Justiça nega acusação contra aloprados do PT

Montante do dinheiro apreendido com o grupo, em 2006
 
Jornal GGN – Depois de quase nove anos, a Justiça Federal rejeitou a acusação contra os aloprados do PT. A juíza Faviana Alves Rodrigues considerou que não há sustentação a denúncia de crimes do colarinho branco, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha dos petistas Gedimar Pereira Passos, Valdebran Carlos Padilha da Silva, Expedito Afonso Veloso, Osvaldo Martinez Bargas e Hamilton Lacerda.
 
Em 2006, foram flagrados com R$ 1,7 milhão em dinheiro vivo, em um hotel na zona Sul de São Paulo, que seria usado para a compra de um dossiê contra José Serra (PSDB), atribuindo a ele ligação com o esquema de desvios na venda de ambulâncias superfaturadas para prefeituras, que ficou conhecido como a Máfia dos Sanguessugas. 
 
Na época, o adversário de Serra era Aloisio Mercadante, ministro chefe da Casa Civil de Dilma. Também investigado, a PGR concluiu que Mercadante não teve nenhum envolvimento no caso.
 
Com a propagação do escândalo, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a denominar o grupo de “bando de aloprados”. O nome pegou, e passou a identificar aqueles petistas.
 
Sendo denunciados por crime contra o sistema financeiro, agora a Justiça Federal livrou-os da condenação, e decretou “atipicidade das condutas” dos crimes de quadrilha e lavagem de dinheiro para outros quatro: Jorge Lorenzetti, Fernando Manoel Ribas Soares, Sirley da Silva Chaves e Levy Luiz da Silva Filho.
 
Ainda assim, o dinheiro encontrado continuará confiscado pela denúncia apontar que o montante foi adquirido por meio de contratos de câmbio fraudulentos. 
 
Em nota, a assessoria de comunicação da Casa Civil informou ao blog de Fausto Macedo, no Estadão, que Mercadante “foi inocentado pelos rigorosos procuradores da República Antonio Fernando de Souza e Roberto Gurgel” e pelos “11 ministros do Supremo Tribunal Federal”, por unanimidade.
 
Com informações do Blog de Fausto Macedo.
 

38 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Luís Henrique Donadio

- 2015-03-12 16:37:14

Não é crime, mas digamos que

Não é crime, mas digamos que é uma atitude suspeita, que indica a vontade de fazer negócios não declarados.

Por isso a investigação.

Mas se nada foi provado contra os detentores do dinheiro, então não há crime.

Já falsificar dossiê e vender dossiê falso é crime.

Tudo indica que os compradores foram denunciados pelos vendedores, isto é, que se tratou de uma armadilha; a suposta venda foi montada para que os compradores fossem flagrados com uma grande quantidade de dinheiro em espécie.

Quanto ao conteúdo do documento, ninguém sabe, ninguém viu, portanto não há como saber se era falso ou verdadeiro. Se foi uma armação, o mais provável é que fosse falso - afinal haveria sempre o risco de os compradores conseguirem escapar da polícia, e aí seria bem mais conveniente que o documento não contivesse acusações verdadeiras. Mas certeza mesmo ninguém tem.

Trunfim

- 2015-03-12 15:42:34

INVESTIGAÇÃO QUE NÃO EXISTE CONTRA TUCANO

O dossiê  não era falso, não!!!!.  A máfia dos sanguessugas começou quando o Ministro da Saúde era José Serra.

Mas a maior sacanagem, a maior canalhice foi a rasteria que FHC deu no Ministro Adibe Jatene. Depois de aprovado o imposto CPMF pelo Congresso (Dr. Adib lutou por isso e conseguiu), quando o dinheiro ia para as mãos dignas e horadas do grande Médico deram-lhe uma rasteira, colocaram um outro e depois de pouco tempo colocram Zé Cerra. Depois veio a máfia dos sanguessugas, cortes no combate a dengue (só falo das coisas ruins, pra falar bem e esconder os podres dos Tucanos e amigos/aliados já tem a TV GLOBO e toda a grande imprensa.

DO PORTAL  VERMELHO: http://www.vermelho.org.br/noticia/222325-1

Será que estão investigando?.  Foi arquivado?. que m. virou.

Brasil

26 de agosto de 2013 - 16h05


Conta bancária na Suíça reunia a propina dos tucanos no Brasil

Uma conta bancária aberta no paraíso fiscal da Suíça, sob o codinome “Marília”, foi usada para movimentar as propinas que facilitaram os negócios da Siemens e da Alstom com governos do PSDB, em São Paulo. Por ela, transitaram cerca de R$ 64 milhões em propinas e os recursos foram gerenciados por homens da cozinha dos governos de Mario Covas, em São Paulo, e até do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Este é o tema de uma reportagem explosiva da revista semanal Istoé.

Luís Henrique Donadio

- 2015-03-12 00:40:50

É claro que eles foram

É claro que eles foram "aloprados". Caíram como patinhos numa armadilha primária. A justiça decidiu que eles não são culpados. Não que eles não são otários. Já os vigaristas, para citar a presidente da república, continuam "todos soltos".

Gilson.Raslan

- 2015-03-11 17:25:54

parto com dor, a do mentirão

parto com dor, a do mentirão só será desmontada, quando os advogados ingressaram com a ação de revisão criminal. Todavia, parece-me que os advogados estão fazendo corpo-mole para não desagradar os ministros justiceiros.

EJ

- 2015-03-11 13:27:07

Dúvida

Sempre me perguntei e peço ajuda dos entendidos no assunto, aqui no blog. É crime estar de posse de dinheiro em espécie, mesmo em grande quantidade (sei que é crime tentar sair com ele do país, sem declará-lo)? Quem disse à PF que os ditos "aloprados" estavam de posse de tal grana, prontos a comprar o citado dossiê? O que a PF tinha a ver com isso? Foi ou não foi uma armação, manobra diversionária para evitar que o público soubesse do conteúdo do dossiê? Tal documento era verdadeiro? Que fim levou a investigação do que de fato interessa?

janes salete

- 2015-03-11 13:20:47

Já o helicoptero com 500 kg

Já o helicoptero com 500 kg de cocaina com seu dono, senador amigo do playboy aócio, cadê? Alguém viu? Sumiu como passe de mágica da corrupta imprensa, e seus seguidores teleguiados nem sabem disso e sem capaciade de pensar, só engolem o que a corrupta imprensa, sempre golpista com governos populares(getúlio, jão goulart, brizola, Lula e, agora, Dilma). gospem em seus limitado cérebros.O analfa políico nem percebe isso, que a imprensa sempre está aliada com USA para a AL continuar dependente e tendo suas riquezas roubadas pelos que pagam a imprensa para trair o BRASIL e seu povo. Aliás, a imprensa antipaís educou bem seus teleguiados, eles odeiam o próprio país como a mídia odeia o Brasil democrático. Nasceram com os golpes, participaram dos golpes, ajudaram a amtar muitos jovens universitários e de esquerda que lutavam pela democracia.. Analfabetismo político sempre foi antidemocratico.

Luís Henrique Donadio

- 2015-03-11 12:17:33

Não é ilegal ter dinheiro em

Não é ilegal ter dinheiro em espécie. Não é ilegal carregar dinheiro em espécie.

É ilegal comprar dossiês?

Se for, então vender dossiês também é; onde está o processo contra os vendedores? Onde está o escândalo a respeito dos vendedores?

Mas se for, então qual é o artigo do Código Penal, ou da legislação extravagante, que proíbe?

O dossiê é falso? Muito provável, mas nesse caso, quem o falsificou, os compradores ou os vendedores? De novo, onde está o processo contra os vendedores? Onde está o escândalo a respeito dos vendedores, que agora não são mais apenas vendedores de dossiês, mas também falsários?]

Por que diabos os inocentes têm de ser punidos, enquanto os obviamente culpados (no mínimo, segundo você mesmo, de falsificação de documentos) não devem sequer ser investigados?

E ainda vem aqui dar uma de Catão, ó defensor do crime?

Luís Henrique Donadio

- 2015-03-11 10:26:29

Te interessa?

Te interessa?

Luís Henrique Donadio

- 2015-03-11 10:24:06

Corre o boato de que o

Corre o boato de que o conteúdo do dossiê é igual ao conteúdo do livro "Privataria Tucana".

parto com dor

- 2015-03-11 03:07:23

várias acusações contra o pt

várias acusações contra o pt foram desmontadas rapidamente.

essa demorou nove anos.

a do mentirão demorará quanto tempo para a justiça reavaliar

e a grande mídia admitir que houve uma falácia barbossaáurica  retumbante?

will

- 2015-03-11 01:47:13

O que me chama a atenção e

O que me chama a atenção e que a máfia dos sanguessugas não deu nada!

Cortina de fumaça  escapada espetacular, rentável , e admirável para todos os paladinos da ética e moral tucanos.

caras de pau

JucaBolado

- 2015-03-11 01:37:24

Piada?

Isso êh uma piada? Os caras não cometeram crimes nenhum.. São inocentes, porém a grana vai ficar retida.... Só no Brasil a gente vê essas coisas....

M.C

- 2015-03-11 01:23:26

A grana continua sem origem,

A grana continua sem origem, envolvidos tesoureiros do PT.

R$ 1.700.000 em notas!

E tem nego dizendo que a reputação dos acusados foi enxovalhada injustamente!

Vamos entender:

Havia um dossiê, declarado falso.

Havia 2 petistas de posse de 1.700.000 num hotel, conforme os vendedores do dossiê declararam.

Tudo coincidência, pois nada foi provado, os malandros chutaram que os compradores petistas  estavam no hotel e,  por coincidência,  2 petistas inocentes estavam no local e data por puro azar.

Ninguêm se apresenta como dono da grana, que continua confiscada.

Também, se eu perder 1.700.000 injustamente, nem me dou ao trabalho de reclamar. Dinheiro de pinga!

Panelaço por que?

M.C

- 2015-03-11 01:22:16

Não, eu entendi que havia 2

Não, eu entendi que havia 2 petistas com 1.700.000 sem origem e um dossiê, que seria vendido, coincidentemente, por esse valor conforme os próprios vendedores, que encaminharam a PF ao local.

Trunfim

- 2015-03-11 01:16:42

Delegados da PF

Delegado da Polícia Federal combinou com TV GLOGO para arrumar o dinheiro e assim dar mais impacto.

Aconteceu em outro caso.

Delegados em vez de investigar fazem campanha política.

Messias Franca de Macedo

- 2015-03-11 00:24:54

  [O outro lado da *notícia

 

[O outro lado da *notícia acima!

*Justiça nega acusação contra aloprados do PT]

A OPERAÇÃO ‘LIMPA [OS TUCANOS] A JATO’
COMANDADA (sic)
PELO OPERADOR(!
‘RODRIGO MORO GURGEL’
O TAL JANOT!

(Ué, a manchete que rimou! Risos)

O denunciado [Antônio] Anastasia “do [Aécio] ‘Never'” será inocentado galhardamente no STF!
Muito menos em função da “suprema” proteção ‘tucânica’ dos(as) “supremos(as)" aos DEMoTucanos!
E sim, muito mais porque – em sendo o único [leitor(a), pasme, o único(!)] Tucano da ‘Lista do Janot’ – O Tucano Anastasia irá pairá garbosamente sobre a ausência da ‘conexão’ que legitima (sic) o tal do ‘domínio do fato’!…

E, aí, o PIG reverberará os políticos do PSDB:
“‘Cês’ viram? O nosso (idem sic) Anastasia está limpinho!”
Que nem fralda enxuta de bebê no transcurso da madrugada insone! [Adendo do matuto!]

Ah esses procuradores da [eterna] Casa Grande: deveriam “procurar” algo mais, digamos, inusitado!
Essa previsibilidade cansa os ‘nossozovos’!…

Durma, em paz, ‘Anasta’, para os íntimos(!)…

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

NNN

- 2015-03-11 00:12:29

Ah bom!

O nome Jorge Lorenzetti não me é estranho...

José Robson

- 2015-03-10 23:34:12

M.C.,

A própria juíza afirma em sua decisão que o MP não apontou exatamente como teriam sido levados a efeito os contratos de câmbio, como também não provou o envolvimento de algum petista na realização desses contratos.

Confira:

"O órgão acusador (Procuradoria) não indica outro tipo de prova que aponte que os contratos de câmbio fraudulentos foram celebrados com participação de alguém ligado ao Partido dos Trabalhadores e, caso isso tenha ocorrido, tampouco justifica porque a determinação pela prática dos delitos tenha partido de Jorge Lorenzetti e não de qualquer outra pessoa, como Paulo Frateschi e Antonio dos Santos, respectivamente presidente e tesoureiro do Diretório Estadual do PT, ou José Giácomo Baccarin, coordenador financeiro da campanha de Aloísio Mercadante, lembrando que as tratativas relacionadas à aquisição do ‘dossiê’ são atos atípicos, como reconhece o próprio Ministério Público Federal.”

dirval

- 2015-03-10 23:27:37

Nove anos depois, com as

Nove anos depois, com as reputações plenamente assassinadas pelo esquema J.Serra/PIG, terão direito a indenização por danos morais? Ou simplesmente a (in)justiça vai dizer que se conformem, que não foi nada... E o PT, como sempre vai ficar calado, esperando a próxima ação do Serra/PIG?

Ozzy

- 2015-03-10 23:10:07

Legal

E afinal, pq os caras estavam com a grana? E de onde ela veio? Venda de rifa pra ajudar a paróquia local?

Alan Souza

- 2015-03-10 22:14:38

Parece?

Gilson, não parece: é isso mesmo!

JB Costa

- 2015-03-10 22:14:24

Respondeu com uma estrelinha.

Respondeu com uma estrelinha. Portanto CQD: não entendeu p. nenhuma.

anarquista sério

- 2015-03-10 22:00:57

Se eu fosse o Mercadante ,

Se eu fosse o Mercadante , meteria um processo por recuperação de imagem.

       Contra quem? Contra o Lula que os chamoude aloprados.

           Tá provado que não foram aloprados.

               Processa o Lula.Mecadante , o '''renunciante líder do senado ''IRREVERSSÍVEL'' e que voltou dois dias depois;

                     BUNDÃO!!!!!!!

anarquista sério

- 2015-03-10 21:56:19

E cante o bendito. PORQUE o

E cante o bendito. PORQUE o PT cometeu MAIS um delito grave e ainda foi inocentado.

  Vc queria que essa saqfadeza petista fosse inocentada no dia seguinte,mesmo Lula chamando-os de aloprados?

        Tenha dó,né.

JB Costa

- 2015-03-10 21:53:25

Campeão, Tu ao menos

Campeão,

Tu ao menos entendeste o que quis dizer o despacho?

JB Costa

- 2015-03-10 21:52:21

Quanta celeridade! Tal qual

Quanta celeridade! Tal qual uma tartaruga entupida de Rivotril.

Gilson AS

- 2015-03-10 21:34:17

Agora que a imagem do partido

Agora que a imagem do partido foi para casa ...

Parece que o judiciário e o PIG fazem parceria para  f.. o PT.

 

De Paula

- 2015-03-10 21:33:21

E aí? E o conteudo do dossiê?

E aí? E o conteudo do dossiê?

De Paula

- 2015-03-10 21:33:19

E aí? E o conteudo do dossiê?

E aí? E o conteudo do dossiê?

Luís Henrique Donadio

- 2015-03-10 21:06:42

"a denúncia diz que foi

"a denúncia diz que foi adquirido por meio de contratos fraudulentos de câmbio"

A denúncia, não a senteça.

peregrino

- 2015-03-10 20:59:33

seguem à risca a cartilha dos bicheiros...

"vale o que está escrito"

e quem escreve por eles?

é por isso que acredito que interação sempre dá certo pelo seguinte:

se alguém roubar uma flor num campo com mil flores, ninguém notará

Ricardo B.

- 2015-03-10 20:58:31

O que nunca foi devidamente investigado (e nem será)

http://www.istoe.com.br/reportagens/4692_O+MISTERIOSO+ABEL+

anarquista sério

- 2015-03-10 20:47:18

É inacreditável.   Então,

É inacreditável.

  Então, pelo menos, se devolva a quem de direito.

         Não foi o PT?Ótimo.

         Fui eu,

         Então dá o dinheiro pra mim ( corrigido) que seguro a bronca.

           E ESCREVO SÉRIO.

M.C

- 2015-03-10 20:21:57

O dinheiro continuará

O dinheiro continuará confiscado, pois a denúncia diz que foi adquirido por meio de contratos fraudulentos de câmbio.

Sem dúvida, bem o estilo petista de inocentado!

 

Paulo Figueira

- 2015-03-10 20:02:03

Mais um factóide de campanha

Mais um factóide de campanha promovido pela mídia que pasmem depois de nove anos todos são absolvidos.

Todas a campanhas eleitorais desde 1989, exceto as de 1194 e 1998, onde não havia a possibilidade da direita perder,  tem um factóide na véspera da eleição para tentar dar o golpe e derrotar o PT.

O estrago está feito, quem vai reparar?

Ivan de Union

- 2015-03-10 19:40:43

"Sendo denunciados por crime

"Sendo denunciados por crime contra o sistema financeiro, agora a Justiça Federal livrou-os da condenação":

Uma "denuncia" inepta!!!  Dificil eh acreditar que jogar no lixo levou 9 anos!

Maria Luisa

- 2015-03-10 19:38:43

A fabrica de dossiês de JS

E José Serra, hein ? Esse ai não ha nada que abala. Ele, Alckmin, FHC, Aécio, podem colocar o Pais ladeira abaixo, que o MP, a PF e o Judiciario dirão que não ha nada a investigar sobre eles. 

JOACIL DA SILVA CAMBUIM

- 2015-03-10 19:29:24

Esse foi mais um caso em que

Esse foi mais um caso em que a grande mídia focou no dinheiro que seria utilizado na compra do dossiê, mas ignorou totalmente a necessidade de se investigar os fatos aos quais recaiam as suspeitas sobre José Serra. Como se alguém utilizasse um montante daquele para comprar um dossiê sem nenhuma consistância. Nenhuma surpresa, já que a velha imprensa foi, é e sempre assim.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador