AGU atua para impedir bloqueio de caminhoneiros

Advocacia-Geral da União entrou com 36 ações judiciais para garantir circulação; até o momento, 24 liminares foram favoráveis

Foto: Thomaz Silva/Agência Brasil

Jornal GGN – A Advocacia-Geral da União (AGU) conseguiu resultados favoráveis em 24 das 36 ações judiciais para garantir a livre circulação de pessoas e cargas nos estados.

Segundo o jornal O Globo, o trabalho da AGU tem sido feito em conjunto com a Casa Civil e o Ministério da Infraestrutura para impedir que caminhoneiros bloqueiem as estradas.

Clique aqui e contribua com o jornalismo independente do GGN

De acordo com o governo, foram registradas decisões favoráveis no Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraná, Pará, Bahia, Mato Grosso, Goiás, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba, Maranhão e Tocantins.

Os caminhoneiros vêm sinalizando uma paralisação nacional das atividades nesta segunda-feira, 1º de novembro, em meio aos sucessivos aumentos do preço do diesel. As demandas da categoria incluem ainda a “defesa da constitucionalidade do Piso Mínimo de Frete” e o retorno da aposentadoria especial após 25 anos de contribuição ao INSS.

Leia Também

Mais um aumento da gasolina e do diesel promovido pela Petrobras

Caminhoneiros consideram ajuda de Bolsonaro uma ‘esmola’

Caminhoneiros ameaçam cruzar braços se preço do diesel não cair

Presidente da Petrobras defende atual política de preços

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador