Alunos de colégio que foi “vistoriado” dizem que foram intimidados e ameaçados por deputados

Os parlamentares ameaçaram a unidade estudantil de denunciar o colégio ao Ministério da Educação se encontrassem algo "ideológico" e intimidaram os estudantes filmando seus rostos

Jornal GGN – O grêmio estudantil do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, que recebeu a visita surpresa de fiscalização dos deputados Rodrigo Amorim e Daniel Silveira (PSL), emitiu uma nota afirmando que os parlamentares ameaçaram a unidade estudantil de denunciar o colégio ao Ministério da Educação se encontrassem algo “ideológico”.

“Porém todas as vezes que foi apontado pelos gremistas lugares com deficiências de estrutura ou murais e cartazes que falavam sobre iniciações científicas ou conquistas fos alunos, simplesmente éramos ignorados e os deputados voltavam a caça por ‘ideologia'”, informaram.

A nota dos estudantes do Colégio ainda registra que a medida do deputado federal Daniel Silveira de filmar os alunos, “que são em maioria menores de idade, focando em seus rostos” foi também uma “tentativa de intimidar” dos parlamentares.

O grêmio estudantil afirmou que irá convocar uma assembleia estudantil para discutir a conjuntura e que “não ficará calado em qualquer iminência de censura aos alunos, a luta continua!”, concluiu o documento divulgado ontem.

Imagem

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  PM causou a morte da menina Ágatha, aponta inquérito da Polícia Civil

11 comentários

  1. Tomando a mim mesmo como exemplo, recordo que na ditadura, militar eu até então nunca havia pensado em “ideologia” e socialismo ou comunismo ou marxismo. No entanto, falavam nisso dia e noite e procuravam pelo em ovo, algo que pretendem “replicar” agora. E falavam tanto, e tanto, que eu um dia acabei me perguntando:-E afinal o que há de errado com isso tudo isso? E fui correr atrás do que então chamavam de “livros e cultura subversiva”. E não parei mais. A propósito. vi a atuação daquele deputado “fortão” numa comissão: o cara é burro feito uma porta!!! Tentou a proposição de algo que não lembro, mas recordo que todos os demais deputados, em especial os “de esquerda”, deram muitas gargalhadas, tamanho o disparate.

  2. Com supremo, globo, mpf, tse, PF, militares, senadores, deputados e tudo, eles estão partindo pra dentro sem mais precisar do cabo e do soldado. É o final dos tempos, digo, do Brasil.

  3. Esses dois canalhas que se dizem deputados vão pagar caro por isso… e queremos que os professores e diretores do colégio se manifestem abertamente contra esse absurdo de filmarem alunos menores de idade e coagir…

  4. Esses dois que se dizem deputados vão pagar caro por isso… e queremos que os professores e diretores do colégio se manifestem abertamente contra esse absurdo de filmarem alunos menores de idade e coagir…

  5. Como já foi escrito aqui nos comentários; é censurando que se chama a atenção para o objeto da censura. E que assim seja e que sejamos todos solidários e iguais na intelectualidade e na materialidade.

  6. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome