Golpistas devem ser derrotados nas urnas também, diz presidente do PT

Imagens: Lilian Milena/GGN

Jornal GGN – Presidente do PT, Rui Falcão aproveita ato contra Michel Temer na Avenida Paulista, neste domingo (11), para defender as candidaturas de esquerda à prefeitura de São Paulo. Segundo ele, não basta derrotar os golpistas nas ruas: é preciso ganhar nas urnas também. Ele mencionou o prefeito Fernando Haddad (PT) e a deputada Luiza Erundina (PSOL) como os únicos candidatos que não defendem o governo golpista de Michel Temer, que quer tirar direitos dos trabalhadores.

Mais cedo, em entrevista ao Jornalistas Livres, o dirigente falou que os protestos na capital mostram que a esquerda está unida em torno da pressão para Temer cair.

Erundina, contudo, disse que a divisão na esquerda é evidenciada na disputa pelo Paço paulistano, com PSOL e PT defendendo agendas políticas diferentes. Para ele, o único ponto unificador hoje é a luta contra Temer.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. A receita.

    15/45

    O inimigo a ser batido

     

    Edivaldo Dias de Oliveira

     

    No dia 02 de outubro de 2016 a democracia tem um encontro marcado com seus inimigos, os golpistas. Não devemos deixar passar essa oportunidade de dar o troco em quem a golpeou; mas, como preparar, fazer desse dia um dia de acerto de contas?

    A tendência inicial seria centrar fogo em todos os candidatos a prefeitos e vereadores de partidos que votaram a favor do golpe. No entanto, pela miríade de partidos existentes esse ataque certamente se dispersaria, não deixando claro para nós e para o mundo a nossa rejeição ao golpe e nossa confiança na democracia.

    Por outro lado é mais que evidente o papel do PMDB e PSDB como atores principais desse movimento vergonhoso, sendo os demais meros figurantes. Essa infâmia não nos atingiria e a democracia brasileira se esses dois partidos não conspirassem diuturnamente para dar um fim a maior conquista, a duras penas, do Estado Democrático de Direitos garantido pela constituição de 1988.

    Por isso temos que fazer com que essas eleições municipais adquiram uma importância que precisamos entender, para que possamos transformá-la numa espécie de referendo popular, numa consulta pública a favor ou contra a democracia, a favor ou contra o golpe que nos foi dado.

    Prefeitos e vereadores respectivamente são a base da pirâmide da política brasileira. Não existem deputados estaduais, federais, governadores e senadores que não tenha o apoio militante dessa base, é ela quem praticamente  os elege e lhes dão sustentação e assim sucessivamente até o topo da pirâmide.Ppara que não haja dúvidas quanto a isso, veja a composição dessa base atualmente:

    Percentual de prefeitos para as duas legendas

    PMDB 18,4 %+PSDB 12,6 = 31% das prefeituras nas últimas eleições em 2012, somando quase um terço das prefeituras.

    No caso dos vereadores as duas legendas juntas somaram 23% dos eleitos, sendo 14% do PMDB com 7.825 vereadores e 9% do PSDB com  5.146 vereadores.

    Não à toa a representação da dupla golpista na Câmara e no Senado é de 21 e 37% respectivamente.

    Se toda a sociedade que repudia o golpe mais os movimentos sociais centrarem fogo nas redes e nas ruas contra os dois principais protagonistas do golpe contra a democracia, conclamando o povo a votar em qualquer candidato a prefeito e vereador menos naqueles que tenham o 15 ou 45 na legenda, podemos sair do dois de outubro com a alma e a égua lavadas e nos preparamos para um enfrentamento mais orgânico e consistente contra o governo golpista daí para frente.

    Na Paulista, dia quatro, vi que aquela multidão precisava de dar concretude aquela revolta, não bastava passeata atrás de passeata parar sensibilizar os verdugos, não nele s nenhuma sensibilidade, não é por aí que iremos tomar o que nos foi usurpado, é preciso armar cada um daquele povo ali presente e neste momento não existe arma mais poderosa e letal que o voto.

    Às urnas cidadãos! Às urnas cidadãs!

    Vamos arrastar toda a sociedade para o pleito e impor aos golpistas mais uma derrota, a  maior que já tiveram, votando massivamente contra os dois conspiradores.

    SOZINHO A GENTE RODA, JUNTOS SOMOS FODA!

    PRESTENÇÃO, GOLP15T45 NÃO!

    Não se trata aqui de negar, esconder alianças para o pleito municipal feitos com os dois golpistas, por partidos que foram vitimados por ele, até porque quando tais alianças se deram ainda não estava claro para muitos a traição que se avizinhava. O que temos que fazer é deixar claro de agora para frente que se abriu um fosso, uma trincheira entre os grandes partidos do país, ficando de um lado os dois golpistas principais, PMDB/PSDB e do outro os que defendem a normalidade democrática.

    É preciso criar palavras de ordens que 

    Fontes de dados.

    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2012/10/28/pmdb-e-o-partido-que-mais-elegeu-prefeitos-em-2012/

    http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2012/noticia/2012/10/pmdb-e-psdb-perdem-vereadores-e-pt-cresce-nas-camaras-municipais.html

     

    • 15 e 45 só? E os DEM, PSC,

      15 e 45 só? E os DEM, PSC, PSD, SD, PR, PRB, PPS etc etc? E temos o caso do Paraná, onde o PMDB ficou quase todo com o golpe mas ainda tivemos a dissidência do senador Requião. Acho mais prático, para a esquerda e para os democratas em geral,  uma vez que em quase todos os municípios, a escolha será entre o ruim e o pior, escolhermos quem pelo menos se oponha à PEC do Teto de Gastos por 20 anos, á venda do Pré-Sal e outros compromi$$os dos atuais usurpadores.

    • rdmaestri, daí a gente

      rdmaestri, daí a gente entende pq a casa está caindo….

      Evidente que não sou a favor do golpe e acho que má administração não justifica, mas o impeachment da Dilma fo como um time cairda primeira para a terceira divisão numa tacada só…

      Em um time grande, com pretensões, já teria caído técnico, presidente e já tinha zarpada uma barca !!!

      Rui falcão tem culpa no enorme retrocesseo que teremos nas próximas décadas no país. Tem de ser defenestrado para ver se entra alguém capaz de derrotar os golpistas no longo prazo e deixar o país só em meia terra arrasada !!!

      Esse é incomPeTente de marca maior…

       

  2. Peeeelo amor de deus!!!! já

    Peeeelo amor de deus!!!! já foram derrotados desse jeito e ¨ganharam¨ de outro. Se o petismo ganhar de novo, vai perder do mesmo jeito

  3. A nao radicalizaçao da luta

    A nao radicalizaçao da luta politica levou a derrubada de Dilma e nao radicalização nesse momento manterá Temer por la até 2018 e, caso caia, será por divergências entre seus pares.Houve tempo de sobra para evitar a queda da Dilma, mas as ruas se acovardaram Restou ao lado de cá, correr para as eleições municpais. A diferença entre PTe PSOL é que o PT quer governar as cidadas onde se candidatou. O PSOL não quer ir além de ampliar ou começar mandatos de vereadores. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome