A Operação Apocalipse encontra a Operação Toffoli-Gilmar

 
Anunciada esta semana, a Operação Apocalipse é o penúltimo ato preparatório para a futura tentativa do Ministro Gilmar Mendes, através do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de conseguir o impeachment da presidente Dilma Rousseff.
 
Como já descrito no post “Armado por Toffoli e Gilmar, já está em curso o golpe do impeachment” a tática utilizada será a tese da contaminação do Caixa 1 – levantando eventuais pagamentos de empresas da Lava Jato à última campanha de Dilma. Havendo, o TSE poderia julgar a legitimidade da eleição de Dilma.
 
O alvo central é o ex-diretor de serviços da Petrobras Renato Duque. Imagina-se que chegando nele, se chegará ao tesoureiro do PT João Vaccari Neto. E se forem comprovadas doações depois de 2012, à campanha de Dilma.
 
A defesa de Duque sustenta que a Lava Jato até agora não apresentou uma prova concreta de que tenha recebido propinas. 
 
Como o inquérito corre em sigilo, o juiz Sérgio Moro, delegados e procuradores têm controle sobre as informações e as têm vazado seletivamente – sem serem incomodados pelo Ministro da Justiça e pelo Procurador Geral da República.

 
A primeira tentativa consistiu em tentar estabelecer o vínculo com o PT através do pagamento de R$ 1,6 milhão da UTC a Duque. Duque já era ex-funcionário da Petrobras e era razoável o motivo alegado para o pagamento – assessoria em um projeto enquadrado em sua área de conhecimento e em uma área da Petrobras que ele conhecia e poderia influenciar.
 
A segunda tentativa, agora, é com a informação dada por um executivo da Queiroz Galvão, de que teria pago propina após 2012 (clique aqui). Delegados e procuradores vazaram a informação para os jornais, que se incumbirem das ilações com a campanha do PT.
 
A partir dessas informações, procuradores seguiram para a Suíça para rastrear as contas de Paulo Roberto Costa mas, principalmente, conseguir alguma prova robusta contra Duque.
 
Imagina-se que o nome Apocalipse Now – dado à operação – seja porque permitirá encontrar provas contra grandes empreiteiras. O buraco é mais em cima: o alvo é Duque, através dele, Vaccari Neto e, através dele, as contas de campanha de Dilma. E, chegando nelas, o apocalipse.
 
Sobre Toffoli
 
Há toda uma discussão jurídica sobre o tema “fruto envenenado” nas contribuições de campanha – ou seja, se a comprovação de uma doação ilegal é suficiente para a rejeição das contas e para dar início a um processo de impeachment. As interpretações mais correntes são a da relativização dessas irregularidades.
 
Ocorre que no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a avaliação de provas e indícios caberá ao Ministro Gilmar Mendes, graças a uma manobra conduzida pelo presidente do TSE Antônio Dias Toffoli. Ela fará o relatório e dará o tom das discussões do pleno do TSE.
 
Aliás, solicita-se aos colegas blogueiros que se apressaram a isentar Dias Toffoli, um pouquinho de paciência para ler os artigos que escrevi e separar os fatos das interpretações.
 
FATO COMPROVADO – Toffoli manobrou para jogar as prestações de conta do PT e da campanha de Dilma para Gilmar Mendes.
 
1. Não havia motivo para a redistribuição imediata dos processos de prestação de contas do PT e de Dilma. Ele redistribuiu os processos menos de 8 horas úteis depois do final do mandato do Ministro Henrique Neves e antes mesmos dos documentos terem sido apresentados ao TSE.
 
2. Atropelou o regimento interno do TSE, que determinava que os processos deveriam ser repassados ou ao suplente ou a um Ministro da mesma classe que Neves. Tanto  que a decisão recebeu parecer contrário do próprio Procurador Eleitoral Eugênio Aragão, por atropelar o regimento e não haver sentido de urgência.
 
3. Manipulou os sorteios. Essa história de que sorteou os processos e “por azar” caíram com GIlmar Mendes depõe contra a acuidade jornalística dos meus colegas. A probabilidade de ambos os processos caírem com Gilmar era de 2%. Logo, a probabilidade de pelo menos um deles cair com qualquer dos demais Ministros era de 98%.
 
São fatos objetivos, com os quais não se deve brigar. Pode-se especular apenas sobre as razões que o levaram a essa manobra. E aí são especulações baseadas em evidências contra e a favor de Toffli.
 
AS EVIDÊNCIAS CONTRA TOFFOLI – para afirmar que Toffoli se aliou a Gilmar, além do escandaloso redirecionamento dos processos, me baseio nas seguintes evidências:
 
1. O descontentamento de Toffoli com Dilma, ao saber que não teria nenhuma influência na indicação de novos titulares do STF, STJ e do TSE.
 
2. Conversas com membros do STF, TSE e Palácio e com amigos de Toffoli confirmando sua aproximação com Gilmar e sua mudança de atitude.
 
3. O fato de ter endossado a PEC da Bengala – que, se aprovada (permitindo a aposentadoria de Ministros do TSE aos 75 anos) tiraria qualquer possibilidade de Dilma indicar os próximos cinco Ministros, que se aposentarão durante seu mandato.
 
AS EVIDÊNCIAS DA DEFESA – os argumentos dos diletos colegas que defendem Toffoli são os seguintes:
 
1. A história de Toffoli é totalmente diversa da de Gilmar – um fazendo carreira no PT, outra com FHC – logo seria impossível que se aliassem. De acordo com essa lógica, jamais haveria traição no mundo pois, por definição, trair significa ir contra as antigas convicções e alianças do traidor. Como imaginar que Joaquim Silvério dos Reis traiu a Inconfidência se toda sua vida foi de combate à Coroa? 
 
2. Toffoli foi indicado por José Dirceu, logo é impossível que mude de lado. É a mesma lógica do item anterior. Não sendo mais foco de poder, parte dos amigos de Dirceu permanecerá leal, parte tratará de buscar outros polos de poder. São movimentos tão velhos e previsíveis quanto a política. Se a Inconfidência se mostrasse viável, Silvério dos Reis não teria se bandeado.
 
3. Toffoli votou contra Gilmar na questão do financiamento eleitoral de empresas. E provavelmente deve torcer para time de futebol diferente. O que interessa é a afinidade nos temas relevantes. No mais relevante deles – a PEC da Bengala, que interfere diretamente na correlação atual de forças do STF – Toffoli endossou a posição de Gilmar.
 
4. Toffoli meramente seguiu o regimento do TSE e deu “azar” dos dois processos caírem com Gilmar. Conforme demonstrado, não seguiu.
 
5. Ninguém sabe se Gilmar votará contra ou a favor da prestação de contas. Pelo longuissimo histórico, de Gilmar pode-se esperar tudo, menos a isenção.
 
É aqui que se configura o movimento final, de tentar criminalizar o Caixa 1 de Dilma. 
 
O presidente do PT Rui Falcão garante que o partido passou todas as contribuições pelo pente fino, para evitar surpresas.
 
É aguardar para conferir.
 
Por Luciano G

Todo candidato para fins de campanha tem um CNPJ e uma conta corrente. Isso vale também para o Comitê Central dos partidos.

Leia também:  O ativismo das patentes inferiores e o perigo da perda da hierarquia nas forças armadas, por Rogério Maestri

Esse CNPJ foi aberto até 09/07/2014 pelo calendário eleitoral e se encerra com as eleições. Doações para financiar campanha só valem a partir disso. Então a análise vai se resumir a partir dessa data. Finda as eleições apura-se sobras ou prejuízos, encerra-se a conta corrente aberta para esse fim, e verifica-se os recibos eleitorais emitidos para cada doação. E fim.

O que tiver “entrado” antes não pode ser financiador de campanha, pois há recibos eleitorais emitidos para as doações. O tesoureiro da campanha de Dilma em 2014 foi Edinho Silva, nada de Vacari – o cara estava manjado.

Terminada a campanha não há de se falar mais em doação para campanha eleitoral, e sim para o “funcionamento” do partido.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

105 comentários

  1. “delegados e procuradores têm

    “delegados e procuradores têm controle sobre as informações e as têm vazado seletivamente – sem serem incomodados pelo Ministro da Justiça e pelo Procurador Geral da República”:

    Eh, os vulgos “Calo” e “Bolha Dagua”, que so aparecem depois do trabalho feito…

  2. mais um esclartecimento

    mais um esclartecimento importante.

    a ver a se a nossa democracia amadureceu ou soferá com essa mazelas traidoras

     

  3. Que Toffoli estava agindo de

    Que Toffoli estava agindo de forma sorrateira durante a época das eleições, ah, isso estava. Como ele é discreto, pode dissimular qualquer nova aliança. E essa aramção está forçando a barra além da lógica, pelo visto. Juntando-se com a oposição, só falta agora inventarem a roda, é isso mesmo, a roda que já foi inventada láááááá atras. Porque a armação já virou uma marmota jurídica.

    Ps.: Marmota para minha mãe  nordestina signiificava uma coisa de mau gosto ou fora de lugar, alguma coisa assim.

  4. “5. Ninguém sabe se Gilmar

    “5. Ninguém sabe se Gilmar votará contra ou a favor da prestação de contas. Pelo longuissimo histórico, de Gilmar pode-se esperar tudo, menos a isenção.”

     

    Volto a dizer, não vi ninguém preocupado com isenção (ou falta dela), quando o Toffoli não se declarou impedido de votar na AP470, mesmo sendo ex advogado do PT.

    • Experimentou trocar os

      Experimentou trocar os óculos? Quem são os “ninguém” a que você se refere? Pelo que acompanho, o blog sempre foi crítico em relação à indicação e às atitudes de Toffoli.

  5. E o trensalão?

    Engraçado, quanto as investigações suiças sobre o trensalão, nem um veículo da mídia, nem o MP, ninguém se interessou em dar um pulinho na terra dos relógios para acompanhar as investigações de propinas a políticos do PSDB.

    Alguém duvida que essa gente tem lado? E que na verdade ninguém se preocupa porcaria nenhuma em combater de fato a corrupção. Só se for do PT mesmo,.

    É vergonhoso, imoral,

  6. Advogado do diabo

    Olha Nassif, eu acho que sua linha de raciocínio é bastante coerente e baseado nela soltarei um petardo:

    O nivel de avacalhação da Petrobras é absurdo e o projeto da Refinaria Abreu e Lima, estratégico para o País, ressalte-se, um dos marcos mais tristes  da história da infraestrutura no Brasil, concorrendo com a Hidrelétrica de Balbina dentre outras aberrações.

    O Vaccari, tesoureiro do PT, não operava sozinho. Ou não operava para si próprio, deduzo. E deve ter um monte de gente do próprio PT que mamou aí. Ou não? E o pessoal do PT n˜ao sabia dos riscos de serem pegos no pulo, ou achavam que o gogó do Lula e a firmeza da Dilma com sua popularidade iriam segurar qualquer bronca?

    Estou à vontade para escrever pois voto no Lula desde 94, mas se ela cair – e isso é um risco real – não tem como defender o PT. Porque simplesmente o partido desta vez não é vítima. Você mesmo ressaltou a liberdade com que atuava Paulo Roberto Costa na Petrobras.

    Para finalizar, gostaria de dizer que a capa da Veja da semana passada, por incrível que pareça, foi quase jornalismo, porque eu também me pergunto se depois de passar pelo MME, Casa Civil, Conselho da Petrobras e a própria Presidência se Dilma também não tem culpa no cartório.

     

     

  7. Nassif vai ficar em maus

    Nassif vai ficar em maus lençóis se o Gilmar não conseguir tornar o caixa 1 ilegal ou se o pleno do TSE não seguir a mesma interpretação do tucano supremo ou supremo tucano.

    Aos outros blogueiros, boa sorte na busca por mais informações sobre a operação golpe do terceiro turno.

      • Deixe eu explicar melhor pro

        Deixe eu explicar melhor pro O Mar

        Você monta uma conspiração.

        Se der certo, será uma conspiração vitoriosa.

        Se der errado, será uma conspiração derrotada. 

        Mas sempre será uma conspiração.

        Captou?

      • Combinaram com os russos?

        Nassif, respeito a sua opinião. Mas, sinceramente acho que você está com temores exagerados. Um impeacment não é tao facil assim de aprovar. Achar que Gilmar Mendes e Dias Tofolli conseguirão – a mim cheira a inocência -.

        Tem muito mais interesses e conflitos para se aprovar uma ventura dessa que nossa superficial análise está a cobrir.

        Por isso, acho que o Vitagliano se debruçou mais sobre o assunto, confira:

        http://blogdobriguilino.blogspot.com.br/2014/11/o-ultimo-suspiro-dos-derrotados.html

        • Do Vitagliano:
          “o resultado

          Do Vitagliano:

          “o resultado improvável dos golpistas é menos importante que seus efeitos indiretos para a determinação do novo governo”

          Em resumo, o que eles querem é fazer barulho para não deixar o governo trabalhar.

          Eu concordo, e acrescento: repercutir esse negócio é bater tambor na bateria tucana.

          E eu é que não bato tambor pra tucano dançar.

      • Contaminado…

        Se o caixa 1 está “contaminado” e não pode ser usado na campanha, por que foi fruto de um ilícito, o mesmo poderiamos dizer dos salários dos operários, dos pagamentos a fornecedores e impostos… todos estão “contaminados”…

         

        Com duas cédulas, eu não consigo saber qual delas é “contaminada”.

  8. Você tem toda a razão Nassif.

    Você tem toda a razão Nassif. E tolice esperar que Toffoli tenha a mesma fidelidade ao PT que Gilmar tem ao PSDB. Toffoli prestava serviço profissional ao partido, pelo qual era muito bem pago diga-se de passagem, e só isso. Não era homem de partido ou tinha posições ideológicas bem definidas. Fora isso não possuia o menor estofo jurídico, e na minha opinião moral, para ser ministro de qualquer tribunal. Quando tomou posse no STF ganhou condições plenas para se desvencilhar de qualquer amarra que o prendesse ao seu criador. O cargo vitalício e estável lhe permite trabalhar com toda liberdade no horizonte de suas próprias conveniências. Ele foi a maior barbeiragem do Lula no STF. Um medíocre sem laços de fidelidade leve e solto no tribunal.

  9. A Privataria Tucana é a raiz,

    A Privataria Tucana é a raiz, o Banestado a árvore, e a Lava-Jato uma folha.

    Misteriosamente a Privataria virou um nada, assim como o Banestado. 

    Mas a Lava-jato vai fazer o impossível para virar o Juízo Final em cima do PT.

  10. Somo ao todo acima um outro

    Somo ao todo acima um outro fato que me impressionou:

    De passagem assisti a um progrma no TSE em que se tratava das eleições, agora no período pós eleitoral, era sobre o reconhecimento da vitória de Dilma, algo assim, e me chamou a atenção quando a um determinado momento após todos concordarem com a vitória da presidenta, todos, o Tofoli frisa que ISTO NÃO SIGNIFICA UM AVAL PARA A DIPLOMAÇÃO, pois terá que se aguardar a analise de tal e tal e tal . . . . . . Tudo bem que isto seja protocolar, mas a forma como ele fez, o corte do que acontecia para falar o que ele falou, me chamou muito a atenção, muito. Eu nao entendia para quem o com quem ele estaria a falar, seria para nós em casa? Um ministro durante os trabalhos se dirige às pessoas que estejam assistindo a TV?  isso porque com certeza ele não estava falando com os demais ministros pois como técnicos não careciam de tal observação, foi muito estranho, não sei porque eu senti aquilo, sabe, uma coisa que do nada te instala uma pulga na orelha?  foi isso  . . . . Tem sim treta aí, tem sim . . . . . . E se este cara fez e faz isto, com certeza estamos diante de algo histórico, muito mais do que Silverio dos Reis, ou Judas, vai ser necessário abrir verbete em dicionarios etc para o termo Tofolisou, porque o episódio é clássico, duvido que alguem encontre tanto na tragédia grega, quando na shakesperiana, de Nelson Rodrigues, ou qualquer registro na história da humanidade algo tão bem caracterizado. É mais do que traição, é Tofolisação.  Teria o Tofoli Tofolisado ???!!!! . . . .

    Imagino alguem correndo atrás de alguem com papeis nas mãos e dizendo, é agora, ela tá viajando, é agora . . . . Só nao afirmo porque nos tribunais superiores não é a praxis estas ações super rápidas, tais quais saltos de cangurus, pega aqui, bota lá, não está dentro do Regimento mas a literatura nos permite assim agir . . . . . Saudações ao Allende, porque de resto está Bolivarisado, ou Venezuelado, Tofolisou.

  11. Morallis, . . . . .
    O pessoal

    Morallis, . . . . .

    O pessoal do PT não está acompanhando não, eles estão ligados nas escolhas dos proximos ministros, estão até pensando num movimento Não Vai Ter Posse apoiados por black blocks rurais, o importante para eles é emplacar determinados ministros, como se diz aqui no Sul vão morrer com a pomba na balaia . . . . . . .

    • Depende da espingarda caro

      Depende da espingarda caro nosde!

      A agilidade do PT é velha conhecida desde os tempos pos sindicato,

      parece que não vai ..mas vai!Se há possibilidade de golpe evidente

      que a direção esta fazendo arrumação.O PT sairá do governo um 

      dia e sairá arranhado mas cheio de vida.Toda crise é fecunda ainda

      mais quando é do todo.De resto é esperar sem perder a ternura.

       

      Obs. Alguem possui um link para “modus ironía 2015?

      • Estou te respondendo com a

        Estou te respondendo com a minha carterinha do partido aqui do lado em cima da mesinha, é muito bonitinha . . . . . e torcendo . . . . . . e em algum momento mais calmo vou falar o que eu acho que ocorre no âmbito dos ministérios da Justiça e das Comunicações, tenho uma tese muito curta porém na mosca . . . .

  12. Concordo plenamente com o

    Concordo plenamente com o Nassif.  Estão tentando armar um golpe juridico, sim..até porque é a única alternativa da oposição, direita, voltar ao poder nos próximos 12 anos, é obvio.. Porque a Dilma vai fazer o 2o. mandato melhor do que o primeiro e há varios fatores a favor.

    1. Porque as principais obras de infraestrutura que consumiram muito o primeiro mandato estão terminando e começam a dar retorno.

    2. Sem tantas obras novas, vai ter condições de investir pesado na saúde, educação e segurança, principais fatores de desgaste na última campanha.

    3. Não haverá copa do mundo que trouxe mais desgaste ao contrário as olimpíadas sempre trazem o clima muito otimista e positivo

    4.Após os 2 primeiros anos, mais apertado na economia, os 2 últimos serão melhores, pois há fortes indicios de que daqui a 2 anos a economia mundial tende a melhorar e as importações voltarão a crescer sobremaneira.

    5.Em termos de vídia, a  VEJA e a Globo, estandares da oposição já estão completamente desacreditadas pelo povão, sem força para influenciar, a não ser os coxinhas que são ultra conservadores.

    6. O Nordeste tem crescimento demográfico maior que o Sul e Sudeste e a oposição pode esquercer daquela região, depois da descarada demonstração de preconceito e até mesmo ódio. A resposta dos Nordestinos virá nas urnas.

    7. Lula vai participar mais do governo para evitar tanto desgaste político e preparar o terreno para sua volta. serão mais 8 anos. com certeza e ele prepara o seu substituto. Talvez o Haddad, se fizer uma boa prefeitura em SP e depois até mesmo , quem sabe como governador, estará preparado para a sucessão de Lula, ou outra carta que o Lula tirar da manga até la.

    8.Agora quanto ao golpe, esse risco corremos, mas se houver ameaça de fato, temos que ir para a rua, aos milhares, milhões e garantir a vontade do povo. Nem que tenhamos que plantar diante do STE, STJ etc…..

  13. Concordo plenamente com o

    Concordo plenamente com o Nassif.  Estão tentando armar um golpe juridico, sim..até porque é a única alternativa da oposição, direita, voltar ao poder nos próximos 12 anos, é obvio.. Porque a Dilma vai fazer o 2o. mandato melhor do que o primeiro e há varios fatores a favor.

    1. Porque as principais obras de infraestrutura que consumiram muito o primeiro mandato estão terminando e começam a dar retorno.

    2. Sem tantas obras novas, vai ter condições de investir pesado na saúde, educação e segurança, principais fatores de desgaste na última campanha.

    3. Não haverá copa do mundo que trouxe mais desgaste ao contrário as olimpíadas sempre trazem o clima muito otimista e positivo

    4.Após os 2 primeiros anos, mais apertado na economia, os 2 últimos serão melhores, pois há fortes indicios de que daqui a 2 anos a economia mundial tende a melhorar e as importações voltarão a crescer sobremaneira.

    5.Em termos de vídia, a  VEJA e a Globo, estandares da oposição já estão completamente desacreditadas pelo povão, sem força para influenciar, a não ser os coxinhas que são ultra conservadores.

    6. O Nordeste tem crescimento demográfico maior que o Sul e Sudeste e a oposição pode esquercer daquela região, depois da descarada demonstração de preconceito e até mesmo ódio. A resposta dos Nordestinos virá nas urnas.

    7. Lula vai participar mais do governo para evitar tanto desgaste político e preparar o terreno para sua volta. serão mais 8 anos. com certeza e ele prepara o seu substituto. Talvez o Haddad, se fizer uma boa prefeitura em SP e depois até mesmo , quem sabe como governador, estará preparado para a sucessão de Lula, ou outra carta que o Lula tirar da manga até la.

    8.Agora quanto ao golpe, esse risco corremos, mas se houver ameaça de fato, temos que ir para a rua, aos milhares, milhões e garantir a vontade do povo. Nem que tenhamos que plantar diante do STE, STJ etc…..

  14. Nassif e leitores,
    estou

    Nassif e leitores,

    estou confuso depois de ler a nota do Dr Mouro em resposta ao Advogado que o questiona sobre estar usurpando o poder do STF em julgar a lava jato por omitir os nomes dosoliticos envolvidos na operação. Ele diz que a opéracao não visa e nem abrange nenhum político. Ora de ser assim, qual a origem dos vazamentos seletivos à imprensa envolvendo nomes de políticos? Ela (imprensa) diz o tempo todo que a fonte das informações estaria nos depoimentos da operação Lava-Jato e o juiz nega políticos envolvidos, então qual a origem das informações? Quem está mentindo? 

  15. Passa pela minha cabeça que o

    Passa pela minha cabeça que o que deve estar ocorrendo seja uma maneira de Gilmar Mendes e Toffoli melarem a questão do financiamento eleitoral de empresas.

    Pura especulação minha.

    Mas pensem: Toffoli pode ter votado a favor do fim do financiamento privado de campanha apenas para conseguir um álibi.

    A votação estava perdida com o voto dele ou sem.

    Gilmar Mendes pediu vistas do processo. Fosse Toffoli e já naquele momento ficaria claro que ele era o traidor.

    Então, em dupla com Gilmar Mendes, podem ter arquitetado toda esta operação, Toffoli criando o álibi na votação e Gilmar causando o rebuliço nas contas da campanha de Dilma.

    Eu ainda entendo que a inteção pode ser a de comprovar alguma doação ilegal, no caixa 2, e aprovar as contas da Dilma, no caixa 1.

    Seria o álibi perfeito para Gilmar, que supreenderia no julgamento honesto das contas oficiais do PT.

    Mas tiraria toda a legitimidade da votação do fim das doações empresariais aos partidos, pois com a comprovação de que as doações foram por fora, e as contas oficiais estavam corretas, fica a impressão que o problema não está no financiamento legal de campanhas por empresas privadas, mas no financiamento ilegal.

    Claro que a tese do impeachment de Dilma está muito bem embasada pelo Nassif.

    Mas é apenas uma suposição. Fatos levam a crer que seja um plano de golpe. Mas nada impede que os objetivos da dupla sejam estes outros que citei.

    Para melhor elucidar a questão, seria preciso avaliar quais seriam as consequências da rejeição das contas oficiais de Dilma?

    Ela não seria  diplomada?

    Quem ocuparia o cargo no seu lugar?

    O VP? Acho que não, porque também teria as contas rejeitadas. O presidente da Câmara? Ninguém nem sabe quem vai ser o presidente da câmara a esta altura do campeonato.

    Até então me parece pouco provável que esta estratégia seria vencedora, pelo menos não no longo prazo.

    Seria uma coisa muito ousada e sem fim previsível. Pra mim não está claro nem que a oposição (FHC, Alckmin, Aécio, Serra) estaria de acordo com tal estratégia.

    Lembrando que Carlos Lacerda fez de tudo para derrubar Getúlio mas acabou ficando fora do poder e depois se arrependeu.

    Não seria fim de carreira para um neto de Tancredo Neves participar de um golpe de estado contra um governo eleito democraticamente? Lembrado que todos no PSDB combateram a ditadura.

    Não sei  até que ponto a oposição estaria disposta a conturbar toda a situação a tal ponto.

     

    • Não entendi bem a sua

      Não entendi bem a sua tese.

      Creio que não há nada arquitetado, mas o objetivo é ferrar com a Dilma. Com o processo, GM tem o todo o conhecimento do caso e poderá vazar seletivamente à imprensa trechos para ir minando a Dilma, ligando fatos desconexos, manipulando manchetes e etc.

      Visa criar um clima inicial para um possível impeachmant ou, no mínimo, paralizar o País.

      O Governo, para variar, está agindo com muita moleza. Algumas ações que já poderiam ter sido tomadas:

      1) Indicação de ministro do STF aliado contra o golpe. Em fevereiro, salvo engano haverá outra abertura de vago para o lugar de Celso de Melo.

      2) Ir ao STF contra o envio das contas para o GM. Ora, até o PGE se posicionou contra, então é porque é juridicamente questionávle a manobra. Por que a campanha não se mexeu ? Vai pagar para ver ? Não é nada bom isso.

      3) Indicar logo a equipe economica para criar uma agenda positiva para o País e arrefecer os anímos de setores que ainda estariam a favor do golpe, mas ficariam contra com a possibilidade da guerra parar o País.

      Dilma precisa acordar e começar logo o segundo mandato.

       

  16. Nassif, Toffoli sempre foi

    Nassif, Toffoli sempre foi ligado a Gilmar, até onde eu sei.

    Outras evidencias são: Ele sempre atuou contra Protógenes, no processo que foi o relator. Ele dá aulas na escolinha de Gilmar há bastante tempo até onde eu sei.

    E outra, Toffoli é fiel a Dirceu e não a Dilma. Ele absolveu Dirceu na AP470, mas condenou Genoino, por exemplo.

    O que eu não entendi é porque se houve ilegalidade ou, nó mínimo ato questionável de Toffoli, endossado até pelo PGE, por que raios o PT ou a campanha de Dilma ainda não foi ao STF para obrigar Toffoli a fazer novo sorteiro ? Por que Dilma demorou a reconduzir Henrique Neves ao TSE ? Aliás, ele já foi reconduzido ?

    Alguns pontos ai não batem Nassif. Será que a campanha de Dilma está dormindo tanto assim ?

  17. Também não entendi essa

    Também não entendi essa questão de ligar o caixa 1 de Dilma com doações posteriores à lava jato.

    Mesmo que algum empresário ligado à lava jato tenha doado legalmente à Dilma, qual a iligalidade nisso ?

    Ademais, a lava jato pega as maiores empreiteiras do País, é claro que haverão várias doações deles para o PT e para vários outros partidos.

  18. A POLÍTICA DO DEIXA PRA LÁ TEM UM CUSTO MUITO ALTO!

    Os partidos do governo, PT, PMDB, PDT, etc; deixaram pra lá, quando mudaram as regras do jogo, transformando uma prática corriqueira da política, como a compra de votos para a reeleição do FHC, na mais escandalosa perseguição política da história da República, que chamaram de mensalão. Deixaram pra lá, quando o procurador geral da República beneficiou os políticos da oposição. Deixaram pra lá, quando retiraram os reus do PSDB cirurgicamente do processo do mensalão; que até hoje nem sequer foram julgados.

    Não tem como um governo, cuja base de apoio é popular, conviver com um judiciário da idade média. Esse poder precisa ser democratizado imediatamente, como ocorre nas nações mais desenvolvidas e até em países como o Equador, a Bolívia, a Argentina, etc. Devemos instituir o RECALL das decisões judiciárias, por iniciativa tanto do Congresso, quanto do povo. Além de dar à população o direito de cassar seus juízes e políticos, por iniciativa e voto popular. Precisamos acabar com as nomeações políticas do judiciário, onde a sociedade deve eleger pelo menos os membros do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

    Se eles têm a mídia paga e a justiça, nós temos os movimentos sociais, e não podemos deixar pra lá. Quando os partidos do governo levam seus movimentos sociais, como a UNE, CUT, MST, etc, para as ruas; não tem como escondê-los, e a opinião pública fica esclarecida sobre o que o governo defende. Se tivéssemos levado a militância pra frente do STF, para exigir o desengavetamento do processo contra o financiamento público de campanhas; a Dilma teria engolido o Aécio Neves, quando foi chamada de leviana, e conivente com a corrupção (acho que nem teria segundo turno, e o PT elegeria muito mais deputados e senadores). Se tivéssemos ido na frente do STF, exigir a volta do VOTO IMPRESSO; ninguém insinuaria, que o governo fraudou as eleições. Se tivéssemos ido para frente do Congresso, exigir o REFERENDO REVOCATÓRIO DE MANDATO, a bancada do PT seria pelo menos o dobro do que é hoje.

    Srs. Governistas, não deixem mais pra lá coisas de tamanha importância. Porque quando manobras na justiça ou no congresso são feitas para prejuízo do país; é preciso deixar bem claro ao povo, quem está por trás delas. Inclusive, para que nossa sociedade aprenda a importância das eleições parlamentares. Nessas horas a opinião pública é fundamental, e se a deixarmos pra lá, estaremos dando combustível às manobras do setor reacionário, que tem dinheiro pra comprar quem for preciso.

  19. Vamos acordar!

    Nassif, vc que tem mais informações com Brasilia, sabe o que esta acontecendo com o Ministro da Justiça ? Ele não se responsabiliza por mais nada desde o fim do segundo turno? Estranho muito estranho um Ministro que deixa completamente solto os fios desse enredo que podem dando um grande curto-circuito. 

    E parece que o PT e o governo não estão muito preocupados com essa possibilidade de vir a ser impugnado e adeus Dilma. Pelo menos não tenho visto, além de um unico discurso de Lula, nenhum movimento para pôr fim a essa conspiração e ao juiz Moro, que esta passando dos limites, protegendo uns e colocando so o PT na reta. 

      • E então isso quer dizer que

        E então isso quer dizer que me indispus com parentes, amigos, simples conhecidos e vizinhos para isso? Eleger baratas tontas? Não que eu duvide de sua postagem, mas é algo inconcebível pensar isso de quem passou o que eles passaram! Ou as torturas, perseguições, mortes foram projeções da quinta dimensão. O desabafo é curto: Porra!

        • Pois é, Paulo, estou me

          Pois é, Paulo, estou me sentindo assim também…

          Acho que o Nassif está corretíssimo em levantar esta lebre cabeluda, mas acho que o pessoal lá de cima não é trouxa. 

          São muitos interesses, o país é a sétima economia num mundo globalizado. Não tem clima pra golpe.

      • Geralmente quando a luz entra

        Geralmente quando a luz entra na escuridão, as pessoas ficam sem ter o que fazer. Se forem honestas nada tem a temer. se a campanha foi abastecida por propina… aí devem temer o que está por vir.

  20. PF e Queiroz Galvão no Whatsapp

    Recebi ontem este vídeo na whatsapp e não entendi nada. Só tinha a seguinte descrição: “Apreensão da PF na casa do diretor da Queiroz Galvão”

    Não entendi nada até ler este post.

    Segue o vídeo:

    https://www.youtube.com/watch?v=AInwZzr9KgE

    Não consegui entender a conversa no vídeo.

    Assim como recebi, eu repasso, se é verdade ou não…

    Mas que tem cheiro de esgoto tem… e mais, o grupo que mandou é muito próximo do PSDB mineiro.

  21. .

    As circunstâncias da indicação e nomeação de Toffoli, através de Zé Dirceu, sem que sua qualificação e capacidade fosse à altura do cargo, faz dele refém da própria fraqueza e vulnerável ao meio em que foi colocado sem a devida bagagem. 

    Ele teria duas opções: Aderir e tornar-se membro do “sistema” ou aderir mantendo uma independência egocentrista, caminho trilhado por Joaquim Barbosa e que finalmente o levou ao fracasso e renúncia.

    Toffoli não tem perfil ideológico, é do tipo oportuno-carreirista e vai precisar jogo de cintura, já que não contará com os bastidores que Gilmar Mendes possui, por exemplo. O despreparo e atos de GM são compensados pelo apoio fora do tribunal por setores de caráter duvidoso, como se sabe. Conseguirá Toffoli o mesmo?

  22. Acusações

    A justiça não não está sendo “incomodada” pelo poder excecutivo pelo suposto de que não tem porque vestir a carapuça de que tem algo a esconder ou a temer das investigações.Se o ministro da justiça começar a reclamar do juiz poderá escancarar suspeições. Também o governo estaria correto a supostamente  não dar crédito a teorias de golpe e conspiração. Gilmar Mendes, Toffoli e o juiz Moro terão que apresentar provas de que o caixa 1 foi “contaminado” pelo caixa 2. Se o fizer que os responsáveis assumam as consequências.A apresentação de supostas evidências de que  estes juízes estão conspirando é uma suspeição nada desprezível.

  23. A ingratidão é um direito do

    A ingratidão é um direito do qual não se deve fazer uso. Mas o dever de gratidão tem um peso absurdo.

    Toffoli nunca teve a fama, ou a experiencia, de grande jurista, mesmo assim foi alçado ao Olimpo do judiciário.

    Aliás, os padrões de escolha do PT, de Lula sobretudo, em relação ao STF, foram incríveis. Escolher alguém pela cor, ou pelo sexo, ou amizade, dá nisso. O espírito das cotas se voltou contra os criadores.

    O PT colhe as consequências dessa infantilidade. Consequências merecidas, diga-se, pois se a campanha de Dilma realmente recebeu dinheiro de origem corrompida, a cassação do mandato e do direito de registro de partido político ao PT serão justas , legais e necessárias.

    O homem alçado ao poder, após o deslumbramento inicial, com o amadurecimento, passa a pensar  em sua biografia.

     

  24. A teoria do Nassif faz mais sentido do que as contrárias.

     

    Estou acompanhando essa discussão e vendo os pontos fracos e fortes de cada teoria e posso afirmar que a teoria do Nassif é que tem mais sustentabilidade em questões factuais, as contrárias, embora também sejam teorias não tem muita base factual. Primeiro, realmente não havia urgência na redistribuição; segundo Toffoli não seguiu o regimento, pois o correto seria a redistribuiçao para juiz da mesma classe, então o sorteio deveria ser apenas entre ministros da mesma classe e não sorteio livre para todos os ministros independentemente de classe; terceiro a probabilidade dos dois processos cairem com o mesmo ministro é mínima, existe, mas é pouco provável; quarto existe sim a possibilidade de se aventar a teoria “do fruto podre” para tentar por esse viés não aprovar as contas da presidenta eleita. 

     

    Por último a teoria do “fruto podre” é de difícil aceitação, mas lembremos que para condenar Dirceu invocaram a teoria do domínio do fato (a teoria antiga da 2a. guerra e não a moderna reformulada por Roxin), além disso basta alguma testemunha dizer que Vaccari, tinha conhecimento de que a doação fazia parte do esquema para que alguns ministros do STE se esqueçam que a prova testemunhal é a “prostituta das provas” para levá-la em altíssima consideração, afinal, lembremos que contra o PT, aparentemente vale tudo, inclusive levar em consideração um inquérito ainda não concluído (operação lava jato) que nem se transformou em Denuncia, a qual ainda dependerá de ser aceita ou não em juízo e que terá todo o longo trâmite judicial, se aceita, para transitar em julgado (qualquer juízo eleitoral sabe que não se pode esperar a conclusão de tudo isso para depois aprovar ou não as contas de um candidato eleito, impedindo sua diplomação por conta de conclusões eventuais de um futuro incerto, então o que valerá é a questão subjetiva de cada juiz que pode se deixar levar ou não por um início de inquérito). No mais é torcer para que os julgadores tenham juízo e que o plano de “xabu”, mas que para mim o Nassif está certo quando afirma que estão arquitetanto e já pondo em andamento esse plano.

     

    Quanto aos que dizem que o PT deveria usar algum artíficio legal para impedir a eventual trama, digo que a emenda é pior que o soneto, porque se o PT fizer isso passará a impressão de quem tem algo a temer e isso entra no subconsciente do julgador quem nem prego na madeira e torna a situação pior para o PT. O melhor é não fazer nada por enquanto, demonstrando que não tem o que temer. Se o relatório do Gilmar mostrar algo, creio que será no sentido do que o nassif colocou, mas também acredito que isso será rejeitado pelos demais ministros e as contas serão aprovadas. E creio que o Gilmar também sabe disso por isso convocou um exército para apuração das contas da Dilma para ver se consegue dar um voto contrário com a maior consistência que puder. E, a ida dos procuradores a Suíça me parece que foi com a urgência de quem precisa de mais elementos para encorpar o voto contrário que Gilmar quer dar, porque acho que até agora não encontraram nada contra as contas da Dilma, daí a urgência em tentar encontrar algo o mais rápido possível antes das contas serem julgadas.

    Agora é acompanhar. Só estou pensando, alguém sabe se a Dilma já indicou o novo ministro para o TSE? Não li nada a esse respeito ainda. Seria uma carta na manga?

  25. Afinal, o golpe é com
    Afinal, o golpe é com impeachment ou sem impeachment? *********** “Há toda uma discussão jurídica sobre o tema “fruto envenenado” nas contribuições de campanha – ou seja, se a comprovação de uma doação ilegal é suficiente para a rejeição das contas e para dar início a um processo de impeachment. As interpretações mais correntes são a da relativização dessas irregularidades. Ocorre que no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a avaliação de provas e indícios caberá ao Ministro Gilmar Mendes, graças a uma manobra conduzida pelo presidente do TSE Antônio Dias Toffoli. Ela fará o relatório e dará o tom das discussões do pleno do TSE.” Penso que duas coisas bem diferentes estão sendo confundidas aqui. Gilmar Mendes vai avaliar as contas declaradas de campanha do PT. Estas não incluem, por definição, nada que seja ilegal, a não ser por erro. Se a campanha do PT recebeu, digamos, dinheiro ilegal proveniente de corrupção na Petrobrás, este não está declarado nas contas de campanha encaminhadas ao judiciário para apreciação. Tais irregularidades, portanto, teriam de ser procuradas em outro lugar. A não ser que haja nas contas de campanha do PT doações provenientes de atividades ilegais, mas de cuja ilegalidade o partido não tinha conhecimento. Mas quais seriam essas doações? É possível que as empreiteiras tenham destinado às suas contribuições de campanha parte do dinheiro que obtiveram superfaturando obras para a Petrobrás. Mas aí, primeiro, as empreiteiras contribuíram com todas as campanhas relevantes; segundo, seria preciso provar que o PT (ou o PSDB, que também recebeu contribuições de campanha das mesmas empreiteiras) sabiam que o dinheiro da contribuição era de origem ilegal. O que não vai dar pra fazer, como bem nota o Ilimar Franco, é dizer que os 16 milhões de reais que a Andrade Gutierrez deu para a campanha do PT vieram do superfaturamento, enquanto os 13 milhões que a mesma empresa deu para a campanha do PSDB vieram do lucro legítimo da empresa. Porque no caixa da empresa, os dinheiros de todas as origens estão misturados.

  26. Resumo do golpe

    A seguir frases soltas coletadas nos comentários: “sabe o que esta acontecendo com o Ministro da Justiça ?”, “deixaram pra lá”, “por que raios o PT ou a campanha de Dilma ainda não foi ao STF para obrigar Toffoli a fazer novo sorteiro ?”, “Por que a campanha não se mexeu ?”, “O pessoal do PT não está acompanhando não”, “E que na verdade ninguém se preocupa porcaria nenhuma em combater de fato a corrupção.”, “não vi ninguém preocupado com isenção (ou falta dela)”, “Isso faz alguma diferença para essa gente ?”…………….

    Político eleito ou no cargo, depois da eleição só se preocupa com: Natal da família, montar gabinete, preencher os seus cargos comi$$ionados,  aquela viagem de férias para o exterior, o carro novo importado, melhorias no sítio da família, aparecer no PIG, uma “boquinha” para os parentes, dar palestra no clube ou na loja……-O Brasil? quem?

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=-PViTC9vNA8&list=PL100F4E517EF1439A%5D                                             

  27. Financiamento de campanha eleitoral.

    Todo candidato para fins de campanha tem um CNPJ e uma conta corrente. Isso vale também para o Comitê Central dos partidos.

    Esse CNPJ foi aberto até 09/07/2014 pelo calendário eleitoral e se encerra com as eleições. Doações para financiar campanha só valem a partir disso. Então a análise vai se resumir a partir dessa data. Finda as eleições apura-se sobras ou prejuízos, encerra-se a conta corrente aberta para esse fim, e verifica-se os recibos eleitorais emitidos para cada doação. E fim.

    O que tiver “entrado” antes não pode ser financiador de campanha, pois há recibos eleitorais emitidos para as doações. O tesoureiro da campanha de Dilma em 2014 foi Edinho Silva, nada de Vacari – o cara estava manjado.

    Terminada a campanha não há de se falar mais em doação para campanha eleitoral, e sim para o “funcionamento” do partido.

     

  28. Até parei de ler

    Parei de ler sobre as manobras  mais recentes dos inimigos do governo,  preparando um golpe branco e o PT, Lula e Dilma sem fazerem absolutamente nada!

    É inacreditável que eu tenha colocado meu voto e candidatos corretos, mas incompetentes a ponto de nada fazerem, depois de serem torpedeados ao ponto que uma eleição que deveria ter sido ganha no primeiro turno, foi para o segundo, vencida por pequena margem de voto e mesmo assim a oposição manobra para impedir a posse.  

    Será que ninguem no PT ou no governo pensa que o golpe está sendo preparado?

     O futuro pretenso á presidencia, que será indicado para governar no lugar da Dilma, não será o Aecim do pó, mas será escolhido um novo, ligado ao que existe ao mais reacionário, incluindo aí banqueiros, juizes/advogados, militares, “elite politica”, coxinhas de branco, grandes empresários, etc.  Relembrem o golpe de 64, onde Ademar de Barros, Lacerda, Jucelino, e outros foram cassados e colocados fora do novo governo. No caso atual os militares não entrarão como golpistas, pois não será necessário,  mas apoiarão em totum um novo governo de direita alinhado com os states.  

    O futuro escolhido será alguem manipulavel, de aparência agradável, fala mansa, com bagagem política, sem opinião formada sobre nada, do PMDB e PSDB, será um pau mandado a lá Bhusinho dos usa, participará como “boquinha”, pois os bôcas largas serão outros. Os reais dirigentes estarão por trás deste escolhido, para não serem queimados e não serem vistos pelo povo. O programa já sabemos, ou seja banco central autonomo e na mão de um banqueiro, polícia e judiciário na mão de gente sem escrúpullos e atendendo ordens superiores, congresso pago para fazer o que for mandado (o custo é baixo perto do resultado), forças militares já estão com o que existe de mais retrógrado, partidos políticos sem força, e NÓS O POVÃO, QUE ACREDITOU QUE O PT E NA DILMAT SERIAM INTELIGENTES E PRECAVIDOS, VAMOS NOS FERRAR.

    A Dilma e o Lula serão descartados e serão inelegíveis, já que isto basta para acabar com o PT, pois o partido já não dispõe mais de quadro atuantes, pois foram descartados.

     É para não ter pesadêlos que não lei mais a noticias!

    • Concordo. Vejo todos

      Concordo. Vejo todos discutindo Aecio,PSDB, Aecio, PSDB. Vejamos, impedida a Dilma, vem o Temer. Impedidos os dois, nós primeiros dois anos, teoricamente vem novas eleições, cujo eleito não sabemos quem seria, nós últimos dois anos assumiria o presidente da Câmara – Henrique Alves hj, Eduardo Cunha amanha(?), isso tudo na teoria da manutenção do sistema de 88, logo, não vejo que Aecimpó se beneficie diretamente do impeachment, o PMDB bem mais… E tenho medo que venha coisa bem pior….

      • Querem incendiar o país ?

        Fefê, como vc. bem coloca, todas as alternativas para um hipotético pós-impeachment, e que são minimamente constitucionais(isso se nenhuma alternativa militar for pensada)são retrocessivas e contra-producentes, e somente piorariam a nossa já reconhecida fragilidade jurídica concernente  ao sistema político.

        O que querem estes insurgentes atores políticos(os oposicionistas que não sabem perder)o PIG, e alguns juízes do STF, uma revolução ? Não respeitam a escolha de 54,5 milhões de eleitores, e mais de 3,5 milhões de votos a mais, que “cravaram” nas urnas, o desejo de continuar o atual governo ?

    • Juliao, voce leu o item?
      Xou

      Juliao, voce leu o item?

      Xou distinguir pra voce e todos que nao viram:

      TODOS os pontos a favor de Toffoli/Gilmar que o Nassif enumera sao circunstanciais -desde que voce ignore o conjunto de decisoes previas deles sobre os mesmos assuntos.

      Nesse meio tempo…

      TODOS os pontos contra Toffoli/Gilmar que Nassif enumera sao tecnicos.  Nenhum deles eh circunstancial.

      Nao da pra ignorar uma coisa dessas EXCETO no judiciario brasileiro.  E mesmo assim eles vao precisar de espelhos e alcapoes.

      • Já vi acontecer

        Caro Ivan, voce não imagina o quanto eu desejo que o quadro não seja conforme escrevi, porem voce a de convir que as circunstâncias estão levando a este ponto. Já vi em 1964 quadro semelhante a este. O Jango não tinha nenhum apoio. Seu partido o PTB era semelhante ao PT de hoje, ou seja, cheio de boas intenções e votos, mas não tinha defensores reais de modo a ameaçar um golpe sobre o governo. Tambem não comentei,  mas havia o governo americano a finaciar e orquestrar o golpe, chegando a comprar com uma mala de dolares o Gen Kruel em que o Jango confiava para defedê-lo. Em suma não havia defensores reais, pois a parte da população que o apoiava é igual a que apoia a Dilma, ou seja sem força de reação.

        Quando o PT era um partido dos TRABALHADORES INDUSTRIAIS, como foi no seu inicio, tinha uma força real, localizado em São Paulo,  que poderia manifestar-se nas ruas, paralizar fábricas e cidades e berrar ao quatro cantos que o golpe era fajuto. Mas nem isto o PT tem hoje, pois os sindicatos foraam dados aos grupos opositores por que o PT pensou que não precisaria mais deste apoio.

        Ou a Dilma se move, rápido e agressivamente ou estamos na eminencia de “irmos para saco” (dos outros)!

    • Isso nos deixa muito desanimado
      Uma hora vamos parar de dá a cara a bater, pois o PT não passa se um partido de FROUXOS.

  29. Golpe é como desastre de

    Golpe é como desastre de avião, sempre é ocasionado não por um único motivo, mas por uma conjunção de fatores. O clima psicológico é oportuno, já que a classe média ampliada sente-se ressentida com a derrota de seu candidato. Uma faísca de irregularidade em campanha eleitoral, nada escandaloso para um país que já foi chamuscado por milhares delas, poderia ser transformada com facilidade e rapidez pela mídia conservadora, que mantém aquela classe média cativa de uma muito manipuláve rede de informação, em incontrolável vulcão, a causar explosões ferozes de indignação em quem está propenso a aceitar qualquer motivo para ter indignação.

    Mas para construir o golpe se faz necessário abrir outras frentes para o golpismo, desenhando assim um leque de fatores que possam se fechar em torno de uma consideração simples a ser tirada quase pelo senso comum sobre todo o ambiente que se apresenta: “É não tem jeito, só vai com o golpe, só o golpe pode resolver!” Talvez seja por isso que no Congresso, a despeito de parecer ridículo, o senador Aloysio Ferreira vem pregando que a presidenta é passível de impeachment, por estar tentando fazer uma lei para não economizar o dinheiro que está obrigada por lei a economizar, para pagar os credores do país. Isso, mesmo estando o país muito longe de qualquer sombra de situação de alta crise, que o obrigue a não cumprir com seus compromissos. Não importa. O que importa é que a palavra impeachment, este eufemismo inglês para golpe descarado, frequente o máximo de vezes possível as manchetes dos jornais, e role cada vez mais frequentemente na boca  de qualquer um simples, ou graduado.

    Como combater uma situação como essa, nebulosa e tenebrosa? Fazendo como fazem os castores, sobre os quais ví ontem na TV a cabo interessante documentário. Os castores patrulham com a regularidade necessária toda a sua represa, pois mantê-la intacta significa manter sua própria vida. Quando algum vazamento (êpa!) é detectado, imediatamente é consertado, para que a represa continue intacta. Pois quem foi eleito pelo povo, para governar em seu nome e interesse, deve fazer como fazem os castores, quando uma tempestade ameaça abrir um buraco em sua represa que é, sem dúvida, a Democracia.     

  30. Dilma

    Dilma, será que você consegue entender o que o Nassif escreveu? Veja bem Dilma, o Nassif foi o mais didático possível, tá? Só que tem um detalhe Dilma, caso o golpe venha ter sucesso, não é só o seu que estará na reta, também um projeto que tirou milhões de pessoas da pobreza extrema e criou uma certa esperança no coração de grande parte do povo brasieiro que é possível sonhar com uma democracia em nosso querido país.

  31. Esse Toffoli tem um

    Esse Toffoli tem um comportamento meio estranho mesmo. E esta manobra seria pura vingança, mas uma vingança extremamente irresponsável. Tudo é possível. Do ser humano, tudo é possível.

    Eu ainda acredito em você Luis Nassif, na sua tese, pois os fatos e evidências contra Toffoli são muito fortes.

    E, temos uma coisa que se chama, é…, digamos assim, como dizer…pataca. Isso tem um efeito devastador na cabeça de um indivíduo…mais fraco.

    É essência de nossa política ainda, os golpes.

     

  32. O buraco

    ” O buraco é mais em cima: o alvo é Duque, através dele, Vaccari Neto e, através dele, as contas de campanha de Dilma. “

    Não entendi. Onde o caixa 1 da campanha de Dilma entra nessa estória ? Por acaso Duque ou Vaccari fizeram doações à campanha com dinheiro de corrupção da Petrobras?

    • O buraco é mais em cima

      Será que não?.  Depois de tanta tramoia petista ao longo destes quas 12 anos. Em se tratando de PT, o céu é o limite. 

  33. Antes a Pec da Bengala

    Antes a Pec da Bengala tivesse existido desde sempre, pra que jamais ninguém do PT tivesse indicado um borra-bosta como dias Toffoli para o STF. Esse Dias Toffoli não merece o cargo que ocupa, como não mereceria, jamais, Gilmar Mendes e Luiz Fux. 

    Quanto ao Ministério da Justiça, pode-se dizer, sem medo de errar, que muito do que o Governo sofre tem a ver com a falta de autoridade, por leniência, ou cumplicidade com a oposição – sabe Deus! -, desse ministro, que existe mais como figura decorativa. É uma das maiores vergonhas do Governo Dilma, que parece ter um rabo preso pra mantê-lo no cargo.

    Por fim, também não consigo ver com otimismo a manutenção de dilma no Poder, porque as tramóias, as arrumações entre imprensa, parlamentares oposicionistas, STF, e até a PF, só nos revelam coisas negativas. Tá difícil!

  34. Dilma e as nomeações para o STF-TSE.

    Chega a ser irritante a lerdeza da presidnete Dilma nas nomeações de ministros para os tribunais superiores.  Joaquim Barbosa avisou que iria requerer aposentadoria no mês de junho, o que se confirmou. Pois não é que até o presente momento Dilma não escolheu o sucessor. Pode pagar um alto preço pela própria incúria.

    • Não governamos ditatorialmente.

      Prezado, reza a Constituição brasileira, que respeitemos as prerrogativas de cada Poder, e assim sendo, o Poder Executivo, não deve “escolher” com canetadas, os juízes dos Tribunais Federais, e sim permitir que as associações da categoria indiquem seus melhores e mais preparados quadros, numa lista geralmente tríplice, para que aí sim, o Chefe do Executivo, escolha um nome, que ainda deve passar pelo crivo do Senado.

      É por isso, que toupeiras e desqualificados juízes, chegaram ao STF, e tribunais de 1ª instância. Eles alem de não terem gratidão pelas promoções, “vendem-se” às oposições, e convocam a grande imprensa, para ser seus aliados.

      • Toupeiras chegam aos STF.

        Toupeiras chegam aos STF. Muito bem! Mas, quem os nomeia, um dentre uma lista tríplice?

        Mais: vc tem certeza do que escreveu?! Vc disse: “Eles alem de não terem gratidão pelas promoções, “vendem-se” às oposições, e convocam a grande imprensa, para ser seus aliados.”

        Ora, juiz julga com o convencimento que forma, de acordo com o que está nos autos. Mas, ainda que assim não procedam, não dá para exigir gratidão pelas nomeações.

        Lembre-se (se vc tem idade para isso) de que lamber as botas dos milicos da ditadura era ato típico dos ministros nomeados (sempre ressalvadas as honrosas exceções).

        Assim, vc parece sugerir que os ministros do STF devam lamber os cascos dos seus padrinhos. Olha: vc seria cômico, se não fosse patético.

        Luiz

        • Bom Luiz, com certeza eles

          Bom Luiz, com certeza eles lamberão os sapatos da oposição.  Creio que é isso que você esta querendo.

          Temos uma democracia, será que os que deveriam zelar por ela e pela constituição esta fazendo isso?

          Pelo andar da carruagem, o Brasil vai para o brejo em sua democracia.  Não se respeita mais a voz do povo e das urnas.

          A justiça é para todos ou só para Dilma?       Isso esta virando palhaçada, o povo esta alerta. 

           

           

      • Não custa lembrar porém que

        Não custa lembrar porém que este roteiro so se seguiu porque essa mesma presidenta e seus assessores palacianos trataram de ignorar ou considerar de somenos importância a indicação do novo ministro do TSE como um caso irrelevante. Estava sobre sua mesa antes dela viajar para os E.U.A e como costuma fazer ignorou solenemente o caso, agora colhe os frutos. Aliás teimou em indicar e manter Cardozo no ministério da Justiça. Como sói acontecer, está recolhida no palácio do planalto. Quando o golpe tomar forma, ela sai de lá como uma Antonieta perplexa tentando entender como isso foi acontecer. Assim que viu que as eleições estavam perdidas num instante soube ir pras ruas cabalar votos, abraçar eleitores, acenar para movimentos sociais, conversar com sindicatos, trazer a esquerda para sua campanha. Tão logo foi eleita, tomou chá de sumiço. Assim os coxinhas não demorarão e conseguirão encher novamente as ruas em protestos.

  35. A que ponto chegamos !

    Numa democracia, que se quer amadurecida, temer um golpe contra as instituições nacionais, advindas exatamente do tribunal, que deveria ser o condutor do processo eleitoral, e cujo Presidente em exercício, Min. Toffoli, está macomunado com as oposições, e “arma” esta operação, em conluio, com o mais ferrenho opositor do atual governo, e da Presidenta reeleita, este “Coroné” Gilmar, chega a dar vergonha, pela falta de vergonha destes atores citados, justo agora, que este tribunal, tem sido criticado em organismos jurídicos internacionais, pela atuação desastrosa e ilegal, na AP-470.

    Resta-nos esperar, que a maioria pacífica e democrática dos brasileiros, não aceite, e repudie com veemência, estas tentativas criminosas de golpear a nossa ascendente democracia e nosso jovem sistema eleitoral, quando parecia que estávamos adiante da comunidade internacional, vemos estes arranjos articulados entre os maus perdedores, a imprensa e o Poder Judiciário, na sua maior instancia.   

  36. Há muita malandragem por

    Há muita malandragem por parte dos inimigos do governo, não é de se surpreender com nada que eles são capazes,acorda Dilma, a maioria te escolheu para presidente, mas eles não levam em consideração isso ao querer aplicar o golpe, é só acompanhar um das sessões do Congresso Nacional para se ver o ódio nos discursos deles. Pelo amor de Deus, agem contra essas manobras!!!

    • Devo lembrá-lo que não foi a

      Devo lembrá-lo que não foi a maioria que escolheu Dilma para presidente, mas a minoria, que aliás, é incapaz de enxergar o quanto ela é mentirosa. Foram 51 milhões para Aécio, mais os quase 30 milhões que votaram em branco. Um dos vários motivos que causa repulsa ao PT e á Dilma é esse maucaratismo do seus eleitores…parece que todos gostam de mentir!

      • idiotice

        Deixa de idiotice, cara! Vc sabe há quantas eleições o presidente norte-americano não é votado pela maioria dos eleitores de lá? Isso por acaso os torna menos legítimos? Sai alguém por aí pedindo impeachment? Claro que não! O que importa é que A MAIORIA DOS QUE ESCOLHERAM VOTAR elegeu Dilma, Bush I, Clinton, Bush II (quando reeleito), Obama… Vai te catar! Deixa de ser GOLPISTA!!!!    

      • Os cães ladram e roubam e a caravana segue…

        Márcio Cabral, você é fascista, e portanto, do Mal. Essa sua tese tatibitate já foi levantada na eleição de Juscelino em 1955, quando um néscio como você fez a mesma afirmação. Naquela época, não havia segundo turno, era eleito quem fosse mais votado. Para o inferno, seu golpista de meia-tigela. Se for para as ruas defender o golpe, haverá chumbo grosso. Você não é homem para enfrentar isso, apenas senta sua gorda região glútea na cadeira e digita besteiras no meio do expediente da empresa onde você finge trabalhar.  Fora, Lesma Lerda!

  37. Para um impeachment, precisa

    Para um impeachment, precisa de um partido político que tenha coragem de defendê-lo. O maior partido da oposição é o PSDB. E no PSDB pode ter tudo, menos coragem ou iniciativa de arregaçar as mangas. Se a oposição tivesse um partido como o PT, aí eu até acreditaria na possibilidade do impeachment de Dilma. O que pode acontecer e Gilmar e Tofolli ficarem enchendo o saco da presidência que nem dois pernilongos com o seu barulho irritante à noite. 

    Que Dilma se preocupe em acertar a economia. O real escudo de um governante é crescimento econômico. Se Lula não tivesse acertado espetacularmente na condução econômico do país, ele não teria resistido à campanha implacável da mídia na época do mensalão. 

  38. O Maranhao sabe o que é golpe

    O Maranhao sabe o que é golpe vindo de uma alta corte. O falecido ex-governador Jackson Lago foi vitima do TSE.

    Portanto, nao duvido de nada.  

    E sim, TRAIÇOES existem.

  39. Gilmar Mendes mexe uma peça no tabuleiro

    Notícia no fim do dia: Contas de campanha de Dilma Rousseff
    são digitalizadas e vão para a web.
    Ordem foi de Gilmar Mendes, no TSE. Dados ficarão abertos e disponíveis no site do Tribunal. 

    Gilmar Mendes deu a ordem; recibos e notas fiscais ficarão no site do TSE

    Blog do Fernando Rodrigues

    O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal e também do Tribunal Superior Eleitoral, determinou nesta terça-feira (25.nov.2014) que sejam digitalizados todos os recibos e comprovantes das prestações de contas de campanha do PT e de Dilma Rousseff na disputa presidencial.

    Mais ainda: Gilmar mandou colocar todos esses dados na internet, no site do TSE. Quer “imediata e ampla publicidade às contas prestadas”.

    Os partidos políticos e os candidatos a cargos públicos, em geral, entregam para a Justiça Eleitoral um balancete sobre suas despesas e receitas –e caixas e caixas de recibos e comprovantes. Esses dados são públicos, mas é muito difícil para uma pessoa interessada ter condições de ir pessoalmente ao TSE e solicitar acesso para verificar um a um os documentos.

    Ao mandar digitalizar todos os recibos de Dilma Rousseff e do PT relativos à campanha de 2014, ordenando a colocação dessas informações na internet, Gilmar Mendes dá ao processo de auditoria dos dados uma transparência inaudita.

    Gilmar Mendes tomou essa decisão por ser o relator do processo de prestação de contas de Dilma Rousseff. O ministro argumentou em seu despacho que houve uma solicitação nesse sentido por parte da “Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias” para “conferir celeridade à análise da documentação por meio de busca eletrônica”.

    Na semana passada, Gilmar Mendes já havia tomado uma outra decisão importante: solicitou a ajuda de técnicos da Receita Federal, do Banco Central e do Tribunal de Contas da União para analisar as contas da presidente reeleita.

  40. Faz MUITO SENTIDO!Lendo isto

    Faz MUITO SENTIDO!

    Lendo isto e lembrando DO AUTO DESAGRAVO feito pela CIA em relação ao Brasil, somado a LIMPEZA ÉTICA LIMPANDO A BARRA Do juiz Moro pelo Globo…

    Dá mesmo o que pensar…

    Só acho que a Dilma, AINDA que o gilmar ache algo, NÃO DEVE ACEITAR ESSE ACHADO!

    Por quê?

    PORQUE ESSAS SUSPEITAS NADA CASUÍSTICAS QUE ANTECIPAM UM POSSÍVEL GOLPE, SÃO EM SI UM GOLPE!

    Deixa de ser justiça!

    A Manipulação da DOSIMETRIA pelo Barbosão NÃO FOI JUSTIÇA!

    Há intencionalidade por traz disto, NÃO HÁ DEFESA PARA A MÁ INTENÇÃO DE UM JUDICIÁRIO! 

    É GOLPE!

    Por isso DEVEM SER RECHAÇADAS!

  41. Apenas os cegos, mas não os

    Apenas os cegos, mas não os fisiológicos, mas os ideológicos, não querem ver, ou coadunam do que está acontecendo no governo deste pais!!

  42. Eu acho que não, não tem nada

    Eu acho que não, não tem nada  a ver. Gilmar vai aprovar as contas de Dilma.

  43. Nassif e Edu e eu concordamos: o golpe está sendo tramado

    Contas de campanha de Dilma e Aécio recebem tratamento diferente no TSE

    http://www.blogdacidadania.com.br/2014/11/contas-de-campanha-de-dilma-e-aecio-recebem-tratamento-diferente-no-tse/


     

     

    Quem não acredita que exista alguma coisa esquisita rolando no Tribunal Superior Eleitoral, acaba de ganhar uma boa razão para se juntar aos desconfiados.

    No início da noite da última terça-feira (25), o jornalista Fernando Rodrigues divulgou em seu blog que “O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal e também do Tribunal Superior Eleitoral, determinou (…) que sejam digitalizados todos os recibos e comprovantes das prestações de contas de campanha do PT e de Dilma Rousseff na disputa presidencial”.

    As prestações de contas de todos os candidatos já figuram no site do TSE. Pelo sistema eletrônico, pode-se acessar cada doação ou despesa dos candidatos a presidente ordenando a busca pelo CPF ou CNPJ do doador ou de quem recebeu pagamentos daquela campanha. Abaixo, imagem das páginas de prestação de contas de Dilma e de Aécio no site do TSE

    Aécio

    http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2014/abrirTelaReceitasCandidato.action

     

     

    Dilma

    http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2014/abrirTelaReceitasCandidato.action

     

    A prestação de contas das campanhas de Dilma e Aécio foi divulgada na segunda-feira (25) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao todo, os dois candidatos gastaram R$ 570.050.970,85.

    A campanha de Dilma gastou R$ 350.575.063,64 e recebeu doações de R$ 350.836.301,70. Os valores informados ao TSE mostram saldo positivo de R$ 261.238,06. O candidato do PSDB, por sua vez, gastou R$ 223.475.907,21 e arrecadou R$ 222.925.853,17. Um saldo negativo de R$ 550.054,04.

    Os dois candidatos receberam doações dos bancos Bradesco e Itaú, da empresa Odebrecht Óleo e Gás S.A e das construtoras OAS e Andrade Gutierrez, dentre outros grupos econômicos.

    As contas da campanha da presidenta Dilma estão sob a relatoria do ministro do STF Gilmar Mendes e as de Aécio sob a relatoria da ministra do TSE Maria Thereza de Assis Moura. Dilma deveria ter relatoria do TSE, mas uma manobra do presidente Dias Toffoli fez as contas dela irem para a mão de seu inimigo político Gilmar Mendes.

    Mas há outras diferenças entre o tratamento do TSE aos dois candidatos.

    1 – Gilmar Mendes determinou não a divulgação dos valores e CNPJs ou CPFs dos doadores e recebedores da campanha de Dilma, que já são públicos. Determinou digitalização dos comprovantes físicos de doações e despesas da candidata, o que inclui discriminação dessas despesas.

    2 – Na semana passada, Gilmar Mendes já havia tomado uma outra decisão importante e que aumenta a diferença de tratamento do TSE às duas candidaturas: solicitou a ajuda de técnicos da Receita Federal, do Banco Central e do Tribunal de Contas da União para analisar as contas da presidente da República.

    Nada disso foi feito em relação às contas de Aécio. Nem divulgação de comprovantes físicos de doações e despesas, nem pedido de fiscalização dessas contas aos órgãos de controle do sistema financeiro e das contas do governo federal.

    Aliás, pedir a auditoria do órgão que controla o governo federal sugere que o inimigo político da presidente no Supremo a acusa de ter roubado o Erário para aplicar o produto do roubo na própria campanha eleitoral. Nada mais, nada menos. É como se a ministra relatora das contas de Aécio pedisse ao Senado que enviasse técnicos para analisar as contas de campanha dele.

    As ações espetaculosas de Gilmar Mendes reforçam a teoria conspiratória de que está sendo preparada por ele rejeição parcial ou total das contas de campanha de Dilma, o que obrigará ao plenário do STF a julgar a presidente da República por suspeita de crime eleitoral.

    Na melhor das hipóteses, o inimigo político de Dilma lhe causará um constrangimento. Contudo, se as denúncias que este blog apurou recentemente se confirmarem, na pior das hipóteses pode ocorrer um golpe “paraguaio” no órgão que arbitra as eleições no Brasil, pois com as contas reprovadas nem Dilma nem Michel Temer assumem.

    No limite, haveria o risco de o segundo colocado na eleição presidencial assumir o governo do país no ano que vem, o que seria, talvez, um caso único na história da República. E, em termos práticos, um legítimo golpe de Estado disfarçado, pois as medidas acusatórias antes de qualquer apuração mostram essa predisposição golpist

     

  44. Concordo com o Nassif em gênero número e grau

    Concordo em gênero número e grau com o Nassif, que não cai em esparrela.

    Minha gente, onde Gilmar Dantas se mete tem sacanagem na certa, e sempre contra o PT. Mas sempre a favor de gente como José Roberto Arruda, Demóstenes Torres, Daniel Dantas… Já esqueceram do recente caso da candidatura do Arruda, em Brasília? E mesmo que o impeatchment não saia, vão ser mais quatro anos de porrada no PT, até 2018. Será uma espécie de segundo tempo do “mensalão”.

    E o PT aceita tudo isso como um cordeirinho em direção ao matadouro? Que partido de bosta é esse, hein, Rui Falcão? É como disse um internauta aqui nesse blog: eu, na qualidade de militante, estou cansado de carregar piano nas costas subindo escada de bloco de apartamento.

    Dê um jeito em mais essa putaria do Gilmar Dantas, Rui Falcão. Ou então peça para fazer xixi e se exile no exterior, antes da eclosão do golpe. Lembre-se que dessa vez existe uma grande possibilidade do caldo engrossar e a porrada comer solta . Já comprou sua passagem para Londres? Comece a aprender inglês ouvindo London, London, com Caetano Veloso, neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=DM_2EdyytaU

     

  45. RECURSO CONTRA REDISTRIBUIÇÃO

    Estranhamente, o artigo não menciona o fato de que a decisão do Dias Toffoli, que redistribuiu o processo das contas de campanha de Dilma Roussef para Gilmar Mendes é objeto de recurso judicial que aponta o fundamento legal suficiente para a nulidade da redistribuição, feita em desrespeito ao ordenamento jurídico. Dizer que houve parecer contrário do sub Procurador Eleitoral não é suficiente, pois omite a possibilidade de anulação da redistribuição. Urge enfrentar as manobras golpistas com toda a precisão e vigor. E isto inclui cobrar do TSE o urgente julgamento do Agravo Regimental contra a ilegal redistribuição. Por outro lado, é importante destacar que a tese dos golpistas não se sustenta, pois fato de uma empresa envolvida em irregularidades realizar dações para uma campanha eleitoral, por si só, não pode resultar em nenhuma perda de mandato.

    • A tese não se sustenta? Sustenta….

      Basta usar a receita infalível:

      pega-se a tese mistura-se bem com sal a gosto. Mexe, bate dois ovos em neve. Mistura na tese. Leve ao forno por 13 minutos mas antes, borrifa-se um pouquinho de capa de Veja mais um pouquinho de JN bem imparcial e temos uma sopinha de impeachment mais saborosa que o domínio do fato. 

       

       

      • REPÚDIO À FARSA

        É a fórmula da farsa. Mas deveria haver pessoas dispostas a clamar pela verdadeira Justiça. Deveria haver pessoas dispostas a sustentar, na internet e ao vivo, a defesa da verdade, da vigência da lei, da igualdade de todos diante do ordenamento jurídico.

  46. Dois sorteios?

    Tenho minhas dúvidas sobre os dois sorteios no STE a que Nassif alude. Pelo que entendi, foi um sorteio só. A prestação de contas da Dilma é um processo só. Tanto é assim que o Ministro que foi substituído na relatoria por Gilmar Mendes era um só, o Sr. Henrique Neves. O Gilmar Mendes é que resolveu desdobrar o exame das contas em dois temas: i) a prestação de contas propriamente dita da campanha; ii) as contas pessoais da Presidente Dilma, a compatibilidade entre a evolução do seu patrimônio e as receitas que ela auferiu, as movimentações financeiras porventura relevantes em suas contas bancárias, etc. Mas continua a ser um processo só, um só sorteio, e a probabilidade de Gilmar Mendes ser sorteado era de 1/7, não 1/7 x 1/7 = 1/49 = cerca de 2%. Se fossem dois sorteios, era mesmo motivo de muita preocupação.

    Contudo, descontado algum exagero com relação a Toffoli (inclusive acho excessiva a importância que se atribui à PEC da bengala, não acho nada de mais nela), considero a preocupação do sempre atento Luis Nassif muito pertinente. “O preço da liberdade é a eterna vigilância.”  

  47. As operações e o operado

    Quando as duas operações se encontrarem o operado será o Governo. E, a prosseguir o atual ritmo dormente, vai emitir uns parágrafos de veemente repúdio contra a falta de anestesia. O governo precisa mostrar ação, enfrentamento político, enfim, governar. Estudar e apresentar um pacote de ações para garantir e ampliar as conquistas da Classe C. Reconquistando a Classe C, especialmente a do Centro-Sul, o apoio popular será tão forte que acaba esse golpismo que está no ar e a base política reduz as cobranças estridentes. Na série de textos abaixo há uma reflexão neste sentido. O que a Classe C precisa? Recomendo a leitura.

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR3.html

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR2.html

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR.html

     

  48. Gilmar apadrinhou indicação de Toffoli

    Nassif, esta estória não é de hoje. Lembro muito bem que, quando da indicação de Toffoli, ninguém menos do que Gilmar Mendes andou com ele pelos corredores do Congresso Nacional para diminuir a resistência dos senadores aos então “notório petista”. Desde esta época isso ficou marcado na minha cabeça, de que Gilmar teria sobre ele enorme ascendência. Esta informação saiu em várias notas da imprensa na época, basta pesquisar. 

  49. Nassif, segue, como exemplo,

    Nassif, segue, como exemplo, um link da indicação sendo elogiada pela dupla Gilmar Mendes e Demóstenes Torres. Alguém, naquele contexto, acha que os elogios a Toffoli, partindo destes dois personagens, seriam gratuitos? 

    Não consegui colar, mas basta colocar toffoli gilmar senado indicado que sai ao menos uma página da istoé

     

     

  50. O rolo midiático é tão forte

    O rolo midiático é tão forte que acaba atropelando fatos e evidências.

    Na primeira semana do julgamento do mensalão estava claro como seria seu desfecho.

    O rolo midiático AINDA NÃO CAIU SOBRE DILMA, então antes que isso ocorra e preciso avaliar que:

    Se houve propina a politicos e partidos inclusive da oposição não poderia ter como origem o governo!

    Quem iria criar um sistema de propina que beneficie a sua oposição?

    É hora de ver isso AGORA, ANTES do rolo compressor da mídia apontar para Dilma!

  51. Acabar com a apuração dos desmandos na Petrobrás?

    Como sempre, brilhante as colocações de Nassif.

    Eu continuo muito preocupado com a possibilidade de golpe – seria ingenuidade não enxergar essa possibilidade.

    Me ocorreu que, como de outras operações da Policia Federal, a Lava-Jato precisa ser encerrada/arquivada/comprometida antes de atingir o poder economico corruptor.

    Nesse sentido o golpe via STF/Gilmar Mendes traria a “punição” na forma desejada – o afastamento dos interesses populares no governo e permitiria encerrar a Lava Jato sob qualquer pretexto.

    A minha preocupação aumentou, é claro.

    • Desmando é outra coisa. Isto é crime!

      “Afastamento dos interesses populares?!”

      O militante sem cérebro deve estar falando do afastamento dos interesses da OAS, da ODEBRECHT, da CAMARGO CORRÊA, da ANDRADE GUTIERREZ…

      Estes são os interesses POPULARES no governo do PT.

      SABE DE NADA INOCENTE!

       

       

  52. Nassif, vc acerta mesmo errando
    Nassif, é o tipo de post que: (1) se suas previsões conspiratórias estiverem corretas, não será nada bom para o país (sabemos que vc não quer que isso aconteça); (2) se estiverem erradas, sua publicação terá sido uma boa medida (já que sua intenção ao redigi-lo é tb induzir, mesmo que na dúvida, para que não aconteça). Não quero me ater às hipóteses em si, mas ao ato cívico e preventivo em defesa da democracia botando no ar tanto esse post, quanto aquele antecipando o que iria acontecer no JN da véspera das eleições. Independente de estar certo ou não, ao fazer esse exercício de prever armações, presta um grande favor tanto para aguçar a leitura crítica dos cidadãos antes do fato se consumar (se não acontecer, ficamos no lucro), como para desarmar seus eventuais executores (já será uma cutucada forte ao menos o alerta de que alguém cantou a bola antes), isso se o tal plano realmente procede. Quem sabe a repercussão do seu post na tarde de sábado tenha aliviado em parte o JN da noite (e se fôssemos medir o impacto desse alívio em votos?). E no caso do post da dupla do Toffoli-Gilmar, já gerou um exército virtual de observadores mais atentos para monitorar o caso, concordando ou não com suas previsões. Até os blogueiros que se opõem e/ou as ridicularizam, mesmo que possam ser desagradáveis para você, são de grande utilidade tb para ajudar a circular e propagar ainda mais esse debate, as custas do seu válido sacrifício como autor do post. Enfim, uma medida preventiva louvável, com os riscos de ainda botar a cara para bater, o que agrega ainda mais valor ao seu ato. A democracia agradece! PS: estranho nisso tudo é Dilma ter dado margens para isso acontecer ao não sinalizar o que faria (um simples telefonema ajudaria), seja a recondução do Ministro Henrique Neves ou o que fosse…

    • Exatamente! Não consigo
      Exatamente! Não consigo entender os comentários contra LN publicar sobre este assunto. Se estou vendo alguém se aproximar da borda do precipício sem notar o risco, ou se estou ciente de uma ameaça possível ou provável, ou ainda, se pretendo que aquele que ameaça saiba que percebi e entendo seus movimentos, a melhor coisa a fazer é tornar visível, conhecido o que eu penso. Alerta o que está em risco e o que ameaça percebe que está exposto. Ganho duplo. Há uma cena no Poderoso Chefao em que a fala é mais ou menos assim: se meu filho, ao atravessar a rua, torcer o tornozelo, vou deduzir que foi você… Se nada acontecer, ou inibiu a ação ou alertou o ameaçado. Se não havia risco/ameaça, fez que todos refletissem sobre as circunstâncias, motivações e consequências. Continuamos ganhando.

  53.  
    “2. Conversas com membros

     

    “2. Conversas com membros do STF, TSE e Palácio e com amigos de Toffoli confirmando sua aproximação com Gilmar e sua mudança de atitude.” Com certeza por motivos monetários. Os mesmos utilizados com o capitão do mato.

  54. nao sei porque tanta ladainha

    nao sei porque tanta ladainha em torno disso, SE o PT-Dilma fez tudo certo entao nao vejo problema se quem vai analisar as contas será gilmar ou joao, se estiver tudo ok nao ha pq temer `golpe´ ou outra coisa….

  55. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome