Coronavírus: Witzel sugere multa e medidas penais contra circulação nas ruas

Governador do Rio quer aplicação de multa e medidas penais "severas" contra quem fura a política de isolamento durante pandemia

Jornal GGN – O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, vai pedir ao Congresso a elaboração de uma lei para multar e aplicar medidas penais “severas” contra quem descumpre as recomendações de distanciamento social impostas por causa do coronavírus.

Segundo informações de O Globo desta segunda (13), Witzel avalia que cabe à União deliberar sobre as sanções.

“Vou consultar a bancada de deputados federais e também levar o assunto ao Fórum de Governadores. Penso que o Congresso pode aprovar uma nova lei prevendo imposição de multas e medidas penais mais severas”, comentou.

A cidade do Rio de Janeiro tem registrado índice de isolamento em torno de 80% nas últimas duas semanas. Essa taxa já foi maior, de 84%, quando o Estado começou a adotar as medidas de mitigação contra a COVID-19, no começo de março.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. “Medidas penais severas”

    Pedro Estevam Serrano
    15 h ·
    Dória fala em multas e prisões . Prisão virou palavra banal na boca de todos . A vida não é novela nem video game . Prisão é algo pesado, em especial no Brasil . Tirar o sujeito da rua e por numa prisão brasileira em plena pandemia, onde aglomeração há em dia de poucos presos? Os países em geral tem se utilizado da multa com eficácia, melhor ficar por ai , se aplicadas com seriedade as ruas esvaziarão . Infelizmente a eficácia será muito limitada sem a adoção da sanção no âmbito nacional

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome