Democracia participativa de vento em popa na Paraíba

Enviado por MCN

do Portal do Ministério da Educação

Paraíba promove diálogo com população sobre a educação

Estimular a população a pensar sobre a própria educação. Com essa proposta de integração, a Secretaria de Educação da Paraíba tenta minimizar os problemas do estado na área após a criação do desafio Solução Nota 10.

Inspirado no Desafio da Sustentabilidade, do Ministério da Educação, o projeto paraibano é uma consulta pública destinada a colher subsídios para promover inovações no ensino por meio da participação social. “Queremos trazer questões que antes eram discutidas apenas por especialistas para a comunidade em geral”, explica a professora Roziane Marinho Ribeiro, secretária-executiva de gestão pedagógica do estado.

Segundo a professora, o projeto, de gestão participativa, busca a inserção da comunidade na escola. O desafio é composto por sete perguntas. A primeira consulta, aberta desde 10 de fevereiro, quer a apresentação de ideias e sugestões da comunidade sobre a redução da evasão escolar na Paraíba.
Roziane entende que a sociedade tem pouco espaço para discutir essas questões, consideradas “problemas macro da educação”. A professora acredita que a consulta pública faz a população pensar sobre a própria educação.

A exemplo do Desafio da Sustentabilidade, é necessário preencher um cadastro pela internet e responder à pergunta. As pessoas cadastradas podem colaborar com publicação de ideias, com o apoio ou comentários sobre as propostas dos demais participantes. Ao final de cada uma das sete etapas, as melhores sugestões serão premiadas.

Mais informações na página do desafio Solução Nota 10 na internet –http://www.solucaonota10.pb.gov.br/

Fonte: MEC / Assessoria de Comunicação Social

Leia também:  Anisio Teixeira: é a escola pública que constrói e sustenta a democracia

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

  1. Para que especialista se vc
    Para que especialista se vc pode contar com às idéias de centenas de sem analfabetos?
    É muita idéia!

    E assim vc sempre pode lavar às mãos.

    • Julgar antes de conhecer é preconceito

      Entre no site, conheça a proposta e depois leia o post sugerido pelo Uraniano. Compare com a situação de SP comandada por “especialistas” em gestão pública.

      Participação é chave para o desenvolvimento educacional de um país. O engajamento de famílias, população, sociedade civil organizada, centros de estudo acadêmico nas políticas públicas resulta em maior cobrança por resultados de qualidade junto aos gestores.

      É assim na Finlândia. E também na Paraíba.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome