Eduardo Bolsonaro ofende China no Twitter e embaixada reage

E, mais uma vez, a embaixada chinesa no Brasil reage, pede que o deputado filho de Jair abandone a retórica norte-americana para evitar “consequências negativas”.

TIAGO ROGERO - O GLOBO

Jornal GGN – Mais uma vez, o deputado federal que preside a Comissão de Relações Exteriores, Eduardo Bolsonaro, usa de suas redes sociais para atacar a China. E, mais uma vez, a embaixada chinesa no Brasil reage, pede que o deputado filho de Jair abandone a retórica norte-americana para evitar “consequências negativas”.

As publicações do filho de Jair, Eduardo Bolsonaro, foram feitas na segunda-feira, dia 23. O deputado disse que o programa Clean Network, apoiado também pelo Brasil, pretende proteger seus participantes de invasões e violações de informações. De acordo com o deputado, a iniciativa afasta a tecnologia da China e evita espionagem do país asiático.

“Isso ocorre com repúdio a entidades classificadas como agressivas e inimigas da liberdade, a exemplo do Partido Comunista da China”, disse ainda o deputado que depois apagou alguns de seus tuítes.

A embaixada da China também respondeu pelo Twitter, e disse que o deputado acusou o país de fazer espionagem cibernética e pontuou que ele defendeu a iniciativa que discrimina a tecnologia 5G chinesa.

“Tais declarações infundadas não são condignas com o cargo de presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados. Prestam-se a seguir os ditames dos EUA no uso abusivo do conceito de segurança nacional para caluniar a China e cercear as atividades de empresas chinesas. Isso é totalmente inaceitável para o lado chinês e manifestamos forte insatisfação e veemente repúdio a esse comportamento”, foi a resposta chinesa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Maia diz que atraso de insumos de vacina da China não tem motivação política

6 comentários

    • me deculpe Carlos, mas quem mais faz merda nesse país são os eleitores e votam em figuras como as da família bozonazi

  1. Fico imaginando como ficaria o agropop no dia que a china encher o saco dessas baboseiras infantis e der uma banana para a soja brasileira. Ja perceberam que a China está comprando soja da Argentina e incentivando países Africanos a plantar soja.

  2. EUA, argentina e países africanos agradecem do fundo do coração a “força” que o Brasil do Bozo esta dando ao agronegócio deles…Brasileiro é tão bonzinho…já o agronegócio destas bandas de cá ganham o primeiro premio, com direito a troféu, de otários da década…Brasil, sil ,sil….

  3. Bozo e família estão procurando. E quem procura!? ……. Quando um de seus filhos fazia merda, minha o advertia com a seguinte frase: “Quem procura o que não guarda, quando acha não conhece!” Essa família de vagabundos não perde por esperar!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome