Bolsonaro minimiza impacto da ômicron no Brasil

Além de continuar questionando a vacinação contra a covid-19, presidente diz que nova variante é ‘bem-vinda’ no país

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro (PL) continua com sua saga de negar a ciência, ao ponto de sugerir que a chegada da variante ômicron é “bem-vinda”.

“[A] ômicron, que já espalhou pelo mundo todo, como as próprias pessoas que entendem de verdade dizem: que ela tem uma capacidade de difundir muito grande, mas de letalidade muito pequena”, disse Bolsonaro, em entrevista ao site de direita Gazeta Brasil.

“Dizem até que seria um vírus vacinal. Deveriam até… Segundo algumas pessoas estudiosas e sérias — e não vinculadas a farmacêuticas — dizem que a ômicron é bem-vinda e pode sim sinalizar o fim da pandemia”, ressaltou, segundo o jornal Folha de São Paulo.

Apesar da fala do presidente, especialistas dizem que a chegada da ômicron pode levar a uma nova sobrecarga do sistema de saúde do Brasil, em meio ao aumento exponencial da busca por testes e de registros de novos infectados, mesmo imunizados.

Bolsonaro também manteve seu posicionamento contra as vacinas que já salvaram muitas vidas, ao afirmar que determinou ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que sejam divulgados casos de efeitos colaterais causados pelas vacinas.

Leia Também

Bolsonaro volta a confrontar ministros do STF

Governo se posiciona contra obrigatoriedade da vacina em crianças, no STF

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador