Calheiros desmente Roberto Dias sobre conversas com Davati

Relator apresenta prints de conversas em que reunião é agendada com ex-diretor – e Aziz faz crítica à ‘banda podre’ das Forças Armadas

Ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Jornal GGN – Prints apresentados durante depoimento de Roberto Dias, ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, confirmam tratativas mantidas entre o Ministério e a Davati Medical Supply para a negociação de vacinas.

“Em uma conversa que nós temos, que aconteceu, Cristiano diz para Dominguetti – que o representava – que cada secretário do Ministério da Saúde tem um orçamento de R$ 5 bilhões, sendo que Elcio (Franco) tinha R$ 2 bilhões e Roberto Dias tinha R$ 5 bilhões”, disse o relator, Renan Calheiros, que mostrou os prints de conversas entre Dominguetti e o coronel Marcelo Blanco, onde se dizia que Dias aguardava o envio de documentação.

“No dia 26/02, vossa senhoria respondeu e-mail dos representantes da Davati solicitando reunião para tratar da oferta feita pela empresa”, questionou Calheiros – um dia depois do jantar ocorrido no restaurante Vasto. Após alguns segundos de silêncio, Roberto Dias desconversa e diz que as mensagens “mostram total desconhecimento desse aventureiro da dinâmica do funcionamento do Ministério da Saúde”.

Questionado por Aziz sobre “todo esse ódio do Dominguetti” contra ele e sobre as razões de tal “perseguição”, Dias afirma que também gostaria de saber sobre isso. Sabendo da atuação de Dias na Aeronáutica, Omar Aziz criticou duramente as Forças Armadas brasileiras pelo envolvimento em falcatruas, como é possível ver no vídeo a seguir.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome