A cartelização mediocrizante da notícia

1.     TODOS os grupos de mídia fizeram a mesma cobertura negativa da Copa, com os mesmos tons de cinza, o mesmo destaque às irrelevâncias, prejudicando seu próprio departamento comercial pelo desânimo geral que chegava aos anunciantes.

2.     NENHUM grupo preparou uma reportagem sequer mostrando os detalhes de uma organização exemplar, que juntou governos federal, estaduais, municipais, Ministério Público, Tribunais de Conta, Polícia Federal, Secretarias de Segurança, departamentos de trânsito, construtoras, fundos de investimento. NENHUM!

3.     Depois, TODOS fazem o mea culpa e passam a elogiar a Copa no mesmo momento.

4.     Na CPMI de Carlinhos Cachoeira TODOS atuaram simultaneamente para abafar as investigações.

5.     Na do “mensalão”, TODOS atuaram na mesma direção, no sentido de amplificar as denúncias e esmagar qualquer medida em favor dos réus, até as mais irrelevantes.

6.     Na Operação Satiagraha, pelo contrário, TODOS saíram em defesa do banqueiro Daniel Dantas, indo contra a tendência histórica da mídia de privilegiar o denuncismo.

7.     No episódio Petrobras, TODOS repetiram a mesma falácia de que a presidente Maria da Graça disse que foi um mau negócio e o ex-presidente José Sérgio Gabrielli disse que foi bom negócio. O que ambos disseram é que, no momento da compra, era bom negócio; com as mudanças no mercado, ficou mau negócio. TODOS cometeram o mesmo erro de interpretação de texto e martelaram durante dias e dias, até virar bordão.

8.     No anúncio da Política Nacional de Participação Social, TODOS deram a mesma interpretação conspiratória, de implantação do chavismo e outras bobagens do gênero, apesar das avaliações dos próprios especialistas consultados, de que não havia nada que sugerisse a suspeita. Só depois dos especialistas desmoralizarem a tese, refluíram – com alguns veículos ousando alguma autocrítica envergonhada.

É um cartel, no sentido clássico do termo.

Uma empresa jornalística que de fato acredite no seu mercado jamais incorrerá nos seguintes erros:

1.     Trabalhar sem nenhuma estratégia de diferenciação da concorrência, especialmente se não for o líder de mercado. A Folha tornou-se o maior jornal brasileiro, na década de 80, apostando na diferenciação inteligente.

2.     Atuar deliberadamente para derrubar o entusiasmo dos consumidores e anunciantes em relação ao seu maior evento publicitário da década: a Copa do Mundo.

3.     Expor de tal maneira a fragilidade do seu principal produto – a notícia -, a ponto de municiar por meses e meses seus leitores com a versão falsa de que tudo daria errado na Copa e, depois, ter que voltar atrás. Em nenhum momento houve uma inteligência interna sugerindo que poderia ser um tiro no pé. Ou seja, acreditaram piamente nas informações falsas que veiculavam – a exemplo do que ocorreu com a maxidesvalorização de 1999.

4.     Nos casos clássicos de cartel, um grupo de empresas se junta para repartir a receita e impedir a entrada de novos competidores. No caso brasileiro, a receita publicitária cada vez mais é absorvida pelo líder – a Globo – em detrimento dos demais integrantes do grupo. Para qualquer setor organizado da economia, essa versão brasileira de cartel será motivo de piada.

Tudo isso demonstra que há tempos os grupos de mídia deixaram de lado o foco no mercado e no seu público. Não se trata apenas da perda de espaço com a Internet. Abandonaram o produto principal – a confiabilidade da notícia – para atuar politicamente, julgando estar na política sua tábua de salvação.

A sincronização de todas as ações, em todos os momentos, mostra claramente que existe uma ação articulada, centralmente planejada. Visão conspiratória? Não. Provavelmente devido ao  fato de não existirem mais os grandes capitães de mídia, capazes de estratégias inovadoras individuais. Assim, qualquer estrategista de meia pataca passa a dar as cartas, por falta de interlocução à altura em cada veículo.

150 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

hc.coelho

- 2014-06-30 20:24:54

Qual?

Até admito que deve ter havido algum roubo, mas qual? Esta imprensa criminosa, em dez anos, não conseguiu um só caso concreto; nem disso ela foi capaz. Dizer que houve roubalheira durante dez anos sem apontar nenhum caso? E você ainda repete?

Nem apontar algum caso concreto, exceto infelizmente os do psdb tucano suiço e logo esquecidos no minuto seguinte, eles conseguiram?

hc.coelho

- 2014-06-30 20:01:53

Crime de quadrilha

Nassif, brilhante o seu artigo. Parabens. Copiarei.

Tudo o que de pior tem o pig bandido e criminoso é feito com todas as características de quadrilha. Quadrilha muito bem treinada e sincronizada. É claro e forte o "acerto" feito pelas partes. E os vassalos, aqueles que não ganharão nada mais do que o futuro despreso, como as itatiasias da vida, são fieis e obedientes coitados. 

No futuro poderá servir de modelo para definir crime de quadrilha, hoje tão mal interpretado por um dos poderes. 

Mas por que um crime tão sério e evidente não encontra oposição da justiça? Repito aqui que eles politiicamente já destruiram a oposição. Não temos um tse?

E os milhões de brasileiros que não podem ler jornais, ver tv ou escutar rádios que fazem outra coisa que não desinformar e falsear?

Faw Fawstino

- 2014-06-27 04:52:03

Cartelização.

Ridículo e vergonha alheia é vê Bonner, no JN de 26/06 colocando a culpa de sua linha destruidora da Copa, na mídia "acida estrangeira". Eles acham que somos imbecis. Gente tem que dá um jeito nesta ... Mídia. E urgentemente.

eduardo varela

- 2014-06-26 18:48:06

cartelização

Perfeito o entendimento, equilibrado.

A Globo começou a refluir de sua linha destruidora da Copa pouco antes dos primeiros jogos ao ver o crescimento - vertiginoso - da participação popular em favor da seleção. Certamente, não era isso que alguns de seus editores esperavam, o negócio então era meter a viola no saco e acompanhar de lado a euforia geral. Afinal, notícia é notícia, o  que representa audiência e ... grana! Por outro lado, esse mais revelador, o apoio e participaçao da galera apontava para outra e inesperada direçao: é que o governo  e sua política, facilmente identificado com o "caos" artificialmente criado pela mídia, não foi motivo de nenhuma grande passeata ou quebra-quebra. Muitos deles se tornaram tão vazios e solitários que falar deles ficava até meio chato para o grande público:já não pegava bem... O dinheiro investido na propaganda - nunca se viu tanto anúncio relacionado a isto - também ditou a direção das coisas, quer ver? Onde já se viu esvaziar um evento  que dá tanta audiência e resultados?

Enfim, para não aumentar o texto, dá gosto de ver o Bonner - de cuja boca pendiam gotas de satisfação ao escandir o "mensalão do PT", sorrir agora das brincadeiras do Neymar e das adesões que a candidata à reeleição tem recebido por aí. Faz-me rir, e lembrar do histórico desmentido do Brizola na boca torta do Cid Moreira. 

Calvin

- 2014-06-25 22:27:37

Golpe contra Getulio?

Tu não lê livro não?

Quem preparava um golpe era Getúlio, para matar Lacerda. Foi descoberto e "se suicidou-se".

baader

- 2014-06-24 14:56:27

e querem saber o que é pior,

e querem saber o que é pior, muito pior?

a tv brasil continua uma m... em matéria de mobilizar corações e mentes, em criação de espaços/programas que atraiam audiência, enfim, em comunicação.

Janio Veiga

- 2014-06-24 14:20:50

Cartel da Mídia Brasileira

Nassif, concordo contigo, existe mesmo um cartel, e de natureza política (o econômico está incluso) pela mídia brasileira. Acrescento ainda, que esse tipo de cartel midiático, ao criticar a Copa, além do achincalhamento que causaram, abriram a guarda do Brasil, para que a mídia internacional com seus interesses viessem a apresentar a imagem de um Brasil caótico no exterior. A mídia nacional na atualidade está na posição de traidora dos interesses nacionais. Contudo, quem é que usufrui dos momentos da Copa? A própria mídia que cuspiu no prato que agora come.

Aquele deputado que tanto criticou a Copa, está ganhando muito dinheiro fazendo propaganda das Havaianas do Brasil. Quem é ele?

 

Sergioi

- 2014-06-24 13:43:04

O Voto

Caro Celso, 

Concordo com seu texto quando você cita "A camada mais pobre da população deixará de votar por falta de consciência da importância do seu voto." Porém pelo que eu entendi do restante de sua interpretação, está havendo uma inversão de valores, porque o que deveria existir é a busca de conhecimento para possibilitar voto consciente da camada mais pobre da população que com a obrigatoriedade do voto, o faz porque é obrigado e em favor de quem lhe oferece um saco de farinha. Com este fato a democracia proporcionada pelo voto obrigatório é burra, pois a escolha do melhor candidato é feita sem análise consciente das propostas por parte do eleitor.

ROBERTO REIS DE MENDONÇA

- 2014-06-24 09:57:03

Imprensa

O goleiro pode atuar bem e fechar  gol durante 89 minutos do jogo, mais se falhar e tomar um frango é crucificado

igual o Barbosa foi por muitos jornalistas e escritores. Isso é cultural, a imprensa brasileira é feita de profissionais

focados em apontar problemas e não virtudes, coisas boas, elógios ao seu país. Joves são contaminados muitas

vezes por Senhores que carregam o pensamento do "tá tudo errado nesse país de terceiro MUndo" " No EUA ou na

EUROPA é tudo organizado." Não vou citar nomes, mais isses estão aí, e contaminam muitos leitores da classe A, B e C, que se acham os críticos do país, viajam, falam mal, reclamam de tudo e de todos os políticos como se todos eles

não valessem nada. Ver os defeitos e apontá-los é bom, não ver nada de bom é ruim, péssimo e doentio.

[email protected]

- 2014-06-24 05:24:06

Esta em duvida sr Nassif? O
Esta em duvida sr Nassif? O Brasil ta lindo? Pelo amor de Deus que texto e este.

Luciana Modafer

- 2014-06-24 04:32:12

Caríssimo, Não muito tempo

Caríssimo,

Não muito tempo atrás (para não dizer que ainda nos dias de hoje), uma mulher divorciada, ou a chamada "mãe solteira", era sinônimo de prostituta. Algumas mulheres em minha família simplesmente eram proibidas de frequentarem igrejas ou ambientes "familiares" porque se enquadravam nestes dois exemplos. 

Leila Diniz causou escândalo na praia aos olhos das "famílias". Acaso você, hoje, acha que uma mulher grávida, na praia, exibindo seu barrigão, é sinônimo de safadeza? Pois é!! 

Tive uma prima que era tratada na escola como "filha de prostituta", simplesmente porque "não tinha" pai.

Outros exemplos de intolerância e preconceito que sempre foram justificados por uma pretensa "defesa da moral, da família e dos bons costumes" podem ser catalogados aos montes. Casais deveriam ser monocromáticos. Ai do negro que se casasse com uma branca ou vice-versa. Ainda hoje. "Só pode ser safadeza!" bradavam (bradam) os moralistas de plantão.

E o que dizer dos casais com grandes diferenças de idade. Sobretudo quando a pessoa mais velha é ELA. "Só pode ser safadeza ou por interesse!"

Portanto, caríssimo, homossexuais, assim como tantas outras vítimas de preconceito que, com muita luta, vem conseguindo conquistar seu espaço (mas ainda falta muito), também merecem ser felizes. Merecem ser reconhecidos como cidadãos. Eles também pagam impostos. Eles também tem os mesmos sentimentos, desejos, raivas, alegrias que qualquer pessoa hétera. E não podem, assim como os demais, serem confundidos com "safadeza" ou outro argumento infundado que minha tia Amélia tanto ouviu de suas vizinhas, pessoas da família, no trabalho, na rua e na igreja (só por ser "mãe solteira")

Abraços!

Luciana Modafer

- 2014-06-24 04:14:47

"Uma mentira contada mil

"Uma mentira contada mil vezes, torna-se verdade!".... o representante máximo de todos os PIG's, Joseph Goebbels, deixou essa lição à grande imprensa de agora... e eles a põe em prática incessantemente, todos os dias.

Obrigado, Nassif, por nos mostrar que ainda há salvação para o jornalismo brasileiro!

 

Frank

- 2014-06-24 04:02:29

Na verdade, é bem provável

Na verdade, é bem provável que a verba da Folha, Estadão e Abril esteja vindo através da SIP ou de alguma ONG Americana. Se estão atuando oura e simplesmente politicamente, certamente estão recebendo verba vinda de interesses políticos, além do PSDB de SP.

william ibrahim

- 2014-06-24 03:29:13

Nassif

Toda vez que faço uma reflexão sobre Imprensa que temos, logo me remeto a Oliveira Vianna, pensador e doutrinador social do começo do século passado,principalmente  entre 1910 a 1920, ou seja a 100 anos outrora.

Oliveira Vianna é estudado hoje  em todas as faculdades de ciências sociais como um conservador autoritário e preconceituoso, que queria fazer valer a supremacia da raça ariana e que o mais forte subjulgaria o mais fraco, assim para poder construir uma democracia para o Brasil ( bem resumidamente) .

A Mídia de hoje é o Oliveira Vianna de ontem,  a academia estudará a Imprensa atual como conservadora, autoritária, preconceituosa e que queria fazer valer a supremacia de sua raça "ariana" ( e as cotas?) e que tentou subjulgar o povo.

O que me deixa absolutamente perplexo é o fato de estarmos 100 anos  à frente de Oliveira Vianna. 

Essa ilegalidade não pode ser punida, sob a pecha do despotismo governamental e da tão alardeada -em causa própria- liberdade de Imprensa.

A imprensa faz um papel que é de certo modo ilegal, é uma tentativa de golpe em forma de notícia e a falta dela, ou melhor, é ilegal mesmo, mas somente será estudada e tema de inúmeras teses acadêmicas num futuro próximo, quando o próprio povo der a chancela para que esse estudo não seja encarado como tentativa de calar a Imprensa (que escudo não?)

Mas pelo menos, alguns da Mídia e muitos da sociedade civil, serão percebidos como aqueles que não se dobraram...

Arquivo X

- 2014-06-24 02:51:28

Há vá...

Não sei onde vc viu organização exemplar, e a união desses governos todos só tiveram um fim, engordar os próprios bolsos, e não os da nação, e se curvar a fifa como fizeram, piorou muito mais as coisas, então vc queria animo pra anunciante. Me desculpa mas creio que em democracia todos tem suas opiniões e a minha é diferente da sua...

José Paulo

- 2014-06-24 02:33:04

O fenômeno não é nacional

Nassif,

 

Sua análise é lúcida e consequente. Porém, o fenômeno não é nacional. Grandes empresas de veiculação de notícias tais como CNN, FOX, NBC e BBC também estão sofrendo do mesmo mal. Hoje quando eu busco informações internacionais eu tenho que recorrer a rede RT que apesar de seguir a tendência do ponto de visto russo (óbvio) possui pelo menos um ponto de vista diferente das demais.

Ão que me parece na era da informação o que temos é desinformação.

Um abraço,

 

José Paulo

Etelvino Zanonio Stovencio

- 2014-06-24 02:10:28

Os plural é um probrema no

Os plural é um probrema no portugues!

william ibrahim

- 2014-06-24 02:09:17

Nassif

Muito bom, Nassif faz o papel do Jornalista como tem que ser.

 

Tomaz Castrisana

- 2014-06-24 01:49:50

Midia

Por acaso alguém ja viu algum orgão da midia atacar os privilégios das empresas de comunicação e seus funcionários?

Os papéis dos jornais são isentos de impostos , as empresas usam e abusam das bensses do poder e os jornalistas se aposentam aos 25 anos de contribuição. 

Isto já mereceu alguma manchete de primeira página ?

 

fco costa

- 2014-06-24 01:34:38

Um jornalista equilibrado.

Uma avaliação ótima sobre a mídia querer influenciar opiniões subtraindo a verdade.

Weslei

- 2014-06-24 00:30:04

Cite uma obra....

Cite uma obra que ficou prontadentro do prazo, pode ser em um período de 40 anos??

Os turístas irão levar os estádios, e toda a infraestrutura na mala para os seus países???

Weslei

- 2014-06-24 00:16:23

Lição de Casa....

Lição de Casa:

1° Pesquise quando foi criado o BNDS e sua finalidade e para "quem" já foi emprestado dinheiro nessas décadas.

2° Pesquise sobre o significado de federação.

Se você não é cidadão do Estado de Amazonas, você não tem nada haver com isso, já que segundo pesquisas a população de Manaus é a que mais aprova o evento da Copa do Mundo. Eles tem o direito de ter o evento lá, foram dinheiro do Estado deles, vai virar ponto turístico o Estádio, tem muitos turístas que iram voltar, ou é justo o evento só no sudeste, sul e nordeste?

Obs: Se você é cidadão de Manaus, segundo a pesquisa você é menoria. Mas tem direito de reclamar, mas sempre respeitando a democracia.

Marcelo Castro

- 2014-06-24 00:07:29

dados disponiveis

Não sou manauara mas sou bem informado :

http://new.d24am.com/noticias/amazonas/manaus-sobe-dez-posices-no-ranking-brasileiro-do-saneamento-basico/97049

Repik

- 2014-06-24 00:07:28

Claro que é crime, e deveria

Claro que é crime, e deveria ser tratado assim. Acontece que qualquer coisa que se fale já invocam o direito da livre imprensa, que vamos virar Cuba, e outras bobagens mais. Desta forma eles fazem sua retaguarda para continuar cometendo seus crimes, precisamos logo de uma regulação da mídia, não de conteúdos, mas de rastreio de seus ganhos, de quem está patrocinando tamanha dissociação da realidade. Como você diz, também não acredito que seja casual, eles estão ganhando e muito para isso. mas quem está pagando? Essa é a grande questão que deve ser respondida. Não acredito que seja os partidos de oposição, pois os mesmos não tem cacife para isso, acredito sim nos interesses econômicos internacionais, principalmente do olho encima do nosso petróleo do pré sal. Essa clara tentativa de desautorizar o governo de qualquer atude nacionalista quanto a decisões sobre a petrobrás é uma evidência clara disso, ou vocês acham que o foco encima da petrobrás é casual? Vamos ficar atentos, estão só preparando o terreno porque ainda não é hora, pois o governo está em fase de investimentos encima do pré sal, quando sair realmente dos poços o que interessa veremos para o que veio esse bombardeio!!!

Randolpho

- 2014-06-23 23:59:43

Ligações de Água

Vocêd é Manauara, amigo? Já visitaste as Zonas Leste e Norte da Cidade? Tenta abrir uma torneira e que saia água de lá. Rede de esgoto???? Só a rede que os ingleses deixaram no final do século XIX. Uma grande elefante branco para um Estado que mal tem um representantae na 4ª divisão (se tivesse 5ª certamente estaríamos lá).

Weslei

- 2014-06-23 23:58:47

Você nunca estudou história do Brasil???

Você nunca estudou história do Brasil???

"GRANDE ROUBO às claras que tempo algum se viu no Brasil" é piada o seu argumento? Se houve roubo que se apure, já que todas às esferas do executivo estão envolvidas, municipal, estadual e federal, no mais, estude um pouco de história do Brasil, porque você nunca viu roubo no Brasil! a não ser que você tenha apenas "9 anos de idade" e ainda não deu tempo para estudar. Portanto se você tiver 9 anos de idade está desculpado.

Marcelo Castro

- 2014-06-23 23:47:59

Xeque

Manaus é a cidade brasileira que mais realizou ligações de esgoto no periodo 2011-2014 com mais de 82000 ligações (São Paulo em segundo com 61000 ligações). Manaus conta com 95% da cidade com ligação de água.

Depois de fazer a lição de casa , que tal sonhar um pouco. Um estádio de 40000 lugares para uma cidade de quase 2 milhões de habitantes não chega a ser um exagero  E como deixar a Amazônia fora da copa? Almas largas enxergarão o estadio como uma possibidade de progresso e polo de união, as almas pequenas...ora, as almas pequenas que torçam para Honduras.

Em tempo, o estádio de Manaus teve custo de R$ 600 milhões para um previsto inicial de R$ 515 milhões. Nada demais para quem entende e já construiu uma casa. 

Randolpho

- 2014-06-23 23:46:52

Nossa!!!!!!!

Reparaste como foi irada as reações quando se fala em roubo, desvios ou falcatruas? O discurso é sempre o mesmo. Todos os problemas que existem foram plantadas pela MÍDIA BURGUESA NEOLIBERAL CONTROLADA PELO GRANDE SATÃ AMERICANO. Já tá na hora de trocar a fita. Tá chato.

Repik

- 2014-06-23 23:39:01

Tens Dúvidas quanto a isso?

É só ver o que está acontecendo na Ucrânia, o que ocorreu na antiga Iuguslávia, o que vem constantemente ocorrendo na Venezuela, o que acontece no Irã, etc .... Essa é a nova forma do grande capital internacional defender seus interesses em locais com fragilidades políticas, se aproveitando sempre da suposta "liberdade" de imprensa.

Repik

- 2014-06-23 23:39:00

Tens Dúvidas quanto a isso?

É só ver o que está acontecendo na Ucrânia, o que ocorreu na antiga Iuguslávia, o que vem constantemente ocorrendo na Venezuela, o que acontece no Irã, etc .... Essa é a nova forma do grande capital internacional defender seus interesses em locais com fragilidades políticas, se aproveitando sempre da suposta "liberdade" de imprensa.

Walter o primeiro

- 2014-06-23 23:20:46

O RETORNO É INDIRETO

Mas o lucro do Estado de Amazonas não estara no estadio cara-palida

Lucro com venda de ingrssos e aluguel para Arena Multiuso representa o retorno só em grande centros futibolisticos

Alguem imagina que  a Prefeitura de São Paulo ( do PSDB ou PT) investem uma fortuna na F1 e o retorno se dá com o aluguel de Interlagos ou venda de ingressos da Formula Porshe.

O grande lucro vem com a divulgação

O retorno perdurara por decadas, basta ver o estudo da fundação Getulio Vargas e a E&Y

Sérgio Galvão

- 2014-06-23 23:09:37

Se ao menos você soubesse

Se ao menos você soubesse para que serve um plebiscito e quando ele pode ser aplicado, não escreveria bobagens. 

.

 

rogerio65

- 2014-06-23 23:08:42

a carteização da noticia

Parabens Nassif. Eu já estava quase ficando louco, pensando que só eu via desta forma.

Jose Cabral do N Filho

- 2014-06-23 23:04:49

A cartelização mediocrizante da noticia.

Parabéns Luiz Nassif!

 

 

 

Mantenha-se assim sempre lucio diante de tanta obscuridade.

 

Quem são os donos das grandes empresas de midias responsaveis pela formação de opinião. Seus interesse são éticos, estão a favor do bem comum, da coletivdade, do País? Ou aos seu status  e ao vil metal?

 

O problema não é partido A ou B são os interesses por trás deles e o bem comum que se dane....

 

Educação, saúde, segurança....são só produtos de discução e "lenha para fogueira"...Bem como que se dane....

 

Parabéns e Salve Nassif

DANILO CASER

- 2014-06-23 22:39:21

quem roubou?
Quem acusa deveria ser responsabilizado Quem roubou? Onde? Como? Quando? Essa história de roubo é mais ima tese plantada pela midia na cabeça dos alienados. Quem acusa deveria ser responsabilizado a provas suas acusações.

DANILO CASER

- 2014-06-23 22:37:53

Quem acusa deveria ser
Quem acusa deveria ser responsabilizado Quem roubou? Onde? Como? Quando? Essa história de roubo é mais ima tese plantada pela midia na cabeça dos alienados. Quem acusa deveria ser responsabilizado a provas suas acusações.

Samuel Fagundes

- 2014-06-23 22:33:07

Cartelizacao da midia

Ja fui assinante dos dois grandes jornais de São Paulo.

Me cansei de materias ridiculas que, claramente, destoavam da imparcialidade que ambos apregoavam ter, imaginam que seus leitores sejam pessoas facilmente manejaveis.

Simplesmente não asino mais, e leio raramente.

Alfredo Gomes de Azevedo

- 2014-06-23 21:29:44

comentário sobre o post

O caso da cartelização da mídia no Brasil, guarda muitas semelhanças com o que ocorria com a mída Argentina, até a aprovação da "lei de medios", quando o "grupo Clarin" detinha uma faixa abusiva de mais de 60% do nicho informativo.

É mais ou menos o que ocorre com a Globo, Estadão e afiliados. Esse cartel usurpa o papel de partido oposicionista, embora seja uma concessionária da informação, quando deveria informar com a equidistância que se espera de um veículo de comuunicação numa Democracia.

Parabéns pela posição corajosa e esclarecedora da realidade em que vivemos, em termos de comunicação. 

alfredo ventura filho

- 2014-06-23 21:14:37

Luis Nassif

Até que enfim eu vi um jornalista que não precisa obedecer o patrão. Ufa!

Joel Miranda

- 2014-06-23 21:10:50

PIG

Amigos, só existe uma resposta para tudo isto, querem um governo de "partido parceiro de ganhos", este que está aí, o PT, não é fácil para esta mídia do PIG, então querem tirá-lo a qualquer custo, por isto fazem estas besteiras.

O diabo pra ele, o PIG, é que o povo já entendeu a jogada, não acredita em sua tolices!

José Emilio

- 2014-06-23 19:59:50

É o cartel instituído e

É o cartel instituído e capitaneado pelo Millenium

Enxadrista

- 2014-06-23 19:59:32

GASTOS 100% RESPONSÁVEIS

Quem empresta o dinheiro é o BNDES. Dinheiro público.
Quem toma o empréstimo são os governos estaduais.

Vá você a um banco e diga que quer dinheiro emprestado para financiar uma obra que dará lucro... mais ou menos daqui 1.000 anos...

E veja, espantado, o banco considerar isso uma péssima ideia...

No Amazonas, a média de público no campeonato de futebol local é de até 500 pessoas por jogo...
Construir um estádio com mais de 40.000 lugares, que estourou o orçamento umas 3x (prática comum quando a obra é com dinheiro de "ninguém"), significa dizer que o governo do estado de Amazonas, vai pagar por isso com dinheiro público.

E todos os clubes locais JÁ AFIRMARAM que NÃO irão utilizar a Arena Amazonas, já que o aluguel é probitivo...

A Federação Amazonense de Futebol vai querer ajudar no pagamento do aluguel. Como? Com ajuda do Governo do Estado.

Ou seja, o governo estadual de um estado sem esgoto ou água tratada, sem estradas decentes... Acha uma ótima ideia de responsabilidade e prioridade lidar com o dinheiro público assim. Eles tomam emprestado do BNDES, que acha a ideia ótima, eles pagam como puderem, e depois emprestam (doam) dinheiro para a federação local usar o estádio...

Se isso não é um ótimo exemplo de responsabilidade fiscal...

Adamstor Xexéu

- 2014-06-23 19:34:24

Quanta bobagem...

Quanta bobagem, José Carlos...Quanta bobagem!

+almeida

- 2014-06-23 19:33:18

A mídia vira casaca

Nassif, eu imagino que a Ditadura Militar ao deixar o poder negociou a imunidade e o sustento de sua cúpula com a elite conservadora, direitista e despudorada em parceria com a serviçal mídia golpista. Para isso sequestrou e trancafiou a verdadeira democracia colocando em seu lugar uma sósia genérica (tipo Wladimir de Castro Palomo), que nos enganou por bastante tempo. Eu creio que tudo que ainda acontece é fruto das gerações que se corromperam ao extremo no período da ditadura e em menor escala na geração seguinte. Porém, ainda que sem tanta intensidade, já conseguimos observar que a geração atual já recusa e reprime qualquer tentativa de interferência externa de controle sobre a opinião e sobre a liberdade do seu pensamento. Apesar de ainda encontrarmos defensores radicais do conservadorismo, do atraso e do jogo sujo, o cenário atual mostra de forma bem visível, que as fileiras do bem estão crescendo consideravelmente pelas constantes adesões daqueles que desejam e defendem o desenvolvimento pleno que está em progresso no Brasil. Por outro lado, imagino que um dos principais motivos que os fizeram recuar e chegar ao ponto de cair no ridículo de contrariarem a si próprios foi as palavras ditas por Lula sobre o desconhecimento, pelos jovens, de como era o Brasil antes de 2002. As palavras de Lula abalaram as estruturas de seus adversários, que sabem ser questão de pouco tempo para que a atual e as futuras gerações se informem da recente e verdadeira história do Brasil e promovam-lhe o imediato e merecido resgate. Eles sentiram os duros golpes que a população lhes desfere tanto pela rejeição, quanto pelo excelente respeito e reconhecimento que essa população recebe do governo federal e principalmente por saberem que, finalmente, a população ruma para libertar a verdadeira democracia que muito merecemos. 

mcn

- 2014-06-23 19:26:14

Deixa eu ajudar na

Deixa eu ajudar na resposta.

1. Nassif é jornalista e não pistoleiro. Não é obrigado a escolher um lado, nem lutar contra os fatos. Estude antes de falar besteira

2. A população elege representantes no executivo com poder de decidir e dá mandato a tribunais de contas para fiscalizar gastos públicos. Qual a utilidade de um plebicito para um evento como a Copa que gera mídia gratuita no mundo inteiro para o país, atrai turistas em grande massa, gera mais impostos que investimentos e deixa um legado extraordinário de obras de mobilidade e outros equipamentos públicos? E por que não foste à rua reclamar, na época?

3. Concordo. "Tá teno Copa e tá seno lindo".

4. Roubo onde, mané? Não vi denúncias até agora, só o tradicional combo "mentira-hipocrisia-ódio" da mídia cartelizada e da oposição, o que não não conta muito já que não se sustenta em fatos. Não tem dinheiro público a fundo perdido nos estádios. A União repassa recursos mas não toca as outras obras da Copa. Será que algum Estado ou Município desviou verbas? Vc sabe de algo que o Brasil não sabe?
 

PauloCuritiba

- 2014-06-23 19:19:00

Que grande roubo é esse?

Caro José carlos

Afinal, que GRANDE ROUBO é esse?

Se nos estádios dos clubes houve roubo, o problema é deles, pois terão que pagar a conta.

Quanto aos recursos públicos, BNDES não configura dinheiro público. BNDES é um banco. Não pagou, executa a garantia.

Quanto a recursos públicos de fato, mostre os GRANDES ROUBOS:

http://transparencia.gov.br/

http://portal2.tcu.gov.br/TCU

 

É fácil escrever/falar em roubo, mas onde?

Acusar sem provas é fácil, é denuncismo.

Celso - sp

- 2014-06-23 19:11:53

caro Fernando, O voto

caro Fernando,

O voto facultativo ó que quer os conservadores de direita.

A camada mais pobre da população deixará de votar por falta de consciência da importância do seu voto.

A direita quer voto facultativo e a financiamento privado de campanha.

O voto obrigatório tem o efeito didático numa democracia tão jovem quanto a nossa.

Quando tivermos a maturidade de uma Alemanha, Suécia, etc, podemos falar nisto.

Até lá vamos construindo a nossa realidade e evitar que novos golpes de estado interrompam nossa frágil democracia, cujo verdadeiro poder continua com as oligarquias tradicionais.  

 

Frederico69

- 2014-06-23 19:05:10

eu me arrisco a dizer sem medo

que o Nassif me contradiga, mas ele está do lado honesto da mídia. ou seja o da minoria.

spin.sergio

- 2014-06-23 18:59:52

Não ...na terra de cego quem

Não ...na terra de cego quem tem olho é comunista...

Laurindo

- 2014-06-23 18:56:45

Nassif seu texto valeu pela

Nassif seu texto valeu pela lista de ações dessa "imprensa" a que você se referiu. Quanto a ser original, o texto não é, pois sua tese só não é aceita pelos alienados, ou burros, ou ideológicos contrárioa às conquistas populares ocorridas por meio destes últimos govenos centrais. Aliás, alguns exemplares dessa fauna compareceram em comentários anteriores. Simples assim, como a verdade de seu texto. Parabéns.

GILBERTO TAVARES

- 2014-06-23 18:52:02

É só comparar o valor das

É só comparar o valor das privatizações da teles com o que se gastou na Copa pra se constataro que seja roubalheira. A midia tinha tudo para pesquisar e divulgar. Não o fez por quê?

Walter o primeiro

- 2014-06-23 18:49:55

Mas, falar em roubo de forma

Mas, falar em roubo de forma generalizada é inutil

Se comparada com os outros estadios do mundo os brasileiors NÂO ficaram mais caros

Que tal o Sr. enumerar o tal roubo

Nahum Pereira

- 2014-06-23 18:45:22

Duas ponderações

Apenas duas ponderações, caro João Daniel: o Sr. Bóris Casoy faz parte da grande mídia, do "tudo dominado". E o Brasil deu saltos notáveis de qualidade nos últimos doze anos. A mídia é que "não vai para a frente" ao não mostrar isso para o Brasil e para o mundo.

Marly

- 2014-06-23 18:38:24

Compartilhar.

Gostaria de compartilhar este post. Mas há dias não consigo. Compartilho através da opção email. Consigo formalizar até o final, onde aparece o "EMAIL SENT and SHARE AGAIN ".  Só que o email não é enviado, ou melhor, não chega ao destinatário.

José Carlos Herkenhoff

- 2014-06-23 18:13:33

Nassif você está em que lado da mídia ?

Olá Nassif ! 

1 - Em que lado você está em relação ao Cartel da mídia ?

2 - Todos os Eventos de grande porte deveriam ter um PLEBISCITO para avaliar se o Povo quer ou não...isso é um Povo que quer governar com o Poder Executivo

3 -  A Copa sempre dará certo porque é a "Copa do Futebol" em qualquer lugar ( até na África do Sul).

4 - Só porque está dando certo no Brasil (a Copa é  o "Circo" e pão para o Povo)  não podemos esquecer do GRANDE ROUBO às claras que tempo algum se viu no Brasil e parece que você se esqueceu deste detalhe ??!!

 

 

 

José Carlos Herkenhoff

- 2014-06-23 18:13:15

Nassif você está em que lado da mídia ?

Olá Nassif ! 

1 - Em que lado você está em relação ao Cartel da mídia ?

2 - Todos os Eventos de grande porte deveriam ter um PLEBISCITO para avaliar se o Povo quer ou não...isso é um Povo que quer governar com o Poder Executivo

3 -  A Copa sempre dará certo porque é a "Copa do Futebol" em qualquer lugar ( até na África do Sul).

4 - Só porque está dando certo no Brasil (a Copa é  o "Circo" e pão para o Povo)  não podemos esquecer do GRANDE ROUBO às claras que tempo algum se viu no Brasil e parece que você se esqueceu deste detalhe ??!!

 

 

 

Mario Rodriguez

- 2014-06-23 18:08:49

Sem educação, não existe isenção!

Caro Nassif, como disse Nelson Rodrigues: " Toda unânimidade é burra."

Sem educação, a maioria da sociedade, - analfabetos, semi analfabetos, analfabetos funcionais, alfabetizados por ideologias políticas... - seremos sempre aquilo que a mídia maior apresentar como modismo.

A propaganda generalizada, através das novelas globais e outras, com a exalatação do homosexualismo, do mal caratismo social, do uso social de drogas, das músicas com letras violentas ou pornográficas... é feita a cada segundo.

Para eles o que interessa é vender o produto desejado, não interessando a destruição das verdadeiras famílias, que são as sementes de uma sociedade próspera e civilizada.

Não esqueça Sr. Nassif, da isenção jornalítica de cunho político ideológico, muitas vezes em falta na sua coluna!

Mario Rodriguez

- 2014-06-23 18:07:38

Sem educação, não existe isenção!

Caro Nassif, como disse Nelson Rodrigues: " Toda unânimidade é burra."

Sem educação, a maioria da sociedade, - analfabetos, semi analfabetos, analfabetos funcionais, alfabetizados por ideologias políticas... - seremos sempre aquilo que a mídia maior apresentar como modismo.

A propaganda generalizada, através das novelas globais e outras, com a exalatação do homosexualismo, do mal caratismo social, do uso social de drogas, das músicas com letras violentas ou pornográficas... é feita a cada segundo.

Para eles o que interessa é vender o produto desejado, não interessando a destruição das verdadeiras famílias, que são as sementes de uma sociedade próspera e civilizada.

Não esqueça Sr. Nassif, da isenção jornalítica de cunho político ideológico, muitas vezes em falta na sua coluna!

RACS

- 2014-06-23 17:45:33

"A pergunta que não quer

"A pergunta que não quer calar: se o Brasil for campeão vai ter CPI da Copa?" Depende. Quem foi o imbecil que fez essa pergunta? 

RACS

- 2014-06-23 17:37:21

No seu caso, acredito que nem

No seu caso, acredito que nem com três olhos diminuiria a cegueira. É como pregar para convertidos, não muda nada.

José Roberto Lopes

- 2014-06-23 17:30:50

Ley de Medios

Boa tarde Amato,

 

Vamos começar um movimento para exigir uma ley de Medios no Brasil?

fernando postali

- 2014-06-23 17:28:30

Só Politica:

Sr. Nassif.

Entendo que o voto FACULTATIVO eliminará essencial parcela imediatista.

Obrigado.

Fernando Postali. 

 

Walter o primeiro

- 2014-06-23 16:51:20

Nassif vc se esqueceu tambem

Nassif vc se esqueceu tambem :

Se não tem agua é por causa da falta de chuva

Se falta luz é por causa da falta de planejamento

Elcio Roberto

- 2014-06-23 16:37:32

Quem tem um olho é meio cego?

E nos tempos do PT oposição a imprensa era a mesma e as reações contra as políticas do FHC eram de igual tom, apesar de terem obtidos resultados. Difícil era ver naquela época  a imprensa falar que o remédio era ruim, mas salvaria o paciente. Quem tem um olho é meio cego?

cesarT

- 2014-06-23 16:11:47

Nassif, não se faça de

Nassif, não se faça de ingenuo, Trajano deu nome de alguns fomentadores do Ódio,  e vc sabe que o nucleo pensante,  debilerativo e principalmente "mantenedor"  (ou será curador) é aqule instituto..........

jorge silva

- 2014-06-23 15:51:09

Não vai ter copa ... via NET

O que não funcionou e me afetou foi a NET. Na última semana fiquei 3 vezes sem acesso a TV e Internet, o que durou mais de 4 horas, em horário de jogos.

Bruno Gaspar

- 2014-06-23 15:50:32

Revista Veja

Eu ainda fico abismado lendo a Veja. Você lê algumas coisas e pensa "caramba, isso não pode estar numa revista de circulação nacional!"... Dá pra ler as reportagens e fazer uma lista: fatos X suposições. Suposições sempre ganha. E normalmente são suposições estúpidas, tipo "O Brasil nunca passou tanta vergonha num evento internacional".
Se sai da revista impressa e vai para os blogs, aí mesmo é que a coisa desanda...  e não falo só da Copa & Política, é em todos os assuntos que isso acontece. Há algumas semanas um "artista" da Veja publicou em seu blog um texto dizendo que "ninugém nasce gay", mas sim "passa por um período gay", e "pesquisas" comprovam isso. Deu até vergonha de ler aquilo! Pra quem eles acham que estão escrevendo? Semi-analfabetos? Aí outro mané escreve que o símbolo da FIFA tem propaganda comunista. Gente, troquem essa equipe, pelo amor de Deus! Até o jornal do meu bairro tem opiniões mais qualificadas!

Fernando Lopes

- 2014-06-23 15:28:28

Veja a novela...

Veja a novela Geração Brasil. Ela tem alguns personagens norte americanos, e eles falam em um dialeto misto com muitas palavras em inglês, misturadas ou não com outras palavras em português. Se você achar isso normal porque, afinal eles são americanos e não sabem falar português, te lembro sobre as novelas da mesma Globo que se passaram em Marocos, Índia, etc. Você viu algum ator falando em Hindi??? Em árabe???

Se a Globo diz que a "capital do mundo" é Nova York é porque ela realmente acha isso e quer divulgar esta ideia. Afinal lá ela produz o programa "mais inteligente da Tv" , o Mahhanttan Conectiion (escrevi errado por querer!!!)

Volnei

- 2014-06-23 15:20:19

ENQUANTO ISSO...

... Faustão dá aula de "Como ser um imbecil em uma lição!", ao dizer no seu programa de ontem que temos que ver até quando os estadios vão aguentar antes de cair...

 

Que grande imbecilóide... Aliás, ele e o Oscar juntos, foi um show de horrores, um mal intencionado global e outro que só fala asneira (por limitação intelectual mesmo)... Lamentavel

Quintela

- 2014-06-23 15:19:39

O que vai ter de "reporter"

O que vai ter de "reporter" apagando video no YOUTUBE.....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Celio Jorge Lasmar

- 2014-06-23 15:14:40

CARTELIZAÇÃO DA MIDIA

Correto Nassif, esquecestes de dizer que também cartelizam a divulgação das novelas da Globo, e não fazem nada além de falar de novelas, e mulheres peladas, e dar ibope para o goleiro Bruno, o qual já esta sendo beneficiado pela impunidade reinante no País, precisamos de um novo marco regulatorio das comunicações a fim de democratizar a mídia no País. E urgente. 

Antonio M.

- 2014-06-23 15:12:02

Copa pra turista

Copa do caos pros brasileiros pois toda a infraestrutura que interessaria para a população não foi terminada. Fizeram somente os estádios superfaturados de onde desviaram milhões de reais. Monotrilhos, metrôs, viadutos, entorno dos estádios, enfim, tudo que seria interessante não ficou pronto ou está maquiado. Depois da copa veremos quem está certo. A pergunta que não quer calar: se o Brasil for campeão vai ter CPI da Copa?

Rossana Alves

- 2014-06-23 15:10:21

Coluna de Luis Nassif

Excelente artigo Nassif. Parabéns por mostrar esse processo de cartelização da mídia brasileira, agora tão claramente desmoralizada pelo sucesso da Copa do Mundo. É muito bom ver que ainda existe vida inteligente e imparcial na nossa mídia.

 

Amato

- 2014-06-23 14:57:50

Ley de Medios

Ótimo artigo!

Espero que a Dilma cumpra sua promessa e comece seu novo mandato aprovando uma Ley de Medios, está bem clara a necessidade dela para acabar com o oligopólio que vigora hoje nos meios de comunicação.

Adma Andrade Viegas

- 2014-06-23 14:55:39

  A mídia apoiou um golpe

 

A mídia apoiou um golpe contra Getúlio (abortado com o suicídio deste).

A mídia apoiou e  celebrou o golpe de 64.

A Folha forneceu apoio logístico  e material para as torturas e ação dos DOI-CODI.

A Globo colaborou e se fortaleceu economicamente graças à ditadura militar.

 

Esses quatro exemplos já são suficientes para mostrar que as empresas de mídia agem CONTRA o povo brasileiro?

drigoeira

- 2014-06-23 14:47:30

Sai de ré...

Sai de Ré Satanás!

João Bosco Rocha

- 2014-06-23 14:44:56

Ponta do Iceberg

Excelente  análise do Nassif sobre o desempenho da nossa velha e ultrapassada mídia. Mas...acredito que existem muito mais coisas por detrás disso. São apenas suspeitas, mas são coincidências demais acontecendo em uníssono. Ao que parece, interesses dentro e fora do país se juntaram há já algum tempo.

André LB

- 2014-06-23 14:44:23

  Não, É A RESPEITO DO SEU

  Não, É A RESPEITO DO SEU PAÍS, mesmo. Mas você não consegue ver. Paciência.

André LB

- 2014-06-23 14:43:11

 "A roubalheira na construção

 "A roubalheira na construção das arenas é gritantes"

  É? Em quais? Quanto? Quem roubou?

  Desculpe, colega, mas tão passando a mão na sua b*** e você não percebeu. Para de repetir argumento vazio, tão enganando você.

vera lucia venturini

- 2014-06-23 14:42:40

Estrategistas medíocres e

Estrategistas medíocres e burros. Ora, ora... não era melhor propagar que a Copa ia ser um sucesso, faturar e depois criticar os detalhes? O pessoal ficaria esperando um evento perfeito e como sempre acontecem imprevistos num evento gigantersco como a Copa aí a crítica colava.

Estão engolindo a Copa como tiveram que engolir a "marolinha" do Lula quando eles anunciaram um tsunami. Só que desta vez foi pior: para afirmar seus interesses eleitorais desrespeitaram o Brasil expondo-o como um país irresponsável.

Como dizia minha mãe "a esperteza quando é demais vira bicho e engole o dono". Se antes a imprensa brasileira perdia credibilidade aqui dentro, agora toda a sua falta de profissionalismo, sua irrresponsabilidade foi exposta lá fora. A imagem que tentaram criar para o país acabou por retratar um setor que vai mal no país: sua imprensa.

André LB

- 2014-06-23 14:39:25

  Sua lista é falsa.   A

  Sua lista é falsa.

  A Globo tentou espalhar que as Diretas-Já eram comemoração do aniversário de São Paulo.

  O AI-5 teve apoio da mesma Globo.

  A Veja (e outros aí incluídos) tentou mostrar o racionamento como "uma vitória do povo brasileiro".

  Engraçado, dá pra ver uma tendência nesse "todos".

joão daniel

- 2014-06-23 14:37:37

a cartelização mediocrizante da noticia

É isso ai Sr. Nassif. É por  isso que o Brasil não vai para a frente. Porque a nossa imprensa e parcial. Não presta. É como diz o Sr. Boris Casoy   " tá tudo dominado"

luisnassif

- 2014-06-23 14:36:59

Prezado você inverteu: o ônus

Prezado

você inverteu: o ônus da prova é de quem acusa.

Lembro que o Ministério Püblico Federal montou um Grupo de Trabalho que acompanhou as obras passo a passo, assim como a CGU e os Tribunais de Conta.

Por isso é que não se deve acreditar em denúncias genéricas e por isso é que se exige que quem denuncia apresente as provas.

Antonio Filho Oliveira

- 2014-06-23 14:33:43

De fato, a mídia ver na

De fato, a mídia ver na política a sua salvação, uma vez que, o Google está crescendo e tomando espaço do Monopólio Globo e associados. Chega a enojar a forma como passam as notícias, na cara de pau mesmo, tentando manipular seu público. Isso é uma falta de respeito e escrúpulo, ora, se leitores e telespectaroes buscam a notícia em determinado meio, é poque acredita na imparcialidade da notícia. Ao assasinar os príncipios éticos do jornalismo, esses meio rumam para cairem no descrédito e para verem os leiores, cada vez mais bem esclarecidos, não voltarem mais a buscarem notícia no mesmo.

Fernando Bezerra de Menezes

- 2014-06-23 14:31:31

O CUSTO DAS OBRAS É PROVA SUFICIENTE

O gasto desnecessário, com ou sem roubo, já seria suficiente.

Mostrem-nos a planilha de custos de cada estádio e expliquem a isenção de impostos para a FIFA.

Os custos oficiais divulgados sugerem ter havido roubo. Cabe aos organizadores provar o  contrário.

 

 

Fabiano Cristino

- 2014-06-23 14:30:58

Muito bom Nassif,o que vemos

Muito bom Nassif,o que vemos são cavaleiros do apocalipse todos se achando donos na verdade, mais na verdade apenas fantoges e papagaios.Quando na verdade deveriam sim, como mecanismo de alto impacto na sociedade e formadores de opniões criticar sim, mais mostra as conquistas abtidas insentos de partidos politicos e sim visando o bem maior,...

JoaoMineirim

- 2014-06-23 14:28:14

Torço para que a imprensa

Torço para que a imprensa internacional descubra e adote os "blogs sujos" como fonte de informações confiáveis sobre o Brasil.Pelo menos a parcela da imprensa que não está totalmente vendida aos interesses  do capital.

kenan007

- 2014-06-23 14:21:32

Abertura do que... da

Abertura do que... da economia??? 

Todos foram a favor do golpe de 64, e depois quando não mais lhe era conveniente, passou a fazer oposição.

Da mesm forma, foram a favor da candidatura collor, fazendo manipulações e editando o debate a favor do seu candidato frente ao crescimento do lula. Depois que o collor se elegeu e implantou o sequestro do dinheiro de empresas, inclusive dos grupos de mídia e prejudicaram todos os brasileiros, com suas medidas economicas, aí então passou a fazer oposição.

Só faltava a imprensa ser contra a lei de responsabilidade fisca né, só se discute porque o fhc não fez essa lei vigorar em seu governo, e não depois... o plano real tava todo mundo dividido, até porque o histórico não estava favorável ao governo, com formulas desastrosas que só sacrificavam mais o povo mais pobre, depois que deu certo todos passaram a apoiar, aí fica fácil né. A forma com que as privatização no governo fhc foi feita gerou muita polêmica... inclusive resultou num dos livros mais vendidos e boicotados pela imprensa... a privataria tucana. Jornalista nenhum ousou comentar o conteúdo desse livro...  Todos contra os apagões... ora, e dava pra ser a favor????

mcn

- 2014-06-23 14:19:12

No episódio contra o

No episódio contra o Cantalice foi a mesma coisa. Azevedo, Gentile e Demétrio (até onde acompanhei) vociferaram contra o petista por tê-los nomeados em seu artigo.

Os três mentiram a seus leitores, sem nenhum tipo de constrangimento, mas com muitas expressões de ódio. Colocaram palavras não ditas na boca do Cantalice, dizendo que o PT faz "listas negras" de desafetos. Hipocrisia, mentira e ódio a serviço da causa política que defendem, com a certeza da impunidade, pois é improvável que seus apáticos leitores acessem o site do PT e confrontem a versão com o fato.

A sequência não poderia ser mais patética. O próprio PSDB, em seu site, publicou nota contra Cantalice usando os mesmos falsos argumentos dos sicários. Ou seja: para o PSDB, o PT faz "listas negras". Acusação que além de falsa é rascista. Link aqui - http://goo.gl/VVFUK1

A sinergia entre mídia e oposição nesse epidódio foi perfeita, se é que pode-se falar em beleza ou perfeição quando se trata de eflúvios do esgoto.

Michel

- 2014-06-23 14:15:16

O cúmulo foi a jornalista da

O cúmulo foi a jornalista da Folha escrever um texto sob o título "A Copa dos Arrependidos" em que se diz arrependida por ter acreditado no que seria a "Copa do Caos", pois caíra no conto do vigário da mídia da qual ela faz parte. Daí, acordando tarde demais para o que agora chama de "Copa das Copas", se diz condoída por sequer conseguir ingressos para os jogos. Acho que a bela usou a coluna na Folha para, no fundo, apelar para um bom samaritano disposto a doar ingressos. 

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/144259/Colunista-da-Folha-se-arrepende-caiu-na-lorota-da-m%C3%ADdia.htm

hc.coelho

- 2014-06-23 14:13:34

Será? E o tutu?

Estes senhores do pig tem o faro de onde está o dinheiro. O barões estão bilionários. Então cabe a pergunta: porque participaram de um projeto tão esquisito, tão negativo? Que ganham destruindo o jornalismo? Indo assim desvaraidamente contra o país.

O crime que cometem e que cometeram tem que sido pago, e muito bem pago. Tem que ter tutu neste angu.

E as itatiaias da vida que aderiram ao grandão, vassalos bobos, sabendo que correm o risco de serem varridas de cena pelas organizações globo com seu poder? O e.m. sempre foi pig, mas a itaitiaia não. Jogou no lixo o prestigio que tinha. Qual a delas de aderir ao crime de fazer antijornalismo de destruir o jornalismo? Será que são tão ingênuas assim?

Eu que leio até bula de remédio, hoje não consigo ler estes jornais. Sempre vi nisto um crime.

Rpv

- 2014-06-23 14:05:55

Se estas setenças forem

Se estas setenças forem verdadeiras:

"7. No episódio Petrobras ... TODOS cometeram o mesmo erro de interpretação" 

"3. ... acreditaram piamente nas informações falsas que veiculavam"

Estas não podem ser:

"... para atuar politicamente "

"...mostra claramente que existe uma ação articulada."

Ou seja, ou eles cometeram erro de interpretação acreditando em informações falsas e não agiram politicamente, ou agiram politicamente (do ponto de vista partidário e não empresarial) e forjaram estas informações, sabendo previamente não ser algo factível.

Neste segundo caso apostaram na versão falseada dos fatos como forma de passar uma imagem distorcida para desgastar o partido governante como forma de eleger o partido oposicionista. (O mais interessante é que quando o partido oposicionista assumir o governo a estratégia muda, a não ser que mais tarde eles se deem conta que se trata de um amigo autosuficiente como o Collor, aí volta a estratégia anterior.) Se isto for verdadeiro, no fundo o que sustenta economicamente os grupos de mídia é o estado e não o mercado, quer seja diretamente através de verba publicitária ou indiretamente através de informações, leis e julgamentos favoráveis a suas grandes demandas.

Mas eles estão no melhor dos mundos. Podem agir partidariamente, receber verbas governametais e ainda ameçar com seu poder de mobilização popular qualquer reação do governo em relação a distribuição de verba ou circulação de informação alternativa. Para isso se valem de alertas contra o partido governante como abuso a "liberdade", a "democracia". 

Joao Pereira

- 2014-06-23 14:02:08

Uma sintese

Uma sintese abrangente das evidencias circunstanciais de que existe uma conspiracao em marcha.

Isto e' formacao de quadrilha e tentativa de subversao da ordem democratica, legal e legitimamente constituida, com finalidades altamente predatorias e inconfessaveis, naturalmente. Em outras palavras, pura bandidagem.

E' o jogo de quem acredita piamente, e tao somente, no darwinismo economico, politico e social.

Esses conspiradores estao agrupados no Instituto Milenium e sao com certeza acompanhados e estimulados por interesses de grupos financeiros nacionais e internacionais e, sem duvida, tambem do governo americano.

O que esta' em jogo e' o tipo de valores, o tipo de sociedade que queremos e teremos no Brasil.

E' algo importante demais para deixar nas maos dessa gente que nao tem absolutamente nenhum compromisso com os valores civilizados (como vimos no Itaquerao), com o Brasil, e com a nossa gente.

 

Helio J. Rocha-Pinto

- 2014-06-23 13:42:09

Lacaio do PIG vestiu a

Lacaio do PIG vestiu a carapuça.

Joao Pereira

- 2014-06-23 13:38:23

Atrocidade

O nome da fulana e' Maria Ruiz.

Uma coisa atroz, mas tipica da cobertura que o PIG vem proporcionando aos seus leitores/ouvintes/telespectadores.

Lendo os primeiros vinte comentarios da' pra perceber que algo muito incomum esta' (ou estava, antes da copa) acontecendo com uma parcela do povo brasileiro que tem acesso 'a internet: comentarios puramente emocionais, histericos, profundamente negativos e carregados de odio com relacao ao Brasil, nao somente com relacao ao PT e ao governo Dilma.

Esse tipo de "informacao" disseminada pela midia condiciona a pessoa  a ela exposta a sentir, pensar e reagir de uma forma automatica, enfezada, isto e', cheia de fezes, e infensa a qualquer argumento racional. Acho que todo esta' tendo experiencias pessoais no dia a dia que corroboram esta percepcao.

Um dano de natureza quase patologica, o que o midia esta' fazendo com a cabeca das pessoas.

luisnassif

- 2014-06-23 13:36:08

Consertado.

Consertado.

Paulo ETV

- 2014-06-23 13:35:57

acho que uma pista pode estar

acho que uma pista pode estar na Bolsa de Valores.

Franz

- 2014-06-23 13:32:31

Link falso quando compartilho a notícia

Olá, Nassif e equipe GGN.

Quando tento compartilhar o link do artigo "A cartelização mediocriazante da notícia", aparece um link falso para uma matéria do Estadão (aliás, uma matéria completamente diferente do assunto do artigo original de Nassif). Não sei se mais algum leitor se deparou com o mesmo problema, mas, de qualquer forma, deixo aqui o registro (já que isso comprometeu o compartilhamento)

Abraços, até

 



 

Calvin

- 2014-06-23 13:32:09

Mas também....

TODOS foram a favor da abertura

TODOS foram contra o AI-5

TODOS foram contra Collor na CPI do PC Farias

TODOS foram a favor do Plano Real, LRF, privatização das Teles

TODOS foram contra o (s) apagão (ões)

A imprensa repercute o que está ocorrendo. Quem batia na Copa eram os chutes no traseiro da Fifa, que ela repercutia, assim como o "Não vai ter Copa" puxado por movimentos esquerdistas como o MPL.

"Em junho de 2010, o governo Lula tinha 75% de ótimo/bom e sua aprovação só aumentava. O otimismo econômico se espraiava por todos os lados. A percepção de que o noticiário era mais favorável ao governo era três vezes maior do que as percepção de más notícias"

Já agora:

"Ao contrário de 2010...Até o combate à fome e pobreza, maior símbolo petista, tem sua maior taxa de desaprovação desde que o PT assumiu o governo em 2003:53%. A percepção de que as notícias são ruins para o governo é quatro vezes mais forte entre os eleitores do que a percepção do noticiário positivo." (coluna do J.R. Toledo de hoje).

Capiche?

 

EJ

- 2014-06-23 13:28:02

Será?

Será que já não assumiram "de fato"?

Dorlei

- 2014-06-23 13:25:50

Dilma e as notícias

Minha impressão é que existe um filtro seletivo das notícias que chegam a Presidenta. Colunas como esta do Nassif e de outros, que já alertavam a tempos sobre esta campanha da ¨grande mídia¨ não chegam a ela. 

Se é fato, é ação do ministro plim plim? 

Até agora suas ações e alguns comentários que fez, demonstram que não tem a real dimensão do tamanho e gravidade da manipulação constante que esta mídia faz contra o seu governo.

joão daniel

- 2014-06-23 13:24:53

a cartelização mediocrizante da noticia

É isso ai Sr. Nassif. É por  isso que o Brasil não vai para a frente. Porque a nossa imprensa e parcial. Não presta. É como diz o Sr. Boris Casoy   " tá tudo dominado"

robertog

- 2014-06-23 13:13:51

É, também, um curioso

É, também, um curioso problema de governança corporativa. Como eles conseguem sempre se financiar por meios que outros ramos não dispõem (pq podem "impressionar" o governo e atores privados) eles precisam menos de aportes de investidores que poderiam cobrar participação efetiva na gestão do negócio. Acaba que as famílias originais continuam controlando integralmente as empresas nas sucessões geracionais. Os herdeiros continuam e as ideias se mantém. Por mais que queiram mudar (não sei se querem, mas pode ser que sim), a tradição familiar os impede. Seja pela pressão simbólica, seja pela pressão mais direta das famílias estendidas. Enfim, problema deles se o negócio fosse realmente privado. Mas não é, pq interfere desproporcionalmente na política e na economia. Desculpa aí, mas precisa sim ter algum controle social sobre esse ramo. 

Marco Antonio L.

- 2014-06-23 13:12:13

Nassif e companheiros, essa

Nassif e companheiros, essa falação contra tudo que o governo do PT fez,, faz e fará, isso já existia antes mesmo do Lula ser eleito em 2002, lembram ? Pois bem, o que realmente adiantou tudo isso, se o PT ganhou as 3 últimas eleições e vai ganha a de agora. E com a volta do Lula em 2018, mais uma ganha. Então, a imprensa age dessa forma, bem escrita pelo Nassif, mas foi , é e será derrotada pela presença de grande elite brasileira que é o seu povo patriota e trabalhador. O descompromisso da grande população brasileira com a imprensa conservadora já vem de tempos, não é de hoje. O descrédito vem aumentando significativamente. Entre conhecidos, muito poucos elogiam a nossa mídia, bem poucos. A grande maioria não lê pq não acredita, sabe do preconceito que existe contra o governo do PT, contra o Lula, contra a Presidenta Dilma, e não querem saber dessas injustiças. Estão todos vindo para a blogosfera, que está a cada dia que passa mais forte, fortalecida pelos petistas. Isso é a grande sacada do povo elitista patriota do Brasil, a internet mostra tudo, inclusive as verdades e as justiças. Parabéns Nassif. Parabens ao companheiros daqui. Parabéns ao povo sábio do Brasil.

Elizabete Gomes

- 2014-06-23 13:10:55

Um mar der mentiras!!

Jamais acreditei nessa mentira deslavada que quiseram enfiar goela abaixo dos brasileiros  dizendo que a Copa seria um fracasso. A imprensa brasileira está desmoralizada. Como são patéticos!! Imagino a cara dos profetas do apocalipse ao ver que suas previsões sobre o fim do mundo não se concretizaram, pior, tendo que se redimir e reconhecer que a Copa é um sucesso. Bem feito pra essa imprensa golpista!! 

Joao Pereira

- 2014-06-23 13:00:57

De acordo

Otimas observacoes, Francisco. O Instituto Millenium esta'  involvido com absoluta certeza.

E seria muita ingenuidade tambem acreditar que os americanos nao estao, again, involvido nessa conspiracao que tem muita semelhanca com o que ocorreu em 1964.

O Brasil e', com o governo trabalhista, uma pedra no sapato imperial dos Yankees, em sua estrategia de dominacao da America do Sul - isto sem falar nas implicacoes mais amplas da politica externa independente e participacao do Brasil nos BRICS.

 

Roberto Monteiro

- 2014-06-23 12:57:05

Mostre as provas

de quem roubou e para quem roubou. Do contrário, és apenas mais um leitor da revistinha de esgoto e vem vomitar seu conteúde neste blog.

waltencir

- 2014-06-23 12:55:53

João você comete o mesmo erro

João você comete o mesmo erro dos jornalões e redes de tv: diz um monte de besteiras ACREDITANDO QUE É VERDADE. 

Carlos Lima

- 2014-06-23 12:54:29

A MÍDIA DO BRASIL É UMA QUADRILHA, QUEREM DINDIN PÚBLICO FÁCIL

Nassif, sejamos honestos a mídia brasileira é uma quadrilha por isso não fazem concorrência com companheiros de gatunagem do dinheiro público. São na verdade partidos políticos a margem do TSE, que aliás era um tribunal que se não existisse não faria diferença nenhuma é uma extensão da grande mídia. Vão agir assim sempre que a toneira do dierama publica não cair nos bolsos dos barões da mídia. As famosas famiglias ALLCAPONEANAS. principalmente os homens de 68 bilhões que se acham um ESTADO dentro do ESTADO BRASILEIRO. Dê nome aos bois os bandidos midiáticos são sempre os mesmos, o lugar de onde vem a dinheirama é sempre o mesmo o modus operandi é sempre os mesmo extorqui políticos com investigação para apropriasse do congresso e governos.

Sergio Ricardo

- 2014-06-23 12:48:39

Sem expressão alguma

Um jornalista e uma mídia sem expressão alguma tenta levar outros colegas e outras mídias para o mesmo fundo do poço onde ele se encontra.

O importante é que a maioria da população já percebeu esse "GOLPE" das mídias da latinha(aquelas mídias que vivem sempre com a latinha nas mãos) e vão dar o troco nas urnas nas próximas eleições.

Se tivesse conseguido aproveitar sua fase de formador de opinião estaria trabalhando de maneira diferente.

Deve ser frustrante viver assim..

José Carlos Damaceno

- 2014-06-23 12:47:59

O POVO

Se esqueceram que o povo não é mais manipulavel como antigamente, hoje o povo etá mais atento a esses grupos de vendedores do quanto pior melhor,sou representante a interajo com pessoas de todos os niveis e credos e posso afirmar que o chamado povão não é mais como era  a 25 anos atras, portanto esse pessoal da midia vendida e politizada estão literalmente dando um tiro no pé, quem viver verá.

Juliano Santos

- 2014-06-23 12:43:33

Eu sempre digo, Nassif. A

Eu sempre digo, Nassif. A grande imprensa brasileira talvez seja a pior entre as grandes democracias do mundo. Tal indigência deve-se encontrar apenas em imprensas de países muito atrasados.

E o incrível é que a midia brasileira já foi boa. Aí tenho que concordar com o Ed Doer. Foram os herdeiros dos impérios midiáticos que por absoluta mediocridade transformaram ouro em m., como Midas ao contrário.

Um exemplo paradigmático é a Globo. É só comparar a era Roberto Marinho/Boni com irmãos Marinho/Boninho. Ok, o "dr. Roberto" era nefasto. Mas jamais deixaria seu império nas mãos de gente cuja unica qualidade é a capacidade ilimitada de puxar saco de patrão

jns

- 2014-06-23 12:42:05

chutebol

jogador , brazuca , midia

soccer-cat.jpg (800×521)

EJ

- 2014-06-23 12:40:50

Irritação

Este assunto é, apenas, indiretamente ligado à matéria, mas me irritou bastante. Estava, por acaso, em um local onde a TV que iria transmitir o jogo Portugal x Estados Unidos era a Globo. Antes do jogo, o locutor que comandava a transmissão chamou  repórter de Brasília (para notícias sobre nossa Seleção). Terminada a intervenção, o dito locutor saiu-se com essa pérola: "passamos, agora, da capital do Brasil para a capital do mundo". E chamou a reportagem de Nova Iorque (que pode  ser a cidade economicamente mais importante do mundo, mas capital?)

Podem não concordar comigo, mas considero as palavras do locutor um exemplo claro do complexo que domina a emissora e que está no cerne de sua motivação contra tudo que signifique altivez do nosso país em relação ao nosso parceiro (não patrão) do norte. Mais uma comprovação do seu complexo de vira latas.

Além disso, segundo me disseram, terminada a partida, a emissora apressou-se em chamar a reportagem da "capital do mundo", para saber a reação da torcida de lá. Por que não chamaram Lisboa?

LACosta

- 2014-06-23 12:31:20

Um grande "ferramenta"

João,

da próxima utilize o "coxinheitor" mas não publique aqui não, vá lá naqueles sites cheirosos e perfumados da direita:

 

http://www.zueracard.com.br/coxinheitor/

 

 

Mané

- 2014-06-23 12:28:37

Carta Capital

Nassif,

Ao mencionar TODOS você está sendo injusto com a Carta Capital, ainda que ela não seja um "grande grupo de mídia".

Ed Döer

- 2014-06-23 12:23:18

Eu já acho que é burrice

Eu já acho que é burrice mesmo e não conspiração ou troca de passes. Eles criaram uma versão tão fantasiosa e absurda da realidade que passam a viver e trabalhar dentro dela, ignorando qualquer detalhe que não se encaixe no quadro pintado. E qualquer um que internamente tente alertar para o erro é logo descartado ou ignorado por não dançar conforme a música.

E em parte o que o ocorre com a grande mídia é o que ocorre com muitas empresas familiares onde a sucessão não é bem trabalhada. Quando o bastão é passado para os sucessores, a coisa começa a desandar de vez, pois eles não tem a experiência que o antigo comandante tinha e nem habilidades que possam compensar a falta de envolvimento pessoal com o negócio, que para o finado líder, era a própria vida.

EJ

- 2014-06-23 12:18:29

Deus nos livre!

Preciso dizer mais algo além do "assunto"?

rmoraes

- 2014-06-23 12:17:35

Especialista genérica

O nome da criatura cujo "corpinho" não sentará (ou sentou) em cadeira de estádios é Marília Ruiz.

Antônio - Minas Gerais

- 2014-06-23 12:17:01

Todos no governo

e num eventual governo do tucaninho Aécio, TODOS VÃO ASSUMIR O CONTROLE DA SECOM.

Jurgen2010

- 2014-06-23 12:13:42

Completo?

Perfeito! O Millenium é o coordenador da mídia, exatamente como no passado. A justiça o braço de poder que dá a legitimidade. Quem coordena as ações da justiça????? Ou por qual motivo crimes da direita são "esquecidos" em gavetas, arquivados por insuficiência de provas? Não está faltando um ator? Somente estrangeiros não fariam esta coordenação. Nem seriam apenas fatos de operações isoladas.

Glaucio

- 2014-06-23 12:07:19

Caro Nassif.A Copa esta como seu Cavaquinho. Afinado-rrss

Caro Nassif. Descupa techamar assim. O motivo é que tive o privilégio de ver você tocar seu cavaquinho em um barsinho simples da Av. Sumaré e como ele - seu cavaquinho, e você, a Copa 2014 esta realmente afinado, creio que devido ao padrão empregado pela sua organizadora. Pudera. Ela recebe agora a maior parte do bolo e  é assim, em todos os países que atua. Porém,  aqui neste magrinho país, vai levar nada menos que 15 bi. Isso mesmo. Ai neste caso concordo com você que isso ninguém divulgou e ninguém divulgará, que também, sem redundância o Brasil deu isenção total de imposto a sua organizadora.Jamais isso aconteceu em uma edição de copas. Porque será? A pergunta é: qual o motivo? Creio eu que ai encontra-se uma estratégia.

a)- se o Brasil ganha a copa de qualquer jeito a nossa delirante Presindente tem as maiores chances de reeleição;

b)- se o contrário acontece, esta mesma mídia que você muito bem denuncia cai de pau e nossa atual Presidente não teria chances de reeleição. Salvo acordos com o Capeta, pois quando estudei na Casper Líbero esse bordão era comum, e assim caso tenhamos perda do tão sonhado Hexa irão massacrar sem dó e piedade até sua morte.

Então, a moeda de troca esta ai. Política e reeleição pelo mais apaixonante dos esportes. Pelo visto, já existe um ganhador nesta copinha tão bem organizada pelos padrões FIFA. Dou um doce a quem acertar - rrrsss - Pudera: depois dessa, com tanto dinheiro em caixa é mais que sua obrigação fazer uma edição com tudo correndo direitinho.

Abraços,

Gláucio dos Santos Costa

 

Marco St.

- 2014-06-23 12:05:00

Só uma palavrinha Millenium

Só uma palavrinha Millenium

H Menon Jr.

- 2014-06-23 12:02:01

Qu eu saiba, ainda não estão rasgando dinheiro...

"2.     Atuar deliberadamente para derrubar o entusiasmo dos consumidores e anunciantes em relação ao seu maior evento publicitário da década: a Copa do Mundo."

 

Pois é, Nassif... Se não estão rasgando dinheiro, e fazem questão de jogar água no próprio chope, é porque o dinheiro (lucro) deve estar vindo de algum lugar. De onde será? Quem está se beneficiando do pessimismo e da percepção de caos que mesmo com o sucesso da Copa ainda tentam espalhar? Um torcedor argelino levou uma garrafada... Estourou um cano e "alagou" a sala de Imprensa da Arena das Dunas... Mexicano confunde o litoral nordestino com Acapulco e mergulha no Oceano... Mesmo com jogos maravilhosos, os gramados estão horríveis... Fifa garante que não haverá fraude no jogo entre Brasil e Camarões... e por aí vai. Incrível Nassif como essas notícicas sempre entram "casadinhas" nos portais da Folha/UOL e da Globo. 

 Não é difícil a resposta...

serralheiro 70

- 2014-06-23 11:56:53

Mídia idiotizante!

Entendo que mais que mediocrizante, nossa mídia PiG tem sido idiotizante. 

Gardenal

- 2014-06-23 11:56:02

(Sem título)

[video:https://www.youtube.com/watch?v=EGyb11knYYo]

MThereza

- 2014-06-23 11:54:13

"a mídia abandonou seu

"a mídia abandonou seu produto principal - a confiabilidade da notícia - para atuar politicamente, julgando estar na política sua tábua de salvação". E a oposição também abandonou seu produto principal - agir politicamente - para atuar midiaticamente, julgando estar na mídia antiga sua tábua de salvação. Resumo da ópera: ambos vão se afogar, pois não fizeram seu trabalho e supuseram que seus leitores e eleitores são absolutamente idiotas. 

Maria Fontes Simpkins

- 2014-06-23 11:53:10

E o Conti ....

 ..é a cereja do bolo. Excelente, como sempre, Nassif!

João Alberto Afonso

- 2014-06-23 11:46:18

MÍDIA

Desculpe, mas quem acobertou essa canalhada toda foi o Congresso com suas PIZZAS e o STF salvando todos, com exceção dos mensalieros que agora serão salvos. A roubalheira na construção das arenas é gritantes e a infra estrutura foi quase integralmente deixada de lado.

Cláudio José

- 2014-06-23 11:37:00

GRITO PARA A COPA
GRITO PARA A COPA Tá na hora da torcida do Brasil deixar um pouco de lado o grito, Eu sou brasileiro, com muito orgulho e muito amor, e mudar para Ô Ô meu Brasil eu gosto de você, quero cantar pro mundo inteiro a alegria de ser brasileiro, conte comigo Brasil, acima de tudo Brasileiro... Vamos cantar  bem alto e forte como a torcida do Mengão, que o caneco com certeza é nosso. 

Ivan de Union

- 2014-06-23 11:30:30

Tambem acho.  A mulher eh

Tambem acho.  A mulher eh particularmente desprezivel.

Andrer

- 2014-06-23 11:29:57

Minha hipótese: parte

Minha hipótese: parte substancial da culpa são os lacaios do jornalismo, que distorcem a profissão dos fatos para a profissão das versões, em decorrência de um misto de puxasaquismo com incompetência.

Basta ver o jornalismo prolixo da Veja e o jornalismo coxinha dos jornalões paulistas... falta capacidade intelectual a esses jornalistas e sobra criatividade literária pautada pelas expectativas projetadas dos editores, que moldam a cultura novelesca desses "novos" jornalistas.

vitor

- 2014-06-23 11:29:24

Provavelmente este textto

Provavelmente este textto esta direcionado a Cuba,Venezuela ou Argentina.

Orides2

- 2014-06-23 11:26:56

CCQ

Nassif, 

A gente já tinha pressentido desde o início.

Porisso,logo que o PHA chamou de PIG, pegou de cara.

Agora, você demonstra a solução do teorema.

 

drigoeira

- 2014-06-23 11:20:25

É o PIG.

Desde sempre este pessoal está contra o povo brasileiro.

Minha estimativa é: Se a Presidenta Dilma se eleger, vão transformar o país em outra Venezuela.

Para isto não acontecer, o PT tem que perder as eleições e o Brasil retornar à segurança dos governos neoliberais.

Martins Andrade

- 2014-06-23 11:18:27

Nassif, em 23 de fevereiro

Nassif, em 23 de fevereiro escrevi este artigo, que republico abaixo, em meu Blog Martins Andrade e Você.

Já antevia um contrasenso entre a mídia e a indústria turística.

Hoje, você trata do assunto de uma maneira mais abrangente.

Em fevereiro, em face da campanha contra a Copa do Mundo, a indústria hoteleira registrava uma baixa procura.

Havia um sinal amarelo na reservação das vagas nos hotéis, daí a apreensão dos empresários do ramo.

INDÚSTRIA HOTELEIRA – HORA DE TOMADA DE DECISÃO.

Nossa elite é mesmo fantástica.

Sobretudo a industrial.

Ela financia os movimentos que tentam a derrubada do governo.

Pagam milhões às empresas midiáticas para divulgar seus produtos, ao mesmo tempo que a mídia tenta quebrar o negócio deles.

Vejam o caso da indústria hoteleira.

O governo investe bilhões de reais para atrair eventos, para a melhoria dos equipamentos de turismo, patrocina uma copa do mundo.

E a indústria hoteleira, por seu lado, também se prepara, treina seu pessoal para bem atender os clientes-turistas, que para aqui virão, sonham com bons negócios,

E vai divulgar seus produtos na mídia, que por seu turno, faz campanha para desestabilizar o governo. E entre os meios que ela explora para essa desestabilização, está o evento que a indústria hoteleira capricha na divulgação para ter bons lucros, no caso, a Copa do Mundo.

E isso está acontecendo exatamente agora.

A indústria hoteleira está desesperada com a baixa procura de reserva de suas vagas.

Agora me respondam: o turista vai a um país que vai realizar uma Copa do Mundo, onde seus meios de comunicações, a mídia, está dizendo que não vai ter copa, e até incentivando grupos para protestos, com o ideal de não permitir a realização do evento?

Quem viria a um país desse?

E a indústria ligada ao turismo vai continuar botando seu dinheiro na Rede Globo, por exemplo, que amanhece o dia, todo dia, divulgando, incentivando grupos de indivíduos para protestar contra a realização da Copa?

A Rede Globo quer derrubar um governo, que tem criado as condições necessárias para que essa indústria se desenvolva e cresça, enquanto interfere negativamente no evento que essa mesma indústria espera que seja um sucesso!

Um contra senso impagável.

Quem quer que a Copa do Mundo seja um sucesso, patrocina a quem torce para que ela seja um fiasco.

Isso significa que a mídia brasileira não precisa mais dos investimentos da indústria hoteleira.

É hora de tomada de decisão contra essa inversão de interesses.

13/02/2014 –

 

Vantuil Barbosa Filho

- 2014-06-23 11:18:14

e o faustão!

o cara não tem vergonha na cara mesmo, depois de falar palavrões contra a copa no Brasil, agora diz que está tudo dando certo e que se tem algum erro, é da FIFA; porque o cara de pau, não pediu desculpa, e não disse que o canal que ele serve, foi o grande adversário para o sucesso da Copa? Eu não vi, mas ouvi as palavras, pois estava de costas e a TV tava num bar; foi risada geral, e desligaram a TV.

André LB

- 2014-06-23 11:10:13

  Nassif, o texto é de sua

  Nassif, o texto é de sua autoria? Tem sua cara, mas tá sem o autor...

  Enfim, cada vez mais o conceito de PIG se revela funcional, e as empresas que o constituem tudo fazem para confirmá-lo.

Antonio Carlos Silva - RJ

- 2014-06-23 10:59:19

Acho que o blog deveria por

Acho que o blog deveria por em destaque os vídeos com comentários esdrúxulos iguais a desta militante demotucana .

Chegou o momento da virada, o povo brasileiro tem que conhecer toda a matilha de vira-latas que criminosamente insistiram em depreciar a capacidade do nosso país em organizar um evento mundial .

 

Ninguém

- 2014-06-23 10:54:53

Quem é essa idiota?

E o quê ela tem dito agora? Quer ver eu adivinhar? Deve estar dizendo que já foi a Olimpíadas e que o Brasil vai passar vergonha. Esses tipos são tão idiotizados que não percebem a própria idiotização.

Adir Tavares

- 2014-06-23 10:43:40

Tiro no pé

Vejo como um tiro no próprio pé, nem lembro mais quando parei de colocar as mãos em jornais e em determinadas revistas.

Carlos Filho

- 2014-06-23 10:42:50

Vexame, ridículo e desencanto.

Já se foi "meia" Copa, e daí concluo que, de fato, houve um grande vexame, na medida em que elite branca que atacou a Presidenta Dilma no Itaquerão mostrou ao mundo o que ela é: arrogante, sem a menor educação, inculta, que calça um sapatinho italiano e lê a VEJA e se sente, por isso, a nata da humanidade. Nossa elite está muito longe de uma elite padrão FIFA, está mais para padrão Ricardo Teixeira, que , a propósito, mudou-se para a Flórida.

O ridículo coube à mídia corporativa, pois a mídia internacional teve certamente o desprazer de verificar, "in loco", o que é a chamada grande mídia nativa: trata-se de um partido, fingindo-se vergonhosamente de independente e imparcial, anti-brasileira, que defende exclusivamente  seus interesses empresariais, muitas vezes nem esses, como apontado pelo Nassif no post. Essa gente culminou no ridículo com a matéria do Conti com o Felipão "fake" e com a simbologia petista pelo uso do vermelho no logotipo da Copa, da lavra de um tal de Constantino. Quero também uma mídia corporativa padrão FIFA, pois a nossa é padrão Ditadura, ou talvez pré-Gutenberg.

E o desencanto, por ora, está personificado na Seleção, que ainda não apresentou um futebol à altura de seus jogadores e tradição. Mas isso ainda dá para consertar, inclusive a partir de hoje, contra Camarões.

Assim, apesar do vexame e do ridículo, vou, como sempre, torcer como louco para que a Seleção ganhe bem e, também pelo futebol, encante ainda mais o mundo, pois a Copa já produziu seus efeitos mágicos.

Dá-lhe Brasil!!!!!!

Ninguém

- 2014-06-23 10:41:17

Uma ação criminosa planejada e coordenada...

Visando derrubar governos (Lula e Dilma) democraticamente eleitos, causando oscilações artificiais na bolsa de valores, manipulando o noticiário de forma tal que acaba afetando negativamente a economia, já teria sido coibida há muito tempo, se não tivéssemos um judiciário tão conivente. A grande mídia não é criminosa, ela é o próprio crime.

Assis Ribeiro

- 2014-06-23 10:40:16

Motta Araujo, não se esconda.

Você que sempre faz contraponto as criticas feitas à grande mídia deve se manifestar.

Gostaria de ler o seu contraponto à cartelização e mediocridade da mídia tradicional apontadas por Nassif.

Assis Ribeiro

- 2014-06-23 10:35:14

Cronologia da manipulação.

A forma cartelizada da notícia e a cronologia articulada da grande mídia.

1)  Um, ou mais, desafeto procura um  jornalista e passa uma informação. O jornalista, sem investigar, sopra a informação que serve de balão de ensaio.

2)  Pela repercursão  da informação, determinado "veículo" se encarrega do "ponta pé" inicial.

3)  Uma série de denúncias é preparada  para alimentar a cadeia de notícias.

4)  Essa série de notícias e com o mesmo foco apresentadas em curto espaço de tempo não permite que o jornalista investigue a sua veracidade.

5)  A veículação dessas notícias, quase que diariamente, não permite o contraponto apropriado.

6)  A massificação das mesmas notícias, fundamentadas ou não,  intensifica a aprovação dos leitores.

7)  Essas notícias, pelo tempo de exposição, começam a respingar por todos os lados.

8)  Nessa fase a cooptação do leitor é total, já não importa se as notícias são verdadeiras ou não.

9)  O processo é concluído.

10) Se após essa fases anteriores a notícia veiculada massivamente se mostra inverdadeira os veículos da mídia tradicional, no mesmo momento, mudam de lado e tentam se mostrar imparciais.

Francisco de Assis

- 2014-06-23 10:22:32

DOIS PONTOS A OBSERVAR

DOIS PONTOS A OBSERVAR

O Instituto Millenium, que a Globo domina, é claramente o lugar da ação articulada, centralmente planejada, e não poderia deixar de ser citada no artigo do Nassif. Exatamente como em 64, com seus similares da época.

Hoje, como lá atrás, existe também o apoio "concreto" estrangeiro, o que inclui dólares, muitos dólares, e isto também não é dito no artigo. Não se pode Imaginar que os "grupos de mídia" nacionais (Globo e seus satélites, Folha, Estadão, Veja e outros) estejam se atirando numa aventura política que pode levá-los ao suicídio, sem terem garantia financeira, quando o capitalismo financeiro multinacional tem no governo brasileiro hoje a mais forte barreira à sua dominação total. O PIG com sede no Brasil e o PIG Sem Fronteiras estão juntos nesta empreitada, e atrás deles está a plutocracia mundial.

Assis Ribeiro

- 2014-06-23 10:15:22

Excelente

Essa condição de atuar como partido político foi intencionalmente traçada para que a mídia tradicional (jornal, rádio e televisão) se tornasse forte na defesa dos seus interesses específicos.

Trata-se de uma construção ideológica alcançada por ataques constantes e muitas vezes infundados efetuados contra políticos, governantes, e a atuação do judiciário, com o objetivo de criar uma imagem negativa do agente público, associando-o invariavelmente à corrupção e à ineficiência. 

Junto com as matérias depreciativas diárias são encomendadas pesquisas sobre a credibilidade das instituições públicas principalmente quando determinadas notícias ganham musculatura e maior ressonância e o resultado de descrédito já é esperado. 

Essa ação diária, realizada de forma coordenada, atende a alguns interesses, entre eles: 

1) Legitimar-se como detentora da verdade;

2) Tornar-se agente principal do jogo político;

3) Direcionar as decisões dos governos;

4) Influenciar para o desmonte da máquina pública;

5) Submeter governos, parlamentos e o judiciário. 

Para alcançar tais objetivos a mídia promove o emburrecimento de suas matérias onde notícias que necessitariam de mais informações são oferecidas sem profundidade visando fixar nos seus ouvintes e leitores a matéria de forma pronta e acabada impossibilitando qualquer reflexão. 

Esse formato limita a formação de uma ideia própria e quem consome as informações diárias realmente acredita que está em dia com a notícia ou com a realidade nacional, quando, na verdade, está sendo levado pela correnteza de um pensamento único, direcionado, pronto e acabado. O leitor ou ouvinte será apenas mais uma peça articulada para o consumo, engolindo, sem perceber, uma programação inócua a princípio, mas nefasta em longo prazo. 

Essa construção ideológica é realizada ao mesmo tempo em que a grande mídia exerce o seu papel de noticiar os fatos, documentar, fiscalizar os poderes, denunciar abusos, e vai até ao ápice de criar boatos, versões, insinuações, entre outras modalidades de cerceamento do conhecimento. 

Com essas características a mídia não apenas influencia a vida pública e os poderes do país, como passa a determinar decisões do judiciário, políticas públicas e ações do nosso Congresso. 

Basta observarmos as valorizações ou quedas de ações na bolsa de valores de determinado grupo e das moedas em função de especulações muitas vezes iniciadas e/ou estimuladas pela mídia, recentemente enormes oscilações ocorreram com empresas como a Petrobrás após bombardeio midiático de má gestão e com as de energia elétrica por “quebra de contrato” e “insegurança jurídica”. 

Basta observarmos como subiram os juros Selic nos últimos meses, contra a política econômica do governo, mesmo estando dentro da margem estabelecida e aceitável e em trajetória, ainda que lenta, de queda.

A mudança de lado da grande imprensa em relação à cobertura do Movimento Passe Livre foi emblemática. Se no início a cobertura foi de condenação ao movimento atribuindo aos participantes os motes de vândalos, classe média desordeira, inclusive insuflando as ações violentas da polícia, a partir do momento em que pressentiu que poderia tirar proveito próprio pela musculatura que o movimento adquiriu passou a apoiá-lo e tentar direcionar as bandeiras defendidas, mesmo com as constantes manifestações contrárias à forma de atividade da grande mídia. 

Na área da justiça a forma do julgamento do mensalão do PT e a leniência do STF em relação ao mensalão tucano, exatamente em consonância com a cobertura da mídia falam por si só.

A determinação do que a sociedade deve acreditar e consumir levada a cabo pela mídia atinge até mesmo a cultura do país, a era dos pagodeiros e a mais recente do sertanejo universitário servem de exemplo.

A cobertura negativa da Copa começa (sempre o mesmo modelo) três anos antes da Copa com a Revista Veja de 21/05/2011, que com a sua bola de cristal previa que os estádios só ficariam prontos em 2038:

http://lfigueiredo.files.wordpress.com/2011/05/veja.jpg

A partir dessa matéria da Veja as noticias contrárias à Copa se tornaram diárias em todos os veículos da chamada grande mídia, culminando em várias manifestações de ruas e na criação do ‪#‎NãoVaiTerCopa.

A grande mídia atua de forma criminosa.

RobertoN

- 2014-06-23 09:53:41

Visão conspiratória? Sim,

Visão conspiratória? Sim, política.

Eles não estão a acertar preços ou contratos, mas tem atuação política.

Ao menos uma qualidade eles tem, a gratidão. Quem não quer uma empresa de telefonia celular na boa, uma empresa de TV a cabo, um portal para faturar a obrigatoriedade de se ter um email para acessar a internet - este abuso aconteceu sem muitas denúncias. Quanto eles pagaram, porquanto venderam (incluindo o que circula no não oficial). A forma como o proprietário de uma empresa do sul assinou um contrato com a Telefônica, contam que foi nas costas do advogado, rindo. Depois pediu interferência do FHC, não sabia o que assinava. Farra pura.

Onde ganharam eles se perderam, quando misturaram os negócios.

IV AVATAR

- 2014-06-23 09:53:40

Essa fez parte do TODOS contra

Só não esperavam que o povo fosse quebrar o cercadinho da mídia, de que adiantou ficar jogando pedras no lago por tanto tempo, sim, as ondas vindas da elite branca chegaram ao povão que, como sabemos, estava triste com a Copa e até com medo de torcer, mas o tsunami deu chabu e as ondas voltaram para a zelite e baterem na cara de quem atirou pedras no lago, bem feito

[video:https://www.youtube.com/watch?v=_9VNFW7s-Zc]

Pedro Penido dos Anjos

- 2014-06-23 09:49:24

Bloco globofolhaestadão e

Bloco globofolhaestadão e seus satélites.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador