Brasil deporta família de palestino, após intervenção do FBI

Patricia Faermann
Jornalista, pós-graduada em Estudos Internacionais pela Universidade do Chile, repórter de Política, Justiça e América Latina do GGN há 10 anos.
[email protected]

O Brasil deportou o palestino Muslim M. A Abummar, o filho pequeno e esposa grávida, após ficarem 2 dias presos no aeroporto de SP.

Muslim M. A Abummar é um intelectual que defende a causa palestina – Foto: Reprodução/ Redes sociais

O Brasil deportou o palestino Muslim M. A Abummar e sua família, na noite deste domingo (24), após permanecerem dois dias detidos no aeroporto de Guarulhos (SP).

A Justiça Federal havia impedido a extradição, mas revogou a decisão após o FBI, a polícia dos Estados Unidos, apresentar à Polícia Federal que Abuumar consta em uma lista de pessoas suspeitas de ligação com grupo terrorista. A PF brasileira tem acordos e protocolos de cooperação com o FBI.

O palestino estava acompanhado do filho pequeno, da esposa grávida e da sogra. A família vinha da Malásia, país no qual eles têm nacionalidade. Eles foram deportados para a Malásia novamente.

Associações palestinas questionaram a decisão da Justiça brasileira, afirmando que Abuumar não tem relação com grupos terroristas e é um “intelectual que defende a causa palestina”.

Em nota divulgada ontem (23), o Instituto Brasil-Palestina (IBASPAL) escreveu que a detenção da família no aeroporto brasileiro foi “absurda”.

Leia a nota da entidade, na íntegra:

Leia mais:

6 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Sim, é lamentável.

    O Brasil tem acordo de cooperação com FBI.

    Opa, aí, pode tudo.

    Basta o FBI dizer quem é o quê, e o Brasil aceita e deporta.

    Aí depois o presidente vai a público criticar os nazisionistas…

    Tá de brincadeira, né?

    Vergonha, só vergonha, meu zeus.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador