano e ate reclamou dos abusos e vazamentos
http://m.estadao.com.br/noticias/opiniao,lei-anticorrupcao-e-acordos-de-...
Como mudou o comportamento da imprensa nos dois casos....pelo que sei ninguem reclamou da falta de prisoes no caso do cartel de trens em SP governo Psdb...esquema q se estendeu ao DF no gov Arruda
Veja so como é hoje o comportamento da imprensa....os dois casos sao identicos mas..
http://www.jornalggn.com.br/noticia/saiba-quem-e-ricardo-pessoa-socio-da...
[6h57 24/02/2015] *: É isso que cansa
[6h57 24/02/2015] *: Um bom dia

Seu voto: Nenhum

 

...spin

 

 

Por que não me surpreendo...

tutti mui amigos e amigas!!!

Agripino, Aécio, Gurgel, Gilmar, JB, Kamel, Ellen Grace, Bonner, Renata, F. Bernardes, Luciano Huck...

PS: Saibam que o DEM está implodindo também no Rio Grande do Norte, fala-se até na ida de Rosalba para o PSD ou PMDB... quem pagar mais... parece ser esse o caso.

Agripino, nosso conhecidíssimo "sr rabo de palha" (ou... "distribui as cestas básicas, mas não deixem indícios") vai ficar com a brocha na mão.

Pra mim o melhor momento dele foi quando tentou nocautear a Dilma no Senado Federal e saiu tosquiado, ferido, desmoralizado... literalmente desnorteado; aquele foi um dos grandes dias da nossa República, a cara de pastel que ele fez quando Dilma disse que mentiu sim pois mentia sob tortura como uma obrigação sua para proteger os companheiros e companheiras de luta que podiam cair caso ela sucumbisse às porradas e agressões diversas a que estava sendo submetida... esse momento é memorável.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

E em 2014 Toffoli limpou a ficha suja de Maluf

Ou seja, o Brasil continua o mesmo.

Reclamar para quem?

Reclamar prá que?

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Agripino, desde a ditadura,

Agripino, desde a ditadura, está nas bocas.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Etelvino Carvalho
Etelvino Carvalho

E o mais nojento de tudo, é

E o mais nojento de tudo, é ver esse sujeito subir a tribuna como o arauto da ética e da moralidade e desancar Dilma, Lula e o PT.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de nosden
nosden

Agora o Gurgel vai ter que

Agora o Gurgel vai ter que devolver . . . . . . . . . o processo.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de savio pon
savio pon

eu li pelo stanley que esse

eu li pelo stanley que esse racha do PSDB (leia-se midia) com o DEM são as posições sobre quebrar ou não quebrar as empreiteiras. O DEM nao quer, o PSDB quer... daí essa matéria molhando a bun%$ do Agripino... faz muito sentido

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Cunha
Cunha

O governo mineiro e a

O governo mineiro e a Globo

Por Daniel Florêncio em 06/02/2007 na edição 419

 

     

O site noticioso NovoJornal, de Belo Horizonte, trouxe em 23/1/2007 a seguinte manchete "Governador de Minas, Aécio Neves, paga US$ 269 milhões de dívidas da Rede Globo de Televisão na compra da Light". Será?

Em investigação realizada pelo site, são revelados detalhes de um negócio em que o governo mineiro, com capital da Cemig, criou uma outra empresa, a RME – Rio Minas Energia Participações S/A, a qual comprou a Light "transferindo para os fundos credores da Rede Globo (...) um crédito em ações de US$ 269 milhões, através do pagamento feito a maior que a quantidade de ações adquiridas na Bovespa pela RME – Rio Minas Energia Participações S/A, na operação de compra".

Segundo o site, quando se analisa a compra da Light pela RME com documentos da Secretaria de Acompanhamento Econômico, do Ministério da Fazenda, percebe-se que, apesar de ter pago por 79,57% das ações da Light, a RME só adquiriu 75,40%. Tal operação, de acordo com o site, é utilizada por empresas particulares para esconder ou desviar lucros, tal como quando se compra nota fria. O saldo da operação seria o destinado à amortização da dívida da Globo para com credores estrangeiros.

Toda a negociação, aparentemente, envolveu a posse do ex-presidente da holding do Grupo Globo, Ronnie Vaz Moreira, como presidente da tal RME - Rio Minas Energia Participações S/A e como diretor-financeiro da Light. Em suma, o povo mineiro, sem saber, através de sua companhia elétrica estadual, financiou o salvamento do grupo Globo, para que este agisse em favor do governador mineiro Aécio Neves.

Nesse processo, a Cemig acabou por constituir sociedade com várias empresas particulares na RME, porém sua participação é de apenas 25%. Ainda de acordo com o site, "a irregularidade na constituição da empresa é tão grande e insanável que a Junta Comercial e a Receita Federal não conseguem explicar como isto ocorreu, prometendo pronunciar-se só depois de uma profunda e detalhada investigação".

Blindagem eficiente

Como os credores da Globo nos EUA já tinham entrado com pedido de falência contra a empresa em Nova York, o pagamento da dívida teve quer ser feito dentro da contabilidade da Globo, o que acabou "deixando rastro".

O site se alonga em detalhes exaustivos da operação e cita, inclusive, dados da Justiça norte-americana, a qual, embora busque explicações da origem do dinheiro da Globo para o pagamento do seu pedido de falência, deixa um vazio justamente ao não explicar qual o mecanismo de entrada desses recursos no caixa da Globo. Não explica o X da questão.

O site dá indícios e mostra evidências fortes que devem ser apuradas pelo poder público e pela mídia. A questão é: qual mídia? Se tal operação de salvamento da Globo através de artimanhas do mercado financeiro foi realmente articulada pelo governo de Minas, por dedução explica-se a eficiente blindagem e o quase apoio institucional que o governador Aécio Neves recebe da Globo.

A Globo, por meio de seus veículos, não noticiaria ou mobilizaria a opinião pública para uma irregularidade cometida para sanear suas dívidas. Ou noticiaria? Aparentemente, também não o fariam o Grupo Abril ou o Grupo Folha, pois, segundo matéria do mesmo site ("Aécio Neves entrega Copasa às multinacionais espanholas OHL, Agbar e Capital Group, para montar campanha à Presidência", ver aqui), em operação financeira dessa vez envolvendo a Copasa, o governo de Minas acabou cedendo capital da empresa para grupos econômicos com participação nos dois grupos de comunicação.

Cabe, no entanto, aos meios de comunicação não acusados e ao poder público apurarem as denúncias de uso de capital de empresas públicas e estratégicas para o financiamento de articulações e movimentações entre políticos e grupos de comunicação.

Sugiro a este Observatório e aos profissionais de mídia investirem na apuração dessas denúncias. Seria uma nova "Sociedade dos Amigos de Plutão"? Pode ser, mas deve ser investigado para se chegar a essa conclusão. Sendo as operações irregulares ou não, e tendo realmente ocorrido, poderia tratar-se de uma manobra para obter controle sobre o que é publicado nos meios de comunicação de maior alcance no país, sobre controle dos grupos Globo, Folha e Abril. Ao financiar com dinheiro público o saneamento das dívidas do Grupo Globo, Aécio Neves se tornaria parceiro. Sócio. Ao permitir que capital da Copasa se misture com capital de grupos estrangeiros dos quais fazem parte Folha e Abril, novamente Aécio se tornaria parceiro. Sócio. Em suma, se trataria de uso de dinheiro público para fins pessoais.

Projeto de poder

A crise financeira que assolou os veículos de comunicação, associada à atual transformação no mercado de capitais e à entrada no país de novos grupos investidores em telecomunicações e tecnologia, acabou por configurar um cenário em que o grupo com maior poder de barganha, leva. Não se trata de ideologia ou projeto político, mas pura e simples lógica de mercado. Quem paga mais, leva.

Como o atual governo não o fez através de financiamento oficial do BNDES, tão discutido alguns anos atrás, Aécio, segundo o NovoJornal, o teria feito através das ferramentas que tem à mão, dispondo de capital público, pertencente aos cidadãos mineiros, para, assim, aproximar-se daqueles que divulgam idéias e para levar a si próprio e a seu grupo político à presidência da República.

Desde o início de seu primeiro mandato ouve-se falar em cerceamento da imprensa pelo governo de Minas. Em todos os veículos. Mas, se confirmadas as denúncias apresentadas pelo site, a compra da "grande mídia" no país para o benefício, impulso da imagem e conseqüente chegada à presidência de Aécio Neves se mostrará não apenas como censura ou cerceamento de idéias, mas como um profundo e bem arquitetado projeto de chegada ao poder – não só do governador, mas de todo um complexo, poderoso e influente grupo político e econômico. Será?

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/o_governo_mineiro_e_a_globo

 

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de aSSIM fALOU gOLBERY
aSSIM fALOU gOLBERY

Pirmeiro, nunca foi segredo

Pirmeiro, nunca foi segredo que coisa com Dentran nunca foi criado para prestar serviço que preste, mas para gerar corrupção, roubalheira e o escabal a quatro.  Depois, é pura sacribandice acreditar no PIG e ver isso como coisa absurda, dado que isso visa tirar o direito da equerda fazer o mesmo quando chegar ao poder

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de OBS
OBS

Não vou comentar sem ter pelo

Não vou comentar sem ter pelo menos uma parte do todo.

A conferir a íntegra da Rcl 13468/STF para ser ter mais alguns detalhes.

Seu voto: Nenhum
imagem de André STK
André STK

Um milhão é troco.

Um milhão de reais é troco se comparado com sete bilhões de doletas.

Calma....Porque para mim e muitos brasileiros um milhão de reais é muito!!!

Talvez em toda a minha vida trabalhando duro eu não consiga colocar essa grana no bolso.

Noves fora,são 8.600 e poucas contas,sete bilhões de doletas e muita sonegação nas falcatruas do HSBC.

E as PIGS nada?Nenhum comentário ¨imparcial¨?Nada?

Fiquem atentos,porque fumaça atrapalha a visão.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Servidor público que deixa de

Servidor público que deixa de cumprir sua obrigação pode responder por crime de prevaricação. Cumpra-se a Lei. Ninguém está acima dela, nem um ex- PGR nem o atual PGR.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de ana13
ana13

Putz, então onde fica o

Putz, então onde fica o "engavetador geral da república ?

Aliás, onde anda ele , tomou dorll e sumiu?

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Interessante esta matéria ser

Interessante esta matéria ser veiculada no Fantástico (Rede Globo) e atingindo um dos homens fortes do Aécio.


Porque será? A Globo não dá ponto sem nó! Será que já está a par dos nomes dos políticos que serão denunciados esta semana pelo Janot e começa a fazer uma cortina de fumaça? Será que mostrando o nome de Agripino, qundo surgirem os nomes de outros emplumados poderá bater no peito e dizer aos telesptadores de todo o Brasil que sempre foi uma empresa imparcial?


Vejamos os próximos capítulos!

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"Não tenho prova cabal contra Dirceu - mas vou condená-

imagem de Valmont Santos
Valmont Santos

"O importante é o que eu não publico." R. Marinho

A frase de Roberto Marinho, um dos cérebros do golpe de 1º de abril de 1964, dá uma pista sobre o caso.

Quando os fatos tendem inexoravelmente a cair no domínio público, a Rede Goebbels trata de dar a primeira versão, invariavelmente manipulada.

No caso, o importante seria blindar Aécio, eis a razão de fixar os olhos da população no boi de piranha e esquecer o playboy.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Luana Tiburcio
Luana Tiburcio

Tambem acho muito estranho a

Tambem acho muito estranho a Globo denunciar um esquema que envolve o articulador da campanha do Aecio...ai tem coisa!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

O ESTRUME POLÍTICO!

PELAS TRIPAS DO PAÍS...

O estrume político é um fenômeno interessante no Brasil, que vai se acumulando, na medida em que a mídia paga o embeleza e perfuma, em associação com uma justiça podre e corrupta, que o esconde como pode (e até como não pode); para que o povo não dê descarga. 

Partidos como o PSDB e o DEM, eternos aliados, atuam nas bases mais profundas da corrupção, o que significa afastar aquilo que é incorruptível (o povo) das decisões políticas. 

Chega a ser repugnante, ver essa escória de nossos políticos, lutando com todos seus artifícios, para impedir nossa efetiva democratização:

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.353408031461532.1073741837.300330306769305/353410901461245/?type=3&theater

 

Enquanto aqui, precisamos de um milhão e meio de assinaturas no papel, todas elas com firma reconhecida nos cartórios eleitorais; em Portugal, UM DOS PAÍSES MENOS DEMOCRÁTICOS DA EUROPA, o povo obriga seus deputados e senadores a votarem suas propostas em regime urgentíssimo, que não pode passar de 30 dias, com apenas 4.000 assinaturas. Vejam:

 

http://www.parlamento.pt/EspacoCidadao/Paginas/ProcedimentosApresentacaoPeticao.aspx



Confiram a manobra feita, para retirar o regime de urgência na tramitação das iniciativas populares de lei no Brasil:

http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=113711

Ela deu certo, e esse direito foi retirado do povo. Agora eles poderão nos enrolar do jeito que quiserem, e até engavetar nossas propostas. Infelizmente, existe uma classe política que repudia veementemente uma maior participação do povo nas decisões políticas. Os cidadãos brasileiros são tratados como crianças ou retardados. Porque quem precisa de representante para decidir as coisas por eles, são os incapazes, e incapaz é criança ou retardado.

A matemática é extremamente simples, a DEMOCRACIA DIRETA não é necessária para satisfazer o gosto das pessoas, para que possam decidir segundo suas vontades; mas sim para acabar com a corrupção. Pois quando apenas algumas pessoas decidem (o congresso), elas podem vender seus votos por verdadeiras fortunas à corrupção. Enquanto o povo, não por ser bonzinho e honesto, mas sim por não ser bobo, e contar com milhões de pessoas; acaba se tornando incorruptível, por não ter como comprar todo mundo. 

Enquanto o povo decide as principais questões políticas em países como a Noruega, Islândia, Suíça, etc; aqui, estamos entregues às decisões de gente desse tipo. Porque somente eles têm o direito de convocar plebiscitos no Brasil. Aliás, lutam até para inviabilizar nosso mísero direito de propor iniciativas populares, onde quem decide são os próprios políticos. 

Exemplo de plebiscitos pelo mundo, na maioria elaborados e convocados pelo próprio povo:

http://democraciadiretabrasileira.blogspot.com.br/2013/10/plebiscitos-referendos-e-recalls-pelo.html?view=flipcard

Seu voto: Nenhum

DEMOCRACIA DIRETA
Porque o Brasil é de todos os brasileiros.
http://democraciadiretabrasileira.blogspot.com.br/
 

imagem de André ST
André ST

O Globo e Veja

Manchete de O Globo

Coordenador de campanha de Aécio Neves/PSDB recebeu R$ 1.500,00 em propina.

Capa da Veja

FHC e AÉCIO SABIAM DE TUDO!!!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Esse Janot é filho do Gurgel?

Esse Janot é filho do Gurgel?

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Israel Just da Rocha Pita
Israel Just da Rocha Pita

Propina a Agripino Maia

O PT é acusado de ter aparalhado o estado, eu não sei onde, pois o PT lava chumbo e do grosso em todos os catos do MPF, do STF da Midia, até do ministério da Justiça comandado pelo zé da justiça.

Quem realmente aparelhou o etedo foi o PSDB, que masmo depois de 12 anos de governo do PT o estado aimda é manipulado pare baeficio deles. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Israel Just da Rocha Pita
Israel Just da Rocha Pita

Propina a Agripino Maia

A oposição acusa o PT de ter aparelhado o estado, até agora eu procuro onde estar este aparelhamento? Pois o governo do PT, toma chumbo e do grosso em todo o ambiente publico privado, senão vejamos: No MPF, STF, na Mídia e até o ministério da Justiça só ivestiga o proprio governo do PT.

Quem bem aparelhou o estado foi o PSDB que em doze anos de governo do PT o aparelhamento ainda funciona.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

impressionante...

narizes idênticos

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de gaúcho
gaúcho

Não se sabe porque o MPF

Não se sabe porque o MPF nutre uma simpatia quase amor pela direita brasileira que, coincidentemente, são os protegidos do PIG.

Judiciário, ministério público e mídia possuem uma estranha sintonia que só pode ser explicada por suas origens de classe. 

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)

É exatamente o ponto!

Não precisa nenhum suborno ou propina, os juízes frequentam o mesmo clube dos membros dos partidos de direita, os filhos os mesmos colégios e as mulheres os mesmos salões de beleza!

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de JR Negrão
JR Negrão

Sinais

Sinais fechados para uns, escancarados para outros! E la nave va!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.