O dia em que Janot assumiu a postura de Procurador Geral

Tenho criticado insistentemente o Procurador Geral da República Rodrigo Janot, não devido a informações negativas sobre ele, mas às positivas. Jamais cobraria atitudes republicanas de Eduardo Cunha, José Serra ou Fernando Henrique Cardoso.

Sobre Janot sempre ouvi afirmações elogiosas quanto ao seu espírito público, de Procuradores ou de Ministros da Suprema Corte.

Mas, no turbilhão da Lava Jato, não consegui vislumbrar as virtudes mencionadas. Janot definiu a estratégia da Lava Jato e comandou as diversas etapas, sempre tendo em mente a luta contra o ogro, a aliança invencível das grandes corporações com o mundo político. Contra o ogro valia tudo, especialmente o uso incessante da mídia, a conclamação às massas, o uso abusivo das informações.

Gradativamente vimos outro monstro tomando forma, o sentimento de ódio que se disseminou pela sociedade, a onipotência salvacionista de procuradores se comportando como turba, indo a manifestações, brigando nas redes sociais como se não fossem autoridades investidas de prerrogativas constitucionais.

O jogo foi virando. O MPF deixou de ser o lado fraco da luta contra a corrupção, para se transformar no poder absoluto, arrogante, impiedoso, amparado no clamor das turbas, o espírito de linchamento contra o qual o Direito erigiu uma construção lenta, penosa, que permitiu gradativamente à civilização se impor sobre a barbárie. E o Janot do qual me falavam não aparecia.

Hoje, finalmente, Janot se fez presente.

Em um comunicado ao seu exército, com o título “União e Serenidade”, pela primeira vez viu-se de forma explícita o exercício da responsabilidade institucional sendo praticado por quem comanda um dos poderes de fato da República:

Leia também:  Caso Marcelo Dantas: o dia em que o terror da Lava Jato dobrou o Supremo, por Luis Nassif

“Não podemos permitir que as paixões das ruas encontrem guarida entre as nossas hostes. Somos Ministério Público. A sociedade favoreceu-nos, na Constituição, com as prerrogativas necessárias para nos mantermos alheios aos interesses da política partidária e até para a defendermos de seus desatinos em certas ocasiões. Se não compreendermos isso, estaremos não só insuflando os sentimentos desordenados que fermentam as paixões do povo, como também traindo a nossa missão e a nossa própria essência”.

Disse mais. Que os procuradores evitassem o personalismo e o messianismo e que a Lava Jato é importante e necessária, “mas não pode ser vista como solução dos problemas do Brasil”.

“Conclamo todos os membros do Ministério Público ao cumprimento dos seus deveres para com o país. Devemos dar combate incessante às corrupção, seja onde for e doa a quem doer, mas há de ser preservar sempre as instituições. A Lava Jato certamente não salvará o Brasil, até porque se tivéssemos essa pretensão, já teríamos falhado antes mesmo de começar”.

Finalmente, pede a paz geral, humildade e sabedoria, lembrando os grandes estadistas da história da humanidade, Abraham Lincoln, Nelson Mandela e Winston Churcill. Segundo ele, “os três enfrentaram divisões, radicalizações e combates sangrentos, mas apostaram na pacificação da sociedade e hoje servem de parâmetros no processo civilizatório”.

Diz Janot que Lincoln, “como grande estadista, sabia que, por mais justa que fosse a sua causa, vencer a guerra a qualquer custo não seria alternativa válida. O país, após o conflito, deveria sobreviver ou não haveria verdadeira vitória”.

Leia também:  Em marcha, o desmonte do Bolsa Família, Abono-Salarial e mais 2 programas sociais

Terminou lembrando Mandela, que mesmo “brutalmente injustiçado decidiu seguir por um caminho que não levasse seu país a se desintegrar em uma luta fratricida e de consequências imprevisíveis”.

E, finalmente, finalmente, finalmente, lembrou que a instituição fica e as pessoas passam. “Desejo que, unidos no cumprimento do próprio dever, tenhamos, nas nossas mentes e nossos corações, a ideia firme de que se o Ministério Público brasileiro durar mil anos, os homens possam dizer de nós: Este foi o seu melhor momento”.

Se conseguirá colocar o saci de volta na garrafa, o tempo dirá. Nos próximos dias se verá até onde se pode apostar no republicanismo de Janot. 

Torço para que o Ministério Público Federal volte a ter a responsabilidade e a grandeza que permitiram legitimar as prerrogativas que receberam daqueles que conseguiram derrotar a ditadura.

E torcendo para que o Brasil se reencontre com o Brasil, nossa melhor sintese:

https://www.youtube.com/watch?v=h_LpOF_WHFE

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

228 comentários

  1. Mera conversa, Nassif… Como

    Mera conversa, Nassif… Como pessoas realmente sábias disseram uma vez, uma pessoa se conhece pelos seus atos, não pelas suas palavras.

  2. E ……………….

    Bom, ainda está em  tempo de alguém colocar juízo na cabeça dos auto-intulados “Salvadores da Pátria””

    Por conta de messianismo, a história nos mostra muito bem de como isto acaba.

    Assim, se querem realmente colocar um freio nesta republiqueta de Paraná, antes tarde do que nunca, pois o Brasil está parado por conta desta luta pela tomada do poder.

    Se não conseguiram  nas urnas, praticarem o golpe, e se realmente acontecer, podem estar certo que correrá sangue no chão desta Pátria.

    Não se trata de defe nder A ou B, mas simplesmente lutar pela legalidade e a democracia !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 

     

  3. Seguindo o Script

    Diante de tantos abusos e ilicitudes, inclusive com a complacência dele, parece-me mais um jogo de cena, tentando se limpar da lambança de sua turma. Mas não deixa de ser positivo, ainda que tardio.

  4. Nada

    Alguns diram que são palavras ao vento.

    Outros, que ele jogou perolas aos porcos.

    E mais simples, entrou por um ouvido e saiu pelo outro.

    Agora, depois de tanto tempo ele aparece e quer tomar as redias da situação, acho que ele chegou tarde demais, as ações dos procuradores ja tomaram vida propria e não vão parar apenas porque o chefe mandou, lançando palavras bonitas para todos.

    E mais, se começar a fazer isto, se mostrar flexivel e não apoiar o “combate a corrupção”, corre o risco de ser atacado pelos subalternos. Como tem acontecido com o novo Ministro da Justiça.

  5. Gostaria muito de reconhecer

    Gostaria muito de reconhecer no PGR as virtudes de um republicano mas os fatos desdizem a minha intenção, Janot sempre agiu nas sombras, blindou notórios corruptos que já assumem cargos num hipotético governo ilegítimo, fez dobradinha com o câncer da democracia brasileira que é a rede globo, permitiu a divulgação do grampo ilegal de conversas da presidência da república.

    O comportamento de Janot não foi ético, não foi correto com quem deu status ao MPF que ele nunca teve ao nomear o primeiro colocado nas eleições, agiu como desestabilizador político para buscar o seu fim, Janot com sua conduta ajudou a criar o golpismo em que nos metemos, não vejo nesse senhor nada que o abone.   

  6. Isso tudo ele tinha que ter

    Isso tudo ele tinha que ter dito bem antes que a situação chegasse ao ponto em que está agora. Me aprece mero joguinho pra livrar a imagem.

  7. Clap, clap, clap, Nassif.
    Clap, clap, clap, Nassif.

    Clap, clap, clap, Janot.

    O Brasil pode sair muito mais forte dessa crise.

    Cabe às nossas instituições democráticas demonstrarem para o mundo que não somos mais uma”República das bananas”.

    Nossos juízes, procuradores, nossa academia, devem se fazer reconhecidos pela sua robustez de conhecimentos, competência, seriedade e responsabilidades democráticas.

  8. Obrigada, Luis Nassif.

    Gostaria, aqui, de agradecer ao Jornalista Luis Nassif pelas brilhantes análises políticas feitas nesse momento tão difícil por que estamos todos passando em nosso país. Saiba que suas análises aclararam nosso horizonte e nos ajudam  a diminuir a ansiedade e a tristeza. Independente do desfecho dessa crise, sua atuação jornalística tem sido primordial para manter nosso espírito mais equilibrado e nossos olhos mais atentos e abertos. Muito obrigada, Luis Nassif, por fazer a diferença nesse momento tão conturbado.

    •  
      Lara Santa Cruz Pinheiro,

       

      Lara Santa Cruz Pinheiro, concordo integralmente com seu comentário. Parabéns.

      Orlando

    • Faço minhas as suas palavras,

      Faço minhas as suas palavras, obrigado! Em apenas uma vida viver 1954, 1964 e 2016 é horrível e degradante. Mais uma vez, obrigado Luis Nassif!

    • Relmente Luís Nassif é o que

      Relmente Luís Nassif é o que há de melhor no jornalismo brasileiro. Já disse isso muitas vezes. É um alento para todos nós. 

    • Concordo plenamente

      Lara!

      Faz umas 2hs que respondi seu comentário, via celular, e estranho que não esteja aqui, mas eu disse que concordo plenamente com sua avaliação sobre o papel do Jornalismo ímpar que o Luís Nassif vem desempenhando neste momento encardido da vida nacional.

      Sem dúvida, é impressionante a sua capacidade de percepção e exposição dos fatos mais diversos e complexos da forma como faz, o que nos tem servido de verdadeiro bálsamo.

    • Concordo plenamente com Lara

      Concordo plenamente com Lara Santa Cruz Pinheiro. Parabenizo e agradeço a Luis Nassif pelos textos lúcidos que disponibiliza aos leitoree.

    • Concordo plenamente com Lara

      Concordo plenamente com Lara Santa Cruz Pinheiro. Parabenizo e agradeço a Luis Nassif pelos textos lúcidos que disponibiliza aos leitoree.

    • as providências do Janot

      “Antes tarde do nunca” é um adágio bastante conhecido, porém, nesse epísódio foi tardia a “providência” e o “ditado” não vale. Essa postura ele teria que ter tomado desde o momento em que assumiu a tão imporante missão do defensor mor da lei.

       

  9. Desculpe, mas a esta altura

    Desculpe, mas a esta altura do campeonato, depois de tudo que já aconteceu, sem nenhuma censura anterior a seus liderados, isso soa como conversa fiada, tanto quanto conversa fiada é o tom elevado do ex Ministro da Justiça, hoje AGU. Estão apenas tentando, cada um a seu lado, desvincular suas imagens em relação ao golpe que está em andamento.

  10. A esta altura faz um mea
    A esta altura faz um mea culpa e quer sair de conciliador. E a lista de FURNAS, Eduardo Cunha, Aécio, Cássio, Agripino, … Quanta falsidade.

    • Concordo com você

      Concordo com o colega..

      É muito pouco pelo tamanho da desgraça que provocou. 

      Onde estão CUNHA, AÉCIO, RENAN e o restante da turma? Salvo-conduto geral e irrestrito para essa turma.

      O dano que Janot permitiu o país chegar é irreversível, pelo menos agora. O monstro não volta mais para a caverna. 

      Só uma tragédia vai abrir os olhos definitivamente dos ministros do STF, juízes, etc.

       

       

       

  11. Moro já enviou a Janot “n”

    Moro já enviou a Janot “n” denúncias contra Aécio, mas ele sentou em cima de todas. A mídia “progressista” culpa Moro pela impunidade de Aécio, e poupa o PGR. Mas quando Janot finalmente criar coragem para fazer o que é certo, quem sabe alguns voltem a assumir a posição de jornalistas.

  12. Nassif falava de um jogo de
    Nassif falava de um jogo de xadrez, agora, como resposta à jogada do governo, eles chutaram o tabuleiro. O judiciário e o MP… é dificil não ouvir o que ele realmente quiz dizer: Galera the game is over, daqui pra frente voltemos a vaca fria.
    Acho, no entanto, que o jogo não acabou, é só o começo em outros termos. Agora eles querem voltar ao jogo honesto porque já se sentem vitoriosos.
    Se ele não fosse uma autoridade pública, que merece nosso respeito eu diria : belas palavras de um canalha.

  13. Isso mais parece a preparação do terreno pós-golpe

    Sinceramente isso mais parece uma tentativa de já ir diminuindo o ímpeto da força-tarefa da lava jato para o governo após o golpe. Já está sendo ventilado por setores da oposição e do PMDB o fim da caça as bruxas no governo que venha a assumir o Temer.

    O Janot ja deve estar considerando isso também tendo em vista que após a queda do governo Dilma as investigações possam não mais contar com o grande suporte dos grupos de mídia, possibilitando a aliança PMDB-PSDB não só barrar a lava jato para salvar os seus filiados, mas também tomar medidas efetivas para diminuir o poder do MPF, o que pode ser a maior preocupação do Procurador Geral neste momento.

      • Elementar meu caro Alex…

        O RAlmeida matou a charada….o Janot está ajustando o discurso para os novos donos do poder que desejam apenas que as apurações voltem a ser “replubicanas” ou seja, aos amigos tudo, aos inimigos a lei (ou nem isso mais)…

        []’s

  14. Certamente não serei original no comentário, mas…

    Há quantos anos Janot está na PGR? Quantos anos tem a Lava Jato? Agora que o golpe já foi dado ele vem falar isso? Para quê? Tá parecendo que foi só pra gringo ver! Já que nesse exato momento o mundo parece que acordou para o que está acontecendo de fato no Brasil. Diversos organismos internacionais, inclusive a mídia, estão alardeando o golpé em curso no Brasil.

    Não me engana que eu não gosto!

  15. Só o tempo dirá !

    Nassif,

    Em que pese o belo discurso, estou mais preocupado com o que o motivou ! Janot pressentiu algum grande perigo ? Se pressentiu, espero que não seja tarde ! 

    Epero muito mais que não seja apenas uma atitude fundada em demagogia. 

  16. Creio que seja mais como

    Creio que seja mais como devolver o creme dental ao tubo.

    A situação dele hoje talvez seja a de tentar parar um caminhão sem freio, na descida, parando na frente do veículo desgovernado.

    Bom, tomara que ainda haja freio e não esteja sem controle e que não seja jogo ee cena.

  17. Tudo parte do script

    Agora, na dramatização social, Janot vai mostrar que realmente merece um Oscar. Amanhã ele vai abrir processo contra o Aécio (Cunha, obviamente que não, pois ainda é muito útil). Vai mostrar que é um homem probo que valoriza a Instituição. “Joguem o defunto ao mar, homens!!!” Todos vamos aplaudir essa bela atuação, não é Nassif?

    Depois de limpar as consciências dos homens de bem, voltemos ao que interessa e sangremos o porco! … ou melhor, o Sapo Barbudo…

  18. Me engana que eu gosto
    O momento agora é de cumprir prazo. Incendiar o país agora atrapalha. O trabalho no Congresso está feito. Incendiar o país agora só vai por mais gente na rua para defender o governo.

  19. Nassif, dá um tempo né . . .

    Nassif, dá um tempo né . . . temos senso . . . . me espanta você, um cara com alguma experiência, mas isto demonstra que ingenuidade é uma coisa resistente . . . . Tá sabendo que o presidente do Supremo ao invés de estar atento às comprovadas urgencias jurídicas está no meio da Amazônia falando aos comandantes das Forças Armadas ? Ele fala sobre como “se conformar com mudanças” . . . quer mais ou tá de bom tamanho ??? . . .

  20. Quantos anos e mais anos

    Quantos anos e mais anos foram necessários para a emissão dessa carta?

    Quantos desatinos dos membros do MPF foi a sociedade obrigada a sentir na pele para que ele simplesmente exercesse sua função de PGR?

    Quantas reputações foram destruídas (Lula que o diga)?

    Algo me diz que o problema é mais embaixo, que ele está vislumbrando que algo muito, muito ruim está para ocorrer, a exemplo de um levante popular e sangrento pos prisão (sem provas, sem argumentos, sem nada) de Lula.

    Ou mesmo talvez está tentando (o que não conseguirá) guardar seu lugar na História porque prendendo ou não Lula a Votação do Impeachment se aproxima e o confronto decorrente dela.

    Janot foi partidário (Aécio) e covarde (com a mídia golpista e com seus subordinados), para mim ele é o Alto Comando do Golpe.

    Quase tudo teve seu dedo e ele enganou direitinho a republicana Dilma, além que o mínimo que se esperava dele era ter falado algo no epísodio ilegal e lamentável dos grampos do Senhor Sérgio Moro.

    Agora é tarde Janot, seu nome entrará na História, mas você e seus descendentes não vão gostar muito do local do capítulo que estará reservado a ti….

    • Alguém se perguntou porque a

      Alguém se perguntou porque a tempos atrás Collor acusava “Janó” de ser chantagista?

  21. Nassif,
    O ALTO COMANDO nunca

    Nassif,

    O ALTO COMANDO nunca poderia ser o Janot! Jamais Janot e Moro poderiam fazer o que fazem e fizeram sem alguem permitindo/endossando no STF, e esse alguém é Teori Zavascki. 

    Todos nós já vimos como os processos são distribuídos no STF. Porquê a lava-jato foi parar nas mãos dele? desde o primeiro dia tive um pressentimento estranho em relação a isso. Na verdade, ha dois anos permitindo prisões arbitrárias, não se interpondo a nada, demasiado discreto e calado, passando despercebido, como todo o General-mor deve ser, esperando o melhor momento para entrar em jogo. Escondido mas endossando todo o espetáculo até agora, espetáculo que seria inviabilizado ou interrompido caso a postura séria e serena na aparência fosse verdadeira. O golpe, sendo do Judiciário, deverá ter um final no STF, precisa ter uma cabeça na suprema corte, senão nunca seria possível, e impondo desde já a nova ordem do regime vindouro.

    No fim, é ele que decide, e todo esse golpe me parece demasiadamente bem planejado e montado para ser uma coisa espontânea, para ser mais uma tentativa de golpe do incompetente e nativo consórcio PSDB/Globo e alguns procuradores inssurectos. Há quase 14 anos eles tentam tudo e nunca chegaram nem perto. Agora, com os grampos made in USA, students for liberty financiando grupos pro-impeachment, a tática de contaminação extrema da opinião pública durante estes últimos anos, sinal de um plano de golpe ha muito planejado, a cooperação internacional, todo este jogo de vale tudo que tanto lembra a Ucrânia/Venezuela (provadamente apoiados pelos EUA com suas estratégias de desestabilização), ou vai ou racha….já rachou, agora vamos ver se vai mesmo.

  22. Este discurso “republicano”

    Este discurso “republicano” mostra um aspecto novo do Blindador  Geral de tucanos corruptos: além de golpista é cínico.

  23. A batata assa,já tem cadáver no tucanistão.

    PROFECIA DE VERISSIMO SE CUMPRE: O 1º CADÁVER

    Foi assassinado, nesta tarde, em Guarulhos (SP) o advogado Leandro Balcone, que vinha participando dos movimentos de rua a favor do impeachment; ele levou tiros e uma facada, mas ainda não foram divulgados suspeitos; tanto o Movimento Brasil Livre como o Partido dos Trabalhadores divulgaram notas de pesar; “Balcone era um companheiro de lutas nessa cidade, e é uma grande perda nessa caminhada”, disse o MBL; “O PT de Guarulhos espera das autoridades policiais ação rápida no sentido de elucidar os fatos e punir com rigor os autores”, apontou o PT; neste fim de semana, o escritor Luis Fernando Verissimo previu que o ambiente de ódio instalado no País logo produziria seu primeiro cadáver

    Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Google +138

  24. Fazer mea culpa, e conclamar

    Fazer mea culpa, e conclamar ao bom senso agora é fácil.

    Depois do merdelê que fizeram, tanto Janot quando o Moro, sabem que podem serem enquadrados na lei de segurança nacional.

    Agora vem com essa conversinha fiada, falando fino.

    Eles perceberam que o mundo jurídico estão contra eles, estão levando bordoada de tudo que lado.

    E o que é pior e marca muito. Estão sendo acusados de golpistas.

     

     

  25. Francisco

    Em cada artigo do blog sempre temos uma frase de efeito ou uma passagem marcante que chama a atenção.

    Aqui temos a seguinte:

     “Devemos dar combate incessante às corrupção, seja onde for e doa a quem doer, mas há de ser preservar sempre as instituições”.

    Prezado Janot e ingênuos,

    Aquele pau que tinha que bater no Francisco vai bater quando??

    • É isso mesmo , depois de esfolar

      o Chico  , muito perto de consumar o golpe final , deixando as instituições na lama , na hora de bater no Francisco ele pede preservação das instituições e serenidade. É um brincalhão mesmo.

      Por enquanto está na mesma laia dos golpistas.

  26.  
     
    Janot,  você é um

     

     

    Janot,  você é um traidor.

    Devia ir para cadeia .

    Seu republicanismo nesse momento não passa de sacanagem .

    Tenta    blindar Temer e asseclas .

    Não sou petista.

    Luto pela legalidde e não pelo fascismo.

    Estás na mesma altura que Serra/FHC e Aécio .

     

    Demagogo, covarde  e oportunista .

  27. Agradeço a Deus e peço que

    Agradeço a Deus e peço que ilumine o Janot. Também confesso que via nele um homem diferente, com caráter suficiente para enfrentar as pressões da mídia, que pra mim, causa muito mal a democracia e envenena os inocentes. Queria muito que o STF revisasse toda a lava jato, pois, depois de tantos vazamentos e de perceber nos comportamentos das pessoas, vi que todo o mal caía apenas em um partido e numa pessoa. Não gosto de juiz vaidoso, que gosta de holofotes… É preciso haver na lava jato uma mundança geral. Ou troca todos os procuradores e delegados ou acrescenta outros para fazerem as investigações em paralelo, homens que tenha o brio de não aceitar as pressões da mídia. Que julgue e condene quem for culpado, mas com provas. Chega de vazamentos que só geram ódio para revistas, jornais e mídia televisiva. Chega de atitudes rancorosas como a de Gilmar Mendes quem sem motivo concreto impede que um ex-presidente se torne ministro do governo. Se o juiz Moro tivesse agido com serenidade os ânimos do Brasil seriam outro. Gostei das palavras do procurador. Dou meus parabéns para o ministro Marcos Aurélio que se pronunciou de maneira corajosa sobre aquela intimação coercitiva do ex-presidente Lula, que pra mim foi uma vergonha. Ele foi aquela voz que nos trouxe a esperança de saber que podemos confiar na suprema corte. Atitudes como a do Procurador Janot hoje e do Ministro Marcos Aurélio só posso a creditar as muitas orações de muitas pessoas que imploram ao Pai Celestial para que a democracia não seja manchada e que acima de tudo a justiça encontre o equilíbrio de promover a paz. Como disse Jesus: felizes são aqueles que promovem a paz!

  28. Trocando em miúdos o que ele falou:

    “como grande estadista, sabia que, por mais justa que fosse a sua causa, vencer a guerra a qualquer custo não seria alternativa válida. O país, após o conflito, deveria sobreviver ou não haveria verdadeira vitória”.

    – Que depois do golpe a gente tem que aceitar felizes o resultado da conjuração!

    ————————————————–

    “brutalmente injustiçado decidiu seguir por um caminho que não levasse seu país a se desintegrar em uma luta fratricida e de consequências imprevisíveis”.

    –  Que Lula tem que se conformar em ser preso e Dilma em ser deposta.

    —————————————————-

    Janot é um golpista dissimulado!

  29. Tirou o corpo fora depois de

    Tirou o corpo fora depois de todo o mau que causou e que ainda causará.

    Mera “jogada de cena” para o que ainda virá, apenas tentando amenizar sua biografia.

    Não me convence mais.

  30. Tambem sei fazer poema

    Janot, muito poético, essencialmente filosófico, repleto de palavras tenras e macias, mas absolutamente inúteis para o momento presente. V.Sa., tenta confundir seu leitor traçando paralelos em histórias infantis.

    Não há sacis, não há ogros. É um jogo de polícia e ladrão. Devido as leis protetoras que vieram sendo cuidadosamente criadas e aprovadas para proteger esse tipo de criminoso, não basta o policial comum, o investigador sem poder.

    Tanto Janot, quanto a grande e maior parte do judiciário, vê o tempo como uma medida inesgotável. A gramática como uma ferramenta indispensável. A lei como abrigo para sua procrastinação, sua prevaricação de ofício. E para estes, tanto faz como tanto fará. Venceram seus concursos eliminatórios, obtiveram cargos públicos e, a partir deste ponto a vida foi posta na ‘banguela’. Então não importa que a crise esteja destruíndo o país e a economia. Não faz diferença o quanto teremos nos que trabalhar para tirar a pátria do atoleiro, criado pelas imunidades legais destes que fazem uso indevido do dinheiro público. Não faz diferença que pessoas estejam sem condições de ganhar seu sustento e que seus filhos possam morrer de fome. O despejo do inquilino que não tem dinheiro para pagar aluguel não os aflige. Pois que são seres especiais, criados por um ordenamento jurídico ultrapassado e ineficaz, e vivem em outra dimensão da vida. Lá o tempo não é contado como o daqueles que vivem a vida real, lá o tempo não existe. São deuses, os poderosos funcionários públicos do judiciário. Então, é claro, não há motivos para afobação. Se vier a faltar dinheiro para pagar seus vencimentos, Ah!, aí mudarão rapidamente de postura, mas enquanto seu salário e seu conforto estiver garantido, por que se amofinar?

    O saci também não está longe desta definição, mas diferentemente, precisa alimentar seu ego. Precisa trabalhar pelo que acredita, mesmo que sua crença tenha sido forjada em verdades estrangeiras. Se fosse um homem sensato, ao constatar que o tumor do paciente era maligno e que já havia se alastrado pelo corpo todo, faria o mesmo que seus colegas, tanto ou mais inteligentes do que ele, que sabem prudentemente evitar cirurgia em tecido canceroso. Não lembro exatamente porque mas houve uma época recente em que membros do judiciário se aposentaram em massa. E hoje temos delegados, procuradores, juízes, muito jovens no judiciário. Gente jovem demais para entender consequências, para medir o custo e o benefício de seus atos. São idealistas. Acreditam que os livros ensinam tudo, que a vida tem que ser vivida pela espada, que a glória é o único resultado aceitável, que são guerreiros Vikings, fortes e invulneráveis. E partem para o combate, em nome da lei. Texas Rangers, para atualizar um pouco a postura. Não lhes tiro a razão, é emocionante viver assim, mas num campo de batalha onde só se consegue contar corpos, vale o dito ‘ao vencedor, as batatas’.

    Digo isto porque em janeiro de 2015 não estávamos em crise. O governo estava devendo, usando o cartão de crédito e o cheque especial, embora Dilma negasse, mas crise não havia. Ela foi pressionada por equilíbrio fiscal, nomeou um pateta, demorou (à seu estilo) uma infinidade para reconhecer o erro, daí a crise nasceu e cresceu. Num país com contas equilibradas, cumpridor de suas metas fiscais, não haveria tanto escândalo em relação à desvios financeiros. Eles sempre existiram e semre existirão. Mas, na afobação para esconder o erro, foi cometido mais um. Lançou-se a mão no bolso da população, sem cerimônias. Isto, e exageradas beneces foram anuladas. Forças conjuntas criaram então esta situação de redemoinho, que está engolindo políticos como um buraco negro.

    E por mais eloquentes que sejam os defensores, por maior que seja a habilidade de distorcer fatos, de mentir, de tentar fazer com que as pessoas olhem para o outro lado, da força que façam para agarrar-se obstinadamente ao poder, os petistas estão acabados. A sociedade está impregnada da revolta contra a situação de crise, que nasceu em Brasília, e que somente lá poderá ser resolvida. Lula está enterrado na areia até o pescoço e a maré está subindo. À Dilma ninguém entregaria sequer uma tartaruga para ela tomar conta.

    É preciso que o país se una, sim, mas não para garantir o poder para estas pessoas, nem sacis e nem ogros. Precisamos do novo, de uma nova chance. A democracia precisa respirar. Devemos nos desvencilhar de um corpo morto e apodrecido para que a alma encontre novas moradas, novos horizontes, novas esperanças. Esta é a solução que todos buscam. Esta é a única solução para o país. 

     

  31. Se não compreendermos isso,

    Se não compreendermos isso, estaremos não só insuflando os sentimentos desordenados que fermentam as paixões do povo

     

    ,,.Hum….agora Janot sabe que a loucura de multidões ensandecidas (aqui insufladas pela Globo, concessionária de serviço público)  não têm método, ou seja, são portadoras de um sentimento desordenado, de forma que, na hora do pega prá capar qualquer um pode ir para a guilhotina, inclusive o próprio….só sei que loucura  com método só mesmo a de globomoro, estes sim, sabem jogar o xadrêz cujo objetivo é derrubar o rei, custe o que custar, tem sido assim na história das guerras e, como sabemos, Lula é o inimigo número 1 a ser abatido nesta guerra insana.

  32. JANOT vai sobre o CUNHA e o AECIO

    E so querer, fazer  seu trabalho e nao ENGAVETAR!!

    Abra o processo sobre o “CARA DE CUNHA”  e sobre a  “Branca de NEVES”

    Ver para  acreditar (Santo Tomas)

  33. JANOT vai sobre o CUNHA e o AECIO

    E so querer, fazer  seu trabalho e nao ENGAVETAR!!

    Abra o processo sobre o “CARA DE CUNHA”  e sobre a  “Branca de NEVES”

    Ver para  acreditar (Santo Tomas)

  34. Xadrez pós-impeachment e responsabilidades.

    Nas avalições do xadrez pós-impeachment devemos tecet os seguintes comentários apropriados para a nota do Dr. Janot.

    Relembrando, o rocurador-Geral da República pode ser exonerado de ofício antes do fim do mandato dele pelo Presidente da República – em exercício – com a anuência da maioria absoluta do Senado. Isso pode ser visto depois do impeachment da Pr. Dilma. O Alto Comando está ciente disso? Claro que isso pode acontecer. Sem mais espeneios.

    Assim como os Ministros do STF podem ser alvo de impeachment. Se há dois terços pra retirar a Pr. Dilma, imagina uns Ministros do STF. Há grampos por aí, senhores.

    E o novo PGR não será o primeiro da lista, e poderá ser o último, e será brindeiramente alçado ao cargo, sem necessitar novas instruções. E os Procuradores republicamente terão de aceitar isso, pois é a lei, está na Constituição Federal. E a Polícia Federal colocará o galho dentro, ou não?

    Dilma fora, Alto Comando ameaçado. Imagina o PGR com a mira apontada para o PMDB de Cunha, Renan e Temer. E o Dr. Moro, promovido para o TRF para julgar recursos referentes à aposentadoria do INSS, como o Dr. De Sanctis. Tudo voltará ao normal.

    Aliás, o Deputado Eduardo Cunha já deve ter na pauta a exoneração do PGRJjanot em nome da “governabilidade” do próximo governo do Vice Pr. Michel Temer. Não tenham dúvidas disso.

    Tudo valtará ao normal pois a classe empresarial não topa juízes como o Dr. Moro nem Procuradores como o da Lava-Jato.

    Liberdade sem responsabilidade é libertinagem. Perderão o que conquistaram. E o atual PGR estimulou a parceria MPF-Globo, uma empresa nada democrática. Os aliados do golpe estão prontos pra golpear as instituições sérias e democráticas, essencial para a cidadania, que foram levianas.

    Fala-se do Dr. Moro, mas Dr. Moro só manda prender mediante solicitação dos membros do MPF. Dr. Moro não seria nada, não faria nada, se não fosse o MPF. A tabelinha se completa. É tudo em cima do Dr. Moro, mas os bônus e os ônuss também são, e muito, do trabalho dos Procuradores.

    Tão logo prendam Lula, e tirem Pr. Dilma do poder eles – Dr. Moro e os Procuradores da lava-Jato – serão realocados ou descartados. E as ações penais esquecidas – exceto as contra o pessoal do PT. Isso é certo.

    Os ‘Tuiuiús” lutaram pela autonomia do MPF, alcançada e servida a eles pelo PT. O PT, Lula e Dilma, quiseram fazer diferente, dar o direito deles democraticamente escolher o representantes deles para o cargo do PGR. E por fazer diferente, tomaram w tomam pancada. Os adversários – e mesmos os aliados – do PT não querem essa democracia e nem esse republicanismo.

    Em suma, a água bate também no pescoço “republicano” da instituição Ministério Público Federal, representado pelo Dr. Janot, que se desmoraliza perante parcela importante da sociedade. Aliás, republicano mesmo só o MPF, pois o Ministério Público dos Estados pouco tem de republicano.

     

  35. não creio
    Impossível acreditar nas palavras de Janot ainda mais quando se sabe que o mesmo não tem noção de público .

  36. não creio
    Impossível acreditar nas palavras de Janot ainda mais quando se sabe que o mesmo não tem noção de público .

  37. Dando um retoque na biografia.

    Esquece, Nassif.

    Espero estar enganado, mas a manifestação do Janot indica que, finalmente, a operação “Delenda PT”, mais conhecida como Lava-Jato, chega às suas derradeiras etapas.

    O “Pau que bate em Chico, bate também em Chico” (sic) já se dá ao luxo de dar um lustro na própria imagem para a posteridade.

    Felisberto.

     

  38. É pura encenação porque o golpe está se aproximando

    Ele está apenas tentando preservar sua biografia se fingindo de republicano.

    Enquanto ele e sua turma ficarem olhando para o Chico mantendo na gaveta os inúmeros problemas do Francisco, prefiro acreditar que o coelhinho da páscoa vai passar no domingo.

  39. Não confio nem um pouco no

    Não confio nem um pouco no Janot, esse discurso dele é jogo de cena. Ele sabe que o golpe já está quase consolidado, por isso pede calma aos promotores, vai deixa o STF e o Congresso terminarem o que ele começou junto com  Moro. Caso aja uma virada, ele voltará ao comando do golpe.

  40. Estou com Boulos

     

    Justiça sem equidade não é justiça. Janot esqueceu Cunha, Temer, Aécio e cia ltda. 

    Não há mais discurso de conciliação. É hora de incendiar o Brasil. Chega de baixar a cabeça.

    Ficou com Boulos: “Podem querer derrubar o governo, podem prender arbitrariamente o Lula ou quem quer que seja, podem criminalizar os movimentos populares, mas achar que vão fazer isso e depois vai reinar o silêncio e a paz de cemitério e uma ilusão de quem não conhece a história de movimento popular neste país. Não será assim”.

  41. O Nassif não nasceu ontem.

    O Nassif não nasceu ontem. Aliás, muito ao contrário disso. Vamos pensar um pouco. Ele repercute um texto do Janot e elogia o sujeito que ele poderia ser. Se ele realmente assim se tornar, mata no peito; se não, passa recibo de golpista. 

  42. O que ele escreve ou diz em
    O que ele escreve ou diz em público é menos importante. É no que está dizendo em privado que moram todos os perigos. A prudência aconselha que continuemos não confiando nesse senhor. Baixar a guarda é o maior perigo agora.

    • Lobo em pele de coelho com espírito de bote de cascavel

      Foi o que pensei no primeiro momento, finge conciliação para pegar desprevinido o adversário, já que a quadra não se mostra favorável ao Judiciário e ao MP.

      Queria ver esta “humildade” se ele estivesse por cima da carne seca e não com o rabo entre as pernas depois de ser pego com a boca na botija.

  43. Lewandowski pediu

    nesta Terça-feira (22) que o Ministro Teori Zavascki se manifeste sobre o pedido da defesa de Lula, que questiona a relatoria de Gilmar Mendes nas ações que envolvem a posse de Lula no cargo de Ministro.

    Após receber as informações, Lewandowski deve decidir se Mendes pode continuar relatando ações que constestam a posse do ex-presidente.

    Informações do Jornal do Brasil e Portal IG.

  44. Nassif, a sua leitura está equivocada.

    janota resolveu ser “corajoso” e demonstrar “espírito público” com o golpe já a galope. Se tivesse um minimo de senso civico, deveria ter sido corajoso lá atrás, quando começaram as prisões para averiguação sem prazo definido e sem julgamento. Ele simplesmente está fazendo que nem o quinta-coluna, que pagou de valentão hoje, mas que não passa de um X9 tucano. Não se engane, a PGR está no centro do golpe e seu chefe apenas tenta salvar as aparências e a biografia.

    Além disso, o trabalho do camicia nera já não é mais tão importante, e, à medida que o golpe avance no Congresso, vai ficar cada vez menos importante. O camicia nera tem por função neutralizar o Lula com o auxílio do STF, ao arrepio da lei se necessário for. Já a deposição da Dilma será realizada no Congresso. O golpe já foi dado. Agora, que a porteira foi arrebentada, surgem esses “bravos” que, por suas ações e omissões – propositais, no meu entender -, permitiram que a situação chegasse onde chegou. A deflagração ou não de uma guerra civil, lamentavelmente, vai depender do acaso porque, se depender do bom senso do STF, preparem suas armas…

  45. Me engana que eu gosto

    Janot aprendeu rapidinho com a Globo. Estimula o golpe a todo tempo, e quando o golpe vai estourar, se faz de parcial e equilibrado. Me engana que eu gosto…

  46. A essa altura me parece

    A essa altura me parece jogada dela, para parecer imparcial e fugir extamente do que tinha ficado claro.

    Do jeito que ele já foi ator na propagação do ódio, capaz dos promotores  e procuradores direitstas chamarem Janot de petralha, por essa declaração apelando ao bom senso.

    Sinceramente, a ess aaltura, me parece hipocrisia dele. Antes tarde do que nunca, será?

  47. Melzinho do Janot…Esse é MALA…

    PUTZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ, esse Janot é um tremendo MALA…Deu esse melzinho para os governistas porque já sabia da nota BOMBA que a Odebrecht acaba de soltar liberando e pedindo a COLABORAÇÃO PREMIADA  de TODOS os seus executivos, incluindo seu presidente…ACABOU !!!!!!!!!!!!!!!11

    • Exato!

      A delação do Odebrecht significa a coroação e o fim da Lava-Jato. É um discurso de quem sabe que venceu – e a vitória é a destruição do governo e a prisão do Lula.

  48. Gostaria de aplaudir, mas …

    Gostaria de aplaudir.

    Mesmo.

    Muito.

    Mas, ainda não me sinto confortável …

    Sei lá, parece tarde e pouco.

    Aplaudiria de pé se ele efetivamente reconhecesse os excessos. Algo que ele apenas tocou muito de raspão.

  49. “Carta de Janot”

    Sinceramente, isso me parece daqueles documentos, que serão consultados no futuro, para REGISTAR um melancólico “eu tentei”…é “oficial”.

    “Tampar a garrafa”…é uma boa definição. 

    “Rua”, é a nossa pressão.

  50. Representação

    Depois de tudo o que foi feito para chegar ao ponto que chegou? Palavras, apenas, palavras, teoria esvaziada pela prática prática.

  51. Questiono

    Querido amigo Nassif ( a intimidade dá-se por tudo o que você representa, em relação às suas ideias claras e relamente republicanas, apesar de eu não gostar deste termo um pouco gasto..)

     

    Serei breve…  seu comentário é brilhante, como sempre… mas não acredito em duendes, em bolsonaros e na postura do Janot, tão honesto, no ´re-golpe, quanto estava indignado o Zé Eduardo hoje… o golpe está brotando… crescendo e assumindo a forma… e os responsáveis têm nome, cara e forma, e serão julgados pela história… e o senhor Janot não será diferente… pecador arrependido??? Duvido… Ele e o MPF serão cobrados pelo sangue que poderá ( espero que NUNCA ) ser derramado em uma luta fratricida, como eles ( e o seu moro, com minúscula ) já estão sendo cobrados ( dentro e fora do Brasil ) pela participação fundamental num golpe que poderá levar o Brasil sabe-se lá aonde… agora é tarde… as instituições, especialmente o judiciário, já foi contaminado por vontades individuais.. todo arrependimento é louvável, mas estas pessoas, que deveriam servir a RES PUBLICA, serão cobradas perante a história pelas pessoas xingadas, pelo sangue, pouco, graças a Deus, derramado aqui e acolá, pelas crianças doutrinadas numa epspiral fascista e de ódio. Se bem contada, a história será implacável com eles…

     

    um grande abraço…

     

    Geraldo Brandão

  52. Questiono

    Querido amigo Nassif ( a intimidade dá-se por tudo o que você representa, em relação às suas ideias claras e relamente republicanas, apesar de eu não gostar deste termo um pouco gasto..)

     

    Serei breve…  seu comentário é brilhante, como sempre… mas não acredito em duendes, em bolsonaros e na postura do Janot, tão honesto, no ´re-golpe, quanto estava indignado o Zé Eduardo hoje… o golpe está brotando… crescendo e assumindo a forma… e os responsáveis têm nome, cara e forma, e serão julgados pela história… e o senhor Janot não será diferente… pecador arrependido??? Duvido… Ele e o MPF serão cobrados pelo sangue que poderá ( espero que NUNCA ) ser derramado em uma luta fratricida, como eles ( e o seu moro, com minúscula ) já estão sendo cobrados ( dentro e fora do Brasil ) pela participação fundamental num golpe que poderá levar o Brasil sabe-se lá aonde… agora é tarde… as instituições, especialmente o judiciário, já foi contaminado por vontades individuais.. todo arrependimento é louvável, mas estas pessoas, que deveriam servir a RES PUBLICA, serão cobradas perante a história pelas pessoas xingadas, pelo sangue, pouco, graças a Deus, derramado aqui e acolá, pelas crianças doutrinadas numa epspiral fascista e de ódio. Se bem contada, a história será implacável com eles…

     

    um grande abraço…

     

    Geraldo Brandão

  53. O cara deixa incendiar

    O cara deixa incendiar praticamente a floresta e restando duas ou tres árvores quer dar uma de bombeiro. Vai enganar outro, otário.

  54. Depois que botou fogo no circo, Janot faz puro teatro

    Tenho certeza que, se o GOLPE ocorrer, logo vamos ver muitos golpistas fazendo o mesmo discursinho cínico. No dia seguinte ao golpe, as cinderelas vão passar de golpistas a democratas.

  55. Vontade de dizer palavrões

    Vontade de dizer palavrões é muito grande e talvez devesse, até porque noutro dia um parlamentar irritado ao ser rebatido numa tese esdrúchula por um contrário, mudou a classificação gramatical do palavrão assim que alertado que o tal constaria nos anais da casa. E disse : “não foram xingamentos com palavrões Sr.Presidente. Foram só interjeições”.  Então, Sr. Janot, sinta-se agraciado com todas as interjeições adimitidas no vocabulário daquele ‘nobre’ parlamentar, e conte tambem com as minhas. 

    Quanto a atitude de a esta altura do campeonato, chamar as falas o MP  !!??  … merece um bonus de trocentas interjeições.

    • Quinhentas interjeições

      500 não. Mil. Milhões.

      Esse pavão cínico não merece nenhuma confiança do povo brasileiro. Só soltou essa nota, porque viu as reações domésticas e internacionais ao golpe, se não tramado pelo MPF, alegremente compactuado.

      Muito me admira, Nassif, sua leitura.

      Quer acreditar no Janota? Indaga-o sobre as investigações envolvendo o hexadelatado. Cadê? Ele quer que o MPF seja tido como instituição republicana? Então aja como tal, ao invés de continuar pavoneando nesse linguajar estúpido. 

      Estamos todos fartos de tanta falsidade. Alguém precisa avisar a esse senhor que esse tipo de discurso só agrada aos que já perfilam com ele e seus comandados. Do lado de cá, ninguém cai mais nesse mel enganador.

      Ou a arrogância é tamanha, que o sujeito pensa estar realmente nos ludibriando? 

      Claro que sim. Essa gente sempre mede os outros pela própria régua. 

       

       

    • “Vontade de dizer palavrões é

      “Vontade de dizer palavrões é muito grande e talvez devesse”:

      Hei, voce ai, nao me acuse de mandar Janot tomar no cu porque precisa, ok?b  Eu nunca falaria isso.

  56. Lewandowski pede manifestação de Zavascki sobre posse de Lula
    —22/03/2016 19p1—Brasília—André Richter – Repórter da Agência Brasil

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, pediu hoje (22) que o ministro Teori Zavascki se manifeste sobre o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que questiona a relatoria do ministro Gilmar Mendes nas ações que envolvem a posse de Lula no cargo de ministro da Casa Civil.

    Após receber as informações, Lewandowski deve decidir se Gilmar Mendes pode continuar relatando ações que contestam a nomeação do ex-presidente.

    Para os advogados de Lula, Zavascki, relator das duas primeiras ações que chegaram ao Supremo, deveria ficar prevento e relatar todas os processos sobre o assunto. Segundo a defesa, Gilmar Mendes assumiu a relatoria das ações que deveriam ser distribuídas a Zavascki.

    “Claro está que o PPS e o PSDB não gostaram da distribuição feita por sorteio ao ministro Teori Zavascki e, em razão disso, decidiram lançar mão de outro veículo processual, o mandado de segurança, para tentar uma nova distribuição na Corte — embora todos eles tivessem, repita-se, o mesmo objetivo, qual seja, impugnar o decreto presidencial que nomeou o peticionário ministro de Estado”, argumentou a defesa de Lula.

    Na sexta-feira (18), atendendo a um pedido liminar dos dois partidos, Mendes suspendeu a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no cargo de ministro-chefe da Casa Civil.

    Edição: Nádia Franco

    URL:

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-03/lewandowski-pede-manifestacao-de-zavascki-sobre-posse-de-lula

     

  57. Efeito da ruas!..

    Não vai ter golpe!….

     

    Às ruas, contra os golpistas liderados pela Globo e a carmomida Fiesp!…

  58. Ele veio com essa agora

    Ele veio com essa agora porque percebeu que o Golpe está a caminho e o primeiro que roda num governo golpista é ele. 

    Agora que viu que Aécio é carta fora do baralho, ficou com medo. Alías o Ministério Publico será o primeiro a ser desprestigiado. 

     

    O sací deu uma rasteira nele. 

  59. Canja de galinha,

    Discuro de posse de conspirador se sentindo vitorioso antes do golpe ser consumado.

    Prefiro me arrepender mais tarde e pedir desculpa a ele e ao blogueiro do que endossar tal discurso. Sua trajetória seletiva e leniente à frente da Lava-Jato o condena inapelavelmente.

    Esse discurso conciliador não se dirge aos procuradores, mas aos brasileiros de forma geral sejam eles de direita sejam de esquerda.

    Janot quer a paz de todos, depois de ajudar a assular as massas a se dilagdiarem nas ruas, instalar a guilhotina nas praças e fazer rolar cabeças, está preocupado com a sua própria.

    Devia saber tambem que quem gosta das soluções termidorianas acaba por ser vítima de sua maldição.

    Prepare a cabeça janot, a sua e de seus radicais; a guilhotina vos espreita. 

  60. quem ou que te abriu os olhos jonot?

    O mundo jurídico em peso, aquele que preza e conhece a constituição, manifestou repudio à pantomima promovida por este Janot/Moro que agora tenta por um remendinho para voltar a ser virgem novamente.

    Afinal Janot o senhor autorizou os vazamentos ou tudo acontece assim num passe de magica!

    No momento a minha sensação é que o senhor tomou um banho de óleo de peroba, a conferir.

  61. Janot

    Nassif,  voce poderia me explicar o que o Janot está esperando para prender o Cunha?

    Este discurso é uma piada, pois em relação ao Cunha me parece que ele está fazendo o contrário do que fala.

    Cunha está botando fogo no país e Janot assiste impávido.

    Por que foi tão rápida a prisão do Delcidio  e a do Cunha demora tanto?

    Falta mais o que??? Acho que só falta a Dilma cair…..aí ele prende o Cunha….

    Siléa

     

  62. Bobagem, Nassif!

     

     Janot está cumprindo o roteiro do golpe, simples assim.

    Estamos no epílogo. Lula preso no próximo sábado, encarnando o Judas.

    Dilma defenestrada na sequência  e o povo brasileiro pagando a conta.

    Agora teremos uns vinte anos de  trevas por inépcia do governo e do PT que não usaram o poder que ganharam do povo.

  63. Nada que Janot e o MPF é
    Nada que Janot e o MPF é digno de credibilidade de isenção de legalidade e crédito porque todas delações a maioria foi tomada mediante a força mediante cadeia, meses de prisão. É a lei é clara, delação tem que ser espontânea para que tenha o mínimo de credibilidade para ser aceita pela justiça. Na Lava Jato o que mais se tem é delação forçada, e essa da Odebrecht é mais uma tomada no porrete, no pau de arara. Nessa situação ilegal e grave para a democracia pode se arrancar provas de crimes mas pode-se acusar inocentes ou quem os que tem a chave da cadeia desejam.
    Isso não é justiça! Fosse o STF e o MPF sérios, já teriam posto fim de imediato aos abusos e doa a quem doer invalidado essas delações medievais ditatoriais tomadas na base do porrete. Na justiça nunca que os fins podem justificar os meios.

  64. Depois de um comportamento

    Depois de um comportamento pra lá de parcial, destruíndo princípios do Estado Democráttico de Direito, deixou a sua turama violentar a Constituição… vir com essa conversinha? Me poupe!

  65. “Seo” Nassif

    Pode ser que vc esteja sabendo de algo mais, que é vedado a nós, pobres mortais ! Mas vc não me convenceu não, sou como São Tomé ! Ou será que a viagem à França fez tão bem ao nosso PGR ? Que foi receber instruções novas, ou ver as contas do Aecim ?

    Estou achando que ele ouviu tb o que disseram os juristas que apoiaram a Pres. Dilma hoje.

    Acho ainda que pode ser simplesmente um ôvo de Páscoa  de presente para acalmar a moçada bronzeada,  mas na  2a. feira, acabou-se o que era doce.

    Porém,  todavia, contudo, no céu as nuvens continuam mudando de lugar, cada vez que se olha nelas e ontem a lua estava lindíssima tb.

    Só uma coisa boa : ganhei de presente um livro seu – A casa de minha infância – que pretendo devorar por estes dias.

    Abraços e boa Páscoa !

  66. Discurso
    Para a platéia. Discurso totalmente desconectado da ação. Conclama-se o exército agindo dentro da absoluta legalidade. Se o “general” tivesse dado o exemplo à 1a. Hora não precisaria fazer este “chamamento”. Se tivesse dado o exemplo, não teria que reagrupar nem puxar orelhas. Liderasse com retidão e isenção e sua “equipe” não teria se excedido; e quando se excedeu deveria ter sido corrigida e sancionada. O exemplo educa mais do que as palavras. Agora, só acreditando também em coelho da Páscoa. Não, acho que não. É não adianta imolar o Aecio… Serra fez um belo trabalho.

  67. Esse Janot é tão “BONZINHO”…Diria kate Lira…

    ACABOU…PUTZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ, esse Janot é um tremendo MALA…Deu esse melzinho para os governistas porque já sabia da nota BOMBA que a Odebrecht acaba de soltar liberando e pedindo a COLABORAÇÃO PREMIADA  de TODOS os seus executivos, incluindo seu presidente…ACABOU !!!!!!!!!!!!!!!

    • Esse atira para todos os lados.

      Se houver seriedade, se for honesto, sobrará PARA TODOS OS PARTIDOS!

      Se focar no PT,  se falr do LULA –  É GOLPE!

      AÍ só com guerra civil….

      Por que a justiça NÃO VALERÁ NADA…..

    • O que será que o Moro

      Cochichou  no ouvido dele.?

      Mas tem as tais “negociações preliminares”, onde são discutidos o que pode ou não ser delatado. Se a pessoa sair fora do “combinado” não vale o prêmio, e se falar mal do PSDB/DEM/PPS/PV tb não tem perdão. A não ser que seja só um pecadinho. Eles querem ouvir é o seguinte : “Tínhamos 2 contabilidades paralelas, uma suja e outra limpa. Para a oposição somente saia o dinheiro da caixa limpa…..

      Ah! esta nossa justicinha!

  68. Sinto caro Janot, porém quem

    Sinto caro Janot, porém quem garante que a Inês já não está morta? Agora depois de tantas lambanças do MP? Quantas vezes não foi pedido a você a investigação de pessoas de outros partidos e você fez ouvidos de mercador, quantas vezes você arquivou casos do Aecio na maior cara de pau? Agora que o bicho está pegando na imprensa internacional e que a situação está saindo do controle nas ruas você quer tentar apagar o incêndio ou ao menos não ficar mal na fita? Não acredito mais nas suas “boas intenções”.

  69. Infelizmente eh tarde

    Infelizmente eh tarde demais!

    Janot colocou o governo Dilma na marca de penalty e ainda por cima quebrou os bracos do goleiro (Lula). Cunha se prepara fazer a cobranca. Tem a seu lado o “juiz” Gilmar Mendes e sabe mandara repetir a cobranca mesmo que Cunha erre. GM mandara repetir a cobranca ate a bola entrar.

    Janot sera responsavel por todo o sangue derramado apos o golpe.

  70. Palavras, nada mais que palavras, o papel aceita todas

    O que será que ficará para a História, os discursos do Janot e do Zé Cardozo, palavras apenas palavras, ou a falta de suas ações concretas e efetivas para enquadrar seus respectivos subordinados funcionários às regras da lei de suas Instituições?

  71. Agora que o circo pegou fogo,

    Agora que o circo pegou fogo, ele quer ser bonzinho, ser neutro, é muita ingenuidade, porque o CUNHA está solto ainda,? mandando no país, enquanto DILMA luta para governar e é tratada como corrupta, desonesta. Tem que ter guerra civil, por o exercito nas ruas e destituir e prender JANOT,MORO,CUNHA,GILMAR E 60% DO CONGRESSO, ENTRE SENADORES E DEPUTADOS FEDERAIS, AÍ O PAÍS SERÁ GOVERNÁVEL NOVAMENTE.

  72. Nassif,
    A credibilidade que

    Nassif,

    A credibilidade que ele está buscando, é apenas para parecer coisa séria a capitulação da Odebrecht à chantagem de Moro e do MP. Parece que o Ministério Público e Janot viraram alguma coisa séria da noite para o dia. Acordem!

    Vocês entenderão o comportamento de figuras como Janot e outras cobras pesonhentas da política e do Judiciário, qdo tentarem entender a atração dos psicopatas pelo poder. 

  73. Ah, meu Cândido

    Voltaire estaria orgulhoso do Nassif.

    O janota Janot é: por fora bela viola por dentro pão bolorento.

    Não passa de discurso.

    A prática continua a mesma.

    Persegue petistas e protege tucanos.

     

  74. janot deveria ser mais

    janot deveria ser mais contundente e falar dos grampos ilegais, Do golpe rm curso;;;

    como fizeram .alunos, professores, movimentos sociais, na UFPR. na noite de hoje…..

    moro dá aula nesta instituição…

    e o encontro comovente teve uma proposta significativa:

    FORA MORO!!!!

    NÃO VAI TER GOLPE!!!!

     

  75. “Não podemos permitir que as

    “Não podemos permitir que as paixões das ruas encontrem guarida entre as nossas hostes”

    Tradução: não se impressionem com o movimento não vai ter golpe e continuem firme no nosso propósito de caça ao nove dedos.

  76. Breve resumo

    Minha visão do atual momento e do que nos trouxe até aqui difere bastante da opinão do blog.

    Apesar disso espero, sinceramente, poder vê-la publicada, apenas como uma visão diferente de um cidadão sem passionalidade política e em busca de uma sociadade melhor.

    Essas empresas das quais os diretores e presidentes se encontam presos pela Operação Lava-Jato assaltam o erário público brasileiro há décadas. Sempre foi assim e todos aqui que tem alguma idade sabem que isso era conversado ao pé-do-ouvido durante toda a ditadura civil-militar por aqueles que esperavam o fim do regime de excessão, do silêncio imposto, para que viessem à tona a corrupção nas entranhas do regime.

    O regime veio abaixo, mas o poder financeiro dessas empresas já tinha tomado proporções enormes e sua capilaridade se entranhava por todo o espólio político da ditadura que assumiu o poder.

    Continuaram agindo e roubando durante todos os governos pós-ditadura. 
     

    O PT e Lula apena deram continuidade aquilo que já se praticava. Aí seu grande pecado. Não ter feito a diferença.

    Enterrou o caso Banestado e a  Sathiagraha.

    Lula, convenhamos, é um pobre ignorante perto desses abutres. Deu a chave do cofre a eles em troca da permanência no poder mas não tinha a menor ideia do tamanho do butim.

    Em troca recebeu o que ? Uma cacrinha, um apartamento, uma graninha extra pela qual ainda teve que dar uma de palestrante e ajeitou a prole. Nada que qualquer outro político desse país não tenha feito.

    A Lava-Jato nunca teve a intenção de chegar em Lula. Ela é formada por pessoas inteligente e que tem a perfeita noção do que signifcaria isso.

    Tudo muda quando a operação chega em Marcelo Odebrecht. Lula foi pressionado pela famiglia a se mexer e se mexeu. Ou isso ou jogavam a biografia dele no lixo. Com provas e mais provas.

    Alertada, a força tarefa teve que desviar seu foco para lutar pela propria sobrevivência. Lula teve que entrar no foco, coisa que não era desejada por nenhum dos integrantes da força, pois sabiam do potencial explosivo. 

    O clímax aconteceu na semana passada, com a quase entrada de Lula no governo. Todos jogaram todas suas cartas.

    A lava-jato agora pode seguir seu caminho e continuar fazendo a limpeza desses abutres.

    À Odebrecht, já sem poder contar com Lula não resta outra coisa senão aderir a delação, ao acordo de leniência, pagar o que puder pagar pelos prejuízos que deu ao país e tentar se reerguer dentro de um novo cenário.

    O acordo de delação deles teve como imposição do MPF não apenas o assalto a Petrobras do qual fizeram parte, mas também de outros governos e outras instâncias. Daí surgirão dezenas ou centenas de novos processos nada a ver com Lava-Jato.

    É algo pelo qual o país tinha que passar. Não há nação desenvolvida com os índices de corrupção com o qual convivemos.

     

     

     

     

    •  
      Já eu, penso bem

       

      Já eu, penso bem diferente.

      Desde o dia em que o Aécio foi citado pela primeira vez e o juizeco e o já not fizeram que não ouviram, tive a certeza absoluta que esta operação não era coisa séria. O juizeco já tinha antecedentes no caso banestado, onde nenhum tucano foi punido, mesmo com roubo, que alguns acreditam, ter sido de mais de U$ 100 bilhões.

      Dali para frente o playboy del rei já foi delatado mais cinco vezes, e nada.

      Nos útimos dias, sentindo que o balão estava furando pois todos estavam percebendo a motivação política da operação, os golpistas do paraná jogaram todas as cartas. Tentaram sequestrar o Lula e ainda cometeram o crime de grampear a presidente da república, advogados do lula e seus clientes e sabe-se lá mais quem. Me pergunto se o motivo da covardia do STF é temer(ahnnnn) que o juizeco tenha um grampo comprometedor contra eles.

      Como consequência deste bando de celerados a economia do país está em ruínas, o ódio avança pelas ruas do país e o maiores ladrões da petrobrás como Cerveró, Costa, Barusco, e outros estão em casa usufruindo dos milhões roubados.

      O Moro e seus asseclas conseguiram provar que o crime compensa.

      Em tempo: como não encontraram NADA que incriminasse o Lula, tentam atribuir a ele a propriedade de um sítio que não é dele.

      A mesma tática utilizada no mensalão, onde afirmaram, contra todas as provas, que o dinheiro da Visanet era público quando todos os documentos apontavam o contrário e que este dinheiro tinha sido utilizado para pagar empréstimos junto ao banco Rural,quando no laudo 2828/2006 – aquele que o JB escondeu – discriminava onde o dinheirio foi gasto, com nota fiscal e tudo. Inclusive, a maior nota fiscal foi para pagar a globo(R$ 3.800.000,00)

       

       

    • Eu vi

      A cara de cu que a Cantanhede fez ao ouvir a notícia.

      Mas que delícia ver aquela cara.

      Impagável.

  77. E o Nassif Acreditou…

    Sinceramente não considero falas de um executivo. Um executivo se mostra pelas ações. O Moro é o executivo do MP. Sua fala vai apenas para o lixo se não for seguido de ações constitucionais e legalistas.

    Piada tem hora.

  78. Não confio…

    Não confio neste congresso.

    Não confio no Judiciário.

    Não confio na Policia Federal.

    Não confio no Ministério Público.

    E se a grande mídia passasse a falar a verdade, ainda assim não confiaria.

    Nem lembrança eu quero da grande midia, deles tenho só a CERTEZA QUE SÃO CORRUPTOS!

  79. GAME OVER agora vai todo mundo pelo ralo

    Marcelo Odebrecht cedeu. O herdeiro da maior construtora do país fechou um acordo para fazer delação premiada e começou a depor para a força-tarefa da Lava-Jato ainda antes da Xepa, a 26ª fase da operação, deflagrada nesta terça-feira.

    Além dele, os demais executivos da empresa investigados também vão colaborar com a Justiça.

    A seguir a nota da empresa:

    “As avaliações e reflexões levadas a efeito por nossos acionistas e executivos levaram a Odebrecht a decidir por uma colaboração definitiva com as investigações da Operação Lava Jato.

    A empresa, que identificou a necessidade de implantar melhorias em suas práticas, vem mantendo contato com as autoridades com o objetivo de colaborar com as investigações, além da iniciativa de leniência já adotada em dezembro junto à Controladoria Geral da União.

    Esperamos que os esclarecimentos da colaboração contribuam significativamente com a Justiça brasileira e com a construção de um Brasil melhor.

    Na mesma direção, seguimos aperfeiçoando nosso sistema de conformidade e nosso modelo de governança; estamos em processo avançado de adesão ao Pacto Global, da ONU, que visa mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores reconhecidos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção; estabelecemos metas de conformidade para que nossos negócios se enquadrarem como Empresa Pró-Ética (da CGU), iniciativa que incentiva as empresas a implantarem medidas de prevenção e combate à corrupção e outros tipos de fraudes. Vamos, também, adotar novas práticas de relacionamento com a esfera pública.

    Apesar de todas as dificuldades e da consciência de não termos responsabilidade dominante sobre os fatos apurados na Operação Lava Jato – que revela na verdade a existência de um sistema ilegal e ilegítimo de financiamento do sistema partidário-eleitoral do país – seguimos acreditando no Brasil.

    Ao contribuir com o aprimoramento do contexto institucional, a Odebrecht olha para si e procura evoluir, mirando o futuro. Entendemos nossa responsabilidade social e econômica, e iremos cumprir nossos contratos e manter seus investimentos. Assim, poderemos preservar os empregos diretos e indiretos que geramos e prosseguir no papel de agente econômico relevante, de forma responsável e sustentável.

    Em respeito aos nossos mais de 130 mil integrantes, alguns deles tantas vezes injustamente retratados, às suas famílias, aos nossos clientes, às comunidades em que atuamos, aos nossos parceiros e à sociedade em geral, manifestamos nosso compromisso com o país. São 72 anos de história e sabemos que temos que avançar por meio de ações práticas, do diálogo e da transparência.

    Nosso compromisso é o de evoluir com o Brasil e para o Brasil.”

  80. Agora que voltou da Suiça com

    Agora que voltou da Suiça com documentos que podem incriminar os seus…Sei não, Nassif!

  81. Janot ou not janot

    1. o pgr é um sabonete e sempre produz textos ambíguos que servem para os dois lados;

    2. na hipótese – que eu não acredito – de ele ter tomado juízo e pretender, agora, controlar o mp… acho muito pouco provável que consiga colocar o saci de novo na garrafa.

    3. tarefa semelhante à do Aragão com a pf, depois que o zé da justissa deixou o tumor crescer.

    4. Oremos!

    5. Pela legalidade e pela Democracia!

  82. Recado pro Lula?

    “Terminou lembrando Mandela, que mesmo “brutalmente injustiçado decidiu seguir por um caminho que não levasse seu país a se desintegrar em uma luta fratricida e de consequências imprevisíveis”.”

    Quem não te conhece que te compre, com essa conversa mole!

    Vá esperando que o povo vai deixar o Lula ficar na cadeia como o Mandela, vá ….

     

    • e pra quem não leu/ouviu

      e pra quem não leu/ouviu direito vou repetir:

      Vá esperando que o povo vai deixar o Lula ficar na cadeia como o Mandela, vá ….

  83. Triste eu fico Mouro

    mas discordo de ti.

    Um comentarista já cantou a pedra lá em cima, certamente esses golpistas (Janot é um deles) não esperavem essa reação das ruas, dos “petralhas” (julgavam-nos já mortos, cartas fora do baralho), dos movimentos sociais, de intelectuais, de artistas, de jurista diversos, então… ele… candidamente fala para seus pupilos não se guiarem pelo que as ruas estão dizendo; pra mim o recado é cristalino: o MPF continua sendo um dos arquitetos cruciais do golpe de estado.

    E espero, de coração, não por ele mas por ti, que eu esteja esfericamente enganado.

    • Você tem razão.

      Você tem razão mas não importa se ele está dissimulando ou reagindo às reações ao golpe.

      O que importa é o fato político.

      Ele reconheceu que o MPF estava agindo em um ponto fora da curva e chamou os procuradores de volta a normalidade.

      Mas, o mais importante dos acontecimentos de hoje é a descoberta de que Sérgio Moro é reincidente em conduzir processos de forma irregular, O próprio Gilmar Mendes, em 2010, investe contra Moro, denunciando  as arbitrariedades do injuiz e pedindo sua condenação pelo CNJ.

  84. Quem acredita nisso? Depois

    Quem acredita nisso? Depois de tudo o que fez, vem com esse discurso. Para mim não mudou nada, a Lava Jato continuará obviamente partidária e seletiva. Vejam bem, Marcelo Odebrecht foi condenado sem qualquer prova, não há, é só ver o processo.Único jeito dele escapar de ficar muito tempo mofando na cadeia é delatar, não importa se há verdade nisso ou não.Alguém em sã consciência acha que ele vai dizer a verdada ou vai ter que dizer o que os procuradores do Janot querem ouvir? Não confiou um milímitro no MPF que está conduzindo a Lava Jato, há sempre um teatro. Sempre fingim ser o que nunca foram. Quem acredita no Janot acredita em tudo. 

  85. Quem acredita nisso? Depois

    Quem acredita nisso? Depois de tudo o que fez, vem com esse discurso. Para mim não mudou nada, a Lava Jato continuará obviamente partidária e seletiva. Vejam bem, Marcelo Odebrecht foi condenado sem qualquer prova, não há, é só ver o processo.Único jeito dele escapar de ficar muito tempo mofando na cadeia é delatar, não importa se há verdade nisso ou não.Alguém em sã consciência acha que ele vai dizer a verdada ou vai ter que dizer o que os procuradores do Janot querem ouvir? Não confiou um milímitro no MPF que está conduzindo a Lava Jato, há sempre um teatro. Sempre fingim ser o que nunca foram. Quem acredita no Janot acredita em tudo. 

  86. O Brasil, não faz muito

    O Brasil, não faz muito tempo, era considerado um país subdesenvolvido, do terceiro mundo.  Depois, em função de uma exponencial melhoria, recebeu a denominação de país emergente, passando a ser  considerado um dos atores importantes no rol dos países com voz ativa no mundo. Neste exato momento, o país esta decaindo nessa escala de civilização. Golpes são muito frequentes e trágicos no continente africano, após o que a barbárie e o fratricídio passam a imperar. Na Argentina, ingressou no poder um segmento quase oposto àquele que deu sustentação à presidenta Cristina. Mas observem que não houve nenhuma ruptura. Ou seja, o mandato da presidenta foi inteiramente concluído sem qualquer contestação. As regras democráticas foram estritamente seguidas.

    Ficam, então, as indagações: O que estão fazendo com o nosso país? Aonde querem levá-lo com esse golpe em andamento? O que representará esse grave retrocesso civilizatório ao nosso país? Após o golpe consolidado, o que pensarão sobre nós os países ricos? Como será a relação com um país que não respeita a democracia?

  87. comportamento que não podemos esquecer

    Algumas coincidências que nos fazem pensar:

    O governo americano através da Sua Polícia  Federal,  FBI, investiga a FIFA. Nessa investigação, chegam a indícios de que a TV Globo não  agiu corretamente em contratos de transmissão de jogos. Se fossem adiante iriam complicá -lá. Não estão  nada satisfeitos com o protagonismo que o maior país ao sul do equador , está tendo no cenário do continente e no mundo. Combina-se então; trabalhem diuturnamente para desestabilizar e derrotar e  esse governo e seus expoentes, que nós esquecemos de ir adiante nesse investigação. Eu te ajudo, você nos ajuda.

     

    Enquanto isso, membros de algumas de nossas instituições que fazem parte de uma operação que simplesmente está quebrando muitas de nossas empresas e minando nossa soberania, viajam aos EUA, para trocarem experiências,  ou receberem instruções,  com funcionários de órgãos daquele país. 

     Em continuidde ao descrito, ONGs diversas e mantidas por organizações não  simpatizantes de nossas conquistas, diversas mídias e a imprensa venal, vão alimentando o ódio e o caos, e as instituições que deviam zelar pela manutenção do  estado de direito, se acoelham e só assistem os desmandos sem tomarem uma posição. 

    Resumidamente,  foi isso, um pesadelo que tive.

     

  88. Creio que hoje, José Cardozo
    Creio que hoje, José Cardozo , o mais modesto e inanimado auxiliar de Dilma, colocou uma pulga atrás das orelhas dos golpistas quando pronunciou a frase: “Não passarão!”. O lema pronunciado por Dolores Ibárruri Gómez, La Pasionaria, foi um grito de guerra e resistência no assalto a Madri. Acho que sentiram cheiro de pólvora.

  89. Belos discursos muitas

    Belos discursos muitas pessoas podem escrever e fazer. Esta é a parte fácil

    Quero ver é colocar em prática. Ele mesmo pode começar dando o exemplo, tipo: advertir seus cupinchas de quem vazar qualquer coisa sob sigilo, sofrerá processo administrativo e poderá ser exonerado.

  90. Nassif, vc sempre analisa as
    Nassif, vc sempre analisa as coisas de uma forma correta, equilibrada.
    Gostaria de dar minha opinião sobre a situação atual, não adianta palavras bonitas do procurador , quando sabemos que nos bastidores é outra coisa, se o povão não encher as ruas, praças deste país, o governo cai. É inegável que o golpe está caminhando rapidamente.

  91. UM PGR que se cala contra as

    UM PGR que se cala contra as ilegalidades perpetradas contra o Lula e deixa o Cunha solto não merece credibilidade.

  92. Made in brazilian Burocracy

    É óbvio que Janot desembarcou do golpe. Ou melhor, o golpe foi vetado pela comunidade internacional. Lula negociou com eles: o que o mercado internacional quer, ele mesmo fará.

    Aconteceu, mais ou menos assim:

    Rainha Elizabeth ii: Alô David (o primeiro ministro David Cameron)? O nosso bom vassalo na Brazil está em apuros? Soube que a burocracia medieval de lá é farisaica e falsa-moralista e quer, através do formalismo jurídico-medieval deles, arrumar algum crime para prendê-lo. Não gostei disso. Ele é muito leal aos nossos negócios. A única contra-partida é a inclusão social.

    David Cameron: É verdade majestade, a burocracia de lá é pior que a nossa nobreza do século X. É gente que há; várias gerações não trabalham de verdade. Digo, gente que não conhece o que é o mundo do trabalho real.

    Rainha Elizabeth: Eu soube até que a burocracia tem cargos vitalícios. Que ultrajante!! Esse pessoal do terceiro mundo sonha com um título de Sir. Nunca terão!!! Mas, de qualquer forma, ligue para Obama!!

    David Cameron: Alô Obama. Eu queria informações do Brazil? Soube que nosso amigo, o cara, está em apuros com a burocracia primitiva de lá? O que tem acontecido. A rainha quer que o ajudemos.

    Obama: É verdade. Nós com tantos problemas aí aparece mais um. Fique tranquilo, naturalmente as nossas imprensas já estão se posicionando. Parece que a burocracia e a imprensa de lá estão com casa tese bisonha e o povo de classe média acredita. Pior, todos nós, incluído os franceses, trabalhando contra essa onda de ódio aí a imprensa de lá fica brincando de fascismo. Mas, fique tranquilo, eu soube que a burocracia brasileira estava negociando com um estagiário nosso para colocadora com o golpe, mas já mandei abortar a missão.

    David Cameron:: minha nossa. Com um estagiário?! Meu Deus, que povo primitivo!!

    Obama: Mas, fique tranquilo. Nosso amigo lá vai seguir um caminho mais harmonioso conosco. Eu prefiro negociar com ele do que com os outros de lá que, diga-se de passagem, foram recrutados pelos nossos estagiários. E afinal de contas, ele é o cara!! ahahahahha

    Assim, jaz um golpe made in Brasil. Ou melhor, made in burocracia brasileira que é famosa em nunca terminar o que começou. ahahahha

  93. E deu outro recado
    E deu outro recado entrelinhas: Lula, esteja preso e não se insurja, pois a história o reparará.
    Respeitosamente, Nassif, faça-me o favor!
    Tomou a decisão porque estava escandaloso e outros atores contra o golpe entraram em cena.
    Quando a poeira baixar o MP será repensado. Tolero mais os bandidos da oposição que os malfeitores do ministério público.

  94. hummm!!  Janot? Janot é e

    hummm!!  Janot? Janot é e sempre foi a mão que balança o berço… É o velho golpe do morde e assompra.  Não confiem nesse cara. Collor já mostrou quem ele é…desde o ano passado que Collor avisa. 

  95. Demorou muito a se

    Demorou muito a se manifestar, com todas aquelas notícias de que teria autorizado a divulgação dos grampos deveria ser mais enfático. O Teori sem está envolvido na confusão foi muito mais acertivo em palestra em Ribeirão Preto. Não poupou críticas à atuação do Moro, embora não tenha citado seu nome.

  96. Janot no MPF parece o Cardozo no MJ

    Vai ver que o Janot não controla os procuradores da Lava Jato como o Cardozo não controlava os delegados. Está pedindo agora; resta saber se será atendido. Outra coisa: tem muita gente do MP que está contrário ao golpe e se pronunciando. Janto teve que falar qualquer coisa e aproveitou o momento. Espero que a Lava Jato deixe a imagem ridícula de “Os Intocáveis” como naquela capa da Folha. 

  97. Janot no MPF parece o Cardozo no MJ

    Vai ver que o Janot não controla os procuradores da Lava Jato como o Cardozo não controlava os delegados. Está pedindo agora; resta saber se será atendido. Outra coisa: tem muita gente do MP que está contrário ao golpe e se pronunciando. Janto teve que falar qualquer coisa e aproveitou o momento. Espero que a Lava Jato deixe a imagem ridícula de “Os Intocáveis” como naquela capa da Folha. 

  98. Conversa mole pra boi dormir…

    O cara deixa a trupe dele arrebentar o país, ajuda no desastre e dá o aval para a (ilegal) divulgação das escutas pelo Moro.

    E depois vem com esse papo de “menos, pessoal, menos…”?

    Isso é só figuração. É pura representação. É o Janot querendo dar uma de Lulinha paz e amor, mas só conseguindo mesmo ser José Serra…

    Enquanto Eduardo Cunha for o presidente da Câmara (não vou nem falar em prisão, que já é querer demais!), Janot não tem moral pra falar nada. Enquanto os membros do MPF receberem auxílio-moradia, não tem moral pra cobrar nada de ninguém.

  99. Isso é roubo de Memória, Janot!

    Um chiliquento ator coxinha em Belo Horizonte declarou ser ele próprio “Roda Viva”. Apresentou-se como único locupletado pela apropriação. É menor o cinismo dele do que o seu: ao sequestrar, para emprestar ao “nosso” (seu) ministério público, frase de Winston Churchill (que plagiava o Premiê francês Georges Clemenceau): “Se o Império Britânico … durar mil anos, os homens dirão: ‘Esta foi sua melhor hora!’”

    Senhor Janot, o momento histórico é que perpetuou na Memória a frase do Primeiro Ministro. Em pouco tempo o senhor, essa frase roubada e sua procuradoria gerarão piadas britânicas! O tempo histórico com Internet se acelera em progressão geométrica, com fator crescente: a maioria dos membros do “seu” ministério estarão vivos para sentir o escárnio e ações legais de uma futura Justiça Brasileira. Não haverá “blindagem” jurídica. Os senhores mitigarão a falta de acerto com os militares que torturaram na Ditadura: já estarão mortos e alguns dos senhores, vivos.

    A História se repete como farsa e farsas históricas já foram previstas: em “1984” o que acontece agora já foi descrito:

    “Winston, herói de 1984, último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O’Brien, hierarca do Partido, é quem explica a Winston que “só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro”.

    (…) Algumas das ideias centrais do livro dão muito o que pensar até hoje, como a contraditória Novafala imposta pelo Partido para renomear as coisas, as instituições e o próprio mundo, manipulando ao infinito a realidade. (e reescrevendo a história, acrescento)

    (…) Nos Estados Unidos, foi visto como uma fantasia de horror quase cômico voltada contra o comunismo da hoje extinta União Soviética, então sob o comando de Stálin e seu Partido único e inquestionável. No entanto, superando todas as conjunturas históricas – e até mesmo a data futurista do título -, a obra magistral de George Orwell ainda se impõe como uma poderosa reflexão ficcional sobre os excessos delirantes, mas perfeitamente possíveis, de qualquer forma de poder incontestado, seja onde for.”

    in: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=12562

  100. Papo furado do cabeça branca,

    Papo furado do cabeça branca, é o velho morde e assopra, só acredita quem quiser, mais facil acreditar que o coelhinho da pascoa vai deixar um ovão na minha porta proximo domingo. Gostaria de escrever um post tocante e póetico, mas não consigo.

  101. Papo furado do cabeça branca,

    Papo furado do cabeça branca, é o velho morde e assopra, só acredita quem quiser, mais facil acreditar que o coelhinho da pascoa vai deixar um ovão na minha porta proximo domingo. Gostaria de escrever um post tocante e póetico, mas não consigo.

    • E eu, depois de sua morte.

      E eu, depois de sua morte. Não que eu deseje que ele morra. Mas quando acontecer, eu passarei a confiar.

  102. Mau agradecido…

    E, finalmente, finalmente, finalmente, lembrou que a instituição fica e as pessoas passam. “Desejo que, unidos no cumprimento do próprio dever, tenhamos, nas nossas mentes e nossos corações, a ideia firme de que se o Ministério Público brasileiro durar mil anos, os homens possam dizer de nós: Este foi o seu melhor momento”.

    Esse DEVERIA SER UM AGRADECIMENTO A DILMA QUE NÃO FEZ, PELAS LEIS APROVADAS E PELA LIBERDADE SUICIDA QUE ELA DEU AO MP.

    Por que os golpistas fecharão TODAS AS INVESTIGAÇÕES, TODAS NÃO, exceto as que tratam do PT

    O golpe NÃO PASSARÁ!

  103. Não entendi
    O melhor momento, de mil anos do MP, é aquele em que viola as garantias constitucionais, de ‘baciada’?. Ou faz o gênero sonso para escrever e assinar uma agressão destas à nossa inteligência ou faz parte daqueles inocentes úteis daquela conhecida e auto referenciada confraria moral que quer por o dedo no nariz dos outros; mas que ( só ) faz de manhã, de tarde e de noite é traficar influência; dentro do Estado e sociedade brasileiros…

  104. Agora ??? Não seria tarde

    Agora ??? Não seria tarde demais para o “Seu Janot” virar republicano?

    Taca fogo no circo e depois pede lucidez aos incendiários?

    Ou será que está jogando pra torcida?

    Ou seria extremamente miope?

    Será que ele consegue ou quer conter o ímpedo dos golpistas alucinados?

    Ou é alguma senha?

    • Janot é um dos “Zika

      Janot é um dos “Zika Micro-Céfalos” do GOLPE…Isso foi apenas um pequeno recuo estratégico… E outra ele só repetiu TUDO o quê BRILHANTEMENTE os Verdadeiros JURISTAS falaram hoje na Cerimonia com a Presidenta DILMA…e Detalhe esse PROXENETA só repetiu parte do que foi dito hoje para se recolocar ao menos com um dos pés no muro, pois a verdade é que depois do ATO DE HOJE  DA PRESIDENTA DILMA com os VERDADEIROS DEFENSORES DO ESTADO DE DIREITO…Esse PROSELITISMO juridico FARISAICO desse JUDAS PGR foi COMPLETAMENTE DESMASCARADO… Quer dizer então que O Sevandija desse PGR tá Rasgando Pagina por Pagina da Constituição desde que entrou no cargo de PGR e agora depois de uma reflexão em sua viagem pela europa ele volta “Iluminado” e quer se apropriar de parte do Contra GOLPE para que possa ficar em uma situação mais confortavel agora que viu que a RESISTENCIA será maior que eles imaginavam… ACORDA NASSIF na boa… Você escreve coisas muito sensatas, mas hoje você foi LUDIBRIADO  por esse PGR TOSCO e sua Gang…

      LAMENTAVEL…

  105. Quem autorizou a divulgação do áudio cometeu crime

    Pode ser resultado de uma consulta de um dos Ministros do STF sobre a decisão divulgar o conteúdo do grampo das ligações telefônicas.

    Se Janot está envolvido na liberação do conteúdo do grampo  para a imprensa, vai ter que renunciar e responder a um inquérido administrativo ou um processo disciplinar.

     

  106. Íntegra da Decisão

    Ministro Teori determina remessa ao STF de interceptações que envolvem presidente da República

    Notícias STF—Terça-feira, 22 de março de 2016

    O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a remessa, ao STF, de processos em trâmite no juízo da 13ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Curitiba (PR) que envolvam conteúdo de interceptação de conversas telefônicas envolvendo a presidente da República, Dilma Rousseff. Com base em jurisprudência da Corte, o ministro destacou que cabe apenas ao Supremo Tribunal Federal decidir sobre a necessidade de desmembramento de investigações que envolvam autoridades com prerrogativa de foro. A decisão liminar foi tomada na Reclamação (RCL) 23457, em que o ministro determina, ainda, a suspensão dos efeitos da decisão da 13ª Vara Federal que autorizou a divulgação das conversações telefônicas interceptadas entre a presidente e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    A Reclamação, ajuizada pela Advocacia-Geral da União (AGU), alega que houve usurpação de competência do Supremo no caso, uma vez que no curso de interceptação telefônica, tendo como investigado o ex-presidente Lula, foram captadas conversas mantidas com a presidente. Sustenta que o magistrado de primeira instância, ao constatar a presença de conversas de autoridade com foro por prerrogativa de função, como é o caso da presidente da República, deveria encaminhar tais conversas interceptadas para o órgão jurisdicional competente, o Supremo Tribunal Federal, nos termos do artigo 102, inciso I, alínea b, da Constituição da República.

    A AGU argumenta que a decisão de divulgar as conversas da presidente, “ainda que encontradas fortuitamente na interceptação, não poderia ter sido prolatada em primeiro grau de jurisdição, por vício de incompetência absoluta”. Alega, ainda, que a comunicação envolvendo a presidente da República é uma questão de segurança nacional, conforme a Lei nº 7.170/83, e as prerrogativas de seu cargo estão protegidas pela Constituição Federal.

    Decisão

    De acordo com o ministro Teori Zavascki, embora a interceptação telefônica tenha sido aparentemente voltada a pessoas que não tinham prerrogativa de foro, “o conteúdo das conversas – cujo sigilo, ao que consta, foi levantado incontinenti, sem nenhuma das cautelas exigidas em lei – passou por análise que evidentemente não competia ao juízo reclamado”. Assim, o relator deferiu a liminar para que o STF, “tendo à sua disposição o inteiro teor das investigações promovidas, possa, no exercício de sua competência constitucional, decidir acerca do cabimento ou não do seu desmembramento, bem como sobre a legitimidade ou não dos atos até agora praticados”.

    “Cumpre enfatizar que não se adianta aqui qualquer juízo sobre a legitimidade ou não da interceptação telefônica em si mesma, tema que não está em causa. O que se infirma é a divulgação pública das conversas interceptadas da forma como ocorreu, imediata, sem levar em consideração que a prova sequer fora apropriada à sua única finalidade constitucional legítima (“para fins de investigação criminal ou instrução processual penal”), muito menos submetida a um contraditório mínimo. A esta altura, há de se reconhecer, são irreversíveis os efeitos práticos decorrentes da indevida divulgação das conversações telefônicas interceptadas. Ainda assim, cabe deferir o pedido no sentido de sustar imediatamente os efeitos futuros que ainda possam dela decorrer”, concluiu o relator.

    Leia a íntegra da decisão.(pdf- 9 páginas

    anexo:

    D ECISÃO : 1. Trata-se de reclamação, com pedido liminar, ajuizado pela Presidente da República, em face de decisão proferida pelo juízo da 13a Vara Federal da Subseção Judiciária de Curitiba, nos autos de “Pedido de Quebra de Sigilo de Dados e/ou Telefônicos 5006205-98.2016.4.04.7000/PR”. Em linhas gerais, alega-se que houve usurpação de
    competência do Supremo Tribunal Federal, pois:

    a) no curso de interceptação telefônica deferida pelo juízo reclamado, tendo como investigado principal Luiz Inácio Lula da Silva, foram captadas conversasmantidas com a Presidente da República;

    b) o magistrado de primeira instância, “ao constatar a presença de conversas de autoridade com prerrogativa de foro, como é o caso da Presidenta da República, […] deveria encaminhar essas conversas interceptadas para o órgão jurisdicional competente, o Supremo Tribunal Federal”, nos termos do art. 102, I, b, da Constituição daRepública;

    (c) “a decisão de divulgar as conversas da Presidenta – ainda que encontradas fortuitamente na interceptação – não poderia ter sido prolatada emprimeiro grau de jurisdição, por vício de incompetência absoluta”

    e d) “a comunicação envolvendo a Presidenta da República é uma questão de segurança nacional (Lei n. 7.170/83), e as prerrogativas de seu cargo estão protegidas pelaConstituição”.

    Postulou, liminarmente, a suspensão imediata dos efeitos da decisão proferida em 16.3.2016 no dito procedimento e, ao final, seja anulada a decisão reclamada, determinando-se a remessa dos autos ao Supremo Tribunal Federal.

    Ato contínuo, por meio de petição protocolada sob número 13698/2016, a reclamante apresentou aditamento à petição inicial e  alegou, em síntese, que

    (a) “segundo divulgado pela imprensa […] o juízo federal da 13a Vara Federal de Curitiba houve por bem suspender o envio a essa Corte Suprema dos inquéritos que tratam dos fatos que ensejam as medidas de interceptação, limitando-se apenas a encaminhar os dados da quebra de sigilo telefônico do ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva”;

    (b) o magistrado reclamado não teria competência para definir “o conjunto de inquéritos ou processos judiciais em curso que devem ou não ser remetidos ao exame do Pretório Excelso, única Corte de Justiça apta juridicamente a proceder a esse
    exame”. Requereu, assim, que seja determinado ao juízo reclamado “a remessa de todos os inquéritos e processos judiciais em curso que tratam dos fatos que ensejaram as interceptações telefônicas em que foram registrados diálogos da Sra. Presidente da República, dos Srs. Ministros de Estado e de outros agentes políticos porventura dotados de prerrogativa de foro”.

    2. A concessão de medida liminar também no âmbito da reclamação (arts. 158 do RISTF e 989, II, do Código de Processo Civil) pressupõe, além da comprovação da urgência da medida, a demonstração da plausibilidade do direito invocado, requisitos que no caso se mostram presentes.

    3. O presente caso traz, em sua gênese, matéria que esta Suprema Corte já reconheceu como de sua competência no exame das Ações Penais 871-878 e procedimentos correlatos, porém procedendo à cisão do feito, a fim de que seguissem tramitando, no que pertine a envolvidos sem prerrogativa de foro, perante o juízo reclamado, sem prejuízo do exame de competência nas vias ordinárias (AP 871 QO, Relator(a): Min. TEORI ZAVASCKI, Segunda Turma, julgado em 10/06/2014, ACÓRDÃO ELETRÔNICO DJe-213 DIVULG 29-10-2014 PUBLIC 30-10-2014).

    4. É certo que eventual encontro de indícios de envolvimento de autoridade detentora de foro especial durante atos instrutórios subsequentes, por si só, não resulta em violação de competência desta Suprema Corte, já que apurados sob o crivo de autoridade judiciária que até então, por decisão da Corte, não violava competência de foro superior(RHC 120379, Relator(a): Min. LUIZ FUX, Primeira Turma, DJe 24-10- 2014; AI 626214-AgR, Relator(a): Min. JOAQUIM BARBOSA, Segunda Turma, DJe 08-10-2010; HC 83515, Relator(a): Min. NELSON JOBIM, Tribunal Pleno, DJ 04-03-2005; Rcl 19138 AgR, Relator(a): Min. TEORI ZAVASCKI, DJe de 18-03-2015 e Rcl 19135 AgR, Relator(a): Min. TEORI ZAVASCKI, DJe de 03-08-2015; Inq 4130-QO, Relator(a): Min. DIAS TOFFOLI, Tribunal Pleno, julgado em 23-9-2015).

    5. O exame dos autos na origem revela, porém, ainda que em cognição sumária, uma realidade diversa. Autuado, conforme se observa na tramitação eletrônica, requerimento do Ministério Público de interceptação telefônica, em 17.2.2016, “em relação a pessoas associadas ao ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (eventos 1 e 2)”, aditado em 18.2.2016, teve decisão de deferimento em 19.2.2016 e sucessivos atos confirmatórios e significativamente ampliativos, em 20.2.2016, 26.2.2016, 29.2.2016, 3.3.2016, 4.3.2016 e 7.3.2016, sempre com motivação meramente remissiva, tornando praticamente impossível o controle, mesmo a posteriori, de interceptações de um sem número de ramais telefônicos.

    6. Embora a interceptação telefônica tenha sido aparentemente voltada a pessoas que não ostentavam prerrogativa de foro por função, o conteúdo das conversas – cujo sigilo, ao que consta, foi levantado incontinenti, sem nenhuma das cautelas exigidas em lei – passou por análise que evidentemente não competia ao juízo reclamado:

    “Observo que, em alguns diálogos, fala-se, aparentemente, em tentar influenciar ou obter auxílio de autoridades do
    Ministério Público ou da Magistratura em favor do ex- Presidente. Cumpre aqui ressalvar que não há nenhum indício nos diálogos ou fora deles de que estes citados teriam de fato procedido de forma inapropriada e, em alguns casos, sequer há
    informação se a intenção em influenciar ou obter intervenção chegou a ser efetivada. Ilustrativamente, há, aparentemente,  referência à obtenção de alguma influência de caráter desconhecido junto à Exma. Ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal, provavelmente para obtenção de decisão favorável ao ex-Presidente na ACO 2822, mas a eminente Magistrada, além de conhecida por sua extrema honradez e retidão, denegou os pleitos da Defesa do ex-Presidente. De igual forma, há diálogo que sugere tentativa de se obter alguma intervenção do Exmo. Ministro Ricardo Lewandowski contra imaginária prisão do ex-Presidente, mas sequer o interlocutor logrou obter do referido Magistrado qualquer acesso nesse sentido. Igualmente, a referência ao recém nomeado Ministro da Justiça Eugênio Aragão (‘parece nosso amigo’) está acompanhada de reclamação de que este não teria prestado qualquer auxílio.

    Faço essas referências apenas para deixar claro que as aparentes declarações pelos interlocutores em obter auxílio ou
    influenciar membro do Ministério Público ou da Magistratura não significa que esses últimos tenham qualquer participação
    nos ilícitos, o contrário transparecendo dos diálogos. Isso, contudo, não torna menos reprovável a intenção ou as
    tentativas de solicitação.”

    7. Enfatiza-se que, segundo reiterada jurisprudência desta Corte, cabe apenas ao Supremo Tribunal Federal, e não a qualquer outro juízo, decidir sobre a cisão de investigações envolvendo autoridade com prerrogativa de foro na Corte, promovendo, ele próprio, deliberação a respeito do cabimento e dos contornos do referido desmembramento (Rcl 1121, Relator(a): Min. ILMAR GALVÃO, Tribunal Pleno, julgado em 04/05/2000, DJ 16-06-2000 PP-00032 EMENT VOL-01995-01 PP-00033; Rcl 7913 AgR, Relator(a): Min. DIAS TOFFOLI, Tribunal Pleno, julgado em 12/05/2011, DJe-173 DIVULG 08-09-2011 PUBLIC 09-09-2011 EMENT VOL-02583-01 PP-00066). No caso em exame, não tendo havido prévia
    decisão desta Corte sobre a cisão ou não da investigação ou da ação relativamente aos fatos indicados, envolvendo autoridades com prerrogativa de foro no Supremo Tribunal Federal, fica delineada, nesse juízo de cognição sumária, quando menos, a concreta probabilidade de violação da competência prevista no art. 102, I, b, da Constituição da República.

    8. Diante da relevância dos fundamentos da reclamação, é de se deferir a liminar pleiteada, para que esta Suprema Corte, tendo à sua disposição o inteiro teor das investigações promovidas, possa, no exercício de sua competência constitucional, decidir acerca do cabimento ou não do seu desmembramento, bem como sobre a legitimidade ou não dos atos até agora praticados.

    9. Procede, ainda, o pedido da reclamante para, cautelarmente, sustar os efeitos da decisão que suspendeu o sigilo das conversações telefônicas interceptadas. São relevantes os fundamentos que afirmam a ilegitimidade dessa decisão.

    Em primeiro lugar, porque emitida por juízo que, no momento da sua prolação, era reconhecidamente incompetente para a causa, ante a constatação, já confirmada, do envolvimento de autoridades com prerrogativa de foro, inclusive a própria Presidente da República.

    Em segundo lugar, porque a divulgação pública das conversações telefônicas interceptadas, nas circunstâncias em que ocorreu, comprometeu o direito fundamental à garantia de sigilo, que tem assento constitucional. O art. 5o, XII, da Constituição somente permite a interceptação de conversações telefônicas em situações excepcionais, “por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal”. Há, portanto, quanto a essa garantia, o que a jurisprudência do STF denomina reserva legal qualificada.

    A lei de regência (Lei 9.269/1996), além de vedar expressamente a divulgação de qualquer conversação interceptada (art. 8o), determina a inutilização das gravações que não interessem à investigação criminal(art. 9o).

    Não há como conceber, portanto, a divulgação pública das conversações do modo como se operou, especialmente daquelas que sequer têm relação com o objeto da investigação criminal. Contra essa ordenação expressa, que – repita-se, tem fundamento de validade constitucional – é descabida a invocação do interesse público da divulgação ou a condição de pessoas públicas dos interlocutores atingidos, como se essas autoridades, ou seus interlocutores, estivessem plenamente desprotegidas em sua intimidade e privacidade.

    Quanto ao ponto, vale registrar o que afirmou o Ministro Sepúlveda Pertence, em decisão chancelada pelo plenário do STF (Pet 2702 MC, Relator(a): Min. SEPÚLVEDA PERTENCE, Tribunal Pleno, julgado em 18/09/2002, DJ 19-09-2003 PP-00016 EMENT VOL-02124-04 PP-00804), segundo a qual:
    “62. [A] garantia do sigilo das diversas modalidades técnicas de comunicação pessoal – objeto do art. 5°, XII – independe do conteúdo da mensagem transmitida e, por isso – diversamente do que têm afirmado autores de tomo, não tem o seu alcance limitado ao resguardo das esferas da intimidade ou da privacidade dos interlocutores.

    63. ‘Por el contrario’ – nota o lúcido Raúl Cervini (L. Flávio Gomes Raúl Cervini Interceptação Telefônica,. ed RT, 1957, p. 33), ‘el secreto de las comunicaciones aparece en las Constituciones modernas – e incluso se infiere en la de Brasil – con una construcción rigurosamente formal. No se dispensa el secreto en virtud del contenido de la comunicación, ni tiene nada que ver su protección com el hecho a estas efectos jurídicamente indiferente – de que lo comunicado se inscriba o no en el ámbito de la privacidad. Para la Carta Fundamental, toda comunicación es secreta, como expresión transcendente de la libertad, aunque sólo algunas de ellas puedan catalogarse de privadas. Respecto a este tema há sido especialmente clarificador el Tribunal Constitucional Espanõl al analizar el fundamento jurídico de una norma constitucional de similares características estructurales al art. 5 XII de la Constitución Brasileña.

    Há señalado el Alto Tribunal que la norma constitucional establece una obligación de no hacer para los poderes públicos, la que debe mostrarse eficaz com independencia del contenido de la comunicación, textualmente: ‘el concepto de ‘secreto’ en el art. 18, 3°. (de la Constitución española) tiene un carácter ‘formal’ em el sentido de que se predica de lo comunicado, sea cual sea su contenido y pertenezca o no el objeto de la comunicación misma al ámbito de lo personal, lo íntimo o lo reservado’. Agrega más adelante que sólo desligando la existencia del Derecho de la cuestión sustantiva del conteniclo de lo comunicado puede evitarse caer en la inaceptable aleatoriedad en su reconocimiento que llevaría la confusón entre este Derecho y el que
    protege la intimidad de las personas’.

    64. Desse modo – diversamente do que sucede nas hipóteses normais de confronto entre a liberdade de informação e os direitos da personalidade – no âmbito da proteção ao sigilo das comunicações, não há como emprestar peso relevante, na
    ponderação entre os direitos fundamentais colidentes, ao interesse público no conteúdo das mensagens veiculadas, nem à
    notoriedade ou ao protagonismo político ou social dos interlocutores”.

    10. Cumpre enfatizar que não se adianta aqui qualquer juízo sobre a legitimidade ou não da interceptação telefônica em si mesma, tema que não está em causa. O que se infirma é a divulgação pública das conversas interceptadas da forma como ocorreu, imediata, sem levar em consideração que a prova sequer fora apropriada à sua única finalidade constitucional legítima (“para fins de investigação criminal ou instrução processual penal”), muito menos submetida a um contraditório mínimo.

    A esta altura, há de se reconhecer, são irreversíveis os efeitos práticos decorrentes da indevida divulgação das conversações telefônicas interceptadas. Ainda assim, cabe deferir o pedido no sentido de sustar imediatamente os efeitos futuros que ainda possam dela decorrer e, com isso, evitar ou minimizar os potencialmente nefastos efeitos jurídicos da divulgação, seja no que diz respeito ao comprometimento da validade da prova colhida, seja até mesmo quanto a eventuais consequências no plano
    da responsabilidade civil, disciplinar ou criminal.

    11. Nos atos ampliativos antes referidos, encontra-se decisão datada e 26.2.2016, em que é autorizada a interceptação telefônica de advogado sob o fundamento de que estaria “minutando as escrituras e recolhendo as assinaturas no escritório de advocacia dele”. Aparentemente, é só em 16.3.2016 que surge efetiva motivação para o ato:

    “Mantive nos autos os diálogos interceptados de Roberto Teixeira, pois, apesar deste ser advogado, não identifiquei com
    clareza relação cliente/advogado a ser preservada entre o ex-Presidente e referida pessoa. Rigorosamente, ele não consta no
    processo da busca e apreensão 5006617-29.2016.4.04.7000 entre os defensores cadastrados no processo do ex-Presidente. Além disso, como fundamentado na decisão de 24/02/2016 na busca e apreensão (evento 4), há indícios do envolvimento direto de Roberto Teixeira na aquisição do Sítio em Atibaia do ex- Presidente, com aparente utilização de pessoas interpostas.
    Então ele é investigado e não propriamente advogado. Se o próprio advogado se envolve em práticas ilícitas, o que é objeto
    da investigação, não há imunidade à investigação ou à interceptação.”

    Sem adiantar exame da matéria, constata-se ser ela objeto de petição nos autos de Pet 5.991, a qual, com a presente decisão, sofre, no que diz respeito à jurisdição do STF, perda superveniente de interesse processual, devendo ser arquivada.

    12. Ante o exposto, nos termos dos arts. 158 do RISTF e 989, II, do Código de Processo Civil, defiro a liminar para determinar a suspensão e a remessa a esta Corte do mencionado “Pedido de Quebra de Sigilo de Dados e/ou Telefônicos 5006205-98.2016.4.04.7000/PR” e demais procedimentos relacionados, neles incluídos o “processo 5006617- 29.2016.4.04.7000 e conexos” (referidos em ato de 21.3.2016), bem assim quaisquer outros aparelhados com o conteúdo da interceptação em tela, ficando determinada também a sustação dos efeitos da decisão que autorizou a divulgação das conversações telefônicas interceptadas.

    Comunique-se com urgência à autoridade reclamada, a fim de que, uma vez tendo cumprido as providências ora deferidas, preste informações no prazo de até 10 (dez) dias.
    Com informações ou decorrido o prazo, abra-se vista dos autos ao Procurador-Geral da República (arts. 160 do RISTF e 991 do Código de Processo Civil) e voltem conclusos para julgamento.
    Junte-se cópia desta decisão nos autos de Pet 5.991, arquivando-se aqueles.
    Publique-se. Intime-se.
    Brasília, 22 de março de 2016
    Ministro T EORI Z AVASCKI
    Relator
    Documento assinado digitalmente

    Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil. O
    documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/ sob o número 10579830.

    URL:

    http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=312669

    http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/Rcl23457.pdf

     

  107. Rosa Weber golpista sem escrúpulos

    Rosa Weber faz parte do golpe, por isso não se declarou impedida

    Eliza Almeida disse:

    Não podemos esperar nada do STF. A ministra que irá julgar o Habeas Corpus foi acessorada por Moro no julgamento de José Dirceu. O seu filho trabalha na rede Globo e sua prima é casada com Aécio Neves. E como ela mesmo declarou, condenou Dirceu mesmo sem provas, porque a literatura permitia. Nesse caso, não precisamos de cartas, bolas de cristal para ler o futuro. A pior ditadura é a do judiciário.