Senadores de oposição repudiam ataques de Bolsonaro à jornalista da CNN

Bolsonaro chamou Daniela Lima de "quadrúpede" e insinuou que a jornalista não gosta de dar "notícia boa" sobre o governo federal

Jornal GGN – Enquanto senadores da base de sustentação do governo Bolsonaro apenas se solidarizaram com a médica Nise Yamagushi na manhã desta quarta (2) na CPI da Covid, os senadores da oposição fizeram uma manifestação em defesa da liberdade de imprensa e contra o mais novo ataque de Jair Bolsonaro a uma jornalista mulher. Âncora da CNN Brasil, a jornalista Daniela Lima, ex-Folha de S. Paulo, foi chamada de “quadrúpede” pelo presidente da República, que insinuou que ela não gosta de dar “notícia boa” sobre o governo federal.

O senador Humberto Costa disse que Bolsonaro não tem condições de ocupar a presidência da República pois não respeita a “liturgia do cargo”. Falando a um senador governista, Marcos Rogério, Costa disse: “Faça favor de avisar a ele [Bolsonaro] que se conduza de forma diferente, que seja educado, que esteja à altura do cargo de presidente da República, que tenha compostura. Ele não tem a mínima educação doméstica sobre como se comportar com as pessoas. Quero me solidarizar com a jornalista Daniela Lima por causa dessa grosseria”. O próprio senador Humberto Costa já havia chamado de quadrúpede por Bolsonaro.

O senador Renan Calheiros endossou o coro contra o ataque à jornalista. “Vivemos tempos difíceis no Brasil e não há como permitirmos que alguém entre nós, infelizmente, faça uma acusação dessa ordem a uma jornalista.”

Daniela, assim como todos os jornalistas, disse o senador Randolfe Rodrigues, “exerce uma das funções centrais no Estado democrático de Direito, que é fiscalizar todos nós.”

A senadora Eliziane Gama, da bancada feminina, lembrou que o Brasil está na posição 107º no quesito liberdade de imprensa. Só em 2020, foram 428 ataques a jornalistas por parte de Bolsonaro, e boa parte às mulheres jornalistas.

Acompanhe a CPI pela TVGGN:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome