Revista GGN

Assine

Petrobras

Dallagnol não vende ações que comprou da Petrobras para não "levantar suspeitas"

Foto: Reprodução

Jornal GGN - Em meio a polêmicas sobre a realização de palestras sobre a Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol participou de um evento da XP Investimentos na sexta (23) e, segundo relatos da Infomoney, arrancou gargalhados do público - formado, em sua maioria, por investidores - quando admitiu que é um fracasso no ramo.

Ele comentou que comprou ações da Petrobras, BTG Pactual e Queiroz Galvão anos antes da operação na estatal estourar e, agora que está no prejuízo, não pode vendê-las para não "levantar suspeitas" de "conflito de interesses".

Leia mais »

Média: 2.1 (14 votos)

Moro, Lava Jato e interesses dos EUA

Fotoilustração: Joana Brasileiro

Por Cesar Locatelli

Do Jornalistas Livres

O juiz Sérgio Moro é louvado em verso e prosa pelos meios de comunicação tradicionais, nacionais e estrangeiros. Foi “personalidade do ano” pelo Globo, esteve entre “as 100 personalidades mais influentes” da revista Time, alçado à condição de 13o entre “os maiores líderes mundiais” pela revista Fortune e 10o entre os mais influentes da agência de notícias financeiras Bloomberg.

Leia mais »

Média: 5 (13 votos)

Petrobras contrata consórcio para concluir refinaria Abreu e Lima

abreu_e_lima_divulgacao.jpg
 
Foto: Divulgação
 
Jornal GGN - Nesta sexta-feira (23), a Petrobras informou que contratou o consórcio Conenge SC/Possebon para terminar as obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. 
 
As obras haviam sido suspensas por causa do esquema investigado pela Operação Lava Jato. A retomada foi autorizada pelo conselho de administração da estatal em julho do ano passado. 
 
A refinaria funciona desde 2014, mas ela não consegue atingir sua capacidade projetada, de 115 mil barris diários, em razão da falta de equipamentos para o tratamento de enxofre e outros poluentes. 

Leia mais »

Média: 2.6 (5 votos)

Petrobras estuda abrir o capital da BR Distribuidora

petrobras_-_steferson_faria_-ag_petrobras_4.jpg
 
Foto: Steferson Faria/Agência Petrobras
 
Jornal GGN - A Petrobras informou que sua Diretoria Executiva autorizou a realização de estudos para uma possível abertura da subsidiária Petrobras Distribuidora S.A. 
 
De acordo com o Pedro Parente, presidente da estatal, a diretoria chegou à conclusão de que “o melhor encaminhamento seria propor ao nosso conselho o aprofundamento dos estudos com relação à abertura do seu capital".
 
Por meio de nota, a empresa informou que a ideia é listar a subsidiária no segmento especial do mercado de ações da B3 (antiga BM&FBOVESPA) chamado Novo Mercado. A proposta de abrir o capital da BR Distribuidora passará pelo Conselho de Administração. 

Leia mais »

Média: 1 (3 votos)

Petrobras avança na venda do Campo de Azulão, no Amazonas

petrobras_tania_rego_abr_2.jpg
 
Foto: Tania Rego/Agência Brasil
 
Jornal GGN - Nesta terça-feira (21), a Petrobras informou que deu início a fase vinculante para vender sua participação no Campo de Azulão, na Bacia do Amazonas. Nesta fase, a estatal vai enviar cartas para convidar os potenciais compradores habilitados na fase anterior, com as instruções sobre o processo de desinvestimento. 
 
100% da participação da Petrobras no Campo de Azulão (Concessão BA-3) será vendida. A companhia diz que a área “representa uma oportunidade para desenvolver uma descoberta de gás natural, perto de infraestrutura já existente, bem como de linha de transmissão de energia”. 
 
Localizado na Bacia do Amazonas, o Campo de Azulão tem área de concessão de 57,7 quilômetros quadrados e está na margem esquerda do Rio Amazonas, nos municípios de Silves e Itapiranga, a cerca de 200 quilômetros de Manaus (AM). 

Leia mais »

Média: 2.3 (3 votos)

Petrobras aprova acordo para encerrar ação judicial nos Estados Unidos

petrobras_-_steferson_faria_-ag_petrobras_3.jpg
 
Foto: Steferson Faria/Agência Petrobras
 
Jornal GGN - Por meio de nota à imprensa, a Petrobras informou que seu Conselho de Administração aprovou um acordo que vai encerrar uma ação individual na Corte Federal da Pensilvânia, nos Estados Unidos. 
 
A ação foi proposta por um grupo de afiliadas do The Vanguard Group, Inc., um dos maiores acionistas da companhia, depois da União Federal e entidades relacionadas, segundo a estatal.
 
As ações nos Estados Unidos foram movidas por investidores que se sentiram lesados após as denúncias de corrupção reveladas pela Operação Lava Jato. 

Leia mais »

Média: 2.7 (3 votos)

Petrobras tem aumento de 3,9% em sua produção de petróleo em maio

petrobras_p56_divulgacao_ag_petrobras_2_0.jpeg
 
Foto: Divulgação
 
Jornal GGN - A Petrobras teve aumento de 3,9% em sua produção média em campos nacionais no mês de maio, chegando a 2,18 milhões de barris por dia. Uma das razões para o crescimento é o início da produção da plataforma P-66, no sul do campo de Lula, localizado na Bacia de Santos.
 
As plataformas P-37, no campo de Marlim da Bacia de Campos, e a FPSO Cidade de Angra dos Reis, no campo de Lula, estavam em manutenção e retornaram à produção, contribuindo para a elevação registrada em maio. 

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Lava Jato será denunciada por tentativa de intimidar defesa de Lula

Advogados prometem alardear nos órgãos nacionais e internacionais a perseguição a Roberto Teixeira pelo MPF em Curitiba

Foto: Fotos Públicas

Jornal GGN - A defesa de Lula promete denunciar aos órgãos nacionais e internacionais a tentativa de intimidação encampada pela Lava Jato em ação penal em que o ex-presidente é acusado de supostamente receber propina da Odebrecht. Isso porque, mesmo contra depoimentos colhidos na frente do juiz Sergio Moro, o Ministério Público Federal insiste em dizer que o advogado Roberto Teixeira ajudou a lavar dinheiro de esquema de corrupção na Petrobras ao prestar consultoria na negociação de imóveis.

Leia mais »

Média: 4.6 (11 votos)

Sergio Moro aplicou à Adriana Ancelmo a mesma tese que absolveu Cláudia Cruz

Jornal GGN - O juiz Sergio Moro decidiu absolver a esposa de Sergio Cabral da acusação de corrupção e lavagem de dinheiro com a mesma teoria usada para inocentar a esposa de Eduardo Cunha, a jornalista Cláudia Cruz. De acordo com o magistrado, a Lava Jato não conseguiu provar que a advogada Adriana Ancelmo estava ciente de que a fortuna esbanjada por ela em artigos de luxo era fruto de negócios ilícitos encampados pelo ex-governador do Rio de Janeiro. O Ministério Público Federal não conseguiu comprovar o dolo por parte das esposas.

Leia mais »

Média: 3.6 (7 votos)

Andrade Gutierrez fará acordo para voltar a concorrer em licitações da Petrobras

andrade-gutierrez-1.jpg
 
Foto: Reprodução
 
Jornal GGN - A Petrobras autorizou a assinatura de um termo de compromisso com a construtora Andrade Gutierrez, que permitirá que a empreiteira volte a participar de licitações da estatal. Entre outros pontos, o documento prevê que a Andrade Gutierrez cumpra obrigações de integridade. 
 
A construtora deverá manter um programa de integridade efetivo, em conformidade com a legislação anticorrupção e constituído de pontos de melhoria específicos, estabelecidos pela Petrobras. O programa passará por verificação contínua e auditoria da estatal. 
 
No final de 2014, a petrolífera adotou um bloqueio contra a Andrade Gutierrez e outras 20 empresas citadas na Operação Lava Jato. As companhias bloqueadas estão impedidas temporariamente de participar de licitações e de celebrarem contratos com a estatal.

Leia mais »

Média: 1.5 (2 votos)

Volatilidade do dólar pode mudar frequência de reajustes da Petrobras, diz Parente

gasolina-rafael-neddermeyer-fotos-publicas_1.jpg
 
Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas
 
Jornal GGN - A política de reajustes dos preços dos combustíveis adotada pela Petrobras poderá deixar de ser mensal devido à volatilidade do dólar e do preço do petróleo, afirmou o presidente da estatal, Pedro Parente. 
 
"A volatilidade do preço do petróleo e do câmbio, isso varia todo dia. E a gente está fazendo [os reajustes no preço dos combustíveis] uma vez por mês. Essa diferença é que estamos pensando como pode aproximar mais isso", disse Parente nesta terça-feira (13), afirmando também que os reajustes mensais não são uma questão “bem resolvida” dentro da empresa. 
 
No começo deste mês, a companhia informou em documento ao mercado que poderia tornar os reajustes mais frequentes, o que faria com que a Petrobras tenha uma resposta mais imediata em casos de desvalorização cambial. 

Leia mais »

Média: 1 (2 votos)

Renato Duque contrata perícia para produzir provas na Lava Jato

Jornal GGN - O ex-diretor da Petrobras Renato Duque contratou "perícia especializada em tecnologia da informação" para produzir provas que possam dar vida ao seu acordo de delação premiada, que está em negociação com o Ministério Público Federal, em Curitiba (PR). 

Leia mais »

Média: 3 (4 votos)

Moro condena Sérgio Cabral a 14 anos e 2 meses por corrupção e lavagem


Fotos: Alex Ferro/Rio 2016
 
Jornal GGN - O juiz da Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, condenou o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB-RJ), a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, na Operação Lava Jato.
 
O ex-governador foi acusado de receber, pelo menos, R$ 2,7 milhões de propina da Andrade Gutierrez, entre 2007 e 2011, sobre os contratos para as obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) junto à Petrobras. 
 
A investigação teve como base as apurações contra o ex-diretor da estatal, Paulo Roberto Costa. "Entre os crimes que compõem o objeto da referida ação penal encontra-se o pagamento de vantagem indevida no contrato de terraplanagem do COMPERJ tendo por beneficiário direto o Diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa", destaca.
Média: 5 (2 votos)

Petrobras anuncia nova política e reajusta preço do GLP em 6,7%

petrobras_tania_rego_abr_1.jpg
 
Foto: Tania Rego/Agência Brasil
 
Jornal GGN - Nesta semana, a diretoria executiva da Petrobras aprovou uma nova política de preços para a venda de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) em botijões para uso residencial às distribuidoras. O primeiro reajuste está previsto para esta quinta-feira (8) e preço terá um aumento médio de 6,7% nas refinarias. 
 
A partir de julho, os reajustes deverão ocorrer todo dia 5 de cada mês, e, segundo a estatal, a nova política de preços não valerá para o gás de uso comercial e industrial. Caso o reajuste seja repassado integralmente para o consumidor, a estimativa é que o preço do gás de cozinha fique 2,2% (ou R$ 2,15) mais caro por botijão. 

Leia mais »

Média: 2.7 (7 votos)

Delenda, Brazil!, por Assis Ribeiro

Delenda, Brazil!

por Assis Ribeiro

A democracia brasileira ficou órfã, em busca de pais adotivos.

O que a rede Globo fez em parceria com os outros servos de interesses escusos e estrangeiros foi tornar o Brasil órfão.

A mídia, a reboque do que determina o mercado (de matriz americana), não teve o mínimo compromisso com as consequências da sua cobertura. A repetição exaustiva sobre os casos de corrupção suplantam qualquer cobertura de fundo construtivo, seja na área cultural, esportiva, social ou o que de bom essas mesmas empresas fazem para o país. Qualquer análise quantitativa e qualitativa sobre este tema concluirá que a mídia não visou apenas o seu compromisso informativo, ela foi muito além. O objetivo destrutivo da imagem das nossas empresas ficou claro.

Na outra ponta os nossos juízes e procuradores que cuidam da "ordem e defesa do capital", os chamados togados anticorrupção, se submetem à doutrinação em solo americano. Nem mesmo percebem que onde fazem seus cursos as empresas pátrias são protegidas pelo sistema, como visto no crash de 2008 e nos vários escândalos de suas empresas no estrangeiro e o envolvimento de bancos americanos em lavagem de dinheiro.
Ver mais em: http://assisprocura.blogspot.com.br/2016/07/escolas-americanas-e-doutrin...

Alinhe - se a estas duas situações acima, a cultura da "doutrina do mal", de Bush.

Leia mais »

Média: 5 (9 votos)