Doria estica quarentena até 10 de maio após isolamento cair para 49%

A atitude responsável é prorrogar a quarentena contra coronavírus para adiar o colapso dos hospitais públicos e, na sequência, dos privados, diz governador

Jornal GGN – O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta (17) a prorrogação das medidas restritivas contra o coronavírus pela segunda vez, agora até o dia 10 de maio. Na quinta (16), o estado aferiu que o índice de isolamento social caiu para 49%. A taxa considerada ideal é de 70%.

Segundo Doria, a decisão foi amparada pelo grupo de contingência que acompanha a evolução da COVID-19. O comitê é composto por 15 médicos especialistas que “orientam as decisões do governo de São Paulo. A orientação da ciência foi para prorrogarmos a quarentena”, disse.

O governador lembrou que, há exatamente um mês, o Estado registrava sua primeira morte por coronavírus. Hoje já são 853 óbitos.

“Infelizmente, os casos estão em expansão. As enfermarias dos hospitais públicos e privados recebem número maior de pacientes a cada dia e já temos alguns hospitais públicos à beira do limite.”

A atitude responsável é prorrogar a quarentena para adiar o colapso dos hospitais públicos e, na sequência, dos privados, acrescentou.

O prefeito Bruno Covas afirmou que apoia a medida do governador.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: Vacina testada no Brasil é a melhor candidata, diz OMS

2 comentários

  1. Dividas Públicas alongadas. Apareceram milhões e milhões de reais, que até agora não existiam, para a farra de compras, importações, hospitais de campanha, isto e aquilo. Governadores e Prefeitos riem à toa, com a enxurrada de Dinheiro Público sendo gasto sem controle em ano de eleição. Hospitais podem ficar lotados e com serviço muito péssimo, é o argumento. Hospitais lotados com serviços péssimos são nossa realidade há décadas. É a verdade atual. Todas outras doenças muito mais numerosas e mortais, caíram no esquecimento da Imprensa. Assim como intencionalmente esquecido foi que tal Pandemia em muito agravada pelos Carnavais das Multidões principalmente em SP e RJ. Dengue proliferando Dengue Hemorrágica em São Paulo, fora surtos de hepatite, leptospirose, raiva humana, leschmaniose, febre amarela urbana, sarampo,…Casos de Feminicídios mais que dobraram. Redução de atos salários de Servidores Públicos Privilegiados? Cortes nos Orçamentos dos Poderes Públicos? Uso do Fundo Eleitoral no combate de tal Pandemia? Alteração nas datas das próximas Eleições? Fechamento de Pedágios nas Rodovias, pontos de contaminação sistemático entre Caminhoneiros, Viajantes e Atendentes? Alguém acreditou?! Para quem está servindo fomentar a Histeria? Pobre país rico. Mas de muito fácil explicação.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome