O que o Ministro Barroso tem a dizer sobre o último abuso da Lava Jato?

 
 
Não há limites para os abusos da Lava Jato. Conversas particulares entre pai e filha sendo divulgados para a imprensa. Pouco importa se o pai é o execrável Eduardo Cunha. Esse tipo de abuso seria intolerável em qualquer regime democrático.
 
O que o arauto do novo iluminismo, Ministro Luís Roberto Barroso, teria a dizer sobre esses abusos? Ele, que tolera o estado de exceção, foi alvo de chantagens explícitas de blogs e da Veja, apontando para a compra de um apartamento em Miami por sua esposa, com nome de solteira e através de uma offshore.
 
Em vez de reagir contra o abuso, de esclarecer a compra, Barroso foi pelo caminho mais fácil: cedeu ao arbítrio e tornou-se ele proprio um defensor do estado de exceção, a maneira mais cômoda das pessoas de pouca coragem de garantir uma blindagem para si e para os seus.

 
 
do Estadão

‘Dad, infelizmente não tenho cacife para comprar tudo que gostaria’, disse filha a Eduardo Cunha

Quebra de sigilo telemático do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) pegou mensagens trocadas por ele com a filha

Julia Affonso, Mateus Coutinho, Ricardo Brandt e Fausto Macedo

Quebra de sigilo de dados telemáticos do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato, revelou troca de e-mails do peemedebista com a filha, a publicitária Danielle Dytz da Cunha. Em uma das mensagens, a filha do ex-deputado envia uma lista de compras com seis itens ao pai: cremes, óculos, bolsa, vídeo game e roupas.

Danielle Cunha é investigada pela Lava Jato pela posse de um cartão de crédito estrangeiro associado à offshore Köpek e recebido por ela. A Köpek não era declarada às autoridades brasileiras e foi descoberta graças ao apoio de investigadores suíços. Segundo a Lava Jato, a offshore recebeu recursos da propina destinada ao ex-presidente da Câmara no esquema de corrupção na Petrobrás.

 

 

Na mensagem identificada pela investigação, às 16h42, de 20 de fevereiro de 2009, Danielle escreveu a Eduardo Cunha.

“Oi Dad, mesmo eu indo viajar, infelizmente não tenho cacife para comprar tudo que eu gostaria. Fiz uma listinha do que eu gostaria que você trouxesse, e se puder agradeço muito. Veja claro o que não for te dar trabalho!”

Na lista, Danielle colocou um “creme clean and Clear all about eyes (2 do tamanho maior), bolsa Balenciaga preta (igual a que eu tenho só que em preto),  óculos Rayban Wayfarer cor preta’.

“Sapatilha Tory Burch um tamanho acima do que a Claudia calça preta, (video game) Wii Fit”, pede a publicitária. “Se forem ao outlet gostaria de camisas pólo da Ralph Lauren para trabalhar.. tanto faz a cor.. no caso eu digo as que eu já tenho.”

Danielle informa ao pai que seu ‘tamanho é M para os modelos Skinny pólo e Slim FIT (o classic fit é masculino portanto fica muito grande)’.

“Se forem ao outlet, me avise! Eu gostaria também de um trenchcoat da burberry, mas só se forem ao outlet”, escreve. “Obs. Compre uma capa para o seu iphone, eu já tenho. Senão ele arranha! Não esqueça e aproveita que aí é mais barato. Se quiserem comprar o hj externo o que tem mais capacidade é o da marca Iomega.”

No dia seguinte, a publicitária manda outro e-mail para Eduardo Cunha com um complemento.

“Oi pai, no último email esqueci de incluir o itrip para carro que e o acessório para se ouvir ipod no carro.

Vc pode me trazer outro já que aquele problema no meu carro estragou o ango. A caca também pediu um para o carro dela. Muito obrigada! Beijos”, pede a filha do ex-presidente da Câmara.

Eduardo Cunha é acusado de ter solicitado e recebido, entre 2010 e 2011, no exercício de sua função como parlamentar e em razão dela, propina relacionada à aquisição, pela Petrobrás de um campo de petróleo em Benin, na África. O ex-presidente da Câmara é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão fraudulenta de divisas pela manutenção de contas secretas na Suíça que teriam recebido propina do esquema na Petrobrás.

A ação já havia sido aberta pelo Supremo Tribunal Federal em junho. O processo foi remetido para a primeira instância em Curitiba, pois Cunha perdeu foro privilegiado desde que foi cassado pela Câmara, por 450 votos a 10, no dia 12 de setembro. Com isso, o Supremo remeteu esta ação contra o peemedebista para a Justiça Federal em Curitiba, sede da Lava Jato.

A mulher de Eduardo Cunha e madrasta de Danielle, a jornalista Cláudia Cordeiro Cruz, é ré na Lava Jato acusada de lavagem e evasão de US$ 1 milhão na conta Köpek.

Eduardo Cunha nega recebimento de vantagem indevida. Em seu interrogatório, Cláudia Cruz declarou que ‘desconhecia a existência de conta no exterior em seu nome’ e que ‘nunca teve motivos’ para desconfiar do marido.

 

 

Luis Nassif

23 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Blitzkrieg da mídia, o modus operandi

    Fizeram com o Barroso o mesmo que fazem com todos: intimidação, mostrar quem manda já desde o início. Foi assim nos primeiros meses do governo Dilma, todos os dias factóides contra os ministros. Obedientemente, Dilma foi lançando-os ao mar, um a um. O mesmo com o Pimentel no início do governo em MG. De lá para cá, pianinho, pianinho, fazendo de tudo para que não lembrem que existe. Haddad idem, nem um minuto de descanso, até que oe prefeito instalou um telefone vermelho direto com a Monica Bérgamo. Não vai ser diferente com o Crivella. Dia 1 de janeiro a Globo solta uma arrasadora blitzkrieg contra o bispo, para mostrar de cara quem manda. Quem encara quem manda no Brasil??

  2. Admito que amei essa

    Admito que amei essa vazamento. Mas é claro que é errado. Pois aí quem admite que se vaze essa conversa particular, que em nada contribui para o processo pra deixar o cunha mofar na caceia, também não tem moral pra reclamar quando vazam o aúdio entre a conversa de lula e eduarco paes (pelo qual paes tornou-se persona non grata em Maricá ). Infelizmente, esse limite foi totalmente estuprado quando Mouro deixou vazar o grampo ilegal entre Dilma e Lula – e esse vazamento foi a verdadeira data do impeachment de Dilma. O circo do congresso foi só pra confirmar.  

  3. Com essa vazamento, o Moro tenta se livrar da seletividade

    Esse vazamento tem a finalidade de livrar a Vaza Jato da acusação de seletividade. Ou seja, um vazamento de alguém da Casa Grande é feito para justificar os vazamentos dos Moradores da Senzala.

    Esse vazamento deve ter sido combinado com o próprio Eduardo Cunha, tal como a combinação de que ele não seria algemado, de que sua prisão seria discreta.

    Agora pense no consumismo da burguesia. Já imaginaram se o Eduardo Cunha fosse o pai dos 7 bilhões de humanos que vagueiam por este Planeta?

    Ninguém vagueraia mais

    1. “Esse vazamento tem a

      “Esse vazamento tem a finalidade de livrar a Vaza Jato da acusação de seletividade”:

      Marque essas palavras:  esse “vazamento” tem a finalidade de livrar CUNHA do judiciario.

  4. Ainda não conseguimos

    Ainda não conseguimos entender o que significa “abusos da lavajato”! A lavajato é apenas o nome de uma operação da polícia federal brasileira. Será que é difícil falar “abuso de sergio moro e de seus subordinados e comandantes gilmar mendes,fhc e eua!”! por que essa blindagem primária? A lavajato tem que continuar sim! mas nas mãos de gente de fóra da máfia, e continuar investigando principalmente os parlamentares na marca do pênalti, principalmente os que foram gravados chamando a operação de “aquela pôrra!” e os que já receberam ordem de prisão! O parlamento não é composto por soberanos; o povo não elege soberanos! o povo elege representantes! o povo não quer anistia para ladrões mafiosos!

  5. Onde estão os videos das

    Onde estão os videos das oitivas de testemunhas de acusação elencadas pelo pelo min público, lava jato em relação a Eduardo Cunha?

  6. Que interesse jornalístico há nessas mensagens?

    Prezados,

    É claro que Eduardo Cunha e família devem ser investigados; e para valer. As provas contra EC são fartas e robustas, indicando ser ele um criminoso contumaz. Entretanto fica evidente que a publicação dessas mensagens privadas entre EC e a filha NADA tem de interesse jornalístico, muito menos público. 

    Não é porque detesto EC e o considero um canalha, que mereça ser investigado, denunciado, julgado e punido pelos crimes que tenha cometido que vou chacelar qualquer abuso cometido pelas autoridade policiais, do MP ou do PJ contra ele e pessoas da família dle. NOTA ZERO para a Fraude a Jato e para o Estadinho e todo o PIG/PPV que repercute essa fofoca.

     

  7. Estadão: quem te viu, quem te vê

    Nos dias de hoje… à exceção de uma pequena parcela da sociedade, a grande maioria vai se rejubilar com esse tipo de coisa. Se desde o inicio as pessoas publicas tivessem se insurgindo contra esses abusos à privacidade, não estariamos com essas verdadeiras execrações publicas hoje. Eh aquele velho poema. Primeiro levaram meu colega, depois um conhecido, em seguida meu vizinho e um dia vieram me levar….

  8. Ora, ora e ora, o desministro

    Ora, ora e ora, o desministro embarroso deve ter dado muitas risadas com o teor do grampeamento. Quanto mais, com o vazamento. Aliás, além do embarroso, que diz o desministro moraesano enquanto não advoga para o pcc? E os delaanhóis acelerados? e o desM? Ou ninguém diz nada porque não precisa já que os quartanistas de palegre decidiram que exceção é exceção e ponto finalizado! Pobre paiseco de meia-pataca.

  9. Olhem a que ponto nós

    Olhem a que ponto nós chegamos! Como isso foi parar no Estadão e qual a intenção de quem  vazou uma conversa entre pai e filha pra imprensa? O Estado brasileiro decidiu expôr seus cidadãos para quem um grupo de procuradores consega uma ereção?  Tá nojento isso!

  10. Alguém por favor prenda todos

    Alguém por favor prenda todos os integrantes da lava jato.

    Se possível com os barões da mídia e seus pistoleiros juntos.

    Não permitam que esta corja destrua o Brasil.

  11. Nassif,

    não se exige grandes realizações de que não tem talento. O Ministro Barroso e raso e tenta (com muito esforço isso é  fato) demonstrar um refino, um conhecimento e profundidade intelectual que não tem. Assim que sair do STF será comentarista de assuntos aleatórios na GloboNews.

  12. O rabo abanando o cachorro

    Isso é o rabo abanando o cachorro! Se a lava-jato vaza, eles são obrigados a publicar com destaque, senão os “furos” vão apenas para o concorrente, não importa se não há valor jornalístico. A Folha já pagou vários micos com esse tipo de jornalismo. A definição que o ministro Barroso (só acrescentaria que pelo menos mais meia dúzia de ministros do Supremo estão nessa) se baseia nos comentários da GloboNews é perfeito, pois ele age como o canal de TV: dá racionalidade superficial a absurdos. Quando o STF repete falácias, é porque não estamos no caminho certo. 

  13. Todos os pais já devem ter

    Todos os pais já devem ter recebido mensagens deste tipo dos filhos. Sabe o que esse pessoal  da Lava jato merece? Que um racker invada as suas contas e divulgue mensagens pessoais. 

    De que buraco sairam esses “heróis” brasileiros? Que tipo de ser humano admira esses vândalos do estado de direito?

  14. Marianas

    E a ilustríssima vossa excelência  presidente  ( já que ela se diz alfabetizada) do acovardado  e também golpista  stf ameaçando o Congresso Nacional com seu corporativismo. Isso não é abuso não ilustríssima excelência ?

    É essa a sua democracia ou é essa a sua guerra?

    E muitos acreditando que nossas instuições fortes tinham chegado ao fundo do poço.

  15. O vazamento da banalidade rumo ao ridículo

    O modus operandi da Lava Jato continua o mesmo. Só que agora eles já cruzaram a linha do ridículo.

    Esse vazamento do Cunha, em versão menor, é a mesma coisa que fizeram quando vazaram as conversas de Lula e Dilma: jogar um monte de banalidades no ar pra ver se aparece alguma coisa “relevante”.

    Esse vazamento do Cunha, nem meme vai gerar.

    Se a Lava Jato tentou, com este vazamento, criar um fato novo para evitar seu inevitável rifamento, não conseguiu nem chegar perto.

  16. No meio deste conflito entre judiciário e legislativo

    Em meio às acusações nacionais e internacionais de violação de direitos. A lava-jato faz mais um vazamento. Ao contrario do que parece , estão mandando um recado. FAZEMOS PORQUE QUEREMOS E PODEMOS.

    Não passa de uma provocação, e não é barata.

  17.  
     
    Sérgio Moro, do Banestado

     

     

    Sérgio Moro, do Banestado e do affair Youssef.

     

    Jabuticaba News

    Olha só: o judiciário brasileiro é a instituição mais podre e mais corrupto da República.

    Aí aparece um dos seus integrantes, de nome Sérgio Moro, e tem a ousadia de cagar regras contra a corrupção.

    Moro tem a ousadia de cagar uma dezena de medidas contra a corrupção e nem se dá conta das dezenas de magistrados corruptos durante o exercício do cargo e que continuam a ser corruptos por receberem salário em decorrência do afastamento devido a… corrupção e até assassinato.

    Alguns dos ‘desvios’ praticados pelos colegas de toga do juizeco de Curitiba, todos eles premiados com salário vitalício, sem ter de comparecer ao fórum.

    Salário mensal, doze meses de férias por ano, mais décimo terceiro salário, mais aumentos periódicos de salário.

    Venda de sentenças,
    extorsão,
    prevaricação,
    desvio de dinheiro público,
    assédio moral,
    abuso sexual contra adolescentes,
    desvio de dinheiro para loja maçônica,
    venda de sentenças,
    venda de habeas corpus,
    manipulação de mercado financeiro e uso de informações privilegiadas,
    montagem de esquema, em conluio com advogados, para tirar dinheiro de empresas,
    pedido de empréstimos a partes em processos em que atuava,
    homicídio qualificado,
    concessão irregular de habeas corpus nos plantões de fim de semana,
    peculato,
    prevaricação,
    intermediação de venda de sentenças em favor de quadrilha de narco-traficante,
    extorsão por obrigar funcionária subordinada a fazer transferências mensais de dinheiro para o desembargador e sua mulher…

    Isso é apenas a ponta do iceberg, pois há os que fazem tudo isso e permanecem no cargo.

     

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador