fbpx
domingo, agosto 25, 2019
  • Carregando...
    Início Literatura

    Literatura

    Com o olho claro e vivo da tormenta, por Romério Rômulo

    Minhas quimeras, meu bordões e feras / os meus encantos, frevos e acalantos / minhas agruras, rastros e ternuras.

    Mando o poema, com amor/na dentição do Pastor, por Romério Rômulo

    Enquanto isso, entrementes / 157 mil / o Pastor pagou nos dentes / com nossa moeda vil.

    Lista de Livros: O Rendimento e suas Fontes, de Karl Marx

    "A terra se torna fonte de renda fundiária, o capital, a fonte do lucro, e o trabalho, do salário."

    A leitura de poemas pelas fresta de muros, por Álvaro Miranda

    Independente dos motivos que levam quatro poetas a incluir no mesmo volume seus poemas não em antologia, reconhece desafio de um livro escrito a oito mãos

    Livro defende que poder militar veio para ficar no Brasil

    "Essa volta dos militares ao cenário político no governo atual, que espantou tanta gente, é muito maior do que o governo Bolsonaro em si"

    nada de menos/poetas misturam/venenos, por Romério Rômulo

    muitos enredos / muitos, demais / poetas têm segredos / reais.

    De como o pulapulante Ricardinho Salles se tornou aspone do antipresidente, por Sebastião Nunes

    Filhote da elite paulistana, Ricardinho nasceu numa família de advogados e, como é natural, formou-se em direito, bom filho da mãe. E do pai.

    No tempo grosso que me põe aqui, por Romério Rômulo

    Todas elas são as gentes / que empoçam por aqui / tão plácidas, tão dementes.

    Lista de Livros: Para a Crítica da Economia Política (Introdução e Prefácio) – Karl...

    A sugestão da coluna "Lista de Livros", de Doney Stinguel, neste domingo é obra de Marx anterior a O Capital; Livro tem apenas dois capítulos porque idea orginal era dele fazer uma série que nunca saiu do papel

    Sobre o livro ‘Desigualdade & caminhos para uma sociedade mais justa’, por Fabio de...

    Num momento em que o governo esforça-se para destruir legado de Freire, escritor usa a pedagogia do oprimido para mostrar como aprender economia com sem-terras

    Em boca fechada não entra mosquito, por Sebastião Nunes

    Certo dia, quando o Sol bestava no céu e as pessoas bestavam nas ruas, duas moscas se encontraram sobre a cara de Jair Messias Bolsonaro.

    Que moça é essa, que moça?, 2. Por Romério Rômulo

    Quando a moça vai às ruas / ela me deixa em pedaço

    Poema libertário ante a barbárie, por Dora Incontri

    Que faremos nós então? / Quem pensa, com sofrimento, / Nas perdas e nos abismos / Do Brasil em sangramento?

    Z Carota lança “a beleza que existe” em São Paulo

    O lançamento será neste sábado (13), a partir das 15h, no Conceição Discos & Comes

    teus olhos que me latem/eu como todos, por Romério Rômulo

    As flores que me aspergem / são meus lodos

    Ora, ora, ora: a ministra Maldares Alves também quer aparecer na Amazônia!, por Sebastião...

    Em outro gabinete da esplanada dos ministérios, estranha senhora (como diria Machado de Assis no final do século XIX) também invocava o Espelho mágico

    FLIB começa amanhã, dia 3, com foco nas mulheres

    Bonito, um dos cenários naturais mais bonitos do Mato Grosso do Sul, abraça a produção literária de mulheres, reforçando a importância do trabalho de autoras brasileiras contemporâneas.

    Amor e ódio: como Drummond mudou de opinião sobre Machado de Assis, por Ruan...

    Na juventude, o poeta mineiro chamava o Bruxo do Cosme Velho de romancista ‘curioso’ e ‘monótono’; livro mostra como seus conceitos foram mudando.

    Os ministros Paulo Guedes – quem diria! – também visitarão a Amazônia, por Sebastião...

    Assim foi encerrada a reunião em que os ministros Paulo Guedes escolheram as acompanhantes para a longa, cansativa e inútil viagem à floresta amazônica.

    Mais comentados

    Últimas notícias