Dilma e seu pacote da seca

É insensibilidade total ou distorção proposital da verdade a afirmação de Dilma de que “medidas estruturantes e a proteção social explicam por que a cara da miséria não foi acentuada pela seca” ? Será mesmo que Dilma não contabilizou as milhares de carcaças espalhadas na terra ressequida do sertão nordestino tais como sementes da morte? Será mesmo que Dilma não soube que no Ceará o homem do campo está caçando ratos rabudos para enriquecer a dieta miserável com um mínimo de proteínas? Será mesmo que não viu pela TV os rostos plissados e maltratados de sertanejos de olhares angustiados que certamente votaram nela? Ela diz que não vê saques, diz que ” não há nenhuma parte da população que está passando por fome e tenha de fazer um conjunto de ações para preservar a própria existência“…uma maneira estranha de dizer que ainda não estão matando para viver. Dilma deveria percorrer o sertão de utilitário para ver de frente a dimensão da miséria , e não através das lentes de sua imaginação. Agora que as vacas foram literalmente para o brejo, Dilma acorda para o problema da seca. Não é uma Bolsa-bode que vai resolver…E já que não mandou construir açudes nem instalar as milhares de cacimbas prometidas em sua campanha…promete um pacote de R$ 9 bilhões para combater a seca no nordeste…  que será liberado nos próximos anos …ou seja, promessa similar a que foi feita aos moradores da região serrana do Rio de Janeiro há dois anos atrás quando do grande desastre…e que não deu em nada! Mas hoje… hoje Dilma falou bonito e saiu bem na fita! E a imprensa registrou com alarde! É o que conta para elles. Foto: web. Mara Montezuma

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome