Bancos convidados para reunião com Dallagnol são os mesmos que compraram a BR Distribuidora

Encontro com banqueiros, em caráter privado, foi realizado em 13 de junho de 2018, mostram os vazamentos do 'Intercept' divulgados pelo jornalista Reinaldo Azevedo

Deltan Dallagnol. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Da Redação RBA

Alguns dos bancos que entraram na oferta de ações da BR Distribuidora ou coordenaram a operação na Bovespa, na terça-feira (23), também podem ter estado com o procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnol, em reunião privada em 13 de junho de 2018, organizada pela XP Investimentos, para comentar sobre o tema ‘Lava Jato e Eleições’.

XP Asset Management, do Grupo XP, e Itaú, que compraram ações na privatização da distribuidora, e os bancos JP Morgan, Citi e Credit Suisse, como coordenadores da operação, segundo apuração do jornal Valor Econômico, também são citados como convidados dessa reunião de caráter privado e clandestino, conforme vazamento do Intercept, divulgado ontem (26) no blog do jornalista Reinaldo Azevedo.

“Queria te convidar para um bate papo com investidores brasileiros e estrangeiros aqui em SP”, afirma a Deltan a assessora da XP Investimentos, Débora Santos, em 17 de maio de 2018. “Me passa uma lista de quem são?”, pede Dallagnol.

“JP Morgan Morgan Stanley Barclays Nomura Goldman Sacha Merrill Lynch Cresit Suisse Deutsche Bank Citibank BNP Paribas Natixis Societe Generale Standard Chartered State Street Macquarie Capital UBS Toronto Dominion Bank Royal Bank of Scotland Itaú Bradesco Verde Santander”, diz Débora. E depois: “Esses seriam os convidados. Nem todos comparecem”, afirmou.

Na sequência do diálogo pelo smartphone, Débora esclarece sobre o espírito do encontro. “Esse bate-papo é privado, com compromisso de confidencialidade, onde o convidado fica à vontade para fazer análises e emitir pareceres sobre os temas em um ambiente mais controlado”, afirma a assessora da XP.

Leia também:  Bolsonaro deve recorrer no STF para não prestar depoimento presencial

Na operação de compra da BR Distribuidora, os investidores arremataram as ações da empresa por R$ 9,6 bilhões, em dois lotes. A operação foi feita sem agregar o valor do controle do mercado de combustíveis no país, que é do que se trata quando se fala de BR Distribuidora. “Foi uma simples venda de ações na Bolsa de São Paulo cujo resultado ao fim do dia foi a Petrobras “vender” o controle da BR Distribuidora, pelo preço de ações no varejo, SEM CONSIDERAR O VALOR DO CONTROLE”, escreveu neste sábado Andre Motta Araujo, em artigo no site GGN.

A Petrobras detinha 71,24% das ações da distribuidora, e com a operação desta semana deve ficar com 37,5%, o que significa que a empresa deixa de ser estatal para ter seu capital pulverizado em bolsa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

13 comentários

  1. Nassif: já se perguntou quantas perucas dá prá comprar com a ajuda de custo por comparecimento ao encontro? O negócio de ser funcionário público de alto cargo rende bem.

    1
    1
  2. Já estava tudo armado dese o primeiro dia que pensaram em tomar o pais para si.
    Sejam os milicos que vislumbraram uma possibilidade do “Retorno 2.0”
    O Setor Financeiro que não foi tocado pelos governos anteriores e nem nessa Vaza-Jato
    Se sentiram fortalecidos a sequestrar com o objetivo do lucro com dinheiro excedente e de serem isentos ou isentados de pagamentos de impostos
    Posto ipiranga está desmontando as instituições ou empresas e repassando para o setor privado apreço de banana e com certeza deverão aumentar seus lucros em cima dos consumidores e a prestação de serviços piores.
    É inevitável que isso viesse a acontecer, ou voce tem um carro e abastece, ou vc tem um carro e compra alimentos para familia, um dia talvez viesse a contecer, mas aconteceu com a dica que esse RATO do Ministério Publico Federal passou ao mercado.
    Não precisa explicar 100 % ao mercado, é só dar uma dica de 1% que o Mercado desenvolve o resto e foi o que esse RATO fez.
    Não obstante deixou, malcomunou com seu corrutpo e desonesto juiz a privação da liberdade contra o unico que poderia reverter todo esse caos.
    Devemos ter no longo praz uma desigualdade e concentração de renda impossivel de serem equacionadas.
    O próximo presidente teria que fazer o que Rafael Correa no Equador fazer uma auditoria para apurar tudo o que foi feito no sistema bancáriorio do pais.

    • E o que aconteceu a Rafael Correa? Não tá preso porque saiu do país antes. E já desmontaram tudo no Equador também.

  3. No duplo expresso eles falaram que a XP absorveu alguns fundos do Paulo Guedes ou algo do tipo e que o negócio agora é propina em ações. Eles viajam um bocado, mas nesse caso se investigar….

  4. A imensidão da gravidade que toda essa orgia lesa pátria causará ao Brasil e a população deve estar sendo festejada por toda corja de traidores, traidoras, pátrias e lesa pátria. E quem está preso é Lula. O governo de um país, que permite filhos e filhas, como estes que trabalharam para a entrega da BR Distribuidora, fazer livremente o que fizeram, com todo o seu apoio, certamente mereceria a maior condenação possível em nosso código penal e ser prisioneiro pelo maior tempo de prisão permitido por nossa lei e, ainda, promover de imediato a anulação de todo o processo de entrega deste soberano tesouro nacional. É claro que para tudo isso acontecer, o país precisaria ter uma justiça confiável, patriota, decente, justa, honesta e honrada.

  5. E observem que são o mesmo pull de bancos de operadoras da bolsa que trabalharam na privatização do gas, na venda resseguradoaBR, assim como as que estiveram no lançamento da empresa educacional AFYA na bolsa NASDAq. Firma esta idealizada pelo Ministro Guedes . A privatização sem consulta e ou permissão do Senado e Camara estão sendo disfarçados através de venda de açoes, e os grandes operadores do mercado estão sempre presentes. A venda da resseguradoraBR deu um prejuizo de 1 bilhão de reais. A BR distribuidora foi vendida sem que a precificação do perda do controle acionário tenha sido levado em conta. venderam as ações como se fosse uma simplesmente lançamento de ações no mercado, sem levar em conta que a quantidade modificava o controle acionário.
    Vamos observando um padrão onde todas as privatizações, feitas através de venda de açoes estão na mão do mesmo grupo. E com relação a isto os nossos procuradores do MP, fecham os olhos , os ouvidos e a boca, a não ser que seja para ganhar com palestras.

  6. E observem que são o mesmo pull de bancos de operadoras da bolsa que trabalharam na privatização do gas, na venda resseguradoaBR, assim como as que estiveram no lançamento da empresa educacional AFYA na bolsa NASDAq. Firma esta idealizada pelo Ministro Guedes . A privatização sem consulta e ou permissão do Senado e Camara estão sendo disfarçados através de venda de açoes, e os grandes operadores do mercado estão sempre presentes. A venda da resseguradoraBR deu um prejuizo de 1 bilhão de reais. A BR distribuidora foi vendida sem que a precificação do perda do controle acionário tenha sido levado em conta. venderam as ações como se fosse simplesmente um lançamento de ações no mercado, sem levar em conta que a quantidade modificava o controle acionário.
    Vamos observando um padrão onde todas as privatizações, feitas através de venda de açoes estão na mão do mesmo grupo. E com relação a isto os nossos procuradores do MP, fecham os olhos , os ouvidos e a boca, a não ser que seja para ganhar com palestras.

  7. Para os bancos a fachada é tudo…
    atualmente as melhores ou as que mais atraem são STF e MPF

    bandidos da ralé eles compram; os de reputação de fachada eles contratam para palestras

  8. Enquanto a esquerda não criar uma frente democrática em defesa da soberania nacional esses crápulas vão continuar a vender o Brasil a preço de banana podre. Certo é que esse compradores espertos deveriam ser avisados desde já que tudo será anulado no futuro, com o pagamento dos preços pagos em cem anos ! …
    Nesse caso, pensariam bem antes de se aventurarem nesses negócios escusos ! …

  9. Sinceramente tem dias que não quero vê nem noticias estou adoecendo de tanta nojeira. O Brasil no fundo do poço com um louco a frente.

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome