Barroso pede para Rosa Weber decidir quem será relator de ações contra Lula

Foto: Divulgação/TSE

Jornal GGN – Após o PT contestar a distribuição de ações envolvendo a candidatura de Lula para mais de um relator, o ministro Luis Roberto Barroso, que havia sido foi sorteado para julgar apenas o pedido de registro da candidatura, solicitou à presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Rosa Weber, um desfecho para a situação.
 
O partido quer unificar as ações espalhadas entre Barroso e o ministro Admar Gonzaga, que foi sorteado como relator de ao menos 4 processos para impugnar a candidatura de Lula. A informação é do UOL desta quinta (16).
 
Na quarta-feira (15), Kim Kataguiri (DEM-SP) e Alexandre Frota (PSL-SP), ambos candidatos a deputado federal, entraram com duas ações separadas para tentar derrubar a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa. O portal registrou que, até as 10h de hoje, mais mais dois pedidos assinados por advogados diferentes foram protocolados no TSE.
 
Além destas ações, a Procuradora-Geral da República também se moveu contra Lula. Apenas esse pedido está dentro do processo que está com Barroso.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Lewandowski disseca o lawfare da PGR contra Renan, por Luis Nassif

5 comentários

  1. Espero, sinceramente….

    Que Madame Weber decida sem esquecer do “Principio(meio e fim…) da colegialidade”……importantissimo….

  2. Os tribunais estão

    Os tribunais estão desmoralizados. O povo deve ir se colocando na vanguarda de uma nova era. Só a participação popular e cidadã pode fazer nosso país voltar a ser um país de oportunidades para todos. Nossos tribunais estão escrevendo suas páginas mais tristes de nossa história.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome