Deputado que fez pirotecnia no impeachment de Dilma é cassado

Jornal GGN – O deputado federal Wladimir Costa (SD), que ganhou os holofotes da mídia após fazer pirotecnia na Câmara, comemorando o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), teve decisão desfavorável no Tribunal Regional Eleitoral, em função de irregularidades na prestação de contas da eleição de 2014. Segundo informações da TVRBA, o Diário Oficial do Tribunal deve publicar a sentença contra Costa na segunda (11). Ele pode recorrer da decisão.

Da TVRBA

Wladimir Costa tem mandato cassado

Na manhã desta sexta-feira (08), em decisão unânime, a Corte Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA) cassou o mandato do deputado federal Wladimir Costa (Solidariedade).

De acordo com uma fonte do TRE ouvida com exclusividade pelo DOL, a decisão será divulgada somente na tarde desta sexta, mas já está confirmada.

Entre as irregularidades que causaram a decisão estão o recebimento de recursos financeiros para campanha, oriundos de fontes não declaradas bem como a omissão na declaração de montante que chega a R$410.800. A relatora da representação foi a Juíza Federal Lucyana Daibes Pereira.

O processo foi aberto após o Ministério Público Eleitoral entrar com representação referente aos gastos da campanha eleitoral de 2014. A expectativa é que a decisão seja publicada na segunda-feira (11) no Diário de Justiça Eleitoral. Ainda cabe recurso contra a cassação.

Wlad ficou conhecido nacionalmente nos últimos meses após a pirotecnia durante a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Outras acusações

Desde 2010, o Supremo Tribunal federal (STF) investiga a contratação de funcionários fantasmas para o gabinete parlamentar do deputado Wladimir Costa.

Durante dois anos (de fevereiro de 2003 a março de 2005) a Câmara dos Deputados depositou altos valores em salários, vales refeição, férias, entre outros ganhos, nas contas da Caixa Econômica Federal para 3 funcionários. Esses “laranjas” eram obrigados a ir ao caixa do banco sacar o dinheiro e entregar toda a quantia nas mãos do irmão de Wladimir, Wlaudecir, que então depositava o dinheiro na conta do deputado. O valor total desviado por Wladimir e seu irmão pode ser superior a R$ 210 mil, em 2 anos.

Leia também:  Olavistas, generais e golpistas, por Aldo Fornazieri

Bens bloqueados

Em janeiro, o juiz Deomar Alexandre de Pinho Barroso, da 1ª Vara Cível e Empresarial de Barcarena, determinou o bloqueio de bens do deputado. Ele também ordenou a quebra dos sigilos fiscal, bancário e telefônico do assessor direto do deputado, Ildefonso Augusto Lima Paes, e do servidor da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Emersom Gleyber Leal de Souza, entre outras pessoas.

Eles são acusados de participar de um esquema de desvio de recursos públicos a partir de um convênio fechado entre uma ONG do deputado e a Seel. A secretaria é controlada politicamente por Wladimir, que integra a base de apoio parlamentar ao governador Simão Jatene (PSDB). Na mesma liminar, o magistrado determinou o bloqueio e indisponibilidade dos bens dos envolvidos. Emerson e Ildefonso também foram afastados de suas funções públicas, para não prejudicar as investigações.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

17 comentários

    • Muito bom

      O deputado Silvio Costa, mais uma vez, falando em alta voz o que tudo mundo sabe, que todo mundo sabe sobre a Câmara, Eduardo Cunha, Michel Temer e seu governo.

  1. “Ele pode recorrer da

    “Ele pode recorrer da decisão”:

    Essa “cassacao” eh cassacao de mentira ou cassacao de merda mesmo?

    Eh mais cassacao, menos cassacao, ou cassacao igual a de Cunha?

    • Menos, Ivan

      Além de caber recurso ainda (pro TSE e pro STF), fica na mão do Judiciário, o poder mais parcial da República…

  2. É a cara do golpe

    Se o golpe tem cara, essa é a cara do golpe. 54 milhões de votos jogados no lixo por tipos assim entre outros.

    • 54 milhões de votos de
      54 milhões de votos de pessoas enganadas pela ilusão de estabilidade criada pelas pedaladas, você quer dizer.

  3. Menos um palhaço na Câmara

    Este palhaço arruaceiro nunca fez nada de relevante na Câmara. Era radialista, dono de conjunto musical e de um trio elétrico em Belém, o programa de rádio dele era daqueles típicos sensacionalistas, cheio de gritos e expressões indignadas contra tudo e todos, e aí com a popularidade que tinha se elegeu prometendo lutar “pelo povão”. Tremendo embusteiro, sempre foi pau-mandado do Jader Barbalho. Em suma, não vale o que o gato enterra…

  4. Daqueles 367 golpistas, mais da metade cometeu crimes.

    Prezados,

     

    Se a justiça eleitoral, a polícia federal e o MP (seja o eleitoral seja o MPF) investigarem para valer aquels 367 picaretas e golpistas que deram aquele vexame em 17 de abril, mais da metade merece perder o mandato e ser condenados não só a devolver ao erário público o que subtraíram, mas também serem privados de liberdade.

  5. Adorei!! Menos um oportunista na Câmara

    Eu vi a sessão final da cassação do Cunha no Conselho de Ética e vi a agressividade de sua oratória desonesta contra o PT durante os debates. Pensei com os meus botões: “esse vai votar a favor do Cunha”. Na hora da votação, depois do voto da Tia Eron (que nome ridículo), esse oportunista do Wladimir Costa vai e vota pela cassação. Aliás, também não entendi o regozijo do deputado que estava ao lado da Tia Eron  o tal do Júlio Delgado, que em reunião anterior tinha proposto um afastamento de 3 meses para Cunha (quando ele já estava afastado indefinidamente pelo STF com o voto da Tia Eron. Bando de hipócritas!

  6. Pois é,

    mais um bandido golpista golpista que cai. Do jeito que a coisa vai a coxinhada paneleira vai ficar sem ídolo antes do fim do golpe!

  7. Para ser político no Brasil

    Para ser político no Brasil não pode saber trabalhar, administrar e gerir bens e atividades próprias, ser honesto e íntegro, ser verdadeiros e não hipócrita, ser virtuosos e altruísta, não ser enganador e picareta…porque as pessoas não votam em sua maciça maioria em pessoas dotadas e honradas convictos de que será perseguido, tripuado, ameaçado até com sua família, desonrado, denegrido em sua reputação. E também raramente trabalhador, honestos, criativo, administrador, cognitivo sujeita-se a misturar-se a vagabundos, como é constantemente afirmado. Isto nacionalmente.

    Disso deduz-se e é mostrado que todos os poderes são desviruados e corruptos em consequência da cabeça política conduzir e nomear em todas as esferas e como todo vagabundo tem preço e falta razão os espertos e vagabundos que dominam o espaço econômico e o país com seus cartéis e lobbies são até esperados para o capachismo negociado.

    O proejto de lei para primeiro para a regulamentação dos lobbies como em qualquer país sério do mundo sofre regulamentação desde 1989 ficou engavetado no plenário da Câmara enquanto existia papeis para as traças comer e ninguém tocou nele entre trantos governos e parlamentares sucessivos. contra a ética política, né!

    Nisso tudo milhões como maioria mamam juntos, direta e indiretamente, inclusive a mídia e profissionais diversos das comunicações, vivendo de bonanças e sombra sem risco algum e enriquecendo com imunidade. No entanto seria absurdo sonhar em mudanças para ter que trabalhar e ter habilidades próprias além da retórica e do bom discurso, salvo com uma nova intervenção constitucional para dar mais uma nova acomodada de uns 20 anos e estimular a produção e a industrialização como foi feito no Regime Militar para depois brincarem novamente de estadistas e quebrar tudo de novo esperando uma nova intervenção.   

  8. Políticos

    continuaçã..

     

    Mo entanto seria absurdo sonhar ter mudança e trabalhar com riscos e habilidades próprias inexistentes, além da retórica e o bom discurso, salvo com uma nova intervenção constitucional militar novamente que venha construir de novo produção e parque industrial e trabalho por outros 20 anos e devolver novamente para brincarem de novo de estadistas quebrando tudo e todos os que trabalham verdadeiramente esperando nova intervenção para refazer e voltar a brincar de novo.

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome