O TSE e a descoberta do programa de fraude nas urnas eletrônicas

Jornal GGN – Há menos de três meses, um jovem hacker recém formado pela Universidade de Brasília acessou o sistema das urnas eletrônicas no TSE e descobriu, entre 90 mil arquivos, um software que possibilita a instalação de programas fraudados: o “Inserator CPT”. A ação foi planejada pela CMind (Comitê Multidisciplinar Independente), formado por especialistas em tecnologia.

A advogada Maria Aparecida Cortiz, que participa do grupo, articulou a estratégia dentro do Tribunal Superior Eleitoral, representando o PDT, depois que o presidente da Corte Dias Toffolli anunciou que não abriria edital para testes nas urnas das eleições 2014. “Não vai fazer teste? Então vamos por um hacker lá dentro para descobrir o que tem de errado”, disse em entrevista ao GGN.

Cortiz descobriu outra brecha no sistema: além do Inserator, o programa comandado pela empresa Módulo Security S/A – conforme relato do GGN a única proprietária do serviço por 13 anos com contratos irregulares – é transmitido de Brasília para os estados por meio da insegura rede da Internet.

As denúncias de irregularidades foram enviadas ao TSE em uma petição. Entretanto, a petição não virou processo e foi arquivada por um juiz da Secretaria de Informática. Além da omissão do próprio ministro Dias Toffoli, a advogada ainda denuncia o desaparecimento de quatro páginas do documento. “É o crime perfeito. O réu julga suas próprias ações”, conclui.

Leia a entrevista completa:

Procurador-geral Rodrigo Janot, a advogada Maria Cortiz e o ministro Dias Toffoli, durante cerimônia de lacre do software em setembro de 2014

GGN: Como seria fazer uma auditoria preventiva para evitar as fraudes eleitorais?

O problema do TSE é a concentração do poder. Para fazer uma auditoria, temos os limitadores que eles próprios nos impõem.

Uma auditoria no software é inócua, porque é muito cara, muito demorada e existem sempre as cotas do fundo. E a gente não conseguiria ter certeza que tudo o que a gente pediu seria implementado e que estaria sendo usado no dia da votação.

GGN: E o processo de auditoria feito em janeiro de 2013, investigando as licitações da Módulo Security S.A.?

Todas as licitações foram feitas para manter a Módulo. Isso é fato, notório, público, por aquelas consultas que eu fiz nos Diários Oficiais, que são documentos públicos, que todos os procedimentos foram feitos para manter a empresa Módulo lá dentro, no TSE. O que é a empresa Módulo? É responsável pela segurança do sistema. É responsável pelos SIS, um sistema de instalação de segurança, é o primeiro sistema que confirma as assinaturas para validar os programas que são colocados na urna.

O TSE, com a concentração de poderes, não deixa a gente fazer nada e a gente não tinha mais solução para tentar mudar esse sistema. Aí eu propus para o grupo, que é o CMind [Comitê Multidisciplinar Independente], em que o Pedro Rezende e o Diego Aranha também trabalham, e que a gente milita. Propus a eles que a gente colocasse um hacker dentro do TSE. Eu falei: consigam a pessoa, que eu vou ficar com ele lá dentro, dar as dicas, porque, embora a minha formação não seja técnica, estou lá há muitos anos, eu sei como funciona.

Leia também:  Tribunal de Contas de SP investiga possível superfaturamento de respiradores

O Diego e o Pedro escolheram um menino chamado Gabriel Gaspar, que foi aluno deles na UNB. Em agosto, conseguiu ir. Por orientação, ele foi trilhando o mesmo caminho do Diego no código fonte. Diego Aranha é aquele técnico da UNB, professor que descobriu o desembaralhamento dos votos, que dava para identificar o eleitor. Então, o Diego orientou, disse o caminho, o que era importante.

A gente descobriu, no meio de 90 mil arquivos, um artefato (a gente chamou assim) no sistema de segurança, que é desenvolvido pela Módulo. Achamos que aquilo era importante, e fizemos todo um estudo. Para que ele serve? O ministro [Toffoli] assina um programa, manda para os outros ministros, Ministério Público e OAB assinarem, envia esse programa para os estados, e só poderia funcionar nas urnas esses que vieram de Brasília, concorda? Só que usando o “Inserator” podem ser instalados programas na urna, assinados por esse artefato. Ele está apto a validar programas não oficiais. Foi uma descoberta muito importante. Isso foi agora, dia 4 de setembro.

Em 2013, eu não sabia como que eles faziam, quando eu fiz o estudo da licitação da Módulo, sabia que a empresa estava usando alguma coisa, mas não o que era. Neste ano, nas eleições 2014, eu descobri como o programa foi utilizado, lá em Londrina, em 2012: com o Inserator. A gente descobriu o nome dele e onde ele estava: dentro do sistema de segurança, é um subsistema.

Leia mais: O histórico de favorecimento e irregularidades nas licitações das urnas eletrônicas

GGN: E o resultado disso?

Cópia da Petição enviada à OABA partir daí, fiz uma petição com o ministro Dias Toffoli, explicando que, além disso, que é gravíssimo, tem outras vulnerabilidades. Descobrimos outra coisa muito, muito ruim: a Justiça Eleitoral não está usando mais aquela rede super segura, que sempre disseram que nada tem conexão com a internet, não é?

Só que eu pedi para fazer um teste lá [no sistema de urnas do TSE] e eles toparam, mas não sabiam a minha intenção com esse teste, não sabiam que eu estava com um hacker. Eu pedi para fazer o teste questionando se um computador que gera mídia – a mídia é aquele pendrive que vai carregar a urna – pode estar conectado à internet. Pedi: quero que façam o teste, um computador conectado e um não conectado. Aí eles falaram: nós vamos fazer, mas não tem sinal nenhum, porque nós usamos a internet.

Então, os programas que estão vindo para os estados, que são assinados, criptografados, vêm via internet. Não tem mais a rede hiper super segura. Eles próprios pagaram uma fortuna para abrir a rede, e abandonaram, porque ela não é segura de jeito nenhum.

Leia também:  Olhando para 2022, Maia fala de "lunáticos" no governo e comenta Moro na disputa

Olha a situação: o Inserator existe, está dentro do SIS, o SIS é instalado no computador da Justiça Eleitoral, o computador da Justiça Eleitoral está conectado à internet. A pessoa que conhece o Inserator puxa um programa da Internet, as pessoas não sabem de onde veio aquele programa, assina no teclado e coloca na urna. Que dificuldades tem isso?

O partido político, o fiscal, o juiz que estiver lá não percebe. Não dá para perceber a diferença de colocar um programa original de um fraudado. Porque a justiça eleitoral confessou que precisa da Internet para gerar mídia.

GGN: Qual foi a consequência da petição?

Tudo que entra na Justiça vira processo. A minha petição foi para o juiz auxiliar secretário da presidência, julgada com um parecer da secretaria de informática, e mandada para o arquivo. Ela não tinha capa, não tinha número, só tinha número de protocolo, não virou processo. Eles tinham que, de qualquer maneira, desaparecer com isso, eles não podiam colocar como visível para outras pessoas. Tanto é que, você como jornalista, não encontra porque não fizeram número, não fizeram processo. É só um número de protocolo qualquer. [Anexo o acompanhamento processual no TSE]

Qual seria o trâmite, de acordo com a resolução: apresentada a impugnação, é escolhido um relator, o relator leva para a mesa, para julgar. E esse julgamento iria passar na televisão, ia ser público. Eles não podiam deixar isso acontecer, de jeito nenhum.

Então, foi grampeada a petição, com o parecer da secretaria de informática. O juiz indeferiu, mandou arquivar.

Nós fomos atrás desse processo. O parecer tem nove páginas, mas só tem cinco lá, o resto está faltando. Ninguém sabe onde está esse parecer. A gente está aguardando, para ver se eles acham o resto.

GGN: Não consegui encontrar o contrato da Módulo, ela venceu a licitação para as eleições de 2014?

Venceu. Eles fizeram uma coisa totalmente direcionada. A Módulo participa do projeto base, então só ela ganha [a licitação].

GGN: Por que os outros concorrentes não teriam critérios técnicos?

São eles que criam os critérios técnicos. Para ganhar. Então, não tem chance, não tem como ganhar. A Módulo tem contrato com todos os órgãos do governo. Não é só um, são todos.

Leia também: Como se montam as fraudes eleitorais

GGN: Como mandou para o TSE, você poderia mandar esses documentos ao MPF, à OAB, para articular melhor a sua petição?

Eu mandei para a OAB, porque ela poderia mexer com isso. Mas o presidente do Conselho Federal da OAB [Marcus Vinicius Furtado Coêlho] falou uma coisa que eu quase morri do coração. Falou que as urnas brasileiras são exportadas para o mundo inteiro. Primeiro, que não é “TSE Limitada” e muito menos “S.A.”. E outra, nenhum país do mundo aceita essas urnas. Então, eu fiz a petição, com a minha obrigação de ofício como advogada, entreguei para ele com as irregularidades. Mas ele não tomou conhecimento, não.

GGN: As auditorias podem ser feitas por qualquer órgão?

Leia também:  Médicos e advogados participam de fraude de R$ 13 milhões no INSS

A lei 9.504 só permite que analisem os programas o Ministério Público, a OAB e Partidos Políticos. Então, embora eu faça parte do CMid, eu tenho que fazer parte de um partido político. Tanto que já sou filiada há muitos anos, mas não sou ligada ao PDT, não tenho nenhuma vinculação, a não ser esse trabalho de ir lá e fazer a análise de códigos.

Especialistas discutem como hacker de 19 anos fraudou eleições no RJ, em 2012A Justiça Eleitoral, de quando em quando, publica o edital de que vão existir testes. O Diego participou de um teste nas urnas de 2012, desembaralhou os votos e descobriu quem votava em quem. Também estávamos juntos, porque ele não poderia falar [por não ter a autorização do TSE]. Então eu fiquei do lado dele, escutei [as conclusões] e passei para frente. Teve que ter toda uma estratégia.

Este ano, o ministro Toffoli disse que não ia fazer teste. Não vai fazer teste? Então vamos por um hacker lá dentro para descobrir o que tem de errado.

GGN: Legalmente falando, é possível?

A lei fala que o TSE tem que apresentar os códigos fonte para mim. Eu fui com base na lei. Só que eles não sabiam da capacidade do menino, se eles soubessem teriam bloqueado. Porque é muito, muito restrito. O PDT tem outros técnicos, mas um ficou fora, e eu sou advogada, normalmente eu não sento nas máquinas. Só que este ano a gente mudou de estratégia. Eu fui sozinha e levei o menino, que eles nem sabiam quem era. Eles achavam que ele era do PDT, e não da UNB.

GGN: Essa sua petição não foi a público?

Foi, está dando uma repercussão boa, porque eu falei dela na Universidade Federal da Bahia. O Pedro fez um site, eu fiz o debate na Bahia. Não é a mesma divulgação que Justiça eleitoral dizendo que nada é conectado à internet.

Se não fosse verdade, eu já teria respondido a milhares de processos pela Polícia Federal. Não tem como dizer que não está lá dentro, o programa está lá dentro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

244 comentários

  1. A gravidade desta denúncia é

    A gravidade desta denúncia é gigantesca Se o TSE não garante a lisura das eleições, se o resultado das mesmas pode ser adulterado por particulares sem qualquer tipo de verificação/prevenção das autoridades constituídas, o resultado do pleito pode ser contestado inclusive nos organismos internacionais. No limite, a desconfiança pode levar o país a beira de uma guerra civil. 

    • Hackers explicam como as urnas podem ser fraudadas. Nas urnas eletrônicas são inseridos linhas de código com a função de tirar três votos de cada 10 votos em “A” e creditar em “B”. Esse código se auto deleta quando completada sua função, assim nunca será detectado em investigações. Bolsonaro só conseguiu se eleger por ter levado quase 90.000.000 de votos e mesmo perdendo os 30% que foram creditados ao Haddad, ainda assim ficou com votos suficientes para se eleger presidente.
      Na verdade, Bolsonaro já havia sido eleito no primeiro turno com mais de 60.000.000 de votos, porém o “vírus” tirou seus votos e creditou aos outros concorrentes, levando as eleições para um segundo turno.
      O Grande problema é que todas as tentativas reais de investigações foram sempre travadas e as que conseguiram provar a fraude, foram camufladas. Os mesmos que hoje combatem o Bolsonaro, protegem essas informações e desacreditam qualquer um que tente duvidar das urnas eletrônicas, pois elas são a ferramenta que os mantêm no poder.

      16
      1
  2. verificação

    Temos que tirar poder do STE.

    O STE cria leis, aplica leis, julga e inclusive julga a si mesmo.

     

    O sistema de votação precisa ser auditável.

    A vergonha mundial brasileira é sermos o único país de otários que não verifica as eleições.

    Nem países de quinto mundo querem as urnas brasileiras.

    E aqui o TSE vende a idéia de que as urnas são “invioláveis”.

    A única coisa inviolável é a cara de pau desses caras.

  3. Urna eletrônica

    Como confio no Jimmy Carter, cuja fundação estuda processos eleitorais, gostaria que as urnas brasileiras fossem como as venezuelanas, com identificação biométrica e impressão do voto que é colocado numa urna. Carter considera estas as mais confiáveis urnas eletrônicas, e como a Venezuela é livre de analfabetismo nos últimos 7 anos…

    • Grazie, não leu o que a moça

      Grazie, não leu o que a moça disse? O réu é tb o juiz. E do Olimpo. Não tem apelação. Eles já DECRETARAM que as urnas são seguras. PONTO FINAL.

      3
      1
  4. Pra turma de Miami adepta do

    Pra turma de Miami adepta do “o que é bom para os EUA é bom para o Brasil” nada mais chic do que copiar a pátria amada do Norte em uma das suas facetas: fraudar eleição presidencial. Tomara que fique só por aí. Deus nos livre de que resolvam imitar tb um outro “esporte” do Tio Sam: atirar em presidentes e em candidatos ao cargo.

    PS: Pelo amor de Deus, Nassif, o terceiro artigo sobre o tema? Tá parecendo que o “arrumadinho” na apuração é coisa líquida e certa. E aí ? É pra ir votar ou tanto faz?

  5. Na verdade o TSE precisa ser

    Na verdade o TSE precisa ser discutido no âmbito de uma reforma que o extinga.  Somos um dos únicos países, senão o único a ter uma justiça eleitoral que sem nenhuma legitimidade do voto, interfere no processo eleitoral a seu bel prazer com base em interpretações casuísticas de leis criadas para atenderem idiossincrasias ideológicas. Um gasto público mal aplicado e absolutamente desnecessário à nosso democracia.

    • Como defendo uma reforma

      Como defendo uma reforma ampla e profunda no judiciário, essa excrescência chamada justiça eleitoral tem que ser extinta.

  6. Tenho ojeriza a médicos, a

    Tenho ojeriza a médicos, a membros do ministério público, a juizes. Pela impáfia, por acharem que são seres que estão acima de nós mortais. Só acredito que esse país mudará um dia quando o judiciário for a nocaute, exposto a luz do Sol e essa postura imperial desses servidores públicos que só existe mais acentuadamente no poder judiciário, nababesco, descolado da realidade, mudar para compreensão de que são funcionários pagos pelo povo e ao povo devem satisfações de todos os atos que praticam.

    • O PT nãi deve se manifestar

      O PT nãi deve se manifestar porque não tem nada a ver com isso.

      Quem tem que se manifestar é o Judiciário que é quem organiza a festa.

    • O PT, muito provavelmente,

      O PT, muito provavelmente, ganhará as eleições presidenciais depois de amanhã.

      Seria muita burrice contestar a lisura de eleições que vamos ganhar.

      Se houver, outra vez, descompasso entre pesquisas e urnas, então será o caso de discutir o assunto.

    • Eleição à moda antiga…

       

       

      O PT deve exigir uma eleição à moda antiga, …. urnas com cadeado e voto em cédulas de papel.  Não se pode decidir o destino de um país usando um sistema que esta sob suspeita.

  7. AUDITORIAS AMOSTRAIS MULTILATERAIS

    Agora a casa caiu. É estarrecedor o silencio de quase toda a mídia sobre estas gravíssimas suspeitas, praticamente comprovadas em face dos fatos apontados na notícia e na entrevista em tela.

    Felizmente o jornal GGN passou a abrir espaço para o tema, que é urgente.

    Volto a insistir naquilo que venho a repetir há alguns dias: é dever de toda a imprensa enfrentar esta questão relativa às suspeitas de fraude no processo eleitoral, e é indispensável abordar o tema de modo objetivo, com a máxima urgência.

    Diante de tudo isso, é dever reiterar a necessidade de serem definidas imediatamente diretrizes para adotar cautelas especiais nos procedimentos de fiscalização, tanto da votação quanto da totalização, bem como para obter do TSE a garantia de realização de auditorias amostrais, públicas e multilaterais, com vistas a uma rigorosa verificação do software instalado nas urnas eletrônicas.

    É hora das pessoas que estão informadas sobre a existência destas graves suspeitas unirem esforços para exigir publicamente, através das instituições democráticas, sindicatos, partidos, associações, etc, um posicionamento oficial do PT, para orientar o apoio à fiscalização. Bem como de exigir um pronunciamento formal do TSE, no sentido de divulgar todos os detalhes relativos à indispensável realização de auditorias amostrais, públicas e multilaterais, imediatamente.

    E vale reiterar a necessidade de amplo debate acerca de todos os aspectos relacionados com estas suspeitas de fraude, conforme indícios historiados em comentários meus nos links http://jornalggn.com.br/noticia/como-se-montam-as-fraudes-eleitorais       e http://www.viomundo.com.br/denuncias/urnas-brasileiras-sao-um-atentado-democracia.html

  8. Prioridades

    Nassif

    Estas eleições mostraram que temos que fazer alterações em vários poderes / instituições. Temos que brigar:

     

    1) Pela auditabilidade das votações;

     

    2) Pela reforma no sitema eleitoral / STE, com redução de poderes;

     

    3) Pela reforma política;

     

    4) Pela reforma no judiciário, com controle externo (eleições talvez?);

     

    5) Pela reforma nas concessões dos meios de comunicação.

  9. “Além da omissão do próprio

    “Além da omissão do próprio ministro Dias Toffoli, a advogada ainda denuncia o desaparecimento de quatro páginas do documento. “É o crime perfeito. O réu julga suas próprias ações”, conclui”:

    Coloque essas quatro paginas na internet.

    Se eram secretas o bastante pra esse “desaparecimento” valem a divulgacao.

    Nao que eu nao ache que o proprio judiciario estaria do lado de fraude eleitoral, claro.  Estaria sim. Como esta.

  10. Parece piada: Tabajara Insereitor 171

     

    Parece piada: Tabajara Insereitor 171. Eleja seu candidato sem campanha nem voto.

  11. Olha, eleição não é o momento

    Olha, eleição não é o momento para se “testar”.

     

    Acho estranho este assunto meses antes das eleições. Parece até uma justificativa para acusar o PT de fraude.

    Será que só tem idiota ali?

  12. Por sinal, gente, antes que

    Por sinal, gente, antes que eu me esqueca:  essa eh a importancia de se dividir a sociedade exatamente ao meio em todos os assuntos.

    Quem orquestra a divisao populacional esta precisamente arquitetando fraude eleitoral acreditavel e passavel, intencionalmente.

  13. TSE 2014

    Nassif,

    Duas matérias seguidas sobre um tema que deveria estar em permanente destaque, principalmente após a eleição de 2010.

    Como já escrevi antes, o governo federal poderia ter tomado as obrigatórias providências, mas preferiu deixar prá lá, logo, não pode reclamar mais à frente, pois burrice sempre tem preço.

    Quando eu leio o mineirim dizendo que já ganhou, sei não.

    Um capítulo à parte é o comportamento desta toupeira que atende pelo nome de Dias Toffolli, uma das diversas indicações bastante infelizes dos presidentes petistas para o STF. Hoje, este fulano, Fux e Rosa Weber compõem o triunvirato da incompetência para aquela delicada função. Não incluo GMendes porque ele pode ser várias coisas, mas burro ele não é.

    O paulista de Marília está preocupado com o nível dos debates entre DR e o mineirim, e o pior de tudo é que isto é prá valer, não é piada.

    Em 2010 era aquela pérola tucana chamada Sandra Cureau, parece que eu testou com saudades daquele febeapá.

  14. O Sensus, ligado ao Aécio

    O Sensus, ligado ao Aécio Neves, diz que ele está na frente da Dilma.

    O que levaria um instituto a queimar assim sua credibilidade?

    Talvez esteja preparando o terreno para uma “surpresa”.

  15. fraude
    Já vi varios artigos sobre a possibilidade de fraude nas urnas. No 1 turno será que os instituto de pesquisas erraram tanto? Ou houve realmente fraude. Interessante que nenhum partido questiona uma possível irregularidade, parece que todos os partidos tem seus hacker, para captar seus votos.O partido mas eficiente na TI leva a vitória. Estou muito decepcionado com o ministro STE Toffoli.

  16. Que porcaria é essa que está

    Que porcaria é essa que está acontecendo com as urnas eletrônicas e o Tofolli não toma providências? Minha avó sempre dizia: onde há fumaça, há fogo. é bom que tomem providências rápidas senão o tempo vai fechar.

  17. fraude

    É uma fraude que esta sendo construída desde o primeiro turno. A seguir o tripé da fraude no domingo com a vitória de Aécio Neves:

    1-) Instituto Sensus : Apresenta sempre uma leitura da campanha com uma vantagem surpreendente para Aécio neves. Vide como surpreendeu no 1º turno. Hoje tambem apresentou pesquisa surpreendente a favor de seu candidato. Esta pesquisa de hoje, será usada como justificativa da vitória fraudada no domingo, como sendo o único instituto que capitou os ventos da mudança.

    2-) Capa da veja: Será usada como o derradeiro fator que propagou esta mudança capaz de dar esta vitória a Aécio.

    3-) Urnas fraudadas em sincronia com os dois ítens anteriores.

    • Na verdade o datafalha e o

      Na verdade o datafalha e o globope farão o trabalho sujo forçando o fechamento da boca do jacaré, mesmo que parcialmente, no sábado como “consequencia do debate final”.

      Aí a nossa maravilhos urna eletrônica elevará o Sensus ao patamar de instituto futurológico implacável (do vice dele).

  18. Mais uma vez o Toffoli

    Mais uma vez o Toffoli provando que é um zero à direita, ele, mais o Fux e Gilmar, isso quer dizer muito $$$$ para determinadas pessoas. O golpe do Paraguai foi menos sofisticado. Os investidores estão gastanto, hein, esteitis unidos? Aqui, querem dar aparência de erro nas urnas por conta de pesquisas fajutas. Vai ser preciso muito barulho para fingir que não existe golpe em curso. Ô Paiê, afasta de nós esse golpe vergonhoso. INFAMES!

  19. Próxima capa da Veja

    Programa que possibilita a fraude tem ligações com o PT!!! O nome do software já diz tudo “Inserator CPT “, golpe bolivariano em andamento.

  20. Fraude nas urnas

    Vamos fazer uma crowdfunding para termos pesquisa confiável de boca de urna. Enquanto não sem tem um sistema com impressão do voto, acho que seria uma alternativa para denunciar fraudes, pelo menos nas principais eleições. O que está em jogo, no Brasil e no mundo, é muito sério e vão tentar de tudo para a vitória ser do Aécio.

  21. Fraude nas urnas

    E a alta da Bolsa de Valores alerta para a fraude também, pois sempre que as coisas ficaram melhor para a Dilma, a bolsa baixou. Por que subiu tanto hoje ? Os insiders têm alguma informação importante ?

  22. Não é por falta de avisos que

    Não é por falta de avisos que chegamos a esta situação de termos o sistema eleitoral mais vulnerável do mundo. A anos estamos sendo alertados do perigo de termos uma justiça eleitoral com poderes tão absurdos, detentora ela mesmo dos três poderes na esfera eleitoral, e controladora de uma tecnolgia que pode ser utilizada para executar um golpe virtualmente indetectável.

    Nunca me conformei que um assunto tão sério quanto esse recebesse tão pouca repercussão, e nem se fala da imprensa de massa que praticamente não fala nisso. E é um assunto tão sério, que a mais remota possibilidade de fraude já deveria ser suficiente para gerar uma comoção! Mas o que podemos dizer então deste nosso sistema que simplesmente não permite auditoria? De um lado tantos vão as ruas revoltados por causa de 20 centavos de aumento na passagem e de outro não existe protesto algum para a mais contundente possibilidade de estarmos vivendo uma farsa de democracia?

    Eu só vejo uma saída: buscar conhecimento sobre o assunto e continuar falando incessantemente até que tenhamos um sistema eleitoral auditável, amplamente fiscalizado e minimamente seguro. Temos que continuar pisando neste assunto até que a justiça eleitoral não tenha outra alternativa.

    Parabens aos técnicos e engenheiros que mesmo sendo praticamente ignorados, continuam sua luta incessante pela democracia.

  23. doce

    ganha um doce de chuchu quem descobrir um eleitor que votou no alkiming em Sao Paulo.

    será que o teste já foi feito?

  24. Em épocas de resultado

    Em épocas de resultado apertado, é muito grave isso.

    São grandes as chances de nascer uma revolta popular a partir de uma suspeita de fraude eleitoral.

    • E daí? As duas pontas do

      E daí? As duas pontas do túnel da VPN estão expostas a uma conexão física de rede comum e perfeitamente vulnerável. Vá estudar um pouco sobre redes antes de falar bobagem.

  25. Até hoje não engoli uma

    Até hoje não engoli uma imagem triste que foi divulgada primeiro na televisão, e está rolando na Internet. Trata-se de uma urna que foi encontrada num terreno baldio não sei em que cidade. Veem-se pessoas manipulando a máquina, e dela extraindo todos os arquvos. Lembro-me que um agente do TRE local achou aquilo irrelevante por não modificar em nada a lisura da votação,… 

    Quem sabe não passam por aí, por essa desorganização, o que vimos no primeiro turno, com tanta discrepância entre os números das pesquisas de boca de urna e os resultados reis?

  26. Não acho que o PT tenha razao

    Não acho que o PT tenha razao para crer em teorias conspiratorias.

    Se tivesse alguem manipulando o sistema e esse alguem fosse contrario ao PT em Minas o partido jamais teria ganho.

    • Não é o PT que está tratando

      Não é o PT que está tratando da possibilidade de fraudes.  Nunca sequer se pronunciou a respeito e é até cobrado por isso. Então, não jogue mais uma acusação na conta do partido.

      Para uma fraude nas urnas não ficar muito evidente,  convém não mexer em tudo. Elementar. Serve até como desculpa. O que vc acabou de fazer.

    • fraude

      Mas, como Aclkmin conseguiu esmagadora votação em São Paulo,,nem empate técnico em São Bernardo, nem Skaf nem o Padilha! E, Salto, Itu sem água um tempão..ninguém encostou nele?

      Muito estranho esta votação maciça.

  27. Cadê  os partidos de

    Cadê  os partidos de esquerda? Precisam entrar com ação civil pública nesse sentido.

  28. A fraude poderá acontecer de

    A fraude poderá acontecer de duas maneiras: alterar o software de modo q votos ilegítimos iriam para o tucano playboy ou simplesmente alterar o software e pôr a culpa no PT quando o resultado der Dilma na cabeça. Aí ela perderia o direito à vitória por fraude. A segunda opção é mais sutil e mais inteligente.

  29. resumo da ópera bufa “TSE no

    resumo da ópera bufa “TSE no país das urnas decifra-me ou te devoro”

    antes de testarmos a democracia e os políticos pelas urnas eleitorais temos de testar a lisura criptográfica segurança máxima a toda prova ANS do sistema eletrônico-computacional das urnas TSE…

  30. Medida emergencial.
    É

    Medida emergencial.

    É necessário a curtíssimo prazo, antes da eleição de domingo, que o TSE ou mesmo o STF tome algumas medidads,

    Selecione os melhores cerebros e até mesmo hackers, juntamente com os experts dos partidos. para:

    a) Analisar os pontos vulneráveis do sistema,

    b) Avaliar as consequências de eventual manipulação de cada um destes pontos.

    c) Definir e implementar medidas preventivas e de controle.

     

    Dois pontos que todo mundo sabe que precisa ser feito:

    O PT deve mobilizar a militância para dois pontos corriqueiros mas de suma importância:

    1- Os fiscais exigirem a Zerézima de cada seção

    2- Recolher o Boletim de cada seção ao fim da votação.

    Levar ambos para os Comites.

    Somente assim será possível ter o mínimo de segurança de que não haverá manipulação.

     

    Genaro

  31. Conspirando:
     
     
    Contratante:

    Conspirando:

     

     

    Contratante: “Eu contrato você sem burocracia apesar do seu passado. No entanto não pode haver fraude. Topa?

    Contratada: “Topo”

      • Você conhece a região? Mora

        Você conhece a região? Mora aqui? De modo geral o Lula perde aqui. Isso tem sido comum nas ultimas eleições. Conheço poucos, mas poucos mesmo da cidade que votaram nele.

        Estranho é o prefeito da cidade mandar carta aos cidadãos “ameaçando” veladamente a votar em quem ele quer.

  32. A informação crítica é a

    A informação crítica é a existência do Inserator, não o uso da Internet para a comunicação.

    Não é por usar a Internet que o sistema de comunicação para as urnas é inerentemente inseguro. Existem técnicas amplamente conhecidas e consolidadas para fazer comunicações com segurança através de uma rede pública – o que se chama de VPN (rede privativa virtual). Além disso, é possível blindar o acesso a determinados setores e computadores de uma rede, permitindo somente acessos dentro da VPN. Acredito que nenhum sistema de comunicação seja 100% à prova de intrusão, mas pode-se reduzir o risco a um ponto em que tal sistema possa ser considerado seguro. Se as técnicas de segurança forem bem articuladas, deve ser muito difícil (virtualmente impossível) que o sistema seja invadido.

     

     

  33. A informação crítica é a

    A informação crítica é a existência do Inserator, não o uso da Internet para a comunicação.

    Não é por usar a Internet que o sistema de comunicação para as urnas é inerentemente inseguro. Existem técnicas amplamente conhecidas e consolidadas para fazer comunicações com segurança através de uma rede pública – o que se chama de VPN (rede privativa virtual). Além disso, é possível blindar o acesso a determinados setores e computadores de uma rede, permitindo somente acessos dentro da VPN. Acredito que nenhum sistema de comunicação seja 100% à prova de intrusão, mas pode-se reduzir o risco a um ponto em que tal sistema possa ser considerado seguro. Se as técnicas de segurança forem bem articuladas, deve ser muito difícil (virtualmente impossível) que o sistema seja invadido.

     

     

  34. Deixa ver se eu entendi!

    Nós vamos votar numa urna que pode ser manipulada pelo software de uma empresa de propriedade de um Tucano?

    Se fosse um Tucano de plumagens impolutas já era suspeito, imagina agora  que sabemos que é de um tucano de plumagens “sujas de sangue e lama” !!!!!!

    As discrepâncias entre as pesquisas de boca de urna e o resultado oficial foram gritantes. Será que vão melar o segundo turno presidencial????

  35. a fiscalização está nas

    a fiscalização está nas nossas mãos, por hora. ver vídeo em vocefiscal.org

    RESOLUÇÃO Nº 23.399 TSE

    Art. 82. Compete, ao final dos trabalhos, ao Presidente da Mesa Receptora de Votos e da Mesa Receptora de Justificativas, no que couber:

    I – proceder ao encerramento da urna;

    II – registrar o comparecimento dos mesários;

    III – emitir as vias do boletim de urna;

    IV – emitir o boletim de justificativa, acondicionando-o, juntamente com os requerimentos recebidos, em envelope próprio;

    V – assinar todas as vias do boletim de urna e do boletim de justificativa com o primeiro secretário e fiscais dos partidos políticos e coligações presentes;

    VI – afixar uma cópia do boletim de urna em local visível da seção;

    VII – romper o lacre do compartimento da mídia de gravação de resultados da urna e retirá-la, após o que colocará novo lacre, por ele assinado;

    VIII – desligar a urna;

    IX – desconectar a urna da tomada ou da bateria externa;

    X – acondicionar a urna na embalagem própria;

    XI – anotar o não comparecimento do eleitor, fazendo constar do local destinado à assinatura, no caderno de votação, a observação “não compareceu”;

    XII – entregar uma das vias obrigatórias e demais vias extras do boletim de urna, assinadas, aos interessados dos partidos políticos, coligações, imprensa e Ministério Público, desde que as requeiram no momento do encerramento da votação;

    XIII – remeter à Junta Eleitoral, mediante recibo em duas vias, com a indicação da hora de entrega, a mídia de resultado, acondicionada em embalagem lacrada, três vias do boletim de urna, o relatório Zerésima, o boletim de justificativa, os requerimentos de justificativa eleitoral, e o caderno de votação e a ata da Mesa ReceptoraArt. 116. Os boletins de urna serão impressos em 5 vias obrigatórias e em até 15 vias adicionais.

    Parágrafo único. A não expedição do boletim de urna imediatamente após o encerramento da votação, ressalvados os casos de defeito da urna, constitui o crime previsto no artigo 313 do Código Eleitoral (Código Eleitoral, artigo 179, § 9º).

    Art. 116. Os boletins de urna serão impressos em 5 vias obrigatórias e em até 15 vias adicionais.

    Parágrafo único. A não expedição do boletim de urna imediatamente após o encerramento da votação, ressalvados os casos de defeito da urna, constitui o crime previsto no artigo 313 do Código Eleitoral (Código Eleitoral, artigo 179, § 9º).

    • Caro Baader

      Só quem tem acesso ao programa inserido é que pode fraudar. A desconfiança vem das empresas que farão os serviços de apuração, pois conforme foi dito ontem neste blog, se não me engano, pertencem a dois empresários ligados a campanhas do PSDB, sendo um deles coordenador de financiamento (achacador) da campanha do Aócio!.

      O restante das pessoa não tem acesso a nada! 

  36. é verdade que o tse só vai

    é verdade que o tse só vai divulgar o resultado apos as 20hs ? que não vai divulgar nem as parciais, nem a evolução da apuração ? 

    • Isso é normal, fábio, a

      Isso é normal, fábio, a eleição só acaba as 20h horário de brasilia, pois no Acre serão 17h.

  37. E aí?

    Nassif, considero bastante sua qualidade de jornalista. Diante de sua insistência no tema, e do estranho resultado do primeiro turno, estou preocupado.

  38. Acusação não é prova. Cadê a

    Acusação não é prova. Cadê a comprovação do que ela diz? As urnas não são ligadas à internet. Os fiscais de cada partido acompanham a inseminação com os dados dos candidatos, a ‘zerésima’ e testam a urna para ver se um voto correponde a um voto e se vai pra pessoa certa. Depois disso, as urnas são zeradas novamente e lacradas. Daí são levadas pelos TREs pra os locais de votação, onde também são acompanhadas e fiscalizadas pelos fiscais e diretores das ZE’s. A apuração também é fiscalizada. Ela tem que apontar onde está a fraude, em que momento ocorreria, já que a apuração é feita urna a urna e acompanhada por fiscais que também auditaram previamente as urnas, por amostragem.

    • Vário furos existem caro Flávio

      Em primeiro lugar, segundo a acusadora, as urnas usam a internet como meio de comunicação. Isto até o momento não foi totalmente afastado.

      Em segundo, se existir um programa dentro do sistema, que pode ser acessado de fora, ou no momento do  “carregar” (ou inseminar) a urna,  fica aberta a possibilidade de acioná-lo atraves de um dado inicial, como por exemplo tres ou quatro  votos nulos (pagos para eleitores votarem nulo), seguindo de um do candidato escolhido para receber os votos fraldados, ou qualquer coisa mais sofisticada. Podem vender estas facilidade de frasude desde votos  para presidente, como para senador, deputados, prefeitos, etc..

      Já foi dito e documentado que o único partido que “buscou”  fiscalizar as urnas sendo carregadas e despachadas foi o PDT. Os demais partidos não apareceram.Como não deixaram (o TSE) ter acesso a urnas de amostragem, não fiscalizou nada!

      Outro ponto, os resultados são enviados por qual via?  – INTERNET, com um programa intruso, que permite modificações via intenet.  Quem sabe o que fazer, neste momento frauda os votos, para quem pagar ou for designado.

      A apuração é apenas uma soma destes numeros. As urnas não vem dos locais de votação,´para a sede do TSE, para terem seus resultados apurados. APENAS SOMA-SE OS NUMEROS ENVIADOS VIA INTERNET E COM UM PROGRAMA INTRUSO, ACESSÍVEL PELA INTERNET.

      QUE DÁ PARA DESCONFIAR, NO MINIMO, ISTO DÁ MESMO!

    • A urna em si não tem conexão

      A urna em si não tem conexão com internet, porém o so(sistema operacional) dela é enviado por internet, esse não é o problema, o problema é que se tu por acaso conseguir enfiar um código maliciosos com certificado no SO tu tens o que precisa, se conseguir acesso ao tse, por exemplo, ou a rede da empresa que faz o SO. Sobre a checagem das urnas, é simples, muito simples, escreva um programa que mude 1% dos votos, se os votos forem inferiores a 1000 , o programa não muda nada, assim passa pela checagem, o processo pode ser seguro se for feito com seriedade e transparencia,  outra questão é que a contagem provavelmente é feita pela internet, então é mais prático atacar essa transferencia do que a urna em si, se não falha os neuronios foi encontrada uma vulberabilidade em 2011 que se explorada de forma certa poderia atrazar os dados, ou inserir dados e dessa forma diminuir ou aumentar o numero de votos em um candidato, ou algo do tipo, se tem computador é inseguro, não importa o quanto tentem fazer checagens, controles, e procedimentos, sempre vai existir falhas, mesmo com pápeis e comprovantes iria dar para usar os mesmos artificios, pois qual porcentagem de pessoas guardariam o comprovante….. tu comprova o voto em um mas a urna bota na conta do outro, além do mais brancos,nulos e ausentes são melhores para manipular. Seriedade e honestidade são as unicas formas de segurança que não podem ser burladas, infelismente as instituições estão muito longe dessa segurança, então o processo é inseguro e passivel de falhas e alterações maliciosas.

    • Ué, por outro lado, ninguém

      Ué, por outro lado, ninguém conseguiu provar que a urna é segura. Com qual critério portanto, podes dar crédito à um lado, e dispensar o outro? O critério da preguiça não é o ideal. Ambos devem ser igualmente levados a sério.

       

      Não creio que alguém viu este caso como prova, mas como indício. A prova que temos, é de um processo que tentou ser aberto, e omitido pelo TSE, e OAB. Então eu lhe pergunto, você não vê nada suspeito nisto? Você realmente não acredita que o TSE deveria, se não (no mínimo) desempenhar a sua função, tratar este processo como caráter prioritário, quando na verdade foi arquivado?

       

      Como você disse, a Urna de fato não é conectada à internet. Mas parece que você não entendeu que o computador onde mantém o SIS instalado, e onde vai o ‘pendrive’ (mídia), tem que ter conexão, indo por água abaixo toda a segurança que a Urna diz proporcionar, por ser offline. Seria neste momento que o programa, que mantém o programa interno receptível à fraudes (backdoor) baixaria manualmente, ou automaticamente (algorítimo engatilhado) alterações que JAMAIS seriam auditáveis.

       

      Isto explica muito bem, como seria contornado toda fiscalização e auditoria que nos ensinaram e você bem reproduz em seu argumento, portanto, espero novas evidências de ambos os lados. Porém…….. é justamente pelo peso do assunto, que todo o processo deve ser repensado, principalmente pelas instituições que se esconderam.

       

  39. Votos em TODAS as cidade de SP para Dep. Estadual

    Aqui de Santos teve no mínimo dois eleitos pelo PSDB que tiveram votos em TODAS as cidades do Estado de São Paulo, mais de 580 cidades, algumas muito pequenas e distantes do litoral.

    Como são poucos votos me parece mais um esquema de aproveitar uma porcentagem de toda votação para mudar para um candidato escolhido do que uma campanha que gaste milhares de reais para cobrir inúmeras cidades onde terá um ou dois votos. 

    Prá lá de muito suspeito, na minha opinião, deveria ser investigado.

    Só para constar, o Jensen, um PTista emérito aqui de Santos entupiu a câmara de requerimentos sobre a suspeição da eleição do prefeito Papa que ganhou da Telma em 1980 por uma diferença de 1732 votos, menos de meio percento do colégio eleitoral, se não me engano. A gritaria por fraúde na urna eletrônica na época aqui foi imensa.

    Estas urnas não são confiáveis.

    • Então,  tá tudo tranquilo?

      Então,  tá tudo tranquilo? Nada de turbulência para o candidato Aécio? Vai continuar com céu de brigadeiro, incluindo virada espetacular nas urnas?

       

  40. OAB e o TSE confirmaram a suspeita.

    Claro, a OAB e o TSE se ‘garantem tanto’ que nem permitiram a criação do processo! 

    Pra quem sabe que esta lógica está invertida, ou seja, que na verdade quem não deve não teme abrir processo, já percebeu o endosso ao excelente estudo do nobre garoto hacker que o próprio TSE e OAB deram, através da própria omissão descarada destas instituições. 

  41. O dinheiro que usamos, o Real é manipulado pelos bancos da mesma

    O dinheiro que usamos é manipulado pelos bancos da mesma forma, assim, quem controla a inflação são eles, que emitem bits nas contas onde eles querem.

    Cadê o controle da sociedade sobre o volume de moeda circulante.

    É até piada, para terem mais controle ainda, criando crises a seu bel prazer, pararam agora de emitir cédulas e moedas  para uso dos brasileiros, assim não existe mais meio circulante físisco, só dinheiro eletrônico, manipulavel e sem controle pelo governo e pelo povo.

    Fica fácil assim!

  42. É pra ter medo

    Eu não sou afeita a teorias conspiratorias, e sempre tive cautela com as pesquisas. Acredito que as viradas são possíveis e que os institutos, eventualmente, erram. Porém, o que aconteceu no primeiro turno, esta longe de me tranquilizar. Todos os institutos erraram. A diferença entre Aecio e Marina não foi prevista por qualquer instituto. Isso não é normal. E por que agora, no segundo turno, alguns institutos  deram Aecio com mais de 15 pontos na frente? Seria para corroborar uma fraude mais adiante? Por que essa discrepância entre o IBOPE e o Instituto Paraná? Não tenho duvida que uma fraude no segundo turno é possível, e não consigo imaginar o que poderia nos livrar disso. Espero que todos os partidos estejam alertas, e que saibam como se defender desse  risco.

  43. Só aqui…

    Só agora estão desconfiando disso?

    Este sistema eletrônico de votação já foi demonstrado e oferecido a uma penca de países, curiosos com o mesmo. Se eles compraram? Só digo que democracias muito mais sólidas que a nossa ainda votam no “papelzinho” mesmo. Que “atrasados” que eles são, não?

    • olhe de onde vem nosso

      olhe de onde vem nosso atraso…

      .

      Valor Econômico: STF derruba voto impresso aprovado pelo Congresso

       

      O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou, ontem, a impressão do voto nas eleições, que deveria vigorar a partir de 2014.

      A medida foi aprovada pelo Congresso, em 2009, durante reforma eleitoral. Ontem, ela caiu por decisão unânime dos nove ministros que estavam na Corte. Eles consideraram argumentos jurídicos e pragmáticos para retirar o artigo 5º da Lei 12.034, que determinou a impressão dos votos com o objetivo de permitir a conferência do funcionamento do sistema eletrônico de votação pelos partidos políticos.

      A relatora do processo, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, argumentou que, se a medida fosse aplicada para as eleições de 2012, iria causar sérias dificuldades, como a realização de procedimentos paralelos de licitações, além do aumento de gastos públicos. Ao todo, a impressão dos votos custaria mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, estimou Cármen Lúcia. Segundo ela, haveria um aumento de 140% no custo do voto.

      Já o decano do STF, ministro Celso de Mello, alertou para a necessidade de se garantir a autenticidade do voto do eleitor, como determina a Constituição. Para que o voto seja autêntico, é preciso que seja secreto, enfatizou Celso. Caso contrário, políticos podem cobrar de eleitores o resultado de seus votos, o que seria inadmissível numa democracia.

      O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ingressou com a ação contra o voto impresso justamente por considerar que a prática pode ferir o sigilo dos eleitores. “O sigilo é uma garantia da inviolabilidade do voto”, afirmou Gurgel.

      Já o advogado-geral da União, ministro Luís Inácio Lucena Adams, defendeu a Lei nº 12.034. Para ele, o voto impresso não interfere no sigilo do eleitor. “O voto não será identificado”, afirmou o ministro. Ele enfatizou que o eleitor vai sair da sala de votação apenas com um comprovante de que votou. “O conteúdo do voto não fica com ele”, explicou ao Valor.

      O ministro José Antonio Dias Toffoli afirmou que o sistema de votação eletrônica evoluiu muito no Brasil, nos últimos anos, o que dispensa a impressão como meio de fiscalização. “Ao longo do processo histórico brasileiro sempre houve apenas um partido com restrições à urna eletrônica, o PDT de Leonel Brizola”, lembrou Toffoli, citando a desconfiança do governador do Rio com o sistema. O ministro enfatizou que os outros partidos não contestaram a votação eletrônica e a maioria a considera segura.

      A impressão do voto eletrônico foi testada pela primeira vez no Brasil durante as eleições presidenciais de 2002 e o resultado foi pífio. Uma série de máquinas de impressão que foram conectadas às urnas eletrônicas apresentou defeitos, o que atrasou em horas o resultado da votação nos locais onde o teste foi realizado, como o Distrito Federal e o Sergipe. Mesmo com o péssimo resultado, a impressão foi aprovada, em 2009, pelos parlamentares para desgosto dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que são responsáveis pela administração das eleições. Ontem, três integrantes do TSE participaram da votação no STF: Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e o presidente daquela Corte, Ricardo Lewandowski. Todos defenderam o sistema eletrônico de votação.

      .

      http://www.prerj.mpf.mp.br/noticias/valor-economico-stf-derruba-voto-impresso-aprovado-pelo-congresso/

    • olhe de onde vem nosso

      olhe de onde vem nosso atraso…

      .

      Valor Econômico: STF derruba voto impresso aprovado pelo Congresso

       

      O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou, ontem, a impressão do voto nas eleições, que deveria vigorar a partir de 2014.

      A medida foi aprovada pelo Congresso, em 2009, durante reforma eleitoral. Ontem, ela caiu por decisão unânime dos nove ministros que estavam na Corte. Eles consideraram argumentos jurídicos e pragmáticos para retirar o artigo 5º da Lei 12.034, que determinou a impressão dos votos com o objetivo de permitir a conferência do funcionamento do sistema eletrônico de votação pelos partidos políticos.

      A relatora do processo, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, argumentou que, se a medida fosse aplicada para as eleições de 2012, iria causar sérias dificuldades, como a realização de procedimentos paralelos de licitações, além do aumento de gastos públicos. Ao todo, a impressão dos votos custaria mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, estimou Cármen Lúcia. Segundo ela, haveria um aumento de 140% no custo do voto.

      Já o decano do STF, ministro Celso de Mello, alertou para a necessidade de se garantir a autenticidade do voto do eleitor, como determina a Constituição. Para que o voto seja autêntico, é preciso que seja secreto, enfatizou Celso. Caso contrário, políticos podem cobrar de eleitores o resultado de seus votos, o que seria inadmissível numa democracia.

      O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ingressou com a ação contra o voto impresso justamente por considerar que a prática pode ferir o sigilo dos eleitores. “O sigilo é uma garantia da inviolabilidade do voto”, afirmou Gurgel.

      Já o advogado-geral da União, ministro Luís Inácio Lucena Adams, defendeu a Lei nº 12.034. Para ele, o voto impresso não interfere no sigilo do eleitor. “O voto não será identificado”, afirmou o ministro. Ele enfatizou que o eleitor vai sair da sala de votação apenas com um comprovante de que votou. “O conteúdo do voto não fica com ele”, explicou ao Valor.

      O ministro José Antonio Dias Toffoli afirmou que o sistema de votação eletrônica evoluiu muito no Brasil, nos últimos anos, o que dispensa a impressão como meio de fiscalização. “Ao longo do processo histórico brasileiro sempre houve apenas um partido com restrições à urna eletrônica, o PDT de Leonel Brizola”, lembrou Toffoli, citando a desconfiança do governador do Rio com o sistema. O ministro enfatizou que os outros partidos não contestaram a votação eletrônica e a maioria a considera segura.

      A impressão do voto eletrônico foi testada pela primeira vez no Brasil durante as eleições presidenciais de 2002 e o resultado foi pífio. Uma série de máquinas de impressão que foram conectadas às urnas eletrônicas apresentou defeitos, o que atrasou em horas o resultado da votação nos locais onde o teste foi realizado, como o Distrito Federal e o Sergipe. Mesmo com o péssimo resultado, a impressão foi aprovada, em 2009, pelos parlamentares para desgosto dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que são responsáveis pela administração das eleições. Ontem, três integrantes do TSE participaram da votação no STF: Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e o presidente daquela Corte, Ricardo Lewandowski. Todos defenderam o sistema eletrônico de votação.

      .

      http://www.prerj.mpf.mp.br/noticias/valor-economico-stf-derruba-voto-impresso-aprovado-pelo-congresso/

  44. Quando a Dilma deu aqueles

    Quando a Dilma deu aqueles saltos no palco da PUC, o auditório não entendeu que era um recado de alerta à militância do PT:   “TUCANO SALTA, SIM; VEJAM O QUE ACONTECEU COM A MARINA”   Minha opinião é que algo assombroso está prestes a acontecer.

  45. Nassif…  será coincidência?

    Nassif…  será coincidência?  STF  derrubou o voto impresso aprovado pelo Congresso que deveria entrar em vigor nessas eleições de 2014.

    DETALHE: Ministro contrários… os 3 que condenaram Protógenes após ele levantar suspeitas de fraudes…

    ————————————-

    Valor Econômico: STF derruba voto impresso aprovado pelo Congresso

     

    O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou, ontem, a impressão do voto nas eleições, que deveria vigorar a partir de 2014.

    A medida foi aprovada pelo Congresso, em 2009, durante reforma eleitoral. Ontem, ela caiu por decisão unânime dos nove ministros que estavam na Corte. Eles consideraram argumentos jurídicos e pragmáticos para retirar o artigo 5º da Lei 12.034, que determinou a impressão dos votos com o objetivo de permitir a conferência do funcionamento do sistema eletrônico de votação pelos partidos políticos.

    A relatora do processo, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, argumentou que, se a medida fosse aplicada para as eleições de 2012, iria causar sérias dificuldades, como a realização de procedimentos paralelos de licitações, além do aumento de gastos públicos. Ao todo, a impressão dos votos custaria mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, estimou Cármen Lúcia. Segundo ela, haveria um aumento de 140% no custo do voto.

    Já o decano do STF, ministro Celso de Mello, alertou para a necessidade de se garantir a autenticidade do voto do eleitor, como determina a Constituição. Para que o voto seja autêntico, é preciso que seja secreto, enfatizou Celso. Caso contrário, políticos podem cobrar de eleitores o resultado de seus votos, o que seria inadmissível numa democracia.

    O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ingressou com a ação contra o voto impresso justamente por considerar que a prática pode ferir o sigilo dos eleitores. “O sigilo é uma garantia da inviolabilidade do voto”, afirmou Gurgel.

    Já o advogado-geral da União, ministro Luís Inácio Lucena Adams, defendeu a Lei nº 12.034. Para ele, o voto impresso não interfere no sigilo do eleitor. “O voto não será identificado”, afirmou o ministro. Ele enfatizou que o eleitor vai sair da sala de votação apenas com um comprovante de que votou. “O conteúdo do voto não fica com ele”, explicou ao Valor.

    O ministro José Antonio Dias Toffoli afirmou que o sistema de votação eletrônica evoluiu muito no Brasil, nos últimos anos, o que dispensa a impressão como meio de fiscalização. “Ao longo do processo histórico brasileiro sempre houve apenas um partido com restrições à urna eletrônica, o PDT de Leonel Brizola”, lembrou Toffoli, citando a desconfiança do governador do Rio com o sistema. O ministro enfatizou que os outros partidos não contestaram a votação eletrônica e a maioria a considera segura.

    A impressão do voto eletrônico foi testada pela primeira vez no Brasil durante as eleições presidenciais de 2002 e o resultado foi pífio. Uma série de máquinas de impressão que foram conectadas às urnas eletrônicas apresentou defeitos, o que atrasou em horas o resultado da votação nos locais onde o teste foi realizado, como o Distrito Federal e o Sergipe. Mesmo com o péssimo resultado, a impressão foi aprovada, em 2009, pelos parlamentares para desgosto dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que são responsáveis pela administração das eleições. Ontem, três integrantes do TSE participaram da votação no STF: Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e o presidente daquela Corte, Ricardo Lewandowski. Todos defenderam o sistema eletrônico de votação.

    .

    http://www.prerj.mpf.mp.br/noticias/valor-economico-stf-derruba-voto-impresso-aprovado-pelo-congresso/

  46. e o congresso? ao votar

    e o congresso? ao votar deveríamos receber

    um comporovante de votação.

    simples para fazer a recontagem.

    ganhe quem ganhar, haverá terceiro turno.

    judicialização.

    esse besteirol tucano.

  47. impressão do voto

    Ainda não engulo o veto à impressão do voto, feito pelo TSE em 2013.

    O voto seria impresso, destacado e inserido na urna, automaticamente, tudo dentro da caixa de vidro, sob os olhos do eleitor. Não vejo em que isto poderia causar problemas. É a única forma de permitir auditoria confiável.

    Argumentos pelo veto, por favor!

     

    • Argumentos pelo veto?

      Menoti:

       

      Defendo duas cópias do voto.   De posse delas, o eleitor conferiria se são cópias idênticas, colocaria uma na urna física do local de votação, leva a sua cópia consigo.

       

      Depois das eleições, uma certa porcentagem de urnas físicas seriam abertas pelo TSE e o resultado delas, conferido. Se o resultado eletrônico dado pela urna for absolutamente idêntico ao resultado eletrônico, a urna da seção seria considerada eleição sem fraude. Uma certa quantidade de fraudes deveria ser considerada eleição fraudade e portanto, deveria ser anulada e uma outra, feita logo a seguir.

       

      Partidos deveriam ser autorizados a pedir que as urnas de uma certa quantidade de seções fossem também conferidas.

       

      Como profissional de Computação, não vejo outro caminho, se desejamos manter o voto eletrônico.

       

       

      • Argumentos pelo veto?

        O eleitor não pode levar uma cópia do voto para casa, pois isso poderia ser utilizado para compra de votos. Imagine um candidato oferecendo X para cada comprovante de voto para ele?

        O (falso) argumento para o veto do TSE era justamente a quebra do sigilo do voto, pois na lei constava que deveria haver um número único impresso no papel que, baseado na chave de criptografia da urna, seria utilizado para garantir que aquele impresso não foi falsificado. Fizeram um vídeo onde o eleitor anotava o número no braço e depois alguém abria a urna e encontrava o número que o eleitor anotou.

        Este argumento é falso, primeiro porque seria um número muito maior do que o que eles exemplificaram e, além disso, poderia ser impresso em um local não visível ao eleitor ou em código de barras, por exemplo. Mas se o problema fosse mesmo o tal número, eles poderiam ter vetado apenas a impressão do número… mas não, eles apenas não queriam permitir a auditoria das urnas, mesmo que isso seja feito por absolutamente todos os outros países com votação eletrônica e sem prejuiso ao sigilo do voto.

        • Comprovante de votação

          Já que ha possibilidade compra de votos através da impressão de comprovante, sugere então que os comprovante sejam startados aleatóriamente, você nunca vai saber se vai sair um comprovante indicando o seu voto com número, código de barra e etc.. 

          Quando todas as urnas estiverem digitalizadas, aí sim, ha como startar todos os comprovantes praa cada eleitor.

  48. Fraude – votação inesperada de Aécio

    Será que a votação inesperada por Aécio diante das pesquisas de então pode ter relação com fraude nas urnas desviando votos dados na Dilma e Marina para o candidato do PSDB??

     

    • Fraude certa e sem dúvida

      Não tenho dúvidas de que a fraude está em andamento e, como consequência, o Aécio já está “eleito”. E o pior: não há o que fazer. Não há democracia e os tribunais são a coisa mais suja que existe nesta república.

      • sinto muito, Henrique, mas você está atrasado..

        … o golpe já foi dado! Não deveria ter tido 2o. turno!

        A diferença entre o resultado do TSE e as bocas de urna é uma impossibilidade estatística.

        Não deveria ter tido segundo turno.

        Agora, se o Ibope e DataFolha concordarem, o golpe será completo.

        Vai ser o pior tipo de ditadura de todos: aquela que ilude o povo dizendo que ele escolhe alguma coisa.

  49. Bolsa de valores

    Hoje de forma repertina a bolsa de valores subiu, motivo, teria uma pesquisa feita pelos banco que estaria mostrando o Aecio na frente.

  50. O golpe está armado. Não

    O golpe está armado. Não acredita quem não quer, mas o dinheiro tucanos tá voando solto. E pior, quem vai pagar? Os cofres públicos se esses meliantes forem eleitos. Ou vocês acham que quem vive de dinheiro público desde os 15 anos sem nunca ter trabalhado vai pagar os seus “urneiros” do próprio boilso? O eleitor que mais me assusta é o analfa político da classe mediana, aquela que vive em função da mídia.

  51. Aí tem

    Alguem aí se lembra que o senhor gilmar dantas mente muito barrou a impressão dos votos para, em caso de dúvidas se fazer a conferência ou a confrontação?  Nesse angu tem não um caroço,mas vários. Os responsáveis pela campanha da Dilma e pelo  acompanhamento nas apurações devem ficar de olhos bem abertos.Esses bicudos e sua confraria são capazes de tudo,ou não foram eles os responsáveis pela violação do painel de votação do Congresso?

  52. Fraude nas urnas, assunto antigo

    O assunto é antigo e nada muda. Leia esse trecho esclarecedor  abaixo. Se quiser ler o artigo na íntegra, acesse o link

    FRAUDE EM URNAS BRASILEIRAS – ” Os poucos com coragem para expor essa situação vergonhosa sumiram ou foram assassinados, segundo o Deputado Federal Fernando Chiarelli, do PDT, que afirmou ter recebido ameaças de morte desde que começou, em 2013, a denunciar fraudes nas urnas brasileiras”.

    Artigo de Célio Pezza, escritor, colunista de sites e jornais de todo o Brasil e autor de 7 livros. 
    Sáb, 17 de Maio de 2014 13:57  

    http://tribunadoplanalto.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=18560:urnas-eletronicas-e-fraudes&catid=101:esfera-publica&Itemid=185

     

  53. Uma promiscuidade total….

    Para mim, esse sistema de votação do Brasil cheira à promiscuidade total, não merece a mínima confiança. Porém, o mais incompreensível é o PT ficar com cara de paspalho, olhando pras núvens diante desse descalabro antigo que só agora, na antevéspera da eleição a gente fica sabendo tim-tim por tim-tim.

    A manipulação pelo visto já é favas contadas, dando-se pra perceber de forma cristalina o curso da adulteração: em uma região 45 = 60%x13; em outra 61%… Estou dizendo isso porque foi o que notei aparecer na tela quando digitei o 13 da Dilma no primeiro turno.

  54. Toffoli é indicação petista.

    Toffoli é indicação petista. Sem grande currículo e sem muito mérito, é um braço do governo atual dentro do judiciário. Se denúncias de fraudes eleitorais não são apuradas pelo TSE presido por Toffoli, então elas prejudicariam o PT. Se houver fraudes nas urnas, certamente não será contra Dilma, mas sim a favor.

  55. E se Dilma ganhar posso falar

    E se Dilma ganhar posso falar que foi uma fraude?

    E se é certo que a eleição é fraudulenta os petistas vão aceitar a vitória de Dilma mesmo fraudelenta.

    E se Aécio ganhar vão falar em golpe?

  56. fraude

    Absurdo…..achei  que viviamos  em  uma jovem democracia….problemática….injusta….porém uma democracia…mas  se  isso  se  concretizar realmente  cabeças  devem  rolar!

  57. O TSE sempre com a conversa

    O TSE sempre com a conversa de que as urnas não tem acesso a internet e ninguem de “fora” do TSE teria acesso as Urnas, e se o próprio TSE que é controlado sim pelo governo manipular os resultados? se o próprio sistema fraudar os votos? você vota no tal candidato e o sistema que foi instalado na urna muda o seu voto? isso é possivel sim mas o TSE não quer jamais colocar esse detalhe, O TSE sempre foge desse debate, a própria mídia não se manifesta, e essa é a maior dúvida dos brasileiros.

  58. Boa noite Nassif, não sou

    Boa noite Nassif, não sou dado a teorias conspiratórias mas há uma série de fatos estranhos e contraditórios nesta reta final de campanha que são suficientes para pornos a pulga atrás da orelha.

    1 – Essa série de posts sobre a Módulo e a confiabilidade do sistema de apuração do TSE são relevantes e preocupantes.

    2 – O mercado financeiro vem nas últimas semanas acompanhando (precificando) a corrida eleitoral. Pesquisa anunciada no fim do dia, se reflete antes, através de insiders, no índice Bovespa. Os movimentos são coerentes, aumenta-se a perspectiva de vitória de Aécio o mercado compra, o inverso também é verdadeiro. Na passagem da semana passada para esta, vai se configurando a virada de Dilma e o mercado respondendo, de segunda a quinta o mercado caiu nos quatro dias. Pois bem, hoje o mercado subiu. Chegou-se a dizer que pela divulgação da pesquisa Sensus, mas vem cá, alguém acredita na confiabilidade dos dados desse instituto! Ainda podemos dizer que foi na esperança do potencial da bala de prata da Veja. É possível, sexta dia 26 de setembro esperando a Veja do dia seguinte o mercado subiu, alarme falso.

    3 – Começa aparecer na internet dados vazados de trekking do BTG e Itaú dando conta da vantagem de Aécio.

    4 – Arquitetura da Conspiração: Quinta a Veja dispara a bala de prata, sexta institutos e trekkings amigos divulgam resultados que corroboram com a ideia que a notícia teve efeito eleitoral, apesar de não fazer sentido, pois em menos de um dia, não haveria tempo para repercussão e mudar o cenário das pesquisas, mesmo assim o mercado comprou hoje, porque! o pessoal não rasga dinheiro, há não ser que já saibam o resultado de véspera.

    5 – Há se verificar as pesquisas amanhã e o tamanho do gap Dilma e Aécio, para ser viável ou não uma tamanha diferença entre pesquisas e urnas, assim como houve no primeiro turno, mas alguns dados preocupantes e que corroborariam um possível estão no horizonte.

    Desejo que esta seja apenas um exercício de elocubração conspiratória.

  59. Só foi o delegado Protógenes

    Só foi o delegado Protógenes denunciar que havia fraude nas eleições do RJ – municipios inteiros tiveram os votos anulados – que adiantaram o seu julgament o e o condenaram.

     

    Se o judiciarío norte americano já deu um golpe eleitoral certa vez (em 2000), o que dirá do judiciário brasileiro que é muito mais elitista e sem pudor na hora de manipular a lei?

     

    Depois o pessoal fica surpreso que “nenhuma pesquisa acertou o resultado”, e não se questiona porque as pesquisas, que sempre desde 1989, sempre acertaram os resultados, ao invés de ficarem ainda mais exatas com o avanço da tecnologia e da metologia matemática, de repente todos os institutos erraram?

     

    É por isso que o Aécio ri e diz que sabe que vai ganhar. Os amiguinhos do judiciário já armaram tudo!

  60. Vou ser objetiva:

    O Pré-$al = sonho/loucura do P$DB

    Então:

    – a “utilização” da “temerária viúva marina” para, como divisora de votos, forçar um segundo turno;

    – “cinco milhões de votos em dois dias” que o aecio “arrebanhou de surpresa” no primeiro turno (não esperado pelas “pesquisas”);

    – tse “fazendo propaganda” sobre segurança e credibilidade das urnas eletronicas (alguém lançou suspeita?);

    – essa “canalhice” da revista que vive no esgoto;

    – eleitor “enganado”: vai cumprir direito/obrigacional(?) do “exercício da cidadania” e é “usurpado” em sua escolha, porque “alguém já decidiu” quem é o presidente da república.

    Tomara que sejam, apenas, divagações!

     

     

  61. Não acredito em fraude

    Aécio teve a mesma proporção do serra em 2010. e proveniente de estados tipicamente conservadores. Ele repetiu a performance anterior junto aos conservadores. No more.

     

    As pesquisas ibope e data folha parecem bem mais realistas. E duvido que arrisquem seu pescocinho com um resultado manipulado nessas alturas do campeonato.. se houvesse uma orquestração, as pesquisas ontem teriam dado resultados mais alentadores aos tucanos… Nada

    As “denuncias da veja” têm uma abrangência muito restrita… o máximo que podem nos tirar é um ou dois pontos percentuais e talvez aumentar brancos e nulos… No pior quadro venceríamos por mais de 4 milhões de votos

    Aécio no debate da globo parecia nada a vontade. cumpriu tabela.. não apresentava naturalidade, parecia cansado e deprimido. a linguagem corporal dele mostrava que ele não acredita na vitória.

    Não vejo esse exercício de criar teorias de conspiração, com dados muito razoáveis e nada inesperados, como salutar faltando um dia pra eleição.

    Estamos superdimensionando detalhes previsiveis com gracinhas da Veja e hipotéticas fraudes…

     

    • Por que, então, os institutos

      Por que, então, os institutos estão errando até boca de urna este ano? 

      Há algo de estranho no ar.

      O PT deve investigar a fundo a possível utilização de códigos fonte não autorizados nas urnas.

      Deve fazer uma caça ao “inserator” HOJE mesmo.

      Pelo futuro de nossos filhos.

    • Por que, então, os institutos

      Por que, então, os institutos estão errando até boca de urna este ano? 

      Há algo de estranho no ar.

      O PT deve investigar a fundo a possível utilização de códigos fonte não autorizados nas urnas.

      Deve fazer uma caça ao “inserator” HOJE mesmo.

      Pelo futuro de nossos filhos.

  62. Urna eletrônica

    Percebo movimentos que há uma certeza da vitória da oposiçào.Além do fato da virada do Aécio em cima da Marina com mais de 5 milhoes de voto,a vitória do Alckimin em  SP no primeiro turno,existem movimentos no mercado que sinalizam isso.Há um movimento de pessoas e empresas já se preparando para um governo nào PT.

    Os interesses que estào por trás dessas eleições ultrapassam simplesmente a própria eleiçào.Algo maior como hegemonia na america do sul,.pré sal,sistema financeiro internacional pronto para botar o Brasil em coma induzido e chupar todo o sangue financeiro que nem vampiro.

    Porque nào fraude a favor do PT.Sem condições,seria”descoberto em questòes de segundos e o impedimento viria em seguida.Que pena,pobre Brasil,pobre povo brasileiro,que destino.

    Tomara que eu esteja errado.

    • Definitivamente, o movimento

      Definitivamente, o movimento de Dilma para a criação do banco dos Brics chamou a atenção no tabuleiro de xadrez da geo política norte americana. Os EUA simplesmente vão usar todo e qualquer expediente para evitar que isso se concretize.

      Mesmo que Dilma ganhe, seu mandato não será nada fácil, se conseguir levá-lo até o fim… não é questão de ser alarmista e nem adepta  da teoria da conspiração. Basta ver o que os EUA te a perder pra saber que eles não vão deixar barato. Vai ser guerra, o morde-e-assopra da realpolitik não vai funcionar. Desta vez tem que ter coragem, fibra e ousadia, além de trazer o povo junto.

  63. Quando seu voto vira bits e bytes, nem o Diabo sabe. Fraude?

    Antes do primeiro turno, bem antes, eu denunciei que a eleição para a presidência da república já estava perdida, a Direita já reconhecia a derrota, Enquanto todos acompanhassem os votos de  Dilma, Marina e Aécio, eles iam deitar e rolar nas eleições de São Paulo. Se o PSDB perder São Paulo, o partido acaba. Dito e feito, de forma ultra suspeita, Alckmin venceu no primeiro turno de forma arrasadora. Ora, faria sentido se seu governo fosse cheio de realizações exitosas. Mas foi o contrário. O racionamento d’água, não oficial mas já implantado, tem levado ao desespero bairros inteiros, cidades inteiras, como Itu, berço da República no Brasil. A falência da USP, orgulho dos paulistas, também é revoltante, mesmo para quem sequer tem o Ensino Fundamental completo. Os escândalos do metrô, escamoteados pela mídia, ganhariam grande visibilidade nessa atmosfera de caos. Mas surpreendentemente, para mim, Alckmin leva em primeiro turno com 56% dos votos! 

    Os votos de Aécio, então, me deixaram de cabelo em pé. A margem de erro na boca de urna é tão baixa, que em 1989, com máquinas de somar, o DataFolha deu que Collor enfrentaria Lula no segundo turno, quando a diferença de Lula para Brizola, terceiro colocado, foi de apenas 1%. Esses erros absurdos das pesquisas de boca de urna indicam uma fraude gigantesca. Só terei sosssego quando os votos forem impressos para conferência do eleitor. Ele bota o voto na urna. Depois de apuradas as eleições, professores de Estatística e geógrafos se juntariam para sortear quais municípios e quais urnas sofreriam auditoria. Talvez com auditoria de 3% das urnas, teríamos um ótimo grau de confiabilidades das eleições.

  64. Será que não estamos sendo burlados ??

    Vejo com extrema preocupação, a insistência com   que a pesquisa CNT/SENSUS insiste em destoar das  outras pesquisas,  como IBOPE e DATAFOLHA . Fico me perguntando qual interesse?? porque tamanha disparidade??  Estaria viabilizando algum resultado inesperado??? Estaria por trás de interesses escusos?? Sabemos qual é o candidato que expressa o interesse ameriano, e dos recursos tecnológico que possuem para manipular um sistema eletrônico. Só Deus !!! E vamos torcer para que independente do resultado ele realmente expresse o interesse maior do povo.

    • Pode ter gato na tuba

      Desde o primeiro turno achei estranho que o Sensus, ligado ao PSDB, foi o único a acertar o percentual da votação, na contramão das demais pesquisas.  Agora, ás vésperas do segundo turno eles vem novamente com um resultado totalmente diferente, o que poderá legitimar qualquer eventual fraude. Da tigrada coxinha pode-se esperar qualquer coisa. Queremos o voto no papel,  já!!

  65. E o PT? Não investigou, não

    E o PT? Não investigou, não tomou nenhuma providência ou se pronunciou???

    Eu alertei várias vezes, em vários blogs e no Muda Mais,, depois do 1º turno, que havia algo muito errado acontecendo, fora das possibilidades estatísticas.

    Para coroar a fraude é só os institutos darem uma virada da oposição, daqui a pouco.

    Seria mais um golpe do judiciário na AL.

     

  66. O Caso Saquarema

    Seminário “O Voto Eletrônico no Brasil é Confiável?” Neste Seminário, organizado pelo Instituto Republicano e Fundação Alberto Pasqualini, realizado no Auditório da Sociedade de Engenheiros e Arquitetos do RJ em 10 de dezembro de 2012, um jovem, de codinome Rangel, apresentou-se para delatar como teria agido, invadindo a rede interna do TRE do Estado do Rio de Janeiro para, com ajuda e participação de elementos de uma empresa de telefonia e telecomunicações que presta serviços à Justiça Eleitoral brasileira, leiloar lotes de votos desviados de candidatos vítimas, durante a fase de totalização no dia da eleição, interceptando na origem (antes da criptografia atuar) a rede de transmissão de dados utilizada pela Justiça Eleitoral para executar centralizadamente a totalização. O Episódio, denunciado e discutido na segunda etapa do Seminário, ganhou o nome de Caso Saquarema. http://www.cic.unb.br/~rezende/trabs/seminarioIR-AP.html

  67. Fraude Eleitoral em Saquarema-RJ

    Em Saquarema-RJ aconteceu um fato muito estranho. Antes das eleições municipais de 2012 era só andar pelas ruas e perguntar em quem o eleitor iria votar para prefeito que a resposta era unânime: Pedro Ricardo, candidato da oposição. Pois bem, o rapaz perdeu em todas, eu disse todas as 173 urnas da cidade. Perdeu e perdeu de muito. O mais estranho é que nas ruas alguns dias após as eleições os eleitores continuavam unânimes em dizer que votaram em Pedro Ricardo. Seria muito mais cômodo para o eleitor dizer que votou na candidata vitoriosa. Mas não, o eleitor batia o pé afirmando que votou no candidato da oposição. Curiosamente era difícil encontrar alguém que confirmasse ter votado na candidata vencedora, que coincidentemente é a esposa do deputado estadual Paulo Melo, presidente da ALERJ. Existem vários relatos na internet e inclusive vídeos no YOUTUBE atestando a vulnerabilidade das urnas eleitorais. Está lá pra quem quiser assistir. O fato é que todos os poderes encontram-se de um lado só da balança, prejudicando a alternância do poder, principal filosofia democrática. O TSE, bastante intransigente, por mais que existam evidências que comprovem, jamais irá admitir fraudes em suas ‘caixas pretas’. O ideal seria que a urna eletrônica emitisse, também, um cupom onde mostrasse em quem o eleitor votou. E que esse único cupom fosse colocado numa urna tradicional ao lado dos mesários, para fins de comprovação posterior. Uma coisa é certa: nenhum outro país no mundo, depois de examinar, quis comprar nosso ‘avançadíssimo, rápido e moderno’ método de escrutínio, nem o Paraguai.

    • Impressionante !

      É realmente impressionante, nao sei se voce viu, mas ocorreu o mesmo com o Aecio Never no primeiro turno. Tudo indicava que seria Dilma e Marina no segundo turno. Realmente esta havendo algo errado e estao tentando manipular (veja/ isto é) e comprar as eleicoes.

  68. Perigo…..

    Olha, se isso acontecer de fato e o eleitor se sentir lesado, furtado do seu direito, pode acontecer coisas ruins neste país. Eu, com 57 anos, aposentado, filhos criados e avô de 3 netos, já me sinto, de certa forma, uma revolta de mim só de ver essa possibilidade, nem pense nisso, pelo amor de Deus. Manifestações pacíficas já ocorreram, essa pacividadese, isso ocorrer, pode tomar rumos bem diferentes.

  69. Obrigada Nassif e Patricia

    Obrigada Nassif e Patricia por ir atras. iSSO SIM É JORNALISMO!                                                                                                   Estou ha muito denunciando isso,m inclusive aqui.

    Não é possível que se façam as eleições desse jeito. Aecio ja anuncia que vai ganhar de virada. Claro, usando o golpe das urnas.

    É GRAVE>

     O que pode ser feito?

    • o outro lado da moeda

      Prezada Laura, se Dilma ganhar não tem fraude, se der ao contrario é fraude. Pois bem, você com certeza mora na região em que visualmente na grande maioria é Dilma. Pois bem, minha cara amiga só que o Brasil é muito grande, e pra você tem uma ideia, aqui em minha região, particularmente em minha cidade Aecio ganha com mais de 70% dos votos, então Sr. Laura, deixe o povo escolher livremente o  destino de nosso País, não vamos tumultuar ainda mais,  isso não faz parte de nossa democracia.

  70. PERPLEXO COM O CINISMO DA ESQUERDA

    Estou realmente perplexo com alguns comentários aqui…Não bastasse essa notícia, que a meu ver é estarrecedora, de que as urnas realmente podem ser fraudadas…Agora, estão cogitando que o partido da oposição é que seria o ”beneficiário” de tal empreitada? Senhores! Não partamos para os discursos inflamados de militância deste ou daquele grupo, mas sejamos racionais! O partido político que tem acesso aos meios governamentais, indica ministros e tem amplo acesso aos mais altos setores do Tribunal Superior Eleitoral, bem como de toda a maquina pública, é o PT! Se há ou haverá fraude, será para benefício do então governo, sejamos apenas racionais!

    • PERPLEXO…

      Não diga asneiras, As esquerdas, o Partido dos Trabalhadores, contam , e sempre contaram, com uma única coisa: O voto do povo que vota neles. A história do Brasil deixa muito claro que SEMPRE, todos E TODOS os atentados à ordem democrática aqui , acontecem pelas mãos da direita e dos detentores de riquezas e patrimônios. Veja: TIRADENTES, ATENTADO NO RIO CENTRO, AS MORTES SINISTRAS E MISTERIOSAS DE GETÚLIO, AS MENTIRAS DESCARADAS, DESLAVADAS E CÍNICAS DA REVISTA VEJA, AS MENTIRAS GROTESCAS DA ORGANIZAÇÃO GLOBO E DEMAIS ÓRGÃOS DE MÍDIA. O povo não é mais bobo não, já percebeu o que acontece no país, quanto a grupos de interesse manipularem tudo a seu favor e seu conforto,. Pois dessa vez , se acontecer isso, vai dar merda.

    • Natanael, se vc acha isso,

      Natanael, se vc acha isso, então leve em conta também toda e gigantesca manipulação descarada da grande mídia contra o PT, ou qq projeto contra os conservadores e o PSDB, que os representa! Mesmo que seja verdade o que vc está achando, é isso que esses caras merecem ficar totalmente no ostracismo e desaparecerem, de qq jeito. Agora, voltando ao razoável, sem dúvida, se há alguém enfiado lá dentro do TSE, que é um órgão público independente, como é a PF, o MPF, o STF, etc, só pode ter gente do PSDB lá dentro, pois é o que ocorre com os outros, pois veja a questão dos “vazamentos seletivos”, dos sem vergonhas do PSDB que foram pegos em MG, no mensalão mineiro, Eduardo Azeredo, etc, e estão todos soltos, as coisas horrendas que aconteceram aqui no metrô de SP e ninguém, simplesmente ninguém foi preso ainda, com todas as provas cabais que existem, etc, etc. E aí vc acha que é o atual governo que está “instrumentalizando” a máquina pública? Acorda Natanael, acorda cara, cai na real, vc está redondamente enganado e não quer perceber, e tenho certeza que lá no fundo vc sabe disso …

  71. Venho dizendo que essa gente

    Venho dizendo que essa gente é capaz de tudo. Também achei estranhíssima a vantagem repentina de Aécio sobre Marina. Muito estranha mesmo!

  72. Você fiscal

    Nassif,

    Dá o máximo de divulgação a esse site http://www.vocefiscal.org/.

    Eles criaram um mecanismo de fiscalização voluntária da votação. O procedimento dos voluntários tem de ser feito às 17:00 h, fotografando o boletim de urna e remetendo a eles as fotos, que serão convertidas em texto e fornecerem os dados para comparação com o relatório do TSE.

    A transmissão pela internet é o que torna mais frágil o sistema; essa verificação de dados pré-transmissão é de suma importância.

    Quanto mais voluntário, maiores as possibilidades de detecção das fraudes.

    • BUs na internet

      Vocês sabiam que desde 2008 o TSE publica na internet o boletim de urna (BU) de cada seção eleitoral.

      Quer fiscalizar, tira a foto do BU que fica no local de votação e depois confere com o BU publicado na internet, se for diferente procura o ministerio publico com as provas em maos.

    • BUs na internet

      Vocês sabiam que desde 2008 o TSE publica na internet o boletim de urna (BU) de cada seção eleitoral.

      Quer fiscalizar, tira a foto do BU que fica no local de votação e depois confere com o BU publicado na internet, se for diferente procura o ministerio publico com as provas em maos.

  73. urna eletrônica

    No último discurso  do Aécio,em cima do túmulo do vovo, ele disse que hoje seria o novo presidente doBrasil,enão disse se Deus quizer para agradar o sincrético brasileiro,como no último debate.Disse não acreditar em pesquisas já que erram no resultado do primeiro turno. Será de onde vem terrívem afirmativa?

    • Das urnas ora!
      O Tóffoli é

      Das urnas ora!

      O Tóffoli é psdb puro, basta ver como agiu no mensalão.

      Ele está acima das leis.

      Portanto o Aécio estava contanto mais uma vez com os amigos, como sempre.

      Mas parece? que não deu certo desta vez.

       

      • O Dias Tóffoli foi advogado

        O Dias Tóffoli foi advogado do PT no passado, não queira inverter as coisas. Típico de petista mesmo

  74. Se o Aécio ganhar os

    Se o Aécio ganhar os militantes do PT não podem dizer que houve fraude, mesmo com farta evidência. O partido dos trabalhadores não fiscalizaram o código da urna. Sempre que se falou em fraude nas urnas, muitos militantes afirmaram que não existe fraude porque o PT tem ganho as últimas eleições. Então se perder vai dizer que houve fraude? E se Dilma ganhar vão continuar dizendo que a urna é segura mesmo com todas as evidências, e provas, contrárias?

    Independente de quem ganhar e independentemente se houver fraude, a única possibilidade de sairmos desta situação é nos mobilizarmos como nunca para denunciar este sistema como inseguro e exigir a prova física do voto para que, no futuro, qualquer suspeita possa ser apurada com rigor.

    Mas se o Aécio ganhar podem se preparar para uma luta difícil, pois qualquer discurso de fraude vai ser taxado de discurso de PTralha perdedor. Então ficar afirmando que houve fraude só vai dar argumentos para eles. O que precisa ser feito é mostrar a inseguransa do nosso sistema, que não é utilizado por absolutamente nenhum outro país do mundo, e que qualquer prova contrário a tese do fantástico 100% de confiabilidade é solenemente enterrada.

     

    • urnas eletronicas

      Mas a proganda na televisão disse que o voto eletronico é seguro porquê não passa pela internet.

  75.  Agora é tarde.
     A eleição já

     Agora é tarde.

     A eleição já passou, já conseguiram o objetivo deles, pois agora podem entregar  o software

    que quiserem para se fazer auditoria… depois da maracutai feita, escondem a sacanagem 

    e mandam só o sistema bonitinho como deveria ter sido…

    Temos que lutar para o congresso criar uma lei que derrube o uso de urnas eletronicas

    no pais… como já existe nos estados unidaos, alemanha e frança.. tantos outros  locias.

    urnas eletronica é frude na certa… temos que nos livrar delas…

     

    abs

     

    • Urna Eletronica com Voto Fisico em Papel (para recontagem)

      A urna eletronica existe e pode-se usar-la, mas teria que ter uma impressora junto, para imprimir os votos, e o eleitor depositar em uma urna, para que se possivel, tenha uma recontagem dos votos. Assim continuaria sendo rapido a eleição e a recontagem seria a assinatura que não houve fraude!

  76. Brazil, eterno feudo.

    O Brasil não é um país sério. Nunca foi nem será. Somos amantes do futebol, do carnaval e do jeitinho esperto de levar a vida burlando as regras.

    Talvez quando descobrirmos onde fica o fundo do poço voltemos a buscar um resquício de luz para nos guiar.

    A nossa estrutura de poder é firmada no poder do capital. O executivo arrecada do povo e distribui para quem coopera, indica os magistrados do STJ, os procuradores da república, o minstro do TSE, o responsável pelo TCU, a empresa que vai prestar o serviço para o estado, financia os parlamentares via emendas orçamentárias, autoriza ou nega reivindicações salariais de acordo com as conveniências, enfim é uma festa onde o executivo sempre faz o papel de anfitrião, padrinho e financiador com o dinheiro do povo.

    Democracia? Imagine. Basta dar ao povo a sensação de que ele pode escolher dentre os escolhidos quem será o chefe. Para os perdedores sempre haverá bons cargos e salários enquanto esperam o próximo capítulo da novela. Tudo um jogo de cartas marcadas.

    Injete fanatismo na mente do povo que eles ficamcegos na razão.

  77. Fraude…

    O TSE, não usou transparência no 2o. turno.

    Quando divulgou a 1a. parcial já estava quase no fim. Que coisa né?!

    É necessário investigação ao TSE, como em todos os orgãos do país, e nas contas particulares do Dias Toffolli.

    Esse resultado eu não engulo. FRAUUUUDDDDDEEEEEE!!!!!

    • Puro engano

      O TSE, não usou transparência no 2o. turno.

      Quando divulgou a 1a. parcial já estava quase no fim. Que coisa né?!

      aaaaaaa não sabia que isso foi FALTA DE TRANSPARÊNCIA…

      Achei que tinha sido por causa do horário de verão, que deixou o ACRE com uma diferença de 3 HORAS do horário oficial de Brasília, e por isso só podiam divulgar os dados quando as eleições acabassem por lá, achei q tinha sido por isso

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Minha querida, nem a revista veja faz um comentário tão mal informado e tendencioso assim.

      Por favor, pesquise mais, estude mais.

      Aja por amor, não fique espalhando ódio À TOA.

      Paz e Luz pra você S2

    • sobre resposta a comentário

      Gostaria de responder a essa camarada que acusa o T S E de fraude. Pura ignorância. Ela não entendeu os outros comentário a respeito da fragilidade das urnas eletônicas, onde acredita-se que pode haver manipulação de resultados, mas não questiona essa eleição de 2014 específicamente. Os comentários foram gernéricos. E minha opnião é a seguinte: se houvesse fraude nessa eleição, com certeza seria para beneficiar o Aéssio Neves pois, quando toda mídia estava ao seu lado, não seria o T S E que ficaria do outro lado. Companheira, vá estudar mais para entender texto. 

  78. Diga para você mesmo o nome
    Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)… Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes). Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre … de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que … venha para MIM , afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele Li. não pense mais nas outras… mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém…). Publique esta simpatia por três vezes , basta copiar e colar por três vezes em in forum diferente esta simpatia abaixo e logo em 48hs você terá uma linda surpresa, beijos Ainda esta noite de madrugada o TEU amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas da manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençoárá e sua vida não será mais a mesma

  79. Este e tantos outros casos de

    Este e tantos outros casos de denuncias de fraude nas urnas é o que me leva a acreditar que essas eleições foram fraudadas, não tem essa de que foi o Nordeste que deu a vitória a Dilma, o que deu a vitória a Dilma e ao PT foi a corrupção e a fraude instituida no BRASIL!

  80. Este e tantos outros casos de

    Este e tantos outros casos de denuncias de fraude nas urnas é o que me leva a acreditar que essas eleições foram fraudadas, não tem essa de que foi o Nordeste que deu a vitória a Dilma, o que deu a vitória a Dilma e ao PT foi a corrupção e a fraude instituida no BRASIL!

  81. A luta para eliminar a urna eletrônica do processo eleitoral

    Não se trata de uma coisa banal. Estamos falando de algo acima de qualquer suspeita que, existem falhas no sistema eleitoral brasileiro proporcionado pelo uso da urna eletrônica. Devemos nos unir e, eleiminá-la do processo! Um homem, um papel e um voto, como antes! Me sinto um verdadeiro idiota participando de algo que nunca existiu de verdade. Eleições dignas e livres! Vergonhoso

    • A tecnologia pode e deve ser

      A tecnologia pode e deve ser utilizada, desde que haja auditoria de equipes das universidades brasileiras de engenharia da computação e ciências da computação, acompanhando todo o processo junto ao TSE. 

      O maior problema é o TSE não autorizar essa auditoria. 

    • Armas silenciosas para guerras tranquilas

      A partir do momento que o governo viu que as “urnas eletrônicas” eram passíveis de burlar, enganar os eleitores e os partidos da oposição ‘a situação, tomaram isso como trumfo, com toda certeza!!! Eles tinham plena certeza que iriam ganhar. Isso foi mostrado abertamente no primeiro turno quando constatamos a vitória para o governo de Minas Gerais, o que no segundo tivemos uma votação massiva. Há de se considerar que é impossível isso ter acontecido de fato, o candidato da oposição sendo filho desse estado poderia até perder, mas a margem de votos teria sido bem curta, isso é lógica! O que aconteceu na minha opinião foi mais um ato “ditatório” do governo da situação, que até uma criança entenderia, pra mostrar quem manda! E o meio mais fácil e confortável de conseguir permanecer no poder? Usando as urnas, a maneira mais fácil de manipular os eleitores…armas silenciosas para guerras tranquilas…quer coisa melhor que isso?  A pergunta é: se essas urnas fossem realmente eficientes os países do primeiro mundo as usaria não é mesmo? Sabemos que alguns países as testaram e as devolveram, mas se pesquisarmos quais países as usam, constataremos que são países com governantes semelhantes aos do nosso não é mesmo? Porque uma coisa é inadmissível em matéria de votações: ” Como um estado elege um governador da oposição ao governo federal com votação maciça, e vota para presidente no partido da situação? Não existe lógica nisso!!!! Como simples usuários de internet sabemos que invadem nosso computador quando e onde quiserem….

  82. Urnas

    Brasil ta nessa desordem por falta de união se povo brasileiro fosse unido já tinha tirado dilma do poder a tempo ela ganhou na base da fraude todo mundo sabe essas urnas eletronicas são faceis de manipula o voto todos vem acompanhando no facebook outras redes sociais tem visto video e fotos muitos votos pra dilma sem ninguem ter votado estamos vivendo dias dificeis estamos pra inicar guerra civil no país enquanto fomos desunidos seremos vencidos por essa corrupção e essa gange criminosa que age no brasil ta instalada em brasilia.

    • Urnas

      Concordo com tigo Uriel, eu não confio nessas tais urnas eletrônica, pois são passivas de fraude sim e porque o sr. Dias não permitiu o teste pra ver se realmente é seguro como a advogada sugeriu para e ele sendo recusado o referido  teste? Mas não é só isso, a tal bolsa famililia enquanto existir, vaicontinuar elegendo essa gente mas uma coisa é certa o Brasil em pouco tempo vai quebrar podes apostar nisso, pois a dívida interna é a maior de todos os tempos, dias muito dificeis vamos passar neses quatro anos, eu fico me perguntando, a onde foi parar a manifestação de Junho passado que queria mudanças nesse pais? Alguém pode meresponder?

       

      • quando um ignorante escreve

        e para expor sua imbecilidade… a modulo, a empresa  contratada, tem  como seu maior acionista, um coordenador da campanha de AECIO…… 

        veja o tamanho de sua exposição ao ridiculo.

        • Para de falar asneira, puxa saco dos corruPTos ..

          Fala besteira … Módulo está totalmente ligada ao PT.

           

          Aliás, a Módulo é a empresa que ganhou o Centro de Operações do Rio e até hoje não terminou (era pra ser 1 ano antes da copa).

          – Ganhou também a licitação da SESGE, que montaria os 12 centros de comando e controle para a Copa, e não entregou nenhum. Os centros operaram debaixo da inteligência do exército, que utilizou máquinas emprestadas de uma outra empresa concorrente da Módulo.

           

          – Sem falar que os caras tem mais de 80 processo no TCU por ganhar e não entregar … agora me explica … como eles poderiam ainda estar participando de licitações?

           

          Adriano

  83. Maria vai com as outras?

    Acabo de ler uma chuva de “burrice”. Se alguém pensa que a Urna Eletrônica pode ser, e foi, facilmente fraudada, imagine se fosse um simples papel. Acredito que para fraudar um equipamento eletrônico é necessário uma boa tecnologia e pessoas preparadas, o que não seria feito sem chamar a atenção ou vazar a coisa, além do fato de países como USA que são contra Dilma, poderiam facilmente identificar e expor essas fraudes.

    Agora imagine comigo uma fraude executado por qualquer pessoa. Poderia até ser analfabeto, desde que tivesse treinado um pouco o que iria fazer. A fraude seria executada, talvéz, acima de qualquer suspeita e de forma muito mais custosa para qualquer auditoria.