Câmara adia definição de indicações a presidências de comissões

Até então, não houve consenso sobre as indicações das siglas para os comandos dos colegiados. Após a escolha dos nomes, acontece uma eleição e instalação, para que então as comissões comecem a funcionar

Foto: Divulgação

Jornal GGN – A Câmara dos Deputados adiou a definição de indicações partidárias às presidências de comissões na Casa, após reunião nesta quinta-feira, 4, sem acordo entre os parlamentares. 

Até então, não houve consenso sobre as indicações das siglas para os comandos dos colegiados. Após a escolha dos nomes, acontece uma eleição e instalação, para que então as comissões comecem a funcionar. 

“Sem imbróglio nenhum. Só não houve acordo nas pedidas e demos um tempo a mais para que os líderes se entendam. Se não se entenderem, será feita na ordem de prioridade de proporcionalidade, sem nenhum estresse”, disse o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), ao sair da reunião. 

Segundo informações do Uol, a expectativa é que uma definição saia na próxima terça-feira, 9, pela manhã. 

Vale lembrar que, os membros das comissões que elegem seus comandantes, mas os eleitos costumam ser quem os partidos indicam aos cargos em negociações prévias com base na proporcionalidade das bancadas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora