A prisão de Temer é sinal de que o caos se aproxima, por Daniel Samam

As prisões de hoje são sinais de que o caos se aproxima.

  • A prisão de Temer é sinal de que o caos se aproxima

por Daniel Samam

A prisão de Michel Temer e Moreira Franco é mais um episódio do arbítrio da Lava Jato, a linha jurídica auxiliar do bolsonarismo.

Fica claro que tal operação representa uma reação do lavajatismo contra as derrotas sofridas no STF na semana passada e na sapatada que o ministro e ex-Juiz Sérgio Moro levou ontem (20) do presidente da câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) quanto ao pacote “anticrime”. Um detalhe, Moreira Franco é sogro de Maia.

Com esse movimento do lavajatismo, quebram-se acordos importantes no Congresso Nacional. O núcleo duro do governo Bolsonaro terá mais problemas para aprovar seus projetos e reformas, tendo em vista que Temer organizava votos do MDB. A prisão bagunça o coreto.

Mas, ao mesmo tempo, o bolsonarismo não tem muito compromisso com acordos estabelecidos. Eles operam no caos e precisam do mesmo para sobreviver. Daí a harmonia perfeita entre o bolsonarismo e o lavajatismo. Aliás, vou além. São irmãos siameses.

O lavajatismo é claramente um fator de instabilidade permanente para a política – da esquerda à direita – e para as instituições nacionais. Serve para criminalizar a política e desnacionalizar nossa economia.

Quando a Lava Jato foi deflagrada, a classe política não teve coragem de enfrentar Moro e seus asseclas – com exceção do Senador Renan Calheiros (MDB-AL) -, cerrando fileiras contra a perseguição a Lula, que era o dique de contenção. Agora é tarde. O gênio saiu da garrafa.

Esta Operação, tal como se dá, precisa ser derrotada pelo bem da democracia no Brasil. E para tal, somente uma ampla coalizão da classe política, de todas as instituições, incluindo os setores responsáveis, republicanos e nacionalistas das Forças Armadas, e da sociedade como um todo.

Diante disso, é fundamental que não façamos coro com tais medidas de exceção. Defender a Lava Jato é exaltar a mais clara expressão do fascismo à brasileira.

As prisões de hoje são sinais de que o caos se aproxima.

7 comentários

  1. Segundo declaração atribuída a Mao:(“Tudo sob o céu está mergulhado no caos; a situação é excelente”), não deixa de ser interessante ver as cobras morderem o próprio rabo…

  2. O caos é a entrega da EMBRAER da Petrobras, da Eletricidade, do Présal, da Educação, da Previdência, da Saúde, do território Pátrio…
    O caos é o retorno à idade média, à escravidão, é o fim da soberania, é o fim da Pátria, é irmão odiando irmão.
    Bem vindo ao caos!

  3. E assim vai pegando fogo no cabaré!
    Moro é um traidor, mas qual militar não está sendo?
    Qual empresário da mídia não nos vende?
    A OAB defende o Brasil?
    Qual entidade patronal nos defende do ataque feroz que nossos concorrentes mundiais nos fazem?

    Enquanto isso Lula continua preso…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome