Governo Bolsonaro pode aumentar 117% o fundo eleitoral de 2020

De R$ 1,8 bilhões, o fundo para prefeitos e vereadores disputarem as eleições de 2020 pode chegar a um total de R$ 3,7 bilhões. Negociação ainda está em andamento

Foto: Evaristo Sa/ AFP

Jornal GGN – O governo de Jair Bolsonaro pode mais que dobrar o valor destinado ao fundo eleitoral, para prefeitos e vereadores disputarem as eleições de 2020, a um total de R$ 3,7 bilhões. Hoje, o fundo é de R$ 1,8 bi. A informação, divulgada pelo O Globo, é que o governo estaria articulando junto ao Ministério da Economia, para fazer essa mudança por meio de uma mensagem no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) do próximo ano.

O montante ainda não foi decidido pelo governo Bolsonaro, mas os líderes dos partidos políticos estão pressionando o mandatário para chegar a essa quantia de R$ 3,7 bilhões. A princípio, o próprio governo teria proposto R$ 2,5 bi, depois recuou para R$ 1,87 bi, e agora reavalia alterar e aumentar mais as quantias para as campanhas municipais.

A reportagem de O Globo, que trouxe essas informações por meio de fontes supostamente obtidas pelo jornal, não indicou quais seriam os interesses ou tipos de pressões feitas pelos líderes partidários para convencer o governo Bolsonaro a aumentar o fundo eleitoral.

Entretanto, automaticamente, o aumento nessa destinação afetaria outras despesas do governo a partir do próximo ano, como investimentos em políticas públicas, por exemplo, no Orçamento já reduzido pelo teto de gastos.

A negociação deve se tornar pública ao fim do ano, quando o tema precisaria ser votado pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) e pelo Congresso Nacional, mas o próprio relator do projeto, o deputado Domingos Neto (PSD-CE), avalia que a decisão é um consenso entre governo e partidos.

Segundo o parlamentar, Bolsonaro deve trabalhar com base nos cortes obrigatórios e, dentro da margem extra, ampliar o fundo para as campanhas eleitorais de vereadores e prefeitos. Caso confirmado, o aumento de 117% deve gerar pressão pública.

O GGN prepara uma série de vídeos que explica a influência dos EUA na Lava Jato. Quer apoiar o projeto? Clique aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora