Nilcea Freire, ex-ministra de Lula e ex-reitora da UERJ, presente!

Como reitora da UERJ, no período de 2000-2004, foi implantado o embrião do sistema de cotas para estudantes egressos de escolas públicas e negros.

Foto Elza Fiuza - Agência Brasil

Jornal GGN – Nilcea Freire, que foi ministra de Políticas para as Mulheres do governo de Luiz Inácio Lula da Silva entre 2004 e 2011 morreu ontem, sábado, dia 28, aos 66 anos, no Rio de Janeiro. Nilcea tinha câncer e recebia tratamento médico em sua casa.

Ela foi a primeira mulher reitora da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), era médica, professora e pesquisadora. No governo Lula, foi responsável pela I Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres que resultou no Plano Nacional de Políticas para as Mulheres.

Nilcea presidiu o Conselho Nacional de Direitos da Mulher e, durante sua gestão no governo Lula, com destaque para a Lei Maria da Penha, criação do Ligue 180 e do Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres.

Como reitora da UERJ, no período de 2000-2004, foi implantado o embrião do sistema de cotas para estudantes egressos de escolas públicas e negros. O projeto foi criado e muito debatido nos anos seguintes, sendo por fim adotado em outras dezenas de universidades públicas.

Como militante do PCB (Partido Comunista Brasileiro), na época da ditadura no Brasil, Nilceia foi ameaçada por órgãos de repressão e acabou por se exilar no México, entre 1975 e 1977.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Memória: Jorga Atalla, a Copersucar e a OBAN

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome