O que é o Escritório do Crime?, por Gustavo Gollo

O que é o Escritório do Crime?, por Gustavo Gollo

Em 19 de agosto de 2018, O Globo deixou escapar uma notícia que deveria ter sido uma bomba extraordinária: um surpreendente furo de reportagem esclarecia em detalhes nada menos que o assassinato de Marielle Franco, tragédia que havia atingido, meses antes, o maior acesso das pesquisas do google mundial.

De acordo com a reportagem, a execução de Marielle teria sido cometida pelo Escritório do Crime, um bando de matadores profissionais altamente treinados – a morte do motorista teria sido um efeito colateral. Revelando uma intimidade inusitada com os assassinos, a reportagem especificou o preço cobrado pelo serviço: R$ 200 mil, valor que teria sido acrescido, posteriormente, de um ágio, em decorrência da inesperada repercussão do fato.

Surpresa ainda maior que a revelação bombástica, foi o fato de nenhum dos grandes meios de comunicação ter ecoado a notícia! NADA FOI DIVULGADO SOBRE O ASSUNTO NOS GRANDES JORNAIS BRASILEIROS (digite “escritório do crime” no google e confirmará a informação). A única “exceção”, na TV, consistiu em reportagens da Globo, no mesmo dia, tratando de minimizar e confundir os fatos, jogando sobre eles uma cortina de fumaça, como a Globo já vinha fazendo sobre tudo o que se referia ao crime, desde a ocorrência do assassinato.

Nas semanas seguintes, estupefato com o mutismo geral, perguntei em sucessivas publicações, aqui no ggn, sobre a razão de tal silêncio. Teria sido a notícia uma mentira de O Globo para aterrorizar seus leitores? Ou a existência dos profissionalíssimos Matadores de Aluguel, descritos tão detalhada e intimamente pelo Globo, consistia em notícia tão banal que não merecia comentários?

Leia também:  Ao Vivo: Comissão de Direitos Humanos da Câmara discute questão Palestina

https://jornalggn.com.br/fora-pauta/quem-esta-protegendo-os-assassinos-de-marielle-por-gustavo-gollo

https://jornalggn.com.br/fora-pauta/marielle-franco-e-o-escritorio-do-crime-por-gustavo-gollo

https://jornalggn.com.br/fora-pauta/caso-marielle-globo-finge-que-nao-sabe-de-nada-por-gustavo-gollo

O Escritório do Crime já parecia ter sido abafado e sepultado pelos meios de comunicação quando, mais de 2 meses depois, no primeiro de novembro, nova ocorrência inusitada o trouxe à baila. Repetida por um presidiário que cumpre pena em Mossoró, no RN, a notícia sobre o Escritório do Crime recebeu a credibilidade que O Globo não lhe conseguira dar, de modo que, sob a fidedignidade de tal fonte, a notícia chegou aos ouvidos da Procuradora Geral da República que, em vista dela, tratou de instaurar o que, nas palavras do então ministro de segurança pública, seria “uma investigação da investigação”, colocando todos os investigadores do caso sob suspeita.

E foi assim, através da narrativa de um presidiário que cumpre pena há mais de um ano, que o Escritório do Crime finalmente ganhou notoriedade.

Segue abaixo, a íntegra da reportagem, descrevendo o Escritório do Crime, conforme publicada originalmente em O Globo e Extra.

Veja também:

https://jornalggn.com.br/fora-pauta/assassinato-e-misterio-o-caso-marielle-franco-por-gustavo-gollo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. Providencial
    providencial o fato do escândalo envolvendo o clã criminoso do Bozo só ter vindo realmente à luz bem depois das eleições.

    Está na cara que a alta milicagem que participava direta ou indiretamente da intervenção no Rio e também os da base de gorilas fardados da candidatura do fascista também foi cúmplice dessa operação abafa.

    Talvez as ameaças de retaliação econômica do Bozo contra a globo até ja tivessem por objetivo manter a empresa em silêncio.

    No mais, pelo andar da carruagem a exemplo do autoexilio do Jean Willys, das mudanças no Coaf e das novas medidas obscurantistas de controle de informações, tudo indica que a próxima etapa será assegurar a maior impunidade possível aos Bozo, mantendo o pai presidente devidamente na coleira chantageadora da submissão aos milícos.

    Não por menos o pitibul da família já teria alertado sobre as traições de pessoas próximas.

    Enfim, tem sujeira para tudo quanto é lado, dentro e ao redor desse governo oriundo do golpe de 2016 e seus desdobramentos infames.

  2. todos do mesmo pacote

    concordo com nabantino: vão levando o bozo na coleira e o mourão  posando de bonzinho, até onde o assunto permita, acariciando a cabeça do pig  na maior falsidade e fazendo parte do imbróglio e como o povo está de “férias” e aí vem o carnaval eles vão levando e largam, se largarem o osso,  em 2022 qdo. sairem se sairem,na maior e “limpinhos” que nem o temer, por isso que todos tem o rabo um do  outro muito preso, todos os poderes, mais midia, mais igrejas, a milicada de pijama…estão no mesmo pacote

  3. Quem é daqui do Rio de

    Quem é daqui do Rio de Janeiro e tem algum interesse em se informar sabe há muito tempo que esses boçalnaros são ligados a matadores e torturadores. Era só eles abrirem a boca, aliás.

    Detalhes do dia a dia do gabinete, de movimentação finbanceira, etc. estão aparecendo agora para o grande publico. Mas, não há surpresa alguma nisso tudo. Pelo contrario, o que despertaa curiosidade é por que está aparecendo só agora, visto que até mesmo em plena campanha foram avisados – tanto que fizeram mudanças no pessoal dos gabinetes – enquanto outras deputados foram até presos.

    Nos grupos de zap a fascistada reagiu com memes chamando o Procurador de “comunista”… Não sei se a trouxinhada está embracando, não.

  4. Talvez…

    Talvez seja o caso de pensar se até mesmo os irmãos metralha, donos do monopólio de mídia, temem o escritório do crime. Muitos membros do clã ainda moram no Rio. Mesmo a segurança mais intensa e cara pode falhar.

  5. O fato é que,  MP e

    O fato é que,  MP e Judiciário, não só apoiam esses grupos como, ATUARAM forçando a passagem do crime organizado ao poder em diversos níveis.  Nada do que está aí é novidade pra ninguém e, hoje por atuação do poder judiciário que tirou da disputa o principal concorrente pro crime organizado assumir, o país está refém de milicianos. MP e Judiciário colocaram assassinos no poder com apoio das FFAA. Agora, é escolher entre milícias ou milikos. Se derrubam Bozo, ficam os militares que deram suporte à ascensão do crime organizado ao poder, se deixam o bozo, o país fica refém. Além disso, qual a legitimidade de uma eleição controlada por milícias? Sim, pq, à essas alturas, quem trabalha pra milicianos, miliciano, é. E, aí temos, juízes, desembargadores, procuradores, militares, jornalistas,etc… ain mas é ideológico…  Aham a organização criminosa é de direita e anti petista, por isso, a gente ajudou o grupo a ser eleito!!!!!????????????

    Quero saber do TSE se são livres eleições em que comunidades reféns de milícias tem que votar num determinado candidato

    Gostariade lembrar que, aqui no Rio em 2013, grupos saiam às ruas quebrando tudo, tacando fogo em carros, agredindo pessoas de vermelho ou com qq indicação de pertencer a partidos de esquerda ou movimentos sociais e, a polícia nem se mexia; várias foram as denúncias de que eram pessoas ligas às polícias e, pela tranqilidade com que vandalizavam sem serem incomodadas, ficava evidente que não eram militantes ou ativistas. No centro da cidade um grupo de homens enormes que atacou o pessoal da CUT, me deu a certeza de que era algum tipo de grupo paramilitar.

    Enfim, chegamos aqui, com o crime organizado na prefeitura, governo do estado e presidência da República.  Isso, depois de meses de intervenção militar. Digo isso pra lembrar aos que acreditam que melhor os militares do que Bozo, que aqui no Rio de Janeiro, as milícias deram um banho nos militares. Tanto assim que venceram TODAS as eleições que disputaram, em todos os níveis e ainda oferecem a vive-presidência e outros cargos,como prêmio de consolação aos militares. “È pra glorificar, de quatro” ( não sei quem croiu mas adoro e uso muito ).

  6. Abafamento dessa notícia nos motores de busca

    Escrevi esse texto apemas para esclarecer o que é o Escritório do Crime, que vem sendo muito falado , mas pouco compreendido. O texto, no entanto, perdeu o status de notícia, o que restringe sua divulgação, tornando difícil encontrá-lo no google.

  7. artigo imprescindível e

    artigo imprescindível e revelador de fatos que eram

    conhecidos mas que a justiça pelo jeito não quis ver….

    pois é, né, foram deixando e 

    o estado de exceção virou porão 

    paramilitar, desde o famigerado mensalão mentiroso 

    até o golpe com stf e tudo, 

    fake news ilegais e jamais punidas, etc.

    o comentário da cristina disse tudo, enfim….

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome