Procuradores preparam-se para entregar a Petrobras aos EUA, por André Araújo

 

Por André Araújo

Os processos que a Petrobras pode enfrentar nos EUA – No programa PAINEL de hoje na GLOBONEWS, os debatedores acharam normalíssimo promotores americanos irem a Curitiba colher provas para processar a Petrobras e disseram que a Petrobras deve se preparar para pagar uma multa de US$ 1.6 bilhão para a SEC-Securities and Exchange Commission, a CVM americana, além de mais 16 ações cíveis de acionistas minoratários que querem indenizações da Petrobras e ainda o Departamento de Justiça pode pedir condenações criminais. Todos falaram como se o Brasil fosse a merreca do mundo, galinheiro onde qualquer um põe a mão, faz e acontece.

1.A PETROBRAS é uma empresa estatal, tem controle direto do Governo brasileiro, a corporação tem sede no Brasil, o fato de ter ações listadas em Nova York não estende automaticamente a jurisdição americana sobre o Rio de Janeiro, onde a Petrobras tem sede. Os americanos podem achar que tem jurisdição mundial mas isso é o que eles acham. Uma empresa estatal é uma EXTENSÃO do Governo brasileiro, que pode invocar imunidades para um ente do Governo. Uma multa de US$1,6 bilhões é absurda, os escritórios e outros investimentos da Petrobras nos EUA não valem isso, são esses ativos que podem ser tomados, que tomem, o Brasil tem ferramentas jurídicas e espero que as use para lutar com esse non-sense.

2.OS EUA são um País que NÃO ACEITA JURISDIÇÃO ESTRANGEIRA extra territorial sobre seus cidadãos e empresas, não faz parte de cortes internacionais exatamente para não ter risco de seus nacionais serem julgados por estrangeiros.

Leia também:  Coronavírus: EUA suspendem emissão de vistos comuns

Os pilotos do LEGACY foram condenados no Brasil e nem tomaram conhecimento, nem o Departamento de Justiça americano quis cooperar com a Justiça brasileira. A CISCO, gigante americana de informática foi autuada por contrabando no Brasil e o Governo brasileiro não processou por isso a matriz americana da CISCO, a CHEVRON foi processada aqui por danos ambientais e nenhum promotor brasileiro foi aos EUA processá-la na matriz.

3.As ações coletivas civis são golpes de escritórios de advocacia “abutres” especializados em cooptar acionistas para extorquir indenizações, é um setor da advocacia americana de péssima reputação, tipo “advogado de porta de cadeia”!, são meia dúzia de escritórios bem conhecidos, tipo “venha aqui e nós podemos fazer você ficar rico”. Caçam clientes na rua para criar escândalo e cobrar um cala boca da empresa atacada.

Meu receio é que a PETROBRAS não esteja se defendendo com a artilharia de calibre suficiente, a Justiça americana é diferente da brasileira, exige LOBBY junto ao Departamento de Justiça, se deixar os promotores sozinhos vão criar confusão máxima e pelo que sei a PETROBRAS não contratou nenhum lobista para assunto tão serio, lobista em cima da SEC e em cima do DofJ, lá é PERFEITAMENTE LEGAL E ESPERADO. Aqui aparece o tradicional comentário idiota ” Ainda não fomos notificados”, o que não vale nos EUA, lá o acusado tem que agir MUITO ANTES DE SER NOTIFICADO, para não deixar o assunto criar raízes de modo a depois ser impossível, precisa matar no ninho.

Leia também:  Coronavírus: Mais de 10 mil mortes e 240 mil casos confirmados no mundo

Registro meu ESTARRECIMENTO de Procuradores brasileiros, que são pagos pelo Governo do Brasil, ajudarem Procuradores estrangeiros a processar e ao fim cobrar multas bilionárias do MESMO GOVERNO que lhes paga o salário. É como o filho ajudar alguém a processar seu pai para lhe extorquir dinheiro.

Segundo os entrevistados do PAINEL disseram, especialmente o Paulo Sotero, que mora em Washington, terça-feira próxima Promotores americanos estarão em Curitiba para recolher documentação contra a PETROBRAS, obviamente vão ser recebido com tapete vermelho.

Parece que esqueceram completamente a noção de ESTADO NACIONAL, mas os americanos nunca esquecem.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

120 comentários

  1. concordo plenamente

    André mais uma vez obrigado a concordar com voce.

    Quando penso naquela historia do Lagacy o sangue ferve. O comportamente dos procuradores , diretoria da petrobras é lamentável mais uma vez. Os nossos politicos são de quinta categoria ( com exceções) não esboçam qualquer reação.

    E o ministéria da justiça o que tem a dizer? 

    Até a Libia de kadafi tinha lobista  nos EUA (chegado ao whisky segundo dizem, mas isso é outra historia) .

  2. Desde de 1500, nós somos uma colônia de exploração

    A única coisa que mudou é que a elite que mais nos explora, hoje, é nacional.

  3. A nossa subserviência
    É magistral a nossa subserviência.

    Arvora o nosso poder judiciário na “tendência “moderna” em estreitar o sentido da cooperação internacional, na medida em que essa fronteira do Direito Internacional somente vem a fortalecer a “credibilidade” do país. Conceituamente, ótimo. Uau! PGR em Washington e Nova Iorque. Agora essa, a jurisdição curitibana sob os holofotes do Depto de Justiça norte-americano.

    Pergunta básica: e o nosso Interesse Nacional? Estar “bem na fita”, prostrado. É esse o nosso interesse?

    • Me permito repetir à

      Me permito repetir à exaustão: OS ESTADOS UNIDOS NÃO ACEITAM EM HIPOTESE NENHUMA JUSRISDIÇÃO ESTRANGEIRA SOBRE SEUS CIDADÃOS E EMPRESAS, porisso não fazem parte do Tribunal Penal Internacional e de nenhuma outra corte internacional, quando entram em um Pais a primeira coisa que exigem do Governo local é IMUNIDADE PROCESSUAL PARA SOLDADOS AMERICANOS.

    • PGR não é poder judiciário. E

      PGR não é poder judiciário. E em tempo, para defesa temos a AGU, que não serve só para atuar junto ao tribunal de contas, temos o Itamaraty, e principalmente tem a Petrobrás, com certeza, um quadro de advogados regiamente pagos para defender os interesses da empresa.

      • Eles contrataram escritorios

        Eles contrataram escritorios americanos a peso de ouro que não vão contestar o mais importante, o direito do Departamento de Justiça processar a Petrobras, vão apenas  tentar diminuir a penalização.

        • Pois é. Mas seria correto que

          Pois é. Mas seria correto que a atuação dos escritórios americanos fosse pautada pelo departamento ( ou que nome tenha ) jurídico da Petrobrás. Ou nem isso ?

          Se não, melhor chamar o Kakay.

          • Eles contrataram escritorios

            Eles contrataram escritorios que fazem parte do sistema unilateral americano de espalhar sua jurisdição pelo planeta, esses escritorios não vão contestar o mais imporante, o direito do DofJ processar a Petrobras,  porque eles são parte desse mecanismo, vão fazer a defesa burocratica mas não enfrentar o Departamento de Jusiça. Inves de US$1,6 bilhão a multa vai cair para Us#1,4 bilhão, é isso que eles vão fazer cobrando os tubos, a Petrobras já assinou contratos de 326 miçhões de Reais com esses escritorios. O processo do Departamento de Justiça contra um Governo estrangeiro, a PWETROBRAS é Governo brasileiro, é SSUNTO POLITICO, deve ser tratado com a Casa Branca e com o Departamento de Estado.

            Quando o Governo Jango nacionalizou as empresas americanas AMFORP (hoje CPFL) e Cia.Telefonica Nacional (ITT)

            que entrou no circuito foi a Embaixada e o Departamento de Estado, não teve nada a ver com a Justiça daqui ou de lá.

            Depois de 1964 o assunto foi resolvido POLITICAMENTE pelo Roberto Campos e o Brasil pagou a indenização pedida de US$113 milhões para os acionistas estrangeiros.

            Assunto politico se resolve GOVER a GOVERNO, não é com advogados.

    • O assunto é Petrobrás (pelo
      O assunto é Petrobrás (pelo jeito você não entendeu o alerta do André Araújo)

  4. Aqui no Brasil, provavelmente
    Aqui no Brasil, provavelmente esses procuradores vão escutar a famosa réplica: ” e na bundinha, não vai nada?

  5. Já falei aqui diversas vezes.

    Já falei aqui diversas vezes. Esse MP brasileiro vai afundar esse país. 

    Cooperações internacionais são normais para se condenar traficantes, assissinos, golpistas, etc, mas nunca para processar uma impresa do naipe da Petrobrás.

    Cade o PGR? o que diz sobre tudo isso?

    • PGR? Qual o quê!

      Primeiro que o Rodrigo Janot tem medo da imprensa, em seguida do Moro, do Gilmar Medes, do Cunha, de toda a Procuradoria e por ultimo, mas não menos importante, do seus grandes chefes do Norte. 

  6. Mas nesse caso não seria AGU

    André,

       Mas nesse caso a AGU não deveria interpelar, para evitar a entrega de documentos?

       Fiquei poreocupado quando ouvi no radio(um comentaris de Brasilia) que a demanda seria de 20Bilhoes é rela isso? 

  7. Vejo uma atitude passiva da

    Vejo uma atitude passiva da midia e da propria Petrobras nesse caso de processos nos Estados Unidos, naquela linha

    tradicional e burra ” ainda não fomos notificados”. A Petrobras já deveria estar a todo vapor se defendendo com ou sem notificação porque já está perdendo a batalha da midia nessa questão. a Petrobrás tem defesas relvantes. No dito programa PAINEL o jornalista Paulo Sotero e os demais participantes acham PERFEITAMENTE NORMAL o Governo dos EUA processar a Petrobras e, o que não é nada normal, aliás é completamente descabido.

    1.O Foreing Corrupt Practices Act, lei americana anti corrupção de 1973 tem como alvo COMPANHIAS AMERICANAS E CIDADAÕS AMERICANOS e não empresas estrangeiras que estão sob jurisição estrangeira e não americana. Eles podem achar e sempre acham que a Lei americana vale para o mundo inteiro mas ninguem precisa aceitar isso e muitos paises não aceitam, O DofJ não costuma processar empresas russas ou chinesas.

    2.A PETROBRAS foi VITIMA e não é autora de corrupção, se fosse o caso de ser julgada porisso.

    3.Nos EUA não tem MINISTERIO PUBLICO INDEPENDENTE como no Brasil. O Procurador Geral dos Estados Unidos é o proprio Ministro da Justiça, portanto é um braço politico do Poder Executivo, com o que um processo contra a Petrobras significa um processo do Governo americano contra o Governo brasileiro por supostos atos de corrupção praticados no Brasil por brasileiros, o que tem a ver a Justiça americana com isso?

    4.Esse processo estapafurdio está sendo alimentado a partir do Brasil mas o risco corre contra a Petrobras, quer dizer contra o Governo do Brasil, maior acionista da Petrobras, ao fim quem vai pagar a conta é o contribuinte brasileiro.

    5.A PDVSA, empresa venezuelana tem vastas operações nos EUA, 14.000 postos de combustiveis e oito refinarias, tem todo tido de probelmas legais e contabeis, corrupção legendaria, não entrega balanço na SEC há muitos anos apesar de ter bonus emitidos nos EUA e ao que se saiba nunca foi processada. A  SONANGOL teve sumiço de US$32 bilhões de seus cofres em 2012, todo petroleo produzido em Angola vai para os EUA, a SONAGOL é operada por companhias americanas, o Departamento de Justiça não fica incomodado com a fortuna de Isabel dos Santos, filha do Presidente de Angola, ela tem US$3,4 bilhões na FORBES e vem tudo do petroleo de Angola, o Departamento de Justiça

    não se toca? De onde vem a fortuna dos bilionarios de Angola, não é da corrupção cuja fonte é o petroleo da SONANGOL? Mas como hoje Angola é o 2º maior fornecedor dos EUA, fica tudo porisso mesmo, os americanos são rigidamente anti-corrupção quando lhes interessa e quando não interessa fecham os olhos, sempre foi assim.

    6.É impressionante a passividade da PETROBRAS com todo esse escandalo, a primeira coisa é pedir baixa da listagem na Bolsa de Nova York para sair da jurisdição da SEC, nessa altura a listagem em Nova York só traz prejuizos à Petrobras e nenhum beneficio, pelos proximos dez anos a Petrobras não vende ações fora do Brasil, a PDVSA não está mais sujeita à jurisdição da SEC, pediu deslistagem de seus bonds nos EUA.

    A PETROBRAS já deveria ter feito fortes declarações contra esse processo espurio do Departamento de Justiça, tem

    que agir, não ficar esperando ” a notificação” e deixar o processo andar. Os  advogados “abutres” que catam na calçada acionistas minoritarios para chantagear a Petrobras VÃO USAR O PROCESSO DO DEPARTAMENTO DE JUSTIÇA COMO BASE para seu pedido de danos morais, porisso é preciso estancar esse processo com urgencia.

     

     

     

    • Uma empresa estrangeira, para

      Uma empresa estrangeira, para atuar no Brasil, tem de se registrar na Receita Federal e receber um CNPJ onde o N quer dizer NACIONAL.

      Tem de cumprir as exigências da Lei brasileira e se sujeitar às leis brasileiras para operar no Brasil.

      Por acaso nos EUA é diferente?

      É só entrar e começar a vender ações por lá? Sem que a empresa se registre e sem precisar cumprir as normas locais?

      Se você não quer se sujeitar às leis dos EUA é só não entrar nos EUA.

      Ou a Petrobrás achou que estava a passeio pela Disneylândia, passou por NY e vendeu US$100 bi em ações e voltou pra casa sem ter que dar nenhuma satisfação sobre esse dinheiro?

       

      • Preocupado, leia o post por

        Preocupado, leia o post por favor. O AA afirma que o problema não está no fato de os EUA defefenderem o seu quinhão e sim na submissão das Instituições tupiniquins que, como sabemos,  estão sempre de quatro para os xerifes americanos  e ainda se imaginam os reis da cocada preta que estão arrasando por ai. O que o AA disse:  OS ESTADOS UNIDOS NÃO ACEITAM EM HIPOTESE NENHUMA JUSRISDIÇÃO ESTRANGEIRA SOBRE SEUS CIDADÃOS E EMPRESAS.

        • O Brasil também não aceita

          O Brasil também não aceita jurisdição estrangeira sobre os seus cidadão e suas empresas.

          Agora se a empresa se registra lá nos EUA, ou se um brasileiro vai lá a passeio tem de respeitar as leis locais.

          Você fala em submissão eu falo que é uma ajuda do governo dos EUA que estão ajudando os brasileiros a se livrar da corrupção.

          Quer melhor exemplo do que as lambanças da FIFA?

          • Os EUA ajudando o Brasil a se

            Os EUA ajudando o Brasil a se livrar de corrupção? Faça-me o favor.  Qual é essa ajuda? Eles querem é cobnrar multas de bilhões de dolares. Quanto Á FIFA o buraco é mais embaixo, eles tem cada vez mais interesse no mercado de futebol.

            Os EUA tiveram uma mega historia de corrupção desde sua existencia e nunca pediram ajuda a um pais estrangeiro para combate-la. Nenhum Pais deve pedir ajuda externa para se imiscuir em seus assuntos internos, especialmente politicos.

             O volume de fans do futebol no mundo é dez vezes maior do que o dos esportes que se praticam nos EUA,os canais americanos de esporte estão cada vez mais envolvidos em futebol, a FIFA vai cair sobre controle anglo-americano já na proxima eleição, eles não querem os nosso safados, preferem os safados deles que levem o faturamento para os EUA.

             

      • Nada a ver. As empresas

        Nada a ver. As empresas americanas tem que cumprir a leis brasileiras NO BRASIL e não no mundo inteiro. A Petrobras não praticou ato algum NOS ESTADOS UNIDOS contra as leis americanas. Ela foi vitima de corrupção NO BRASIL, praticada por brasileiros qu estão sendo processados no Brasil, o que é que o Departamento de Justiça tem com isso?

        A Halliburton, empresa americana que fornece equipamento de perfuração de poços de petroleo, vendia até agua para o exercito americano no Iraque, sem licitação. Está sendo processada pelo Governo americano que alega que a Halliburton roubou bilhões de dolares com fornecimentos de tudo no Iraque, no Brasil a Halliburton é uma das maiores fornecedoras

        do pre-sal e ai? O Brasil vai processar a Halliburton por ser uma empresa corrupta? Ela foi corrupta no Iraque e não aqui.

        A mesma coisa com a Petrobras, a corrupção foi aqui e não nos EUA.

      • De onde saiu essa lenda de

        De onde saiu essa lenda de CEM BILHÕES DE DOLARES? Nenhuma empresa estrangeira captou isso nos EUA em tempo algum. A Petrobras apenas LISTOU suas ações na Bolsa de Nova York, ações já existentes, não lançou ações novas nos EUA.

  8. Agradeçamos mais essa ao FHC,

    Agradeçamos mais essa ao FHC, que não conseguindo uma privatização completa fez uma pseudo-privatização da Petrobras, que deixou de atuar precipuamente pelos interesses do país para focar apenas na lucratividade, tendo também que subjugar-se aos interesses e direitos dos acionistas estrangeiros.

    Muitos aqui no país quase têm um orgasmo ao ouvir que os americanos irão processar a Petrobras, que é isso o que ela merece; como se a empresa fosse uma pessoa física, um bandido-mor, um câncer que só faz mal ao país.

    Os americanos devem rir da docilidade, alienação e cegueira dos brasileiros, pois sem violência, e com o apoio de boa parte dos nativos, estão enfraquecendo sobremaneira a maior empresa nacional, para darem a abocanhada mais lá na frente.
     

  9. Estes caras, que

    Estes caras, que eventualmente trabalham no MP por terem decorado apostilas e terem passado em um concurso público. deviam é ganhar um cana por traírem interesses nacionais.

    Não é possível que nós, cidadãos, entremos com uma representação contra eles? Nossos camaradas advogados que frequentam o blog podem nos dizer se é possível? 

  10. Gosto do André Araújo mas

    Gosto do André Araújo mas desta vez ele está errado.

    A Petrobrás foi até os EUA para captar 100 bilhões de dólares em ADRs de cidadãos e empresas de investimento norte-americanas.

    Vou repetir.

    A PETROBRÁS FOI ATÉ OS EUA CAPTAR 100 BILHÕES DE DÓLARES DE CIDADÃO E EMPRESAS AMERICANAS.

     

     

    • Nem a PETROBRAS e nem nenhuma

      Nem a PETROBRAS e nem nenhuma empresa estrangeira jamais captou 100 bilhões de dolares de cidadãos e empresas americanas. O que a PETROBRAS fez foi LISTAS suas ações na Bolsa de Nova York, isso não significa vender ações nos EUA, a PETROBRAS nunca fez um lançamento de ações nos EUA, a listagem é para dar liquidez internacional às ações,

      é algo burocratico que não justifica multas de bilhões de dolares se o balanço não foi entregue ou está errado. Se não entrega balanço a SEC manda DESLISTAR a ação e ponto final. A multa é discutivel, como é aqui. A PDVSA deixou de entregar balanço por 4 anos e seus bonds cotados nos EUA foram deslistados, nunca pagou multa.

      • Pronto, se nem a PDVSA pagou

        Pronto, se nem a PDVSA pagou multa, não será a Petrobras a pagar. Sem perder o sono por isso. Mas vale o pretexto para xingar procurador, pgr, ministério público, Cardozo que sobrou da “reforma “e dar uma levantadinha no blog, que estava meio caído.

        Grande André Araújo, valeu. Animou o ambiente.

        • Não há que se possa admirar

          Não há que se possa admirar na Republica Bolivariana da venezuela MAS há uma coisa que admiro: eles são valentes.

          O Governo americano já varias vezes que punir a PDVSA por falta de entrega de balanço na SEC e outros problemas, a PDVSA tem grandes investimentos nos EUA, tem a 3ª maior rede de postos dos EUA MAS os venezuelanos não são SIM SENOR, eles batem de frente e os gringos não se metem com eles. Aqui tem gente que acha maravilhoso os EUA processarem a Petrobras, o Paulo Sotero e a turma do Painel achou lindo, tudo SIM SENHOR aos EUA, disgusting.

      • Diga pra mim o significado de

        Diga pra mim o significado de ADR então.

        As ações da Petrobrás não estão apenas sendo listadas. Elas estão sendo compradas e vendidas através das ADRs que tem como lastro justamente em ações da Petrobrás.

         

        • ADR é American Depository

          ADR é American Depository Receipts, é um recibo de que ações equivalentes ao numero que está no recibo estão depositadas em um banco americano, quase sempre é no Bank of New York. Esse recibo é que é LISTADO na Bolsa e não a ação propriamente dita.  Não muda nada, é apenas um processo de registro e não tem nada com emitir ações nos EUA.

  11. Dá prá ver no caso da

    Dá prá ver no caso da esmeralda gigante cujo valor, na cotação atual do dólar, vale mais de 1.5 bi de reais,..,..interessante notar  como o senso comum pensa esta questão, vide os comentários no face sobre essa questão da esmeralda(https://www.facebook.com/MSNBrasil/posts/914308885299772)..: tno comentários dá prá se notar muita ignorância, falta de interesse pelo próprio país e total submissão aos interesses americanos,…o FBI deve ter mandado remover, pois procurei e não achei a imagem que vi tempos atrás, do encontro entre Janot  e uma autoridade dos EUA no campo da investigação criminal, se não me engano era o chefe do FBI Edgar Hoover, ..,,…ficou gravada em minha mente aquela imagem: o Janot parecendo aquele anão de um seriado americano que fez muito sucesso por aqui, ah sim, a ilha da fantasia..,,não è a toa que a força-tarefa foi chamada a Nova York para receber dos EUA o prêmio “procuradoria padrão”, claro, o MPF se tornou despachante de interesses de abutres estrangeiros, alguns links

     

    PGR encontrou-se nos EUA com ex-sócia de concorrentes da Eletronuclear

    http://jornalggn.com.br/noticia/pgr-encontrou-se-nos-eua-com-ex-socia-de-concorrentes-da-eletronuclear

    Janot pede ajuda dos EUA para investigar Petrobrás

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/169363/Janot-pede-ajuda-dos-EUA-para-investigar-Petrobras.htm

     

    Petrobrás tenta acordo nos EUA

    http://jota.info/petrobras-pode-tentar-acordo-com-justica-dos-eua

    Ai vc vê uma imagem dessa e morre de rir…

     

  12. Se não me engano o MP faz
    Se não me engano o MP faz parte do executivo.
    Será que o presidente tem poder para acabar com estes chantagistas através de um decreto?

  13. A Ilha da Fantasia
    Havia uma imagem bem aproximada dos dois, vê se alguém a encontra PGR recebe visita oficial do diretor do FBI 7/4/2014

    Procurador de carreira, diretor do FBI ressaltou seu compromisso com aplicação das leis à frente da instituição

      

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recebeu a visita oficial do diretor do Federal Bureau of Investigation (FBI), James B. Comey, na semana passada. A reunião tratou do estreitamento da relação entre as duas instituições, especialmente por meio de cooperação e capacitação. Também participou da reunião o secretário de Cooperação Jurídica Internacional do Ministério Público Federal (MPF), procurador da República Vladimir Aras.

    Sétimo diretor do FBI, James Comey é procurador de carreira, o que reforça o compromisso com a aplicação das leis. Nesse sentido, o diretor congratulou o Brasil pela independência e autonomia do MPF, o que permite a desvinculação do campo político em suas atribuições, afirma. Nos Estados Unidos, a instituição é vinculada ao Departamento de Justiça, o que, para ele, reforça a necessidade de manter o espírito de independência.

    Na ocasião, o procurador-geral da República destacou as iniciativas já empreendidas entre o MPF e o FBI, como a realização de treinamentos pela embaixada dos Estados Unidos nas áreas de crimes cibernéticos, técnicas de interrogatório, pedofilia pela internet e lavagem de dinheiro.

    O encontro também tratou de crimes cibernéticos, presentes nos dois países e que aumenta o desafio na investigação dos casos. Nesse contexto, Rodrigo Janot lembrou também a infiltração de grupos em movimentos populares, ocorridos no Brasil recentemente, com o objetivo de causar desestabilização social e política. O fato, segundo ele, impulsionou o debate no Congresso Nacional sobre a definição de ações terroristas.

    Segundo Janot, o debate sobre terrorismo é novo para o Brasil e importante no momento em que o país sediará eventos esportivos mundiais. Assim, para entender melhor e aprender como reagir a ele, o procurador-geral mencionou a realização do “Seminário Internacional sobre Terrorismo e outras Situações de Emergência” pelo MPF para debater sobre o tema.

    No fim da reunião, Rodrigo Janot entregou a James Comey livro que trata da história da PGR e recebeu semelhante publicação do FBI.

    Secretaria de Comunicação Social
    Procuradoria Geral da República
    (61) 31056404/ 31056408

     

    http://noticias.pgr.mpf.mp.br/noticias/noticias-do-site/copy_of_geral/pgr-recebe-visita-oficial-do-diretor-do-fbi

     

    • O incrivel janot, alguem tem

      O incrivel janot, alguem tem que perguntar por que ele foge de tucanos como se fossem o diabo; ou será isso mesmo????

    • Janot feliz da vida ao lado do chefe…

      Na imagem, o Comey chefe do FBI ladeado por seu suboordinado Rodrigo Janot

  14. Caro André Araújo,
    A

    Caro André Araújo,

    A diferença é que empresas americanas não negociam suas ações no mercado de capitais do Brasil. Por outro lado, empresas brasileiras negociam na bolsa americana. Inclusive estatais.

    Um exemplo é a Eletrobrás. A bolsa de New York começou a negociar suas ADRs em 2008, já no segundo mandato do governo Lula.

    Quando uma empresa estrangeira começa a negociar em uma bolsa americana, ela faz uma série de compromissos que a deixa sujeita a responder jurisdicionalmente. O governo Lula aceitou isso no caso da Eletrobrás, por exemplo. Que, por sinal, já responde a duas ações na justiça dos EUA.

    Isso ocorre porque os EUA querem proteger os investimentos de seus nacionais.

    • São duas coisas diferentes.

      São duas coisas diferentes. Há um processo contra a PETROBRAS na SEC por conta da listagem das ações da Petrobras na Bolsa de Nova York. O processo no Departamento de Justiça é outro e se refere ao Foreing Corrupt Practices Act (FCTA) que trata de criminalizar atos de corrupção de empresas AMERICANAS no exterior. A Petrobrás não se enquadra nesse caso mas eles mesmo assim querem processar, cabe ao Governo Brasileiro agir para barrar , esse é um territorio

      CONTRADITORIO, nada é tão certo , é areia movediça. A base desse processo veio do Brasil, nenhum ato juridicamente contestavel foi praticado em territorio americano que justifique a invocação da FCPA contra a Petrobras.

      Como a PETROBRAS é empresa ESTATAL controlada pelo Governo brasileiro minha opinião é que o GOVERNO já deveria ter agido e pesadamente, via Itamaraty, Ministerio da Justiça, como é do nosso direito, os americanos nessas situações se defendem de todo jeito quando é o contrario, os EU NÃO ACEITAM JURISDIÇÃO ESTRANGEIRA, é uma regra secular desse Pais.

      O ponto que o Governo brasileiro precisa invocar, se necessario em corte internacionais, é que a Petrobras é uma dependencia legal do Estado brasileiro e portanto imune a ser processada em outro Pais por atos QUE NÃO FORAM PRATICADOS NESSE PAIS.

  15. FHC errou e muito ao colocar

    FHC errou e muito ao colocar ações da Petrobrás na Bolsa de Valores de NY, o que colocou a empresa sob os ditames das leis americanas que, como o AA demonstra em seu texto, servem aos apetites vorazes de advogados de porta de cadeia

    Petrobrás, sua história e a soberania, entrevista com Wladimir Coelho

    https://revistaopera.wordpress.com/2015/06/08/petrobras-sua-historia-e-a-soberania-entrevista-com-wladmir-coelho/

  16. Crime de lesa-patria

    Sera que os procuradores brasileiros são tontos assim mesmo, tolinhos, serviçais prestimosos dos americanos ou estão de ma-fé? Colaborar, ajudando a justiça americana a processar a Petrobras! Acho que nunca vi isso em lugar nenhum do mundo. Mais uma jabuticaba para o Febeapa! Se um dia forem aos Estados Unidos pedirem informação sobre uma empresa americana, levarão uma porta na cara.

    Ai me lembro da piada caipira que diz que “quê que adiantô tanto estudo pro fio, se o dotô nada entende do roçado”…

  17. Esses caras estão fazendo o

    Esses caras estão fazendo o serviço deles. Sempre serviram aos potentados, endinheirados e continuam recebendo do governo com os impostos que cobram dos mais pobres. HIPÓCRITAS!

  18. É até compreensível o jogo

    É até compreensível o jogo pesado dos EUA: são trilhões de reais em jogo, de forma que toda essa porcaria se justifica, os ataques vem de todos os lados, o MPF que deveria agir no sentido de preservar nosso patrimônio vão aos EUA receber prêmios pelos serviços prestados aos interesses americanos

    Como o Brasil veio perdendo, desde o governo FHC, sua soberania sobre a Petrobrás:

    http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2014/11/petrobras-ja-esta-sob-soberania-dos-eua.html

    Advogados das petroleiras terão acesso a todas as informações sobre a Petrobrás

    http://jornalggn.com.br/noticia/advogados-das-petroleiras-terao-acesso-a-todas-as-informacoes-sobre-a-petrobras

     

  19. Pouco comento sobre os

    Pouco comento sobre os artigos de André Araújo porque percebo no articulista incoerências, que me deixam ‘com a pulga atrás da orelha’. Embora eu concorde com a idéia central e com a argumentação expressas no texto, não consigo entender afirmações como a a do penúltimo parágrafo, em que o articulista se diz “estarrecido”. Ora, se simples leitores como eu já perceberam – há muito tempo – que os procuradores do MP, assim como parcela significativa da PF e do PJ estão trabalhando contras os interesses da Petrobrás e do País, embora sejam pagos com dinheiro público brasileiro, André Araújo deve dispor – há tempos – de informações que lhe permitam chegar à mesma conclusão. Então, esse “estarrecimento” não convence e não se justifica. Outros artigos do autor nos dão idéia da trama; portanto o articulista sabe melhor do que nós o jôgo sórdido que é maquinado contra a sonberania nacional, contra o desenvolvimento do Brasil sem estar atrelado aos interesses estadunidenses.

      • A ‘polidez’ de tua resposta a

        A ‘polidez’ de tua resposta a meu comentário demonstra exatamente o que eu nele expressei. Ser coerente é ser racional, é defender idéias com argumentos sólidos e bem construídos, é evitar se contradizer; quem se baseia apenas nas circunstâncias é como o galho de árvore ou a vela de um barco, que se dobra ou se infla ao sabor do vento. É bom que aceites também as críticas, não apenas os elogios que fazem os leitores a respeito do que escreves. Não te esqueças: como articulista do blog, estás do lado mais forte. O que fazes comigo, agora, já o fizeste com outros leitores. Mas se insistires nessa intransigência deixarei de ler os artigos de tua autoria. 

        • Meu caro, minha resposta não

          Meu caro, minha resposta não foi pessoal, a frase das coerencia e das circunstancias não é minha, é de Keynes, não tive nenhuma intenção de ser impolido especialmente com quem me honra com bons comentarios, apenas respondi com meus argumentos.

        •  Para Ortega y Gasset, autor

           Para Ortega y Gasset, autor da famosa máxima “O homem é o homem e a sua circunstância”, não é possível considerar o ser humano como sujeito ativo sem levar em conta simultaneamente tudo o que o circunda, a começar pelo próprio corpo e chegando até o contexto histórico em que se insere. 

    • Subjetivismo
      A capacidade do

      Subjetivismo

      A capacidade do autor de indignar-se ante situações-limite como a descrita no artigo, a mim, só faz aumentar a admiração e o respeito.

  20. Já passou da hora de

    Já passou da hora de fazer/dizer/escrever alguma coisa. Fica muito fácil culpar a Petrobrás pela corrupção dos políticos dos governos (todos, em todos os níveis) e à ganância endêmica de algumas pessoas. Nem por isso a empresa deixará de ter -no mercado atual e futuro- um valor muito alto e estratégico. Isto, senhores, é o verdadeiro alvo dessa e outras manobras. 

  21. Vai vendo….

    São papéis que estão sendo desempenhados: os EUA espertos como sempre e o Brasil digno de Tio Patinhas e seu apetite por tesouros em terras habitadas por ingênuos. Depois que o chefe veio aqui o despachante foi aos EUA beijar os pés do chefe e, claro, o New York Times deu manchete ao repercutir o G1

     

     

    9 de fevereiro de 2015  

     

    Notícias Internacionais – The New Yooker Times

     

    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, participou de reunião nesta segunda-feira (9) no Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em Washington, ao lado de investigadores federais da força-tarefa responsável pela Operação Lava Jato, que apura esquema de corrupção dentro da Petrobras.

    Em novembro do ano passado, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos abriu uma investigação criminal contra a Petrobras por conta das denúncias de corrupção na companhia, segundo informou o jornal britânico “Financial Times”. O governo norte-americano quer saber se a estatal ou funcionários da empresa receberam propina.

    Nesta segunda, Janot se reuniu com a subsecretária de Justiça norte-americana, Leslie Cadwell ,e com a diretora responsável por investigações criminais na América do Sul, Magdalena Boyton. Janot não deu declarações após o encontro.

    A previsão é que ainda nesta segunda, o procurador-geral tenha um encontro com o diretor-geral do FBI (Polícia Federal norte-americana), James Comey.

    Neste fim de semana, Janot embarcou para Washington para acompanhar representantes da força-tarefa da Lava Jato. A expectativa é que o procurador-geral peça cooperação das autoridades norte-americanas nas investigações do escândalo político brasileiro.

    Agenda no Banco Mundial e SEC
    Na terça-feira (10), Rodrigo Janot e os investigadores se encontrarão no Banco Mundial com  Leonard McCarthy, vice-presidente responsável pela integridade dos projetos financiados pela instituição. À tarde ele também vai se reunir com Jean Michel Arrighi, secretário de Assuntos Jurídicos da Organização dos Estados Americanos.

    Sem a presença de Janot, os investigadores também irão se informar sobre os avanços da investigação que a Securities and Exchange Comission (SEC), que é correspondente à Comissão de Valores Mobiliários, está fazendo para determinar se irregularidades na Petrobras causaram prejuízos a investidores norte-americanos.

    A SEC, que regula o mercado financeiro dos Estados Unidos, está investigando se as denúncias de desvio de dinheiro da Petrobras infringiram a lei anticorrupção americana e prejudicaram os acionistas da empresa com ações em Nova York, segundo informa relatório enviado pela consultoria brasileira Arko aos seus clientes.

    The New Yooker Times – Notícias Internacionais
    fonte: g1.globo.com revisão Urandir Martinez

     

    http://www.yooker.com.br/br/mundo/TheNewYookerTimes-mundo-janot-discute-lava-jato-com-departamento-de-justica-dos-eua.html

  22. Verdade, André, não basta a

    Verdade, André, não basta a Justiça, no sentido estrito da palavra, tanto que você mesmo aponta a prática de lobby e de outras ações extra-judiciais “para não deixar o assunto criar raízes”. A imagem é no mínimo tão importante quanto o teor, notadamente na cultura dos EUA. E aqui entra o que se chama de babação dos ovos dos EUA. Quem mandou sermos tão admiradores dos EUA? Quem mandou acreditarmos na propaganda estadunidense? Nos filmes de heróis improváveis? Claro que ninguém acredita racionalmente que existe um Superman mas o canal por onde entra a babaquice não é o da razão, é o da emoção, o dos sentimentos.

    Mas é difícl rejeitarmos o que vem dos EUA, recebemos versões mentirosas e distorcidas dos fatos. Quem não torceu pela morte de Osama Bin Laden, de Muamar Kadafi e de Sadam Hussein? Quantos de nós crê que Bashar Al Assad deve permanecer no comando da Síria só porque é esse o jeito sírio? Quantos de nós crê que Chávez deveria ser mantido no governo da Venezuela só porque foi democraticamentre eleito para isso? Quantos de nós rechaça a Inglaterra por ter obrigado a China a permitir-lhes traficar ópio? (Sim, os EUA herdaram muita coisa da Inglaterra.) Que ideia temos de Putin? Mas e se alguém dissesse que esses dirigentes todos não são mais algozes de seus povos do que muitos dos dirigentes de governos dos EUA foram algozes do povo dos própios EUA? Isso sem falar nas barbáries que esses dirigentes estadunidenses cometeram contra outros países, hein?

    – “Ah, mas seus filmes são tão legais… Quem pode não gostar do Frank Sinatra ou do Chuck Norris? Quem não acha a Julia Roberts gostosa?”

    (“Nine out of ten movie stars make me cry.” Caetano Veloso)

    Enfim, os EUA não são uma sociedade bacana com os outros e nem consigo mesmo, e há milhares de fatos a comprovar isso. Um deles é o que você nos traz agora. Sabe a história da bela viola e do pão bolorento? Então…

    • De qualquer forma,

      De qualquer forma, desmascarar os EUA é apenas parte do processo. A parte mais importante é, independente do que eles façam para construir imagens, que nós construamos nossa própria soberania… nossa imagem de nós mesmos. Que podemos ou não tentar vender aos outros. Não me parece tão importante vender imagens boas de nós quanto tê-las para nós mesmos.

      Numa relação de dominação cabe ao dominado se libertar. Esperar que o dominante vá romper a relação é coisa de criança, que agride o pai e exige-lhe que lhe dê liberdade…

      • Não é por menos, já que somos colônia, né?!

         

        “De qualquer forma, desmascarar os EUA é apenas parte do processo.”

        O que adianta desmascarar esse tipo de ação, se a maioria da população é cega politicamente para ele? Nada, pois as coisas tem, e continuaram?, acontecido do jeito que o império quer…

        • O “império” vem ruindo já faz

          O “império” vem ruindo já faz algum tempo. O apesar do vulgo ainda babar os ovos desse país, é cada vez maior o número de pessoas que vê a cara real dos EUA, principalmente entre quem tem acesso a outras fontes de notícia além da vulgaríssima Globo News e que-tais.

          Pela força que os EUA tem feito para tentar reconstruir a imagem de um país amigo se pode perceber a força dos que já notaram que, ao final, como alega esse país, “não é nada pessoal, é apenas negócios”, mas que nos prejudica do mesmo jeito.

    • “Nossos irmãos do norte”

      Na verdade, Renato, desde menino quando assistia os filmes norte americanos de cowboy eu sempre torcia para os indios. 

  23. Brasil perde disputa por esmeralda gigante na Justiça dos EUA

    Como diria aquela moça do Planeta dos Macacos: o brasileiro é tão bonzinho…bem coisa do Tio Patinhas e suas buscar por tesouros nas “terras de ninguém”

    Deu na France Presse

    A esmeralda de 380 quilos descoberta na Bahia em 2001 e que o governo brasileiro reivindicava como um tesouro nacional, parece ter encontrado finalmente um dono, com a decisão de um juiz dos EUA a favor de um grupo empresarial americano.

    Juiz decidiu a favor de grupo empresarial americano.
    Esmeralda de 180 mil quilates está avaliada em US$ 400 milhões.
    Imagem de outubro de 2001 mostra a esmeralda Bahia, uma das maiores do tipo no mundo. (Foto: Andrew Spielberger/AP)

    Imagem de outubro de 2001 mostra a esmeralda Bahia, uma das maiores do tipo no mundo (Foto: Andrew Spielberger/AP)

    Na quinta-feira, o juiz da Suprema Corte de Los Angeles Michael Johnson decretou que o “FM Holdings apresentou provas claras” que lhe atribuem a propriedade da pedra, após escutar os testemunhos dos três sócios do grupo, em 14 de maio passado.

    Pelas leis da Califórnia, se no prazo de 15 dias nenhuma das partes recorrer, a decisão será definitiva, acabando com seis anos litígio.

    O advogado do grupo, Andrew Spielberger, disse nesta sexta-feira à AFP que seus clientes “estão muito contentes”, e lembrou que “sempre afirmaram sua propriedade” sobre a pedra.

     Esmeralda gigante encontrada na Bahia era disputada nos EUA (Foto: AP)

    A esmeralda de 180 mil quilates, formada por nove tubos verdes, é considerada a maior do planeta e está avaliada em US$ 400 milhões.

    Desde que foi descoberta na Bahia, em 2001, a pedra viveu uma autêntica odisseia, até terminar nas dependências do xerife do condado de Los Angeles, onde aguardou a decisão final.

    O litígio começou em 2009, com a disputa entre garimpeiros, compradores de pedras e sócios do FM Holdings sobre a propriedade da esmeralda.

    Quando a Justiça estava a ponto de chegar a um veredicto, em setembro passado, o Brasil decidiu reivindicar seu direito ao pedir a dissolução do processo e a posse da esmeralda.

    Paralelamente, iniciou negociações com o governo americano para que a pedra fosse repatriada.

    No final de março, o juiz Johnson assinalou que o governo brasileiro “não fez nada para mostrar interesse sobre o caso”, e descartou seu direito à esmeralda.

    Após ser encontrada na Bahia, a esmeralda foi levada para São Paulo, mas em 2005 foi enviada a um geólogo da Califórnia.

    O geólogo enviou a pedra a Nova Orleans, onde permaneceu desaparecida por várias semanas após as inundações provocadas pelo furacão Katrina, em agosto de 2005.

    Depois de ser resgatada na água, a esmeralda terminou nas mãos do empresário californiano Larry Biegler, que comunicou seu desaparecimento em 2009.

    Uma investigação liderada pelo xerife do condado de Los Angeles localizou finalmente a esmeralda em Las Vegas, em posse dos sócios do grupo FM Holding.

     

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/05/brasil-perde-disputa-por-esmeralda-gigante-na-justica-dos-eua.html

     

  24. Sabotadores e mercenários.

    Sabotadores e mercenários. Patriotismo zero. Trocariam o Brasil pela Disneylandia. A pessoas com poder nesse país são paga-pau de americano, trocariam até a mãe pela cidadania gringa. Se esse for o caso, e se ainda temos um Exército com alguma dignidade, a intervenção militar é obrigatória para garantir a nossa soberania. Vão vender a Petrobrás? A gente estatiza de novo, a força mesmo. Precisamos é de um Hugo Chávez brasileiro pra botar ordem nesse caos fabricado. O Brasil é um país sério?

     

  25. Estou dizendo há algum tempo

    Estou dizendo há algum tempo que este complô do Paraná – delegado-juiz Moro, delegados da PF e do MP – é parte de um esquema muito maior. Querem destruir a Petrobras, entregar o pré-sal para os gringos, desestabilizar a economia e derrubar o governo Dilma, e de quebra, destruir o PT e suas lideranças. Não é pouca coisa, e eles agem como se fossem  os donos do Brasil, com aplausos e cobertura dessa mídia mais do que vendida. Além dos lobotomizados de ocasião que adoram transformar estes entreguistas e lesa-pátria em heróis nacionais. Que mais este apelo / denúncia feita pelo autor do post sirva para alertar o governo federal, já que o ministro Zé Cardozo com sua polícia federal antipetista não servem para nada mesmo.

  26. TRAIDORES E ENTREGUISTAS

    estão em todos os setores no Brasil, principalmente no Jornalismo.

         E para entregar alguma prova, algum documento, alguma coisa de qualquer processo do Brasil para Autoridades estrangeiras tem que ter Autorização do STF  (ou não?) e no caso em tela, como é caso de soberania nacional, deve passar nas mãos da Presidenta da República.

  27. petrobrás

    Estou lendo “A Era Vargas” e vejo muita coisa lá do século passado se repetindo agora. Lobi e desnacionalização de ativos com cláusulas absurdas

  28. e a wolkswagen vai pagar seus

    e a wolkswagen vai pagar seus acionistas a perda que eles tiveram pela maracutaia que fizeram?

  29. Petrobras

    Parece-me que a Petrobras não fraudou ninguém.  Ao contrário, ela é vítima dos fraudadores. Se reconhecermos o direito de investidores americanos de levarem  polpudas indenizações, quem pagará serão os investidores brasileiros, cujos papeis  cairão proporcionalmente.  Ou seja, nós seremos roubados em dobro: uma vez pelo desvio dos vigaristas internos, outra pelos vigaristas de fora.

  30. Um bom motivo para criarmos

    Um bom motivo para criarmos uma forma semelhante de não aceitar as Leis estrangeiras aqui…

  31. O Brasileiro médio sofre

    O Brasileiro médio sofre lavagem cerebral diária dos meios de comunicação. A diferença é que nos EUA a direita é NACIONALISTA. 

     

    já no Brasil a direitona é entreguista e burra, burra mesmo, retardada, medíocre. 

     

     

    • Falou pouco, mas disse tudo.

      Falou pouco, mas disse tudo. E a direitona brasileira é tudo isso que você disse em um país com potencial e recursos inimagináveis. As orelhas dessa gente só não maiores do que seus egos. A bem da verdade, não são brasileiros, são criminosos perigosíssimos que não se envergonham de ficar de joelhos diante de países saqueadores que, em seus retiros, devem dar muitas risadas desses idiotas. Está aqui na Internet, as imagens do relacionamento entre FHC e Clinton que bem demonstram a verdade do que estou dizendo. A História julgará essas pessoas tenebrosas e não irá poupá-las de nada, nem sequer suas progênies, infelizes deslumbrados com as riquezas de seus progenitores e completos imbecis a que o Tempo irá destroçar seus mundinhos artificiais e suas trágicas heranças embebidas com o sangue do povo brasileiro.

      Em suas individualidades, odeiam as próximas gerações de brasileiros e, ouso dizer, até as próprias, pois são tão egoístas que imaginam que os limites de suas vidas estão restritos a tudo o que os cercam materialmente. São os denominados desalmados, espécie mais baixa de seres humanos.

  32. Petrobrás e outros

    Promtor não produz nada, juizes e desembargadores idém. Não tem sequer noção do que é isso ou mesmo o que é retorno de investiemento ou mesmo o que é risco pois eles não correm nenhum, acham que tudo é facil basta estudar, fazer uma prova e pronto voce está apto a julgar, e condenar. Enquanto isso o país vai perdendo sua indústrias pois ninguém quer investir num país onde só existe o funcionarismo público que por sinal e não sei até hoje porque tem direito a uma aposentadoria integral enquanto o privado não!!!!! Aposentadoria essa que é paga pelo que nos do setor privado produzimos…..PIB!!!!!!! 

    Tô de saco cheio de ver o judiciário pedindo aumento….NÃO ESTÁ SATISFEITO PEDE DEMISSÃO E COLOCA O CURRICULUM NO MERCADO, ABRA UM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA, NINGUÉM ESTÁ OBRIGANDO  VOCES A CONTINUAREM NO SERVIÇO PÚBLICO!!!!!

     

  33. Assim como aconteceu com a

    Assim como aconteceu com a PETROBRAX, do sinistro, acho que estão esquecendo de combinar essa entrega com os petroleiros.

    O troço vai ficar feio…

  34. Fosse nos EUA

    Fosse nos EUA, amado por 10 entre 10 patetas, todos esses “procuradores” já estariam presos e respondendo judiciamente.

    Mas estamos no Brasi  País onde pilantras se travfestem de “otoridades” para trair o povo brasileiro.

     

  35. o sindicato dos petroleiros

    o sindicato dos petroleiros tem que entrar com ação para impedir esse crime de lesa pátria dos procuradores

  36. Lá vem o fanfarrão de novo…

    No caso anti-trustee contra a Microsoft no início do século, o DoJ, que também fez acordo com a empresa, colaborou, e muito com a justiça européia.

    Agora no caso VW, o ministério público alemão também vai colaborar com a justiça americana.

    Novos tempos, caro amigo. Já disse que você tem que se atualizar.

    Mas esta frase define bem sua formação a la Marcelinho Odebrecht : É como o filho ajudar alguém a processar seu pai para lhe extorquir dinheiro. 

    PS: Num comentário abaixo você sugeriu que o processo no DoJ é baseado no Foreing Corrupt Practices Act ?  

    Cara, você acha que todo mundo aqui é ignorante mesmo e você pode vomitar o que quiser que passa batido ?

    • Sabe de nada inocente….

      Só prá exemplificar a maldade dos yankees, acompanhe o noticiário sobre a  guerra na Síria.   A  Rússia e  a China entraram na parada  e  em 15 dias já estão estrangulando o ISIS….

      Os  caras  são podres meu brother !!  Larga de ser retardado !!

       

  37. André Araújo, o “Governo” não

    André Araújo, o “Governo” não paga salário de nenhum procurador. Quem paga é o Estado.

    Você sabe bem a diferença. E a diferença arruina suas argumentações nesse texto.

  38. GENTE,TÁ NA CARA
    QUEREM

    GENTE,TÁ NA CARA

    QUEREM FERRAR O BRASIL(GOVERNO)

    E PIOR SÃO PAGOS POR ELE

    EMPREGADO QUERENDO FERRAR O PATRÃO

    SEM CONSIDERAÇÃO(SÓ PARA RIMAR)

  39. Os procuradores americanos

    Os procuradores americanos que chegarão a Curitiba tambem qurem ouvir os delatores da Lava Jato, gostariam de ouvir acusações contra as empreitieras brasileiras para poder iniciar procssos contra elas nos Estados Unidos.

    Nem no Vietnam chegaram a tanto.

    • Só na Alemanha…

      Andrézinho, Vietnam faz meio-século, querido. Atualiza-se.

       

      6:40 p.m.

      German Vice Chancellor Sigmar Gabriel said after the resignation of Volkswagen’s CEO that it’s important now for the scandal to be cleared up completely — “by the company itself, as well as through cooperation by Germany and the company with American prosecutors and the American authorities. I think we owe that to the Americans.”

      Gabriel, who is also Germany’s economy minister, added: “Ultimately, this must happen quickly. We must not allow the impression to arise that this is a problem for the whole auto industry or that it raises questions over the integrity of Volkswagen overall. The 600,000 employees of VW cannot help it that individuals carried out criminal actions on whatever scale.”

      VW CEO Martin Winterkorn resigned Wednesday after the company admitted it had rigged its diesel cars to pass U.S. emissions tests.

      ___

      • O cara coloca o comentario e

        O cara coloca o comentario e aparentemente nem sabe o que fala. O Sigmar Gabriel eh o chefe do PT da Alemanha o SPD. A fala dele eh a seguinte ja que vc nao sabe ler ingles “agradecemos aos Americanos por descobrirem a fraude” e continua “nao podemos deixar que isso afete a industria automobilistica alema e que gere duvidas sobre a integridade da VW”. FInalmente ele conclui ” 600 000 funcionarios nao podem fazer nada se alguns individuos levaram atividades criminais a cabo”.

        Resumindo eles nao vao pagar a soma da quantia demandada pelos EUA e como sempre acontece nas empresas alemas, o governo vai cobrir o furo alegando que esta salvando empregos. Isso acontence quase todo ano por la. Lufthansa, Opel, Bancos…e assim vai. La ate o almoco das medias e pequenas empresas eh subsidiado pelo governo, o transporte e cursos de treinamento / qualificacao. Tudo para se manter competitivo e criando emprego pros chucrutes. Os EUA com certeza vao passar a mao na cabeca pois foi a mesma historia em outro ramo em 2008. Eles produzem e eles mesmo se auditam, conflito de interesse so existe nos outros paises. Nos mecanismos de flexibilidade do clima eh a mesma historia, so fraude uma atras da outra, vide destruicao dos gases HFC.

  40. Deixa eu ver se entendi

    Uma quadrilha tomou conta da Petrobras nos últimos dias. Além da corrupção na compra de navios, plataformas e construção de refinarias, o governo congelou o preço dos derivados por anos para manter artificialmente a inflação dentro da meta, causando com isso um rombo nas contas da empresas. Ao lançar ADRs na bolsa de NY, a empresa concordou que deveria agir com transparência, a famosa “disclosure”. Agora que as autoridades dos EUA querem punir a empresa pelos desmandos, os defesores do governo ficam com essa papinho de que os norte-americanos querem tomar a Petrobras?? O engraçado é que a cada refinaria superfaturada construída, era mais fácil dizer que tudo era invenção da mídia. E agora???

     

    Os responsáveis devem ser punidos. Uma coisa é uma ação cair porque o mercado está desaquecido. Como exmplo podemos citar a Vale, devido à queda no preço do minério. O petróleo está em baixa, mas comparem o comportamento das ações da Petrobras com de outras petroleiras. O desempenho da Petrobras é ridículo. A empresa está altamente endividada e o pré-sal, apesar do imenso volume, com a queda nos preços do petróleo, sua margem é pequena. O governo quis ancorar diversos projetos tendo como base  as receitas do pré-sal e quebrou a cara.  A Venezuela também tentou o mesmo e vejam o resultado.

     

    Quem vos fala aqui não é um curioso, mas sim um servidor da ANP que nunca acreditou nessa balela de pré-sal como a salvação da lavoura.

    • Servidor da ANP? Se fosse o
      Servidor da ANP? Se fosse o contrário haveria reciprocidade? É óbvio que não! Não importa quantos Vietnãs, Iraques, Afeganistões arrasem. Sempre defenderão seus cidadãos, empresas e o país contra intervenção externa. Os americanos são PATRIOTAS!!! Aqui só se veste a camisa do Brasil na Copa ou pra ir à Av. Paulista pedir, entre outros descalabros, a intervenção de quem? Dos EUA!!!!
      Impressiona um servidor da ANP não ver o quão estratégico é o óleo negro para o país!! Os membros da OPEP ditam quando o preço sobe ou desce (pra passar no concurso com certeza estudou sobre a crise de 1929)! Todos os países desenvolvidos possuem reservas emergenciais para pelo 90 dias para enfrentar escassez de produção. E o pré-sal é balela… 1 MILHÃO de barris equivalentes dia (mais de um terço da produção total) com menos de 60 poços produtivos e em apenas 7 anos de produção (peço ao servidor que me corrija se estiver errado). A pressão e lobby no Congresso para acabar com o regime de partilha é porque os estrangeiros querem ajudar o país… Ajudar a NUNCA tornar-se um ator também representativo neste mercado. Que prendam os corruptos, mas não entreguem o país!! Chega de pensamento de colônia!!!

  41. “viva o republicanismo”

    A oposição, além de ter excelentes mestres em estratégia, luta contra “republicanistas”. Dilma não tem capacidade, não tem um único aliado do porte de Moro  e mesmo que tivesse, faltaria coragem a ela para enfrentar o judiciário, a midia, o MP.

    A maior prova disto é que ela apoiou a lista triplice da reeleição do PGR, como se a Lava Jato fosse algo louvável e benéfica à economia do país.

    O resultado já pode ser previsto, daqui a três anos a oposição terá conseguido tudo o que eles desejam, inclusive entregar o pre sal e ocupar a presidência.

    E os EUA nem podem ser recriminados, pois estão defendendo os seus intereses, nós é que não temos uma única pessoa no governo que nos defenda. Aliás os EUA estão dentro da lei, pois FHC vendeu ativos da petrobrás na bolsa de Nova York.

    O juiz Moro joga xadrez como um Mestre; foi só fatiarem o processo da Lava Jato que ele pediu ajuda sem demora para os seus colegas norte americanos. O cara é invencível; ninguém segura ele. Se o PT tivesse um único político com a metade da garra do Juiz de Curitiba, o pre sal estaria salvo.

    Posso apostar como não vai ter impeachment nos próximos três anos, pois Dilma é a melhor e mais dócil serviçal que a direita poderia conseguir.

    As ações da petro provavelmente irão desabar. Se nosso PIB já está previsto para cair mais de 3% este ano, será que ano que vem cairá mais ainda? Dentro de alguns anos, será que até a Bolívia vai nos ultrapassar em PIB?

    O que isto significa? Desemprego, queda salarial, retrocesso social, entre outras coisas… “Viva o republicanismo” petista…

     

     

  42. cultura de submissão

    O texto de Nassif registra o quanto ainda precisamos evoluir . O  quanto a nossa sberania esta ameacada. Temos a cultura de que somos inferiores e por isso aceitamos ser assim tratados. Isso é podre!!!! Aceitar é lastimável!!!. Como disse nosso presidente Lula ” somos tratados como verdadeiros vira-latas”. Não temos noção de que somos uma pátria. 

  43. Em um país regido por advogados…

    …Querem o que? Processos produtivos? Geração de empregos? Soberania? Num país onde advogados vem dando cartas faz 2 anos? Se esperam isso estão vivendo num mundo de Alice!

    O emprego que esta classe, em geral afeita a holofotes e mídia, gera é direcionado para os seus familiares e para suas panelas. Só cuidam deles, para que dar emprego ao povo.

     

    Agora, tem que ser muito frouxo para permitir que representantes de um povo que levou a corrupção a estratosfera, venha no nosso país com esta marra toda.  Muit frouxo mesmo!

  44. Nenhum país soberano

    aceita interferência estrangeira. Comparações feias pelos comentaristas não servem de exemplo. No caso da VW tornou-se público uma fraude que envolve milhões de pessoas em muitos países do mundo e alguns Diretores de uma empresa Alemã. Mas, tenho certeza de que também terá um limite qualquer investiação na Alemanha. As investigações do caso vem desde 2009, somente agora tornou-se amplamente pública.

              Há Funcionários da Petrobrás altamente preparados. Foi o eng. Fernando Siqueira quem mais informou sobre os crimes praticados contra a Petrobrás (tanto corrupção como medidas administrativas entreguistas).

              Há muitos anos existem denúncias, mas nunca investigavam, nunca ninguém era punido.

               

            

  45. Pra ver como quando se trata de TUCANO

    tudo é diferente. 

    http://tijolaco.com.br/blog/o-cofre-de-alckmin-e-a-confissao-do-metrolao-e-do-cinismo-nacional/

    Transparente como a água suja do fundo do Cantareira.

    É o mínimo que se pode dizer da decisão, publicada na Folha de hoje, do Governador Geraldo Alckmin de tornar “ultrassecretos” – com acesso vedado por 25 anos – milhares de documentos relativos às obras do Metrô e às aquisições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

    ……….Os mortos da cratera, nem uma placa in memorian tiveram direito na  fatídica estação Pinheiros, segundo se lê na única (e boa) matéria sobre a prescrição do crime, publicada no Monitor Mercantil.

  46. AA diz: “Parece que

    AA diz: “Parece que esqueceram completamente a noção de ESTADO NACIONAL, mas os americanos nunca esquecem.”

    Eu acrescento, a canalhice na República de Curitiba atinge com este ato o “estado de arte”.

  47. È impressionante

    È impressionante a necessidade explícita dos eleitores da direita vagabunda e traidora, permanecer sempre de joelhos, servindo de tapete para o USA. Dá nojo ver essa dependencia da escravidão externa. POr isso o USA os detesta, se enoja deles, mas os usa para DESESTABILIZAR SEUS PROPRIOs PAÍSES  EM FAVOR DE QUALQUER INVESTIDA DO USA. Nojeira pura essa vira latice. NUNCA FIZERAM NADA PARA O PRÓPRIO PAÍS, PARASITAS ENTREGEUISTAS, POIS ENTREGUISTAS NÃO LUTAM, SE AJOELHAM, TRAIEM. Caracterisca eterna da direita e do eleitor da direita. Matar, excluir, tudo que necessita de luta para ser resolvido, [e a unica solu;ao possivel para eles.Entreguistas NUNCA possuiram coragem de desafiar quem ouse atacar essa na;ao que luta para ser soberana. N’ao s’ao cidad’aos de lugar algum, por isso sao o que sao, doentios inconformados por nao possuirem coragem para lutar por mudan;as pro pais. Qual pa[is no mundo deseja cidadáo que trai, detona suas riquezas, entrega suas empresas, suas fronteiras em máos de terceiros e ainda aplaude a invasao.

     

  48. Procuradores preparam para entregarem a Petrobrás

    Nesse caso nós cidadãoque não concordamos com istonão poderiamos entrar no STF para barrar esta sandice, que esta sendo cometido por um juiz de Primeira Instância? Porque depois do leite derramado só nos restará os grilhões. Agora não mais do Portugueses, Ingleses, mas definitivamente seremos alçado a condição de Estado Agregado aos EUA. Vejam esta possibilidade ai, pois acho que sónos resta ainda recorrer ao STF, mesmo com alguns dos seus vestindo uma plumagem e um bico razoavelmente longo.  

    • Estado Agregado aos EUA

      “(…) alçado a condição de Estado Agregado aos EUA.(…)”

      Só falta isso para completar a história, porque o Brasil hoje não passa de um simples protetorado dos EUA.

  49. Com ajuda de quem?

    “Segundo os entrevistados do PAINEL disseram, especialmente o Paulo Sotero, que mora em Washington, terça-feira próxima Promotores americanos estarão em Curitiba para recolher documentação contra a PETROBRAS, obviamente vão ser recebido com tapete vermelho.”

    Mais uma vez a Republica do Paraná desafiando a lei e a Constituição. Deste jeito o movimento ” O Sul é o meu pais” vai conquistar uma multidão de adeptos, do Norte naturalmente….  

  50. Pau que dá em também dá em Francisco

    Os imperialistas tem que saber que “pau que dá em Chico também dá em Francisco”. Quero dizer que os EUA devem preparar os bolsos para cobrirem os fabulosos prejuízos do terremoto financeiro de 2008, quando da derrocada de seis de seus grandes dos bancos. Vou citar um trecho da matéria de Bernardo Kucinski, em 09/10/2008, publicada na Carta Maior:

    “O terremoto financeiro americano já derrubou seis de seus grandes bancos de financiamento habitacional, três dos cinco maiores bancos de investimento e sua maior seguradora. Seis desses gigantes sumiram do mapa, engolidos por outros bancos. Quatro foram estatizados. Um cenário desolador com prejuízos de 200 bilhões de dólares a cidadãos e bancos comerciais, pânico e perda de confiança no sistema financeiro”.

    “Os bancos de investimento americanos eram os reis da selva financeira, sugando e reaplicando milhões de todo o mundo, de bilionários, de outros bancos, e de fundos de pensão. Os únicos sobreviventes, Goldman Sachs e o Morgan Stanley, ficaram tão mal que o governo autorizou sua transformação em conglomerado financeiro, forma disfarçada de permitir que tenham acesso a linhas de crédito do FED”. 

    “Esse derivativo, nada mais era do que um hedge cambial (proteção contra variações na taxa do dólar), para as operações de empréstimo dos bancos fundeadas em dólar. Mas o esquema era apresentado de modo tão complexo e sedutor, que diretores financeiros de empresas pensaram que a proteção cambial era da empresa. A Sadia perdeu R$ 760 milhões, a Aracruz perdeu R$ 1,9 bilhão. Como cada banco sabe para quem vendeu o derivativo, mas não para quem o outro banco vendeu, e há desconfiança de que várias empresas se ferraram com esse derivativo, todos pararam de emprestar”. 

    Se houver um levantamento estatístico de entre sucesso e prejuízos, entre as duas nações, certamente os ianques terão que desembolsar valores de ressarcimento infinitamente maiores do que nós, modestos e ingênuos tupiniquins.

  51. Os americanos que vão cuidar

    Os americanos que vão cuidar do seu galinheiro pois a coisa tá feia por lá, se ficarem fazendo tratadozinho traíra contra a Rússia e a China no pacífico o oceano vai mudar de nome e virar guerrífico. A Rússia não vai aceitar tomar prejuízo de trilhões com o petróleo em baixa e restrições covardes da ONU. A China também não vai continuar financiando o déficit americano por muito tempo se Tio Obama ficar de gracinha. É melhor os yanques baixarem a bola deles que uma 3ª guerra mundial não é brincadeira e não será bom pra ninguém.

  52. TALVEZ ALQUÉM JÁ TENHA LEMBRADO

    QUE A Jornalista  Sonia Racy  divulgaou lista de 21  empresas estrangeiras envolvidas na Lava a Jato e até agora nenhuma investigação por parte do Policiais da PF, da Procuradoria e do Juiz Moro (em que pese Juiz não poder investigar).  Pelo menos não houve divulgação pela grande imprensa sobre eventual investigação das empresas estrangeiras.

       Os entreguistas querem não só distruir a Petrobrás, querem destruir o Brasil

      http://www.brasil247.com/pt/247/economia/183585/Citadas-na-Lava-Jato-empresas-estrangeiras-est%C3%A3o-impunes.htm

          

  53. Adestramento Coletivo

    Cito o exemplo de um destes Coxinhas, um fornecedor meu. Sobre o assunto disse que a Petrobras errou então não tem porque não dar e informação. Claro ele também acha que a recessão é um preço que o país tem que pagar para se ver livre da corrupção. Acho que ele representa a média dos desinformados nacionais. Claro que ele não sabe os detalhes pois estes não são fornecidos pela nossa mídia alienadora. Ele só sabe que a refinaria de Passadena valia 40 milhões e pagamos mais de um bi por ela, mais nada, neste caso.

  54. Petrobrás Para os EUA

    Referente a materia sobre  a Petrobrás e os EUA, a empresa não é Ente Estatal. Ela funciona como empresa privada, com ações no mercado. Se fosse um puro Ente Estatal, seus empregados seriam servidores publicos, não teriam Participação nos Lucros e seus diretores não poderiam ganhar fabulas de mais de 100 mil mensais – nem poderiam ganhar na atual situação jurica. Ora bolas: Para certas vantagens ela é como se fosse orgão governamental; já para outras é ente privado. Na realidade quem manda são os Estados Unidos – eles fazem o que querem porque tem a força belica e economica.

  55. Estarrecido estou eu, de ver
    Estarrecido estou eu, de ver um comentarista geralmente lúcido propagar tanta falácia em tão pouco espaço, esquecendo apenas do ponto principal: pra que a Petrobras tem ações na Bolsa americana pra início de conversa? Pois, pra quem não sabe, a Justiça americana não tem competência para impor multa a nenhuma empresa que não tenha captado recursos nos Estados Unidos, junto a investidores americanos e se comprometendo a respeitar a legislação de lá. Por que sobre isso não se fala nada? Cadê o ” interesse nacional”? Por que não pensaram nas consequências antes de pegar dinheiro dos EUA e agora vem reclamar?

    A Justiça brasileira não tem nada que ver com a incompetência a falta de visão dos gestores da Petrobras que decidiram pegar dinheiro de americanos para financiar a empresa, ao invés de captar essa grana aqui. É com essa turma que vocês deviam reclamar, pois “interesse nacional” não parece ser o forte deles. Os procuradores brasileiros apenas cumprem ordens, baseadas em compromissos assumidos pelo governo brasileiro junto ao americano. Compromissos que envolvem ajudar em investigações de empresas com sede aqui e operações lá e que de alguma forma prejudicaram cidadãos americanos. Achou ruim? De novo, vá reclamar com quem assinou o acordo. Que é um acordo trivial entre países sérios, diga-se de passagem.
    Neste exato momento procuradores alemães estão ajudando o governo americano a processar a Volkswagen por ter fraudado a regulação dos EUA. Vai ver se algum político alemão tem a cara de pau de reclamar deles por falta de patriotismo. Na década de 90, procuradores de NY ajudaram a Justiça alemã a levantar documentos que comprovavam a exploração de mão de obra judia por empresas americanas como Ford e GM operando na Alemanha antes da guerra. De novo, se algum insano viesse falar que isso é se rebaixar aos ditames alemães, seria execrado no ato.
    Mas aqui a gente ainda engatinha em matéria de seriedade. Queremos o dinheiro dos gringos, mas não queremos respeitar as leis deles. Queremos que a Petrobras seja uma empresa respeitada lá fora, que nos encha de orgulho, mas não admitimos cooperar com outros países quando os gestores dessa nossa amada empresa fazem todo tipo de falcatrua e, não bastasse lesar o povo brasileiro, ainda lesam estrangeiros que, ao contrário de nós, tem meios de reaver seu dinheiro e tornar nossa vida um inferno. Aí fica difícil.

  56. TODOS OS ACIONISTAS AMERICANOS

    ganharam com a Petróbras. Essa ação não tem sentido.

    E a comparação com o caso de fraude da VW é coisa de abestalhado. Uma empresa alemã deu prejuizos e enganou consumidores do mundo inteiro. As investigações vem desde o ano de 2009. A não vão “invadir” a Alemanha, vão colaborar até certo ponto. 

        No caso da grande crise 2007/2008 provocada por BANCOS AMERICANOS o Estado (todos países ricos sofreram e crise pegou a humanidade) absorveu todas as dívidas lixo e é a causa da crise que todos enfrentamos, é a causa da Grécia e outros países estarem em dificuldades e não poderem obter mais ajuda.  AUTORIDADES JÁ disseram que devia ter havido mais prisões (prenderam e investigaram só pra desencargo de consciencia, não foi pra valer)

    • O sujeito começa dizendo a

      O sujeito começa dizendo a besteira sem tamanho de que todos acionistas americanos ganharam com a Petrobras, mostrando que não sabe sequer precificar uma ação em dólares. E depois emenda com a Volkswagen mostrando de novo desconhecimento abissal dos fatos: não interessa se a empresa enganou o mundo inteiro, ela está sendo processada nos EUA por ter enganado consumidores americanos e os orgãos reguladores locais, e só por isso. Da mesma forma como a Justiça americana não está nem aí para quem a Petrobras prejudicou no resto do mundo, mas apenas para os acionistas americanos.

      Se você quisesse acrescentar algum conteúdo a este espaço, poderia tentar argumentar que acionista não é credor, mas parte do capital da empresa e portanto não pode alegar que foi prejudicado pela gestão da mesma, sobre a qual tem poder legal. Esse é o entendimento da Justiça brasileira, mas mesmo aqui há casos em que a gestão fraudulenta ensejou reparação aos outros acionistas. Mas lá nos EUA é diferente, gestão temerária e fraudulenta é punida com prisão e confisco imediato dos bens dos diretores. Emtão pode chorar a vontade sobre a responsabilidade dos bancos americanos na crise, mas isso não vai comover o juiz lá não. Eles querem saber é das falcatruas denunciadas na Lava Jato, e sobre elas a turma aqui não tem nada pra falar a não ser que “sempre foi assim”, roubar é algo natural no sistema político brasileiro, o que é um bilhãozinho a mais na mão dos gatunos em nome do “progresso social”, etc etc. Com argumentos consistentes assim, não admira que as chances da empresa escapar ilesa desse processo sejam nulas.

      • A empresa Petrobrás cresceu

        e ficou mais rica com grandes descobertas de poços. Faz tempo que li sobre a ação de Providence (ná várias empresas multinacionais sendo processadas) e há vários casos julgados no EUA.

            A questão não é técnica, é política. As decisões são políticas.

            No final você mostra o que lhe vai na alma. Ninguém quer destruir empresa americana ou outra qualquer no EUA (mesmo em se tratando de crimes gravíssimos). Só no Brasil “alguns” querem destruir a Petrobrás.

        • Não tenho a menor dúvida que

          Não tenho a menor dúvida que alguns no Brasil querem destruir a Petrobras. E chegaram bem próximo do seu objetivo, vide o valor da empresa hoje e o tamanho de suas dívidas. Mas para azar de vocês, o Moro acabou com a festa antes que vocês acabassem com a empresa. Tenho vários amigos petroleiros que, ao contrário da turminha massa de manobra do sindicato, conhecem a empresa por dentro e sabem exatamente como eram feitos os contratos com as empreiteiras e como foi desenhado o planejamento estratégico da companhia nos últimos anos. Todos são unânimes em dizer que a Lava Jato foi uma benção para as finanças da empresa: só a redução dos investimentos causada pela suspensão dos contratos com falcatruas já permitiu à empresa poupar bilhões em caixa que serão cruciais para que ela atravesse o período de baixa dos preços do petróleo com segurança.

      • você deve  ter  omplexo de

        você deve  ter  omplexo de iratalata    e gostar  que o Brasil  fosse um  Porto Rico   e ai você teria era orgulho   …..   éisso 

  57. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome