Dono da Riachuelo desiste de disputar a Presidência

PRB deve apoiar Geraldo Alckmin (PSDB) ou Ciro Gomes (PDT) com discurso de “equilíbrio” para o Brasil
 

Foto: Reprodução
 
Jornal GGN – O dono da Riachuelo, empresário Flávio Rocha (PRB), desistiu de disputar as eleições para Presidência da República. O partido deve anunciar, nos próximos dias, o apoio a outro partido para a pleito às eleições 2018.
 
O anúncio foi dado pela repórter Thais Arbex, no Painel da Folha desta sexta-feira (13). O partido ainda está dividido entre aqueles que apoiam a candidatura de Ciro Gomes (PDT) e os que apoiam o tucano Geraldo Alckmin.
 
Com poucas chances de conseguir algum resultado, a desistência do dono da Riachuelo será anunciada, contraditoriamente, como uma tentativa a favor do país e contra “o flerte com os extremos”.
 
A fala é uma referência ao não apoio a figuras como Jair Bolsonaro. O PRB quer aliar as forças do centro. Mas se apoiar o então governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato da direita, o discurso não tende a ser materializado na prática. 
 
De acordo com a repórter Thais Arbex, o PRB deve anunciar a desistência de Flávio Rocha em nota por escrito e o empresário também deve divulgar um vídeo nas redes sociais, endossando a justificativa de que se trata de uma decisão “equilibrada para o Brasil”.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora