AGU pede inquérito sobre ofensa da IstoÉ contra Dilma

 

Do Blog do Planalto

AGU pede inquérito sobre ofensa contra Dilma praticada pela IstoÉ
 
Revista publicou reportagem que compara a presidenta da República a Maria I, a Louca

A Advocacia Geral da União divulgou neste sábado (2) nota em que defende a abertura de inquérito para apurar crimes de ofensa praticados pela revista IstoÉ contra a presidenta Dilma Rousseff. Na edição desta semana, a publicação traz um texto que trata de fantasiosos casos de descontrole emocional da presidenta e a compara a Maria I, a Louca, rainha de Portugal no fim do século 18.

No comunicado, a AGU afirma que requisitará ao Ministério da Justiça a abertura da investigação e informa que advogados particulares de Dilma também estudam medidas para o ressarcimento dos danos morais causados.

Leia a íntegra da nota:

A Advocacia-Geral da União (AGU) acionará o Ministério da Justiça para que determine a abertura de inquérito para apurar crime de ofensa contra a honra da presidenta da República cometido pela revista IstoÉ em reportagens publicadas nas duas últimas edições.

A AGU também invocará a Lei de Direito de Resposta para garantir, junto ao Poder Judiciário, o mesmo espaço destinado pela revista à difusão de informações inverídicas e acusações levianas. 

Eventuais ações judiciais de reparação de danos morais também estão sob análise de advogados privados da presidenta Dilma Rousseff.

 

8 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

altamiro souza

- 2016-04-04 20:07:54

tem de cobrar - e muito -

tem de cobrar - e muito - pelos  danos morais causados a nossa presidenta...

Antonio C.

- 2016-04-04 16:55:47

Comentário.

É coisa lógica (sic). Você não tem argumentos, nem fatos, diz que ele é um mau político pois tem pés chatos.

É a mistura do jornalismo de esgoto com aquelas subnotícias de subcelebridades, com pitadas de boataria.

O pessoal aprende rápido nas escolinhas de jornalismo. Teoria da informação e cibernética, vai pesquisando. Você joga tantos "imputs" que o processamento fica tão prejudicado que vai engolindo sem pensar. O "output" é essa oposição raivosa, desinformada e odiosa.

Essas técnicas são usadas para modificação de comportamento, não é baboseira.

Pra quem curte estudar "envenenamento por informação", é um prato cheio.

MAAR

- 2016-04-04 14:56:33

CALÚNIA E DIFAMAÇÃO

A absurda, surreal e vergonhosa publicação da revista IstoÉ constitui gritante crime de calúnia e difamação, com incalculáveis danos à imagem por ser praticado contra pessoa pública, militante da política partidária eleitoral. E a gravidade do crime é amplificada ao extremo em razão do eminente cargo de Presidente da República legalmente exercido pela vítima.

Nesta medida, a agressão atinge não apenas a senhora Dilma Roussef, mãe, mulher, histórica militante da defesa da democracia e dos direitos humanos. A agressão em tela atinge também a nação e o povo brasileiro, pois evidencia falta de respeito para com as instituições, as garantias constitucionais e a dignidade humana.

Cumpre ressaltar que não se trata de mera divulgação de inverdades desairosas, pois o malévolo texto da vergonhosa publicação evidencia a intenção desleal de desestabilizar emocionalmente os adversários políticos.

E a estratégia utilizada pela publicação difamatória mostra a desastrosa influência da certeza de impunidade que insufla os instintos criminosos da poderosa direita golpista, serviçal do capitalismo predatório.

Portanto, urge clamar pela ampla, firme e ágil mobilização articulada das instituições representativas da sociedade civil organizada para cobrar das autoridades competentes a rigorosa coibição dos crimes acintosamente cometidos em decorrência de patológicos motivos políticos. Inclusive para demandar a ampla e rigorosa investigação das origens camufladas dos vultosos recursos investidos no financiamento de inúmeras iniciativas vinculadas à promoção e manipulação de factóides produzidos a partir de complexas estruturas ligadas às políticas de regime change. 

A luz da verdade e da verdadeira Justiça é o melhor desinfetante para esterilizar os venenos da perfídia de classe, e para recompor o tecido social fragilizado.

Déa Fragoso

- 2016-04-04 13:58:08

A Isto é e a veja estão

A Isto é e a veja estão disputando para ver quem é a mais abjeta  e decadente. Cada uma quer ser a primeira a chegar no esgoto.  Elas não precisam se preocupar, ambas já estão lá.

walter araujo

- 2016-04-04 13:21:37

Publiquem aquí em caixa alta,

Publiquem aquí em caixa alta, negrito, corpo 14 o

nome das empresas que anunciam e patrocinam

este esgoto. Se cada um blog - dito sujo - procedesse

assim, temendo o boicote, essas empresas pensariam

mais cuidadosamente antes de apor suas marcas

apoiando  essas infâmias.

Bruno Cabral

- 2016-04-04 12:32:36

Ação do Romário?

A quanto anda a ação do Romário pedindo ressarcimento pela reportagem que o acusou de ter fortuna na suiça?

Maria Silva

- 2016-04-04 12:07:16

Me explica uma coisa:

Não foi a namorada do Cardozo que assinou a materia?? Por que  ao inves de ficar somente pedindo investigação, ele, o Cardozo, não acaba logo esse namoro??? Pega muito mal um  ex- ministro de estado, hoje responsavel pela AGU, f continuar esse relacionamento como se nada tivesse acontecido. Não faz sentido. Ou então ele é conivente com a patifaria. Cruz credo ... 

maria cecília p binder

- 2016-04-04 11:55:49

Danos morais

Apesar de acreditar que dinheiro nenhum no mundo é suficiente para pagar danos morais, é preciso fazer esse lixo de revista sangrar. E muito! Acho que nós, cidadãos que defendemos a Constituição e o Estado de Direito, também fomos atingidos. Também merecemos ser indenizados por danos morais por esse lixo que desonra o jornalismo. Ah, doo a minha parte para os blogs sujos que tem prestado enorme serviço ao Brasil e aos milhões de brasileiros que não fazem do ódio e da intolerância sua bandeira.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador