Física e filósofa Dana Zohar fala sobre a inteligência espiritual

Sugerido por Assis Ribeiro

Do Brasil 247

Inteligência espiritual: Todos temos um “Ponto de Deus” no cérebro

No início do século 20, o QI era a medida definitiva da inteligência humana. Só em meados da década de 90, a descoberta da inteligência emocional mostrou que não bastava a pessoa ser um gênio se não soubesse lidar com as emoções. Hoje, novas descobertas apontam para um terceiro quociente, o da inteligência espiritual. Ela nos ajudaria a lidar com questões essenciais e pode ser a chave para uma nova era também no mundo dos negócios

Entrevista a Suzana Naiditch. Fonte: Revista Exame

No livro QS – Inteligência Espiritual, a fí¬sica e filósofa americana Dana Zohar aborda um tema tão novo quanto polêmico: a existência de um terceiro tipo de inteligência que aumenta os horizontes das pessoas, torna-as mais criativas e se manifesta em sua necessidade de encontrar um significado para a vida. Ela baseia seu trabalho sobre o “quociente espiritual” (QS) em pesquisas só há pouco divulgadas de cientistas de várias partes do mundo que descobriram o que está sendo chamado “Ponto de Deus” no cérebro, uma área que seria responsável pelas experiências espirituais das pessoas. O assunto foi abordado em reportagens de capa pelas revistas americanas Neewsweek e Fortune. Afirma Dana: “A inteligência espiritual coletiva é baixa na sociedade moderna. Vivemos numa cultura espiritualmente estúpida, mas podemos agir para elevar nosso quociente espiritual”.

Dana Zohar

Dana vive na Inglaterra com o marido, o psiquiatra Ian Marshall, co-autor do livro, e com dois filhos adolescentes. Formada em fí¬sica pela Universidade de Harvard, com pós-graduação no Massachusetts Institute of Tecnology (MIT), ela atualmente leciona na universidade inglesa de Oxford. É autora de outros oito livros, entre eles, O Ser Quântico e A Sociedade Quântica, já traduzidos para português. QS – Inteligência Espiritual já foi editado em 27 idiomas, incluindo o português (no Brasil, pela Record). Dana tem sido procurada por grandes companhias interessadas em desenvolver o quociente espiritual de seus funcionários e dar mais sentido ao seu trabalho. Dana Zohar concedeu esta entrevista à Revista exame em Porto Alegre, durante o 30º Congresso Mundial de Treinamento e Desenvolvimento da International Federation of Training and Development Organization (IFTDO), organização fundada na Suécia, em 1971, que representa 1 milhão de especialistas em treinamento em todo o mundo. Eis os principais trechos da entrevista:

O que é inteligência espiritual?

É uma terceira inteligência, que coloca nossos atos e experiências num contexto mais amplo de sentido e valor, tornando-os mais efetivos. Ter alto quociente espiritual (QS) implica ser capaz de usar o espiritual para ter uma vida mais rica e mais cheia de sentido, adequado senso de finalidade e direção pessoal. O QS aumenta nossos horizontes e nos torna mais criativos. É uma inteligência que nos impulsiona. É com ela que abordamos e solucionamos problemas de sentido e valor. O QS está ligado à necessidade humana de ter propósito na vida. É ele que usamos para desenvolver valores éticos e crenças que vão nortear nossas ações.
De que modo essas pesquisas confirmam suas ideias sobre a terceira inteligência?
Os cientistas descobriram que temos um “ponto de Deus” no cérebro, uma área nos lobos temporais que nos faz buscar um significado e valores para nossas vidas. É uma área ligada à experiência espiritual. Tudo que influencia a inteligência passa pelo cérebro e seus prolongamentos neurais. Um tipo de organização neural permite ao homem realizar um pensamento racional, lógico. Dá a ele seu QI, ou inteligência intelectual. Outro tipo permite realizar o pensamento associativo, afetado por hábitos, reconhecedor de padrões, emotivo. É o responsável pelo QE, ou inteligência emocional. Um terceiro tipo permite o pensamento criativo, capaz de insights, formulador e revogador de regras. É o pensamento com que se formulam e se transformam os tipos anteriores de pensamento. Esse tipo lhe dá o QS, ou inteligência espiritual.

Leia também:  Acordo com EUA para explorar Alcântara ameaça desenvolvimento do Brasil, alerta pesquisador americano

Qual a diferença entre QE e QS?

É o poder transformador. A inteligência emocional me permite julgar em que situação eu me encontro e me comportar apropriadamente dentro dos limites da situação. A inteligência espiritual me permite perguntar se quero estar nessa situação particular. Implica trabalhar com os limites da situação. Daniel Goleman, o teórico do Quociente Emocional, fala das emoções. Inteligência espiritual fala da alma. O quociente espiritual tem a ver com o que algo significa para mim, e não apenas como as coisas afetam minha emoção e como eu reajo a isso. A espiritualidade sempre esteve presente na história da humanidade.

Por que somente agora o mundo corporativo se preocupa com isso?

O mundo dos negócios atravessa uma crise de sustentabilidade. Suas atitudes e práticas atuais, centradas apenas em dinheiro, estão devastando o meio ambiente, consumindo recursos finitos, criando desigualdade global, conduzindo a uma crise de liderança nas empresas e destruindo a saúde e o moral das pessoas que trabalham ou cujas vidas são afetadas por elas. Espiritualidade nos negócios significa simplesmente trabalhar com um sentido mais profundo de significado e propósito na comunidade e no mundo, tendo uma perspectiva mais ampla, inspirando seus funcionários. Nós não sabemos mais o que é realmente a vida. Não sabemos qual é o jogo que jogamos nem quais são as regras. Falta-nos um sentido profundo de objetivos e valores fundamentais. Essa crise de significado é a causa principal do estresse na vida moderna e também das doenças.
A busca de sentido é a principal motivação do homem. Quando essa necessidade deixa de ser satisfeita, a vida nos parece vazia. No mundo moderno, a maioria das pessoas não está atendendo a essa necessidade.

Leia também:  Acordo com EUA para explorar Alcântara ameaça desenvolvimento do Brasil, alerta pesquisador americano

Como se pode detectar os sintomas dessa crise na vida corporativa?

Desde o surgimento do capitalismo, há 200 anos, tudo que importa no mundo dos negócios é o lucro imediato. Isso criou uma cultura corporativa destituída de significado e de valores mais profundos. Nós apenas queremos mais dinheiro. Mas para quê? Para quem? Trabalhamos para consumir. É uma vida sem sentido. Isso afeta o moral, tanto dos dirigentes quanto dos empregados, sua produtividade e criatividade. E também afasta dos negócios preocupações mais amplas com o meio ambiente, a comunidade, o planeta e a sustentabilidade. O mundo corporativo é um monstro que se autodestrói porque lhe falta uma estrutura mais ampla de significado, valores e propósitos fundamentais. Há uma profunda relação entre a crise da sociedade moderna e o baixo desenvolvimento da nossa inteligência espiritual.

Quais companhias a têm chamado para desenvolver trabalhos que busquem elevar o quociente espiritual de dirigentes e empregados?

Não posso citar seus nomes, mas tenho atendido a bancos, financeiras, empresas de telecomunicações, de petróleo e montadoras de automóveis. Trabalhamos juntos para adquirir a compreensão de que as atitudes e práticas existentes são insustentáveis e como as empresas podem desenvolver tanto a sustentabilidade como os serviços cultivando as dez qualidades do quociente espiritual.
A senhora poderia citar exemplos de companhias ou empresários que estejam buscando mais sentido em seu trabalho?
Há muitos exemplos. Mats Lederhausen, o vice-presidente de estratégia global do McDonald s, é um deles. Sua função na empresa é ser a voz de protesto e consciência, sacudindo as pessoas, agitando o barco. Ele iniciou projetos como a distribuição gratuita de vacinas antipólio na África, a luta contra plantações geneticamente modificadas, o uso de gaiolas maiores para galinhas e um trabalho para restaurar ecossistemas danificados.
Outro exemplo é a Amul, empresa da Índia que distribui para o Estado de Gujarat o leite de 10 000 cooperativas. A Amul compra todos os dias o leite de camponeses que possuem apenas uma vaca, permitindo que indivíduos pobres possam competir com grandes fazendeiros. O Banco de Desenvolvimento da Ásia se dedica à erradicação da pobreza com programas de micro-crédito para pessoas muito pobres.
A British Petroleum adotou um novo slogan, “Além do Petróleo”, e está colocando o grosso de seus fundos de pesquisa no desenvolvimento de tecnologias energéticas alternativas, menos agressivas ao meio ambiente. John Browne, o CEO da companhia, conseguiu aumentar o valor das ações enfatizando relações de longo prazo entre sua empresa e a sociedade.

Como é o líder espiritualmente inteligente?

É um líder inspirado pelo desejo de servir, uma pessoa responsável por trazer visão e valores mais altos aos demais e por lhes mostrar como usá-los. É uma pessoa que inspira as outras. Gente como o Dalai Lama, Nelson Mandela, Mahatma Gandhi. No mundo dos negócios, Richard Branson, da Virgin, é um líder espiritualmente inteligente. Ele está muito preocupado com o meio ambiente e a comunidade. É muito espontâneo, tem visão e valores, tem perspectivas amplas.

Leia também:  Acordo com EUA para explorar Alcântara ameaça desenvolvimento do Brasil, alerta pesquisador americano

Como se pode desenvolver a inteligência espiritual?

Tomando consciência das dez qualidades comuns às pessoas espiritualmente inteligentes e trabalhando para desenvolvê-las. Procurando mais o porquê e as conexões entre as coisas, trazendo para a superfície as suposições que fazemos sobre o sentido delas, tornando-nos mais reflexivos, assumindo responsabilidades, sendo honestos conosco mesmos e mais corajosos. Tornado-nos conscientes de onde estamos, quais são nossas motivações mais profundas. Identificando e eliminando obstáculos. Examinando as numerosas possibilidades, comprometendo-nos com um caminho e permanecendo conscientes de que são muitos os caminhos.
De que forma as pessoas espiritualmente inteligentes podem beneficiar as corporações?
As pessoas com QS elevado querem sempre fazer mais do que se espera delas. Algo para além da empresa. Quem trabalha unicamente por dinheiro não faz o melhor que pode. Nas empresas em que se busca desenvolver espiritualmente os funcionários, a produtividade aumenta porque eles ficam mais motivados, mais criativos e menos estressados. As pessoas dão tudo de si quando se procura um objetivo mais elevado. Se as organizações derem espaço para as pessoas fazerem algo mais, se souberem desenvolver em cada indivíduo sua inteligência espiritual, terão mais resultados e mais rapidamente.

A senhora diz que o capitalismo como se conhece hoje está com os dias contados, mas que um novo capitalismo está nascendo. Como ficam as empresas com essa nova perspectiva?

Está surgindo um novo tipo de empresa. É uma empresa responsável. No novo capitalismo sobreviverão as companhias que têm visão de longo prazo, que se preocupam com o planeta, em desenvolver as pessoas que nelas trabalham. Que se preocupam, sim, com o lucro, mas que querem ganhar dinheiro para desenvolver as comunidades em que atuam, proteger o meio ambiente, propagar educação e saúde.

Dana Zohar identificou dez qualidades comuns às pessoas espiritualmente inteligentes. Segundo ela, essas pessoas:

1. Praticam e estimulam o autoconhecimento profundo.

2. São conduzidas por valores humanos. São idealistas e creem na vida.

3. Têm capacidade de encarar desafios e utilizar a adversidade a seu favor.

4. São holísticas – têm a visão do todo integrado e a percepção da unidade.

5. Celebram a diversidade como fonte de beleza e aprendizado.

6. Têm independência de pensamento e comportamento.

7. Perguntam sempre “por quê?” e “para que”. São agentes de transformações.

8. Têm capacidade de colocar as coisas e os temas num contexto mais amplo.

9. Têm espontaneidade de gestos e atitudes, e são equilibradas emocionalmente.

10. São sensíveis, fraternas e compassivas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

32 comentários

  1. Dana tem sido procurada por

    Dana tem sido procurada por grandes companhias interessadas em desenvolver o quociente espiritual de seus funcionários e dar mais sentido ao seu trabalho. 

    Isso explica tudo.

     

  2. Mais uma a se apropriar da

    Mais uma a se apropriar da Física, ou das Ciências em modo geral, para dar vezo às suas crenças pessoais. 

    Não há nada, nem de longe, cientificamente provado, acerca de algo que desconcte a relação mente-cerébro. Morreu este último, acabou, terminou tudo:alma, espírito…………………..Tais entidades ainda não passaram  das concepções de caráter religioso ou místico. 

    Tudo bem. No ramo de auto-ajuda vale tudo. 

    • Pois é JB…. eu sou doutor

      Pois é JB…. eu sou doutor em fíisca e fico me questionando se não devia ter abandonado faz tempo as minhas expressões e simulações para investir em algo mais prazeroso e rentável. Acho que vou fundar a astrologia quÂntica: com certeza haverá gente que comprará esta idéia!

  3. Arf…

    Titia prefere a originalidade dos replicantes de Blade Runner, que aliás, esta maluca aí plagiou o conceito descaradamente…

    Êta povinho invejoso…titia sabe que é nada demais copiar e ampliar boas ideias, mas sem citar é phoda…

    Espírito é o cacete…

    Richard Dawkins tem um nome para isto…e ele também nem é tão orginal assim…

  4. O tal “ponto de Deus” no

    O tal “ponto de Deus” no cérebro já é coisa do passado…desde 2006.

    Brain’s ‘God Spot’ Hard To Pin Down 

    http://www.cbsnews.com/2100-500368_162-1948254.html

    Brain scan of nuns finds no single “god spot” in the brain, Université de Montréal study

    http://www.umontreal.ca/medias/english/press_releases/2006-2007/20060829_brainscan.html

    No ‘God Spot’ In Brain, Spirituality Linked To Right Parietal Lobe

    http://www.huffingtonpost.com/2012/04/20/god-spot-in-brain-is-not-_n_1440518.html

    Research says ‘God spot’ does not exist

    http://www.washingtontimes.com/news/2012/apr/25/research-says-god-spot-does-not-exist/?page=all

    E essa história de inteligência espiritual carece de base acadêmica, tanto que o Howard Gardner não incluiu ao conceber a teoria das múltiplas inteligências.

    É coisa da Zohar pra vender livro pra “capitalista bonzinho”.

    Danah Zohar coined the term “spiritual intelligence” and introduced the idea in 1997 in her book ReWiring the Corporate Brain.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Spiritual_intelligence

  5. espírito de porco

    titia prefere o ponto G de deus…

    A ex-virgem maria que o diga, uiiiiii….

    A única salvação da humanidade é sua inteligência espiritual suína…

  6. Sobre “ponto de Deus” em

    Sobre “ponto de Deus” em nosso cérebro, a leitura das 2097 páginas do Livro de Urântia é fascinantemente esclarecedora.   

  7. Física e filósofa Dana Zohar fala sobre a inteligência espiritua

    Mais uma que acreditou no Fim da História e da efemeridade do texto do Fukuyama.  O pensamento da direita está sem rumo em busca de outro profeta do funcionalismo. Recomendo a leitura do discurso do Jose Mujica, presidente do Uruguai nas ONU ontem. A questão de buscar a deidade e o sentido da vida na filosofia e considerar isto moderníssimo é enganação. Os pré socráticos, por exemplo, Thales de Mileto já falava da filosofia como um modo do homem encontrar um sentido para a vida no ano 700 A.C.

    Esta senhora é mais uma enganadora interessada em ganhar dinheiro. Este mercado de recolocação e RH vai de mal a pior. E o pessoal da Exame precisa ler uns livrinhos produzidos na Grécia Antiga. Quanta enrolação! E ela vai ganhar muito dinheiro dando palestras no mundo inteiro.

    Não devemos nos surpreender agora com este assunto na Exame. A revista vai vender muitos cadernos especiais. Embuste! Quem tem ideologia, filosofia ou religião não precisa deste elixir/manual para gente inculta com pseudos conhecimentos. A Abril vive de engodo em engodo. Cada vez aparece um novo profeta genial com uma novidade e títulos debaixo do braço desancando o profeta anterior. E um repórter pronto a anotar todas estas baboseiras tecnocráticas sem crítica alguma. Besta é quem lê e compra esta enganação.

  8. Os pitagóricos, séc. IV a.C ,

    Os pitagóricos, séc. IV a.C , apregoava que tudo era comensurável, no sentido de haver algo em comum, um segmento. Assim, qualquer deus e homem tinha algo em comum e o que faltava ao homem para se aproximar a ser algo quase, se não Deus, era cumprir certos rituais que só esses sabiam como fazer. Esvaziar os bolsos de  tudo quando era valores materiais sempre foi a primeira regra. Portanto, é a mesma versão, reduzida para um ponto,

    No todo, Ciência nunca foi verdade eterna, como é todo Deus,  mas ¨verdades¨ que não sabemos ainda provar ser errada.

  9. ponto de deus e herdeiros de grandes empresas…

    tudo que surgir daí só tem serventia como ponto ideal para alinhavar outro bolso embutido………………

     

    mas até certo ponto tem seu valor, se o herdeiro for diferente do pai ou do avô, o que, cá entre nós, jamais foi visto

     

    mas até hoje espero pelo pré-sol de um profeta milionário…………….existe? claro que não

  10. acredito que existe sim, como a tal inteligência artificial…

    tornando-se espiritual somente ao fluir para os outros…………………

     

    e o que outros fazem com ou dela? eis a questão

     

    eis outro caminho possível para uma resposta lógica

  11. Como é possível alguém se

    Como é possível alguém se intitular filósofo e utilizar-se de forma tão inapropriada de termos filosóficos como “idealismo”? É lametável que uma sociedade e uma instituição como esta aonde vive esta senhora se deixe enganar por um discurso tão rasteiro.

  12. Pegando carona no post um

    Pegando carona no post um pouco acima, faltou a filosofa mencionar a Zara. É para rir. Se fosse para chorar não pararíamos nunca.

  13. Modinha…

    Depois do “Quociente Intelectual” e da “Inteligência Emocional” agora é a vez da módinha do “Quociente Espiritual” seja lá que “Diabo” for isso…

    Quer dizer que eu, sendo um ateu, sou burro???

    Mias uma que vai “auferir” lucros com livros, palestras e todo o sub produto deste tipo de comércio…

    Me engana que eu gosto…

    • É burro porque pensa que

      É burro porque pensa que espiritualidade depende da crença em qualquer coisa, ou mesmo de religião.

      Vai ser ateu como o Niemeyer, que era altamente espiritualizado.

  14. Boas intenções

    Malta faminta de comentadores.

    Vocês conhecem a moça?

    Sabem das suas intenções íntimas?

    Se têm gente que acredita e não é picaretagem para tomar grana de otários, que mal têm?

    Bolsa de valores é muito pior, pergunta para os investidores da OGX.

    • Edir Macedo

      A tua linha de raciocinio no limte também vale para legitimar o Edir Macedo. Ocorre que a moça se apresenta como filósofa(entende a consequência disto ?), aparentemente com ótima formação (MIT).A moça juntou linhas gerais desejáveis para lideres e associou a suposto “ponto de Deus” no cérebro. Se não é para “tirar dinheiro de trouxas” para que seria ? 

      • Harry Potter, a pedra filosofal e os trouxas

        Para provocar um suposto debate sério entre outros trouxas, talvez?

        Xandinho, meu filho, desiste, a ironia não é o teu forte…O marcelo não entendeu sua picardia…

  15. É best seller na

    É best seller na certa.

    Eleitores de Marina Silva já fazem fila para a nova novidade do verão. Inteligência espiritual. UAU!

    Vai ser daqueles livros de auto-ajuda feito para homens de negócios, que vendem às pencas nos aerorportos, de capa colorida e linguagem simples.

    Eu tô fora.

  16. inteligencia espiritual

    Eu não tinha conhecimento da terceira inteligencia, que é espiritual. Li o texto e hoje tenho conhecimento do assunto, gostei muito do texto que veio ampliar mais os meus conhecimento. Excellent!!!!

     

  17. A “Inteligência Espiritual” só existe do Homem ser um Espírito!

    Chamo a atenção,
    para todos que trabalham na edificante lavoura,
    construindo a “NOVA ERA”, e que traz a divulgação da “Inteligência Espiritual”, gostaria poder chamar vossa atenção no sentido de esclarecer,
    que a “Inteligência Espiritual”, não tem como progredir na crença que Deus existe, mas unicamente no conhecimento que Deus existe. A “Inteligência Espiritual” não é um produto de mercantilização, uma vez que pede ver o Homem como sendo Espírito. Não há como chamar “Inteligência Espiritual”, sem o conhecimento de que todos somos Espíritos, e acima de tudo, sem haver ter sido provado cientificamente que Deus existe. E que eu saiba a unica pessoa que conseguiu provar fisicamente que Deus existe, está atualmente vivendo no Brasil.
    Assim,
    como sou autor que descobriu e indentificou cientificamente o metodo,
    que nos dá condição de provar fisicamente que Deus existe,
    venho na qualidade de amigo,
    para que possamos juntos trabalhar diante mesmo propósito,
    tendo comum alicerce da ciência e da doutrina Espírita codificada por Allan Kardec.,
    para difundir Mundo afora a, “Inteligência Espiritual” !
    Sair fora dessa ordem, é sair fora do eixo central,
    usando o personalismo, como base individualista  da impermanencia do ego.
    Volto a afirmar, que não basta falar de “inteligência Espiritual”, sem olhar para o Homem e ver que somos todos Espíritos.

    No Brasil é onde o Espiritismo tem encontrado maior numero de trabalhadores, onde o sentimento une o Céu com a Terra diante mesmos propositos na edificação Espiritual do Homem. Querer alguem negar a importancia da Espiritualidade que vem trabalhando, de modo nos instruir dizendo o que acontece de fato após acontecer nossa desencarnação, torna-se muito suspeitas quaiquer sejam as intenções que vierem trazendo a divulgação da “Inteligência Espiritual”

    Até mesmo porque tenho autoridade para falar e afirmo, uma vez que sou autor que identificou o metodo cientifico que prova fisicamente que Deus existe. A “inteligência espiritual” só caminha no conhecimento que Deus existe, e não na crença religiosa de que Deus exista!

    Fernand. Pontes

  18. Inteligência espriritual não existe mais

    A fase espiritual acabou em 1935 junto com a mudança de fase da Natureza, portanto, não existe mais esta inteligência, considerando que estamos na fase do desenvolvimento do raciocínio que está maerializado na gândula pineal como máquina do Raciocínio e chegou o momento de seu desenvolvimento, que é feito somente pelo estudo dos livros Universo em Desencanto.

  19. Inteligencia Espiritual

     

    Este e o milenio da espiritualidade… o homem atingiu muitas conquistas mas, ainda nao descobriu o seu proposito, como diz Dana Zohar.  E tudo comeca pelo auto-conhecimento.  Sou terapeuta em PNL e muito do que a Dana fala, sao conceitos vinds da PNL. Eu acredito em tudo que ela escreveu… Nao se trarta da ciencia da fe… é muito  mais que isto. E em primeiro acreditar no seu poder interior, desde que ele esteja sadio…. Se voce pratica o bem aos seus semelhantes e a sociedade como um todo, voce esta em condicoes de conquistar a inteligencia espiritual.

    As empresas que nao estao trabalhando a favor do planeta vao desapaercer.

    e vao ter que caminhar urgentemente nesta linha….

     

     

     

  20. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome