Nelson Jobim rechaça possibilidade de ser candidato a presidente

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O ex-ministro Nelson Jobim negou publicamente, nesta quinta (24), a possibilidade de ser candidato a presidente em caso de renúncia ou cassação de Michel Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral. Segundo reportagem da revista Piauí, Jobim, sócio do BTG Pactual, participou de almoço promovido pelo banco, em São Paulo, ocasião em que foi pressionado a comentar as apostas feitas em Brasília em torno de seu nome. Foi quando rechaçou a ideia e colocou a culpa no trabalho e na esposa.
 
Segundo relatos da revista, Jobim disse que, em tom descontraído, que tinha muito trabalho no banco e que sua mulher, Adrianne de Senna, ex-presidente do Coaf (Conselho de Controle das Atividades Financeiras) “não gosta nem de ouvir falar da hipótese”.
 
Nos bastidores, contudo, Jobim enfrenta outro tipo de entrave: a resistência de André Esteves, fundador e controlador do BTG Pactual. Esteve passou uma curta temporada preso em Bangu, no Rio, em 2015, e não quer saber de ver o banco retornar ao centro das atenções por causa das investigações da Lava Jato.
 
Além disso, Jobim foi ministro de FHC, Lula e Dilma Rousseff. Sua passagem pelo Ministério da Defesa pode ser alvejada considerando que a Lava Jato criminalizou a compra dos caças Gripen.
 
Com a delação da JBS, a Lava Jato atingiu o governo Temer em cheio e até aliados mais próximos, como o PSDB, reconhecem que ele perdeu as condições de se manter no poder e aprovar as reformas impopulares. Em caso de renúncia, o Congresso deve realizar uma eleição indireta em até 30 dias. É nesse cenário que entra o nome de Jobim, além do presidente da Câmara Rodrigo Maia (virtual candidato do baixo clero) e Tasso Jereissati (PSDB).
 
No encontro com os banqueiros, Jobim avaliou que Temer não vai renunciar, mas tampouco chegará politicamente vivo em 2018. Ele não quis comentar os cenários para a próxima disputa presidencial e classificou a proposta de Diretas Já como devaneio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora