Eduardo Cunha ameaça processar o Blog

O presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha pretende processar o Blog.

No mandado de citação, ele diz:

“O Autor, depois de vários anos de sua vida como administrador digno e honesto chegou ao elevado cargo de Presidente da extinta Telerj, no qual destacou-se sobremaneira» sendo que sua administração chegou a ser objeto de referência elogiosas na imprensa, como vê do incluso editorial do Jornal ‘V GLOBO” (Doe, 1)

Além disso, , face à sua comprovada honestidade e competência como administrador, o Autor chegou ao cargo de Presidente da Cehab (Doe. 2)

Posteriormente, por força do voto popular, foi levado à ALERJ, como Deputado Estadual (Doe. 3).

Hoje, ocupa uma honrosa cadeira na Câmara dos Deputados, para a qual também foi reeleito pelo voto popular nas últimas eleições, em um segundo mandato como Deputado Federal (Doe. 4).”.

Vou pedir uma ajuda para vocês, em uma pesquisa nos sites jornalísticos, especialmente no período 1990 a 2000.

Para os voluntários, o trabalho coletivo fica assim:

1.     Pesquisem nos sites. Na Folha tem muita matéria, assim como na Veja e na IstoÉ da época. Seria bom pesquisar em O Globo, já que Cunha invoca um editorial elogioso em seu favor.

2.     Selecionadas as matérias relevantes, copie o link e os trechos mais elucidativos.

3.     Podem também imprimir a página em PDF e, depois, anexar o arquivo nos comentários. Basta clicar no PRINT e, nas opções, selecionar gravar em PDF.

Leia também:  Facebook terá sua própria moeda. O que isso significa?

4.     À medida em que os trabalhos forem sendo levantados, vamos estruturá-los em uma série sobre o presidente da Câmara.

O material também poderá ser enviado para lourdes@jornalggn.com.br

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

188 comentários

  1. Isso é um pequeno ensaio

    de como vai ser se esse moço chegar a presidência do Brasil. Todos os blogs ditos “sujos” vão ser proibidos e a internet deixará de ser livre.

     

     

  2. Discordo

    Se o blog faz as acusações, o mesmo não deveria ter o material de onde retirou as acusações? Ou elas foram inventadas? Eu tento ser imparcial e availar a verdade, mas o blog tem trazido muitas noticias tendenciosas.

    • Evidente que está tudo

      Evidente que está tudo documentado. O que se solicita é apenas a ajuda dos leitores para organizar as informações que existem em abundância em todos os jornais.

      • Processos na Justiça Cível

        De breve pesquisa, no PROGER do TJRJ, é possível encontrar ao menos 92 processos semelhantes desde o ano 2.000 e em sua maioria movidos ou envolvendo o Sr. Eduardo Cunha e muitos envolvendo a mesma temática dos danos morais contra jornalistas, perdendo, o referido Autor, na maioria das vezes.

        http://www4.tjrj.jus.br/consultaProcessoNome/ConsultaNome.do

        As íntegras dos acórdãos são preciosas em “elementos de defesa”, pois são fundamentadas na prática jurídica e retratam a tendência que prevalece, na avaliação dos diversos Julgadores, em relação aos fatos concretos.

        Espero que seja de ajuda.

  3. Não se tem notícia de condenação.

    Na Veja:

    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/eduardo-cunha-o-pesadelo-de-dilma/

     

    Na Carta Capital:

    http://www.cartacapital.com.br/revista/835/empresario-da-politica-6226.html

    e

    http://www.cartacapital.com.br/politica/cunha-e-a-cruzada-contra-201cgays-abortistas-e-maconheiros201d-8508.html

     

    No Jornal do Brasil

    http://www.jb.com.br/pais/noticias/2013/05/14/eduardo-cunha-carreira-recheada-de-polemicas/

     

    Rede Brasil Atual

    http://www.redebrasilatual.com.br/revistas/102/o-risco-eduardo-cunha-7175.html

     

    deste ultimo tem o trecho:

     

    “Intrincadas relações

    A movimentação de processos que têm Eduardo Cunha como parte é outro ponto nevrálgico de sua biografia.  No Supremo Tribunal Federal (STF) – para onde vão todas as ações que o envolvem, em razão de ter foro privilegiado – ele aparece em 22 processos: uns como autor, outros como réu. Alguns dos mais emblemáticos foram os inquéritos 2.123, 2.984 e 3.056, que apuraram crimes denunciados na época em que presidiu a Cehab. Envolvem casos de falsificação de documentos referentes a contratos da companhia que teriam levado ao arquivamento de processo no Tribunal de Contas do Rio de Janeiro (TC-RJ).

    Ocorre que alguns inquéritos com incompatibilidade entre informações bancárias de Cunha, obtidas pela quebra de sigilo pela receita federal, e a sua movimentação financeira, bem como bens e rendimentos declarados no período entre 1999 e 2000, o procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, considerou, no início de 2000, que as provas eram insuficientes para levar as investigações à frente e pediu o arquivamento dos inquéritos. O que foi acatado em julho de 2004 por decisão colegiada do STF.

    Num outro caso, a Corte se manifestou pela abertura de inquérito para a apuração de fatos denunciados pelo procurador geral do Rio de Janeiro, Roberto Monteiro Gurgel Santos: exames grafotécnicos teriam constatado falsidade de documentos e da assinatura de promotores públicos estaduais. Este último processo ainda não foi concluído. Os demais, também envolvendo o deputado, tramitam no mesmo tribunal e correm em segredo de Justiça.

    Não é preciso pesquisa muito longa para descobrir alguns deles: inquérito do Tribunal Regional Federal da 1ª Região apura crimes contra a ordem tributária supostamente cometidos por Cunha; ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro; ação por improbidade administrativa movida pelo MP/RJ; representação movida pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio; ação de investigação judicial eleitoral movida pelo MPE por abuso de poder econômico; e recurso contra expedição de diploma apresentado pelo MPE por captação ilícita de sufrágio.”

  4. Além de pilantra, o tal é

    Além de pilantra, o tal é mentiroso. Ele diz que “depois de vários anos de sua vida como administrador digno e honesto”. Ninguém é denunciado por crimes pelo MPF por ser digno e honesto. O MPF denuncia CRIMINOSOS e é como CRIMINOSO que o tal pode e deve ser tratado. 

    • Nem sempre; não acho que esse

      Nem sempre; não acho que esse seja um bom critério, pois o MP não anda com esse cartaz todo.

  5. Dica

    Estou assoberbado de trabalho com prazos vencendo,  mas fica a dica, nos arquivos da Tribuna da Imprensa (do  Helio Fernades) há várias matérias onde o velho jornalista dá  o caminho das pedras para as ações desse carcará em Furnas e outras aventuras rapinosas!

  6. http://www1.folha.uol.com.br/

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1104200024.htm

    A crise no governo do Rio provocou ontem mais quatro demissões, elevando para cinco o número de auxiliares do governador Anthony Garotinho (PDT) afastados por denúncias de irregularidades em apenas três dias.
    Garotinho aceitou os pedidos de demissão de Eduardo Cunha, presidente da Cehab (Companhia Estadual de Habitação), Ranulfo Vidigal, presidente da Asep (Agência Reguladora de Serviços Públicos), Carlos Siqueira, presidente da Emop (Empresa de obras Públicas) e Paulo Gomes, secretário da Defesa Civil.
    Cunha, que integrou o PRN de Fernando Collor de Mello, foi acusado de suposto favorecimento à construtora paranaense Grande Piso, do também ex-collorido Roberto Sass, em quatro licitações do conjunto Nova Sepetiba, o maior projeto habitacional do Estado.

     

     

  7. http://www1.folha.uol.com.br/

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1104200024.htm

    A crise no governo do Rio provocou ontem mais quatro demissões, elevando para cinco o número de auxiliares do governador Anthony Garotinho (PDT) afastados por denúncias de irregularidades em apenas três dias.
    Garotinho aceitou os pedidos de demissão de Eduardo Cunha, presidente da Cehab (Companhia Estadual de Habitação), Ranulfo Vidigal, presidente da Asep (Agência Reguladora de Serviços Públicos), Carlos Siqueira, presidente da Emop (Empresa de obras Públicas) e Paulo Gomes, secretário da Defesa Civil.
    Cunha, que integrou o PRN de Fernando Collor de Mello, foi acusado de suposto favorecimento à construtora paranaense Grande Piso, do também ex-collorido Roberto Sass, em quatro licitações do conjunto Nova Sepetiba, o maior projeto habitacional do Estado.

     

     

  8. http://www.istoe.com.br/repor

    http://www.istoe.com.br/reportagens/34178_GAROTO+PROBLEMA

    Depois da crise na área da Segurança Pública, o governador do Rio, Anthony Garotinho (PDT), está às voltas com outro vespeiro. A construção de 100 mil casas populares, que deveria ser um dos trunfos da sua gestão – projeto para o qual reservou R$ 350 milhões –, acabou se transformando nas últimas semanas num festival de denúncias de licitações irregulares e contratos com empresas fantasmas. No olho do furacão está o presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Eduardo Cunha, que foi secretário da Executiva do PRN e presidente da Telerj no governo de Fernando Collor. Cunha identifica nas denúncias uma motivação política. “Querem atingir o governador Garotinho e estão me usando para isso”, afirma. Na maioria dos casos, porém, há questionamentos puramente técnicos. As principais dúvidas são relacionadas à empresa paranaense Grande Piso, que em poucos meses se transformou de microempresa em construtora para vencer quatro concorrências da ordem de R$ 34 milhões no Estado do Rio. 

  9. http://www.istoe.com.br/repor

    http://www.istoe.com.br/reportagens/34178_GAROTO+PROBLEMA

    Depois da crise na área da Segurança Pública, o governador do Rio, Anthony Garotinho (PDT), está às voltas com outro vespeiro. A construção de 100 mil casas populares, que deveria ser um dos trunfos da sua gestão – projeto para o qual reservou R$ 350 milhões –, acabou se transformando nas últimas semanas num festival de denúncias de licitações irregulares e contratos com empresas fantasmas. No olho do furacão está o presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Eduardo Cunha, que foi secretário da Executiva do PRN e presidente da Telerj no governo de Fernando Collor. Cunha identifica nas denúncias uma motivação política. “Querem atingir o governador Garotinho e estão me usando para isso”, afirma. Na maioria dos casos, porém, há questionamentos puramente técnicos. As principais dúvidas são relacionadas à empresa paranaense Grande Piso, que em poucos meses se transformou de microempresa em construtora para vencer quatro concorrências da ordem de R$ 34 milhões no Estado do Rio. 

  10. Vê-se que Eduardo Cunha não

    Vê-se que Eduardo Cunha não tem espírito democrático, ele deveria saudar o fato de ser criticado por um jornalista sério e honesto, um blog totalmente plural que não poupa ninguém que mereça ser criticado e sempre com o cuidado de não acusar ninguém sem fundamento.

    • Mais que isto, deveria tornar público todos os seus afazeres

      Siga o dinheiro, siga o poder.

      Como o cargo que Sua Exa. ocupa é de vital importância para o povo e a nação brasileira  deveria, se já não o fez, abrir todas suas contas particulares para que esmiuçadas não deixem a menor dúvida sobre sua honestidade, higidez e caráter.

      Afinal, homens públicos devem satisfação aos seus eleitores e ao povo brasileiro em geral.

      Como ele defende a sua honra, que ao que parece pela ação movida foi atacada, que aja sem o impulso legal a coagi-lo, mesmo porque, neste tipo de ação, a excessão da verdade a inquina.

      Caro Presidente, adiante-se aos fatos e a justiça brasileira, morosa e por isto, às vezes ineficaz no seu efeito, muito mais importante que ganhar a perlenga é calar seus opositores com a VERDADE.

  11. Cunha em Furnas

    RIO – Após abrir mão do direito de preferência na compra de um lote de ações da empresa Oliveira Trust Servicer, Furnas Centrais Elétricas pagou pelos mesmos papéis, menos de oito meses depois, R$ 73 milhões acima do valor original. O negócio, ocorrido entre dezembro de 2007 e julho de 2008, favoreceu a Companhia Energética Serra da Carioca II, que pertence ao grupo Gallway. Um dos seus diretores, na época, era o ex-presidente da Cedae e ex-funcionário da Telerj Lutero de Castro Cardoso. Outro nome conhecido no grupo é o do doleiro Lúcio Bolonha Funaro, que se apresenta em negócios como representante da Gallway.

    Lutero e Funaro têm ligações com o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem é atribuída a indicação do então presidente de Furnas, o ex-prefeito Luiz Paulo Conde , no período da transação. Lutero, também nome indicado por Cunha para a Cedae, chegou a ter bens bloqueados pela Justiça por operações ilegais na companhia de águas em 2007. Já Funaro, ao ser investigado pela CPI dos Correios, teve de explicar os motivos que o levavam a pagar aluguel, condomínio e outras despesas do apartamento ocupado por Eduardo Cunha no flat Blue Tree Tower, em Brasília, em 2003.Furnas mudou de ideia em 8 meses

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/politica/furnas-pagou-73-milhoes-mais-por-acoes-vendidas-empresarios-ligados-eduardo-cunha-2831678#ixzz3WAeqqRe6 
    © 1996 – 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

  12. http://veja.abril.com.br/0504

    http://veja.abril.com.br/050400/p_040.html

    Correndo por fora da confraria de Campos, est� um novo integrante que se adaptou perfeitamente ao grupo. � o presidente da Companhia Estadual de Habita��o (Cehab), Eduardo Cunha. A Cehab � um dos �rg�os mais importantes da administra��o por controlar as verbas da constru��o de casas populares, com um programa de gastos de 1,3 bilh�o de reais at� 2002. Cunha � filiado ao PPB de Paulo Maluf e, no governo Collor, foi presidente da Telerj por indica��o de ningu�m menos que PC Farias. Em 1993, acabou envolvido com outros integrantes do governo Collor num processo que corre na Justi�a do Rio para apurar lavagem de dinheiro de diversas pessoas, entre elas o pr�prio Eduardo Cunha, atrav�s de conta de um doleiro chamado Jorge Lu�s da Concei��o, que atuava no esquema de PC Farias.

  13. Honorarios

    Nassif, quem pagará os honorários na defesa desta ação, bem como, quem pagou e pagará as indenizações de sentenças transitadas você?

  14. http://www1.folha.uol.com.br/

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2707200009.htm

    Grampos telefônicos ilegais obtidos pela Folha mostram como o governo de Fernando Henrique Cardoso, por meio do ex-secretário Eduardo Jorge Caldos, usou ao menos um fundo de pensão para fazer barganha política. As fitas foram gravadas entre julho e setembro de 1997, e interceptaram conversas de Júlio Porto, então diretor financeiro do Real Grandeza, o fundo de pensão de Furnas Centrais Elétricas.
    Na época, Porto tinha acabado de assumir o cargo por indicação de deputados do PPB. Como apoiavam o governo em votações importantes, os parlamentares conquistaram o “direito” de fazer indicação para um cargo federal.
    Negociaram com Eduardo Jorge e escolheram logo a diretoria financeira do Real Grandeza, cargo que permite o controle sobre um patrimônio de R$ 1 bilhão. As diretorias dos fundos de pensão, que movimentam cerca de R$ 90 bilhões por mês, estão entre as mais cobiçadas pelos políticos.
    Em pouco tempo, Porto se desentendeu com os parlamentares. O motivo: ele se recusava a negociar com Eduardo Cunha, então dirigente do PPB do Rio de Janeiro, ex-presidente da Telerj no governo de Fernando Collor e mais recentemente demitido da Companhia Estadual de Habitação do Rio pelo governador Anthony Garotinho (PDT-RJ) por suspeita de irregularidades.
    Ao resistir a Cunha, Porto passou a ser alvo dos ataques dos parlamentares, que tentaram derrubá-lo da diretoria financeira do Real Grandeza. Os deputados desconfiavam que, em vez de seguir suas vontades, Porto obedecia a diretrizes do gabinete de Eduardo Jorge no Planalto.

  15. O Cunha deveria processar a

    O Cunha deveria processar a própria mãe pela infelicidade de ter colocado no mundo um picareta tão perigoso quanto ele.

     

  16. http://veja.abril.com.br/0511

    http://veja.abril.com.br/051197/p_114.html

    Est� na hora de assar o biscoito

     

    O rapper Gabriel O Pensador, de 23 anos, est� sendo processado pela apresentadora Cl�udia Cruz, de 30. Ela afirma ser sua a voz que aparece na m�sica 2345meia78, em que Gabriel simula telefonar para v�rias mulheres e tamb�m ouve uma mensagem da Telerj. “Essa mensagem foi gravada por mim e n�o dei autoriza��o para que ele a utilizasse”, acusa Cl�udia, que faturou 15.000 reais com o primeiro lote de mensagens da empresa e chegou a cobrar 1.000 reais por minuto de novas grava��es. A apresentadora, curiosamente, � casada com o ex-presidente da Telerj Eduardo Cunha. “A voz n�o � dela, isso tudo n�o passa de oportunismo da Cl�udia”, rebate Gabriel.

  17. http://veja.abril.com.br/1811

    http://veja.abril.com.br/181198/p_042.html

    FITAS, PAP�IS E CRISE

    Grampo no BNDES e documentos acusando a
    c�pula tucana de possuir uma conta no exterior
    agitam os pol�ticos em Bras�lia

    No caso das fitas, a crian�a tamb�m nasceu �rf� — o que parece ser uma caracter�stica desse “esc�ndalo”, pois tudo o que vem � tona n�o tem origem, nem prova. Bem. Ningu�m se responsabiliza pelas fitas, at� porque o grampo telef�nico � crime. Desde que soube delas, o governo come�ou a tentar identificar o grampeador. No in�cio, os arapongas tinham uma lista de oito suspeitos. Foram eliminando um a um, e sobrou um: � Eduardo Cunha, ex-presidente da Telerj, a telef�nica do Rio, no governo Collor. “S� n�o temos convic��o de que foi ele porque n�o colocamos a m�o na prova definitiva. Mas s� temos 10% de d�vida”, diz um assessor da �rea de intelig�ncia do governo. Cunha nega qualquer envolvimento com o grampo. “Eu n�o fiz esse grampo, n�o mexo com esse tipo de coisa e vou processar qualquer pessoa que me acuse de tais indignidades”, diz ele. Na semana passada, o ministro Mendon�a de Barros fez quest�o de garantir que o grampo fora colocado na Telerj. Mas tudo indica que foi colocado no pr�prio BNDES, dada a impossibilidade t�cnica de fazer um grampo numa central telef�nica e pegar exatamente a linha do presidente do banco.

  18. http://www.dgabc.com.br/Notic

    http://www.dgabc.com.br/Noticia/205705/deputados-denunciam-ex-presidente-da-cehab-ao-mp

    A Comissao de Obras Públicas da Assembléia Legislativa encaminhou terça-feira ao Ministério Público uma representaçao contra o ex-presidente da Companhia Estadual de Habitaçao (Cehab), Eduardo Cunha, pedindo a instauraçao de inquéritos civil e penal. O documento contém diversas denúncias de irregularidades, que teriam sido cometidas pela empresa na contrataçao de serviços.

  19. Tenho uma pergunta que não

    Tenho uma pergunta que não quer calar. Ele foi indiciado e condenado em algum desses casos? Se n~~ao aconteceu nada com ele estamos diante de um dos casos típicos de impunidade que nos trouxe, nos dias de hoje, esta situação atual de indignação da sociedade.

  20. Eduardo Cunha Intinerante…

    Esse cara é uma bola, um cara de pau!

    Vem nos falar en honra interior e exterior?

    Por acaso ele sabe o que é isso?

    Creio que não, pois está sendo vaiado por onde passa com sua caravana intinerante.

    Tô podendo com isso não!

  21. Nassif, sinto muito que nao

    Nassif, sinto muito que nao posso ajudar pois nao saberia o que estou lendo na maior parte das vezes e nem conheco as companias ou pessoas envolvidas.

    Mas sem essa eu nao fico:  lembra da piada da Playboy dos anos 80?  Um cara processou o outro por o ter chamado de “asshole” e o advogado se apresentou ao juiz e afirmou que no decorrer do processo ele provaria por a mais b que o fulano eh, de verdade, senhor juiz, um asshole.

  22. Não é sobre Cunha, mas é sobre ele

    Crise Política

    A política pode ser considerada como sendo o processo por meio do qual a sociedade define seus valores e as maneiras de alcançá-los (ou seus bens éticos e mandamentos morais), aos quais se obriga. O principal resultado social do processo político são as leis. Até agora, viveu-se (e ainda se vive) crises judicial e policial que compõem a crise moral. A crise moral, por sua vez, foi e está sendo alavancada pela crise de autoridade (fruto de uma perigosa – para o país – ingenuidade, coisa de freira em puteiro). Nada disto, porém, é crise política de verdade, pois a verdadeira só existe quando a fábrica de salsichas passa a funcionar fedendo muito mais do que de costume. O sinal de que há realmente crise política no Brasil é que, com a atual composição legislativa, o fedor da fábrica de salsichas aumentou tanto que o ar de Brasília tornou-se irrespirável.

    Crise política não é divulgação de briguinha de ex-amigos (Caiado e Demóstenes, por exemplo), vazamentos do tipo dos da Lava Jato, acusações sem provas. Isto é briga de vizinho e fofoca (aliás, a revista Veja foi chamada de revista de fofoca por site britânico). Crise política também não é calúnia contra autoridade, ou caguetagem de delator, coisas tão ao gosto da mídia marrom. Tampouco especulações sobre o impeachment de Dilma e, até mesmo, por enquanto, pedidos de ditadura militar. Crise política é os representantes políticos atuarem oficialmente na contramão dos interesses da maioria dos representados, propondo e votando leis contrárias aos interesses e desejos da maioria dos eleitores. Crise política é isto, e estamos nela.

    As evidências que corroboram a existência da crise política, da verdadeira crise política, são muitas: Serra ameaça interesses nacionais com concreto projeto de lei para abrir o pré-sal às empresas multinacionais, nos fazendo regredir à situação semelhante à do Brasil colônia, quando nossas riquezas minerais não eram nossas, mas de Portugal; e isto não é mera conversa midiática, trata-se de ameaça concreta pois potencialmente eficaz. Redução da maioridade penal (o que desencaminhará mais ainda os jovens pelo contato próximo e precoce com criminosos adultos na cadeia, afora aumentar a superlotação dantesca dos presídios) é tema de lei concreta no Congresso, como também o é a permanência de doação a campanha política por empresas (que o STF, apesar de Gilmar, já decidiu ser inconstitucional). Prisão sem transitado em julgado está na agenda política por iniciativa de uns juízes e promotores, pisoteando a presunção de inocência que deveria ser respeitada até o final do processo judicial. Está em elaboração projeto de lei do PSDB para tentar fechar o PT, aproveitando a oportunidade da Lava Jato, como fecharam no passado o Partido Comunista. Fatiamento da Petrobras, é cogitado a sério no Congresso. Projetos de lei do Executivo têm sofrido hostilidade corporativista do Congresso com Renan e Cunha à frente dos hostis, embora mintam ser da base governamental, e há mais, muito mais. Crise política é isso aí, mas se pode chamá-la de “Advento do Reinado dos Achacadores”, considerando-se que achacador é o sujeito que extorque dinheiro do Estado e da sociedade visando atender seu interesse pessoal. Essa é a crise política de verdade.

    A crise de autoridade, principal promotora da crise política, é fruto da convicção errônea de que os instrumentos legais de repressão a crimes de fundo político não devem ser usados, pois as ações neles apoiadas se assemelhariam a repressão ditatorial. Na realidade, a inação do governo em reprimir crimes de fundo político promove libertinagem de expressão, o que é muito diferente de liberdade de expressão, e que, esta sim, pode nos levar de volta a uma ditadura. A libertinagem de expressão, ou crise de autoridade, que hoje vige estimulou radicais, calou moderados, decepcionou aliados, afastou simpatizantes, contribuindo para a ascensão, especialmente no Congresso, de forças reacionárias e radicais de direita que estão a ameaçar para valer conquistas trabalhistas e empresariais, e os jovens, basta ver os projetos de lei que ameaçam a cidadania e o país no Congresso. E tem mais, não há vácuo de autoridade: se quem deve não a exerce, aventureiros oportunistas se apressam em exercê-la, como os fatos mostram.

    Agora, como se dizia, a boa gente vai ter que rebolar, embora seja sabido que é difícil pescoço fazer acordo com forca.

  23. Cunhopédia

    http://www.istoe.com.br/reportagens/34178_GAROTO+PROBLEMA

    Garoto problemaLicitações polêmicas da Cehab atingem governador e põem Eduardo Cunha no olho do furacão

     

    Depois da crise na área da Segurança Pública, o governador do Rio, Anthony Garotinho (PDT), está às voltas com outro vespeiro. A construção de 100 mil casas populares, que deveria ser um dos trunfos da sua gestão – projeto para o qual reservou R$ 350 milhões –, acabou se transformando nas últimas semanas num festival de denúncias de licitações irregulares e contratos com empresas fantasmas. No olho do furacão está o presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Eduardo Cunha, que foi secretário da Executiva do PRN e presidente da Telerj no governo de Fernando Collor.

    Credo, Nassif. Até na investigação de fraudes em licitações da tal Cehab do RJ o Cunha é citado. Quanta insalubridade!

  24. Depois de ler tudo que se

    Depois de ler tudo que se publicou até hoje sobre o Cunha, creio que o mais justo é pedir a sua canonização ao Vaticano.

    Depois de ler tudo que se publicou até hoje sobre os políticos da oposição, creio que o mais justo é também pedir ao Papa a canonização coletiva deles, bem como dos juízes que os inocentaram.

     

     

  25. processos tj rj
    JRJ – 1ª Instância – 02/04/2015 15:14 
     Nome pesquisado: eduardo consentino da cunhaComarca: Todas ComarcasCompetencia: Dívida Ativa EstadualPeríodo: 2000 a 2015Pesquisa somente por Processos em Andamento

     

    0167883-57.2006.8.19.0001 (2006.100.004532-8)Exequente: ESTADO DO RIO DE JANEIROExecutado: EDUARDO CONSENTINO DA CUNHAFase: Conclusão ao JuizComarca: Comarca da CapitalServentia: Cartório da 11ª Vara da Fazenda Pública 0171464-80.2006.8.19.0001 (2006.100.008111-4)Exequente: ESTADO DO RIO DE JANEIROExecutado: EDUARDO CONSENTINO DA CUNHAFase: Conclusão ao JuizComarca: Comarca da CapitalServentia: Cartório da 11ª Vara da Fazenda Pública 

     

  26. Devera ser levantada

    Devera ser levantada informações a repeito da ligação amistosa com o ex-deputado jorge picciani.

    Deve ter muita coisa debaixo desse tapete.

    • Taí, um bom caminho.

      Taí, um bom caminho. Aproveitamos também para levantar informações sobre os apadrinhados dele (para quem ele levantou financiamentos para campanha). Esse povo é capaz de ficar amendrontado e barrar a ação do Eduardo. É só seguir o dinheiro e talvez até achemos elementos para ajudar nas investigações do Lava Jato.

  27. O que tenho certeza, através

    O que tenho certeza, através de contatos com pessoas do movimento sindical, é que ele queria nomear o presidente e o diretor financeiro fundo de pensão Real Grandeza  (o sindicato lutou politicamente com tudo que pôde e conseguiu evitar isto por muito tempo), o fez, e então, para proteger o dinheiro dos trabalhadores (depois bem pudemos ver o que aconteceu com o Realis), o sindicato puxou uma greve com essa pauta, para tirar o larápio representante do Eduardo Cunha de lá.

    Com esta greve a nomeação foi barrada. Tempos depois, vi que Cunha havia voltado a carga novamente e conseguido nomear um preposto seu.

    Depois, perdi o contato. Mas é uma pauta ótima a ser aprofundada.

     

    Algumas reportagens:

    http://www.reservaer.com.br/interativas/caso-furnas-fundo-real-grandeza/

    http://cartamaior.com.br/?/Opiniao/Furnas-a-arriscada-aposta-de-Lula/20076

    http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/1504089/pmdb-volta-pressionar-por-troca-comando-funda-ccedil-atilde-real

    http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/1283464/eduardo-cunha-pressiona-lob-atilde-para-substituir-comando-real-grandeza

    http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:7Prelv1sQm0J:www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1702200906.htm+&cd=4&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

    http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/338334/noticia.htm?sequence=1

    http://www.terra.com.br/istoedinheiro-temp/edicoes/518/artigo59609-1.htm?o=r

    http://www.wirelessbrasil.org/bloco_cidadania/2011/janeiro/jan_28b.html

    http://www.redebrasilatual.com.br/revistas/102/o-risco-eduardo-cunha-7175.html

  28.  
    Vamos respeitar, o gajo é

     

    Vamos respeitar, o gajo é um patife de calibre ousado.  O sem vergonha parte pro ataque na esperança de intimidar.  Com isso, imagina fazer o oponente recuar.  Além disso, espera usar o a ação fajuta, como um  Habeas corpus preventivo, se permitindo prosseguir com suas diatribes e negociatas, mais fortalecido, vestido com o “salvo-conduto” purificador. Esta, é uma prática recorrente no mundo dos criminosos de colarinhos-brancos de alto-coturno.  No momento, este tipo de ação concorre com outro instrumento jurídico em voga, a tal de “delação premiada.”  Ao que parece, no caso do deputado cunha do PMDB, esta medida  é reservada para  etapa posterior. Isto, caso o deputado não fique no bloco dos  inimputáveis.

    Entretanto, a diatribe; “ah! Vou lhe processar!” Não perde sua importância estratégica no âmbito da prevenção, digamos assim.  Embora na boca de um notório contraventor  a cantilena não passe de murmúrio lamuriento de uso abusivo. O Zé Serra, é outro desqualificado, que costuma recorrer a tal expediente.  Aliás, numa dessas, o bicho quase se lascava. O advogado da parte, requereu acesso aos autos.  O coiso, teve que recuar às pressas e com o rabo entre as pernas. Do contrário, o cara provava que o sujeito de fato, é um ladrão.

    Orlando

  29. Ronaldo Calado e sua folha escorrida
    Ronaldo Caiado é detentor de uma história cabeluda. Desde filhote da ditadura a beneficiário do lava-jato. Não sei se terá coragem de processar ninguém. O risco que corre o pau corre o machado. Se tentar será aberto uma fossa.

  30. Seu eu fosse o Cunha, ao

    Seu eu fosse o Cunha, ao invés de processar o Nassif prossessava a deputada Cidinha Campos que disse que ele fazia negócios com o Abadia.

    Deputado Cunha, que negócio é esse de fazer negócio com o Abadia? Se Vossa Excelência soubesse o que eu penso de deputado que faz negócio com traficante (e com o manto de poder que os anões da Câmara de Deputados lhe cobriram) mandava um amigo do Abadia me pegar.

    Mas repare que eu não disse nada, hem? E com tratamento respeitoso. Pensar livre ainda é permitido no país ou tem alguma lei na Câmara que proibe o livre pensamento para o senhor vai mandar aprovar?

     

  31. Não sei se é isso q quer…

    Não q a Veja mereça ser levada a sério, mas taí; “Cunha é filiado ao PPB de Paulo Maluf e, no governo Collor, foi presidente da Telerj por indicação de ninguém menos que PC Farias. Em 1993, acabou envolvido com outros integrantes do governo Collor num processo que corre na Justiça do Rio para apurar lavagem de dinheiro de diversas pessoas, entre elas o próprio Eduardo Cunha, através de conta de um doleiro chamado Jorge Luís da Conceição, que atuava no esquema de PC Farias.” – VEJA, 05/04/2000

  32. Mais um…

    “Cunha, que integrou o PRN de Fernando Collor de Mello, foi acusado de suposto favorecimento à construtora paranaense Grande Piso, do também ex-collorido Roberto Sass, em quatro licitações do conjunto Nova Sepetiba, o maior projeto habitacional do Estado. As obras do conjunto foram paralisadas pela Justiça depois que a Folha revelou que não tinham licença ambiental.” – FOLHA, 11004/2000

     

     

    http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:boxGENJM2SwJ:www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1104200024.htm+&cd=6&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

  33. Pois é, esse grande corrupto

    Pois é, esse grande corrupto e traidor do país, é um dos “santos” e competentes para voto do oneide. Gente que trabalha a favor do país,, para esses, não serve para governar o Brasil,, só os crápulas que roubam esse nação há décadas(collor, fhc).

  34. Outros…

    “Grampos telefônicos ilegais obtidos pela Folha mostram como o governo de Fernando Henrique Cardoso, por meio do ex-secretário Eduardo Jorge Caldos, usou ao menos um fundo de pensão para fazer barganha política. As fitas foram gravadas entre julho e setembro de 1997, e interceptaram conversas de Júlio Porto, então diretor financeiro do Real Grandeza, o fundo de pensão de Furnas Centrais Elétricas. (…) O ex-presidente da Telerj Eduardo Cunha foi apontado como suspeito de ter feito o grampo, mas negou a autoria.” FOLHA, 27/07/2000

    http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:W1wXbEVeVT8J:www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2707200009.htm+&cd=7&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

     “Garoto problemaLicitações polêmicas da Cehab atingem governador e põem Eduardo Cunha no olho do furacão” – ISTO É, 29/03/2000 http://www.istoe.com.br/reportagens/34178_GAROTO+PROBLEMA Para descontrair: “O presidente (FHC) acha um desrespeito com ele e com o cargo que ocupa ser conduzido à posição de suspeito sem que uma única prova consistente tenha vindo a público até o momento” “Desde que soube delas, o governo começou a tentar identificar o grampeador. No início, os arapongas tinham uma lista de oito suspeitos. Foram eliminando um a um, e sobrou um: é Eduardo Cunha, ex-presidente da Telerj, a telefônica do Rio, no governo Collor. “Só não temos convicção de que foi ele porque não colocamos a mão na prova definitiva. Mas só temos 10% de dúvida”, diz um assessor da área de inteligência do governo. Cunha nega qualquer envolvimento com o grampo. “Eu não fiz esse grampo, não mexo com esse tipo de coisa e vou processar qualquer pessoa que me acuse de tais indignidades”, diz ele”  – VEJA, 18/11/98 http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:JvEqmIKb5kUJ:veja.abril.com.br/181198/p_042.html+&cd=90&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br  

  35. Nassif.
     
    Infelizmente não é

    Nassif.

     

    Infelizmente não é só uma ameça. Ele já o está processando. Desta feita, o correto seria PROCESSA e não ameça processar.

     

    Há, ainda, um outro processo contra você no RJ, do ex presidente do Botafogo, cuja citação se dará por carta precatória (não sei se você já recebeu tal citação – processo n.º 0029104-44.2014.8.19.0001.

     

    Abraços.

    Marcos

     

     

  36. Quem ri por último ri melhor

    Esperto como é, duvido que não tenha se calçado muito bem para partir para o ataque.

    Num exercício teórico, podemos conjecturar sobre quais estratégias nos protegeriam se fossemos um larápio que entrou no governo para se dar bem, e com os anos de estudo conhece todas as mutretas e sacanagens para se proteger e escapar de ser pego em flagrante.

    Ai, depois de conquistar esta imunidade pelo esforço do conhecimento, nada melhor do que tripudiar e gozar as láureas do serviço bem feito, ou seja, peitar todo mundo, como se todos fossem uns ….

    Mas o peixe morre pela boca, e os espertinhos também.

    Falar é prata, calar é ouro. E o Nassif é osso duro de roer.

    Dá-lhe Nassif, ensina o gajo com quantos paus se faz uma canoa rsrsrsrsrsrs….

  37. A política é uma arte

    Para o bem ou para o mal é pelas mãos deste cidadão que passarão algumas decisões importantes para a Nação.Ironicamente ele também é “aliado” do governo.

    DA FOLHA

    “FREI BETTO

    A cunha renana

    “Já que preferiu governar pelo andar de cima, o PT, sitiado por Cunha e Renan, sabe que terá de continuar negociando seus princípios e projetos

    Na Roma antiga, as legiões adotavam diferentes formações militares. Uma delas era a cunha, quando as tropas se moviam em forma de triângulo para encurralar os adversários. A Renânia é hoje a região mais industrializada da Alemanha.

    O Tratado de Versalhes (de 1919) a desmilitarizou. Adolf Hitler, porém, violou o tratado e a ocupou com suas tropas. Criou a cunha renana que, ao longo do rio Reno, tinha a função de acuar os inimigos.

    O Brasil conhece, agora, sua cunha renana. Tem como vértice o PMDB e amplia o cerco sobre o PT e força o recuo do Executivo.”

     

  38. Cunha

    Nassif,

    Google – Hemeroteca Digital Brasileira da Biblioteca Nacional 

    periodo 1990 -1999

    Local RJ

    Jornais  Todos

    pesquisar Eduardo Cunha

    194 inserções

    é só pesquisar. 

    se for JB tem de pedir licença para usar. 

  39. Assim não vale!

    Pô, Nassif, assim não vale!

    Utilizar-se de reportagens da Veja, Globo e Folha a respeito do nobre de Putado?

    É usar a corda bamba em que hoje ele se equilibra para enforcá-lo!

    Boa sorte, Nassif!

  40. Carta de repúdio ao deputado Eduardo Cunha!

    http://www.portaldaenfermagem.com.br/plantao_read.asp?id=4458

     

    Caro deputado Eduardo Cunha, venho através desta mídia formalizar a minha mais profunda indignação e manifestar repúdio em relação a postura/conduta/posicionamento de Vossa Excelência frente ao PL 2295/00, que regulamenta a jornada de trabalho do Profissional de Enfermagem em 30 horas semanais! Lembrando o conteúdo de sua declaração:

     

    “Se pedreiro trabalha 44 horas, porque a enfermagem quer 30 HORAS?”

     

    Diante de sua declaração gostaria de levantar os seguintes questionamentos:

     

    1 – Blocos, argamassas, ferragens, concreto, picaretas, betoneiras, martelos, pregos e todos os tipos de ferramentas e insumos relacionados a área da construção civil possuem vida? Ou são objetos inanimados?

     

    2 – Estes objetos sentem dor ou fraqueza? Choram? Suplicam por ajuda? Se desesperam?

     

    3 – Poderia me dizer se o profissional da construção civil precisa lidar diariamente com os sentimentos de impotência, desânimo, pessimismo, angústia, dor, revolta, negação e outros tantos sentimentos de seus equipamentos e de se objeto de trabalho?

     

    4 – Os objetos listados no item 1, podem porventura perder todos os seus familiares em um acidente, ou se encontrarem em uma situação totalmente incapacitante? Caso sim, o pedreiro estaria ao lado deles para oferecer assistência de qualidade e lhe proporcionar amparo e conforto, certo?

     

    5 – Creio que algum dia Vossa Excelência precisará dos cuidados de um enfermeiro ou profissional de enfermagem e desejará que esta pessoa esteja ao seu lado de forma humana e empenhada, que entenda suas perdas ou sua dor, entretanto talvez este profissional esteja esgotado pois poderá ter trabalhado 12 horas em seu plantão noturno e estará cumprindo suas outras 12 horas do trabalho diurno, e humanamente ele não teria energias para lhe prestar o melhor atendimento, levando em consideração a sua individualidade!

     

    6 – A propósito, Vossa Excelência possui uma escala de trabalho adequada a sua função, não é? Tenho certeza que o senhor não trabalha com a mesma carga horária que um pedreiro em seu canteiro de obras, estou certo? O que difere Vossa Excelência enquanto trabalhador de mim que possuo Nível Superior, como o senhor, e duas pós-graduações?

     

    7 – Qual seria a diferença entre os profissionais da área de Assistência Social, Fisioterapia, Psicologia e da Enfermagem? Por que estas áreas podem ter a regulamentação de sua carga horária em 30 horas semanais ao contrário de nossa categoria! Vossa Excelência deveria fazer uma visita aos hospitais de sua cidade pela madrugada e aprenderia que quem está presente 24 horas dentro de todas as instituições de saúde é a Enfermagem.

     

    Vossa Excelência possui conhecimento de quem é a Enfermagem, bem como do PL 2295/00 da qual é contra?

  41. O Diário Oficial da União

    O Diário Oficial da União (também é imprensa), seção I, de 03/07/1996, pg. 101/102, não é muito elogioso. Na verdade, é conflituoso. O elogio pode ter vindo depois, talvez:

    http://www.jusbrasil.com.br/diarios/1283595/pg-101-secao-1-diario-oficial-da-uniao-dou-de-03-07-1996/pdfView

    “”Cuidam os autos de documentação enviada pelo Presidente da TELERJ – Telecomunicações do Rio de Janeiro S.’A sobre possíveis irregularidades na realização de procedimento licitatório e na gerência de contratos de prestação de serviços de vigilância.2 A apuração dos fatos por parte de comissão de sindicância indicou a existência de prejuízos para a entidade, especificamente na gerência do contrato de referência TELERJ/CAPIINT/PR-91-1662, celebrado com a empresa VISE – Vigilância e Segurança Ltda 2 1 Isto levou a TELERJ a impetrar, pela via judicial, ação cautelar de produção antecipada de provas, com o propósito de se apurar quanto foi pago a maior, para, então, buscar o ressarcimento devido 2.2 Os possíveis responsáveis pela contratação irregular, os Srs. Eduardo Cosentino da Cunha e Arthur Xavier Moreira, respectivamente ex-Presidente e ex-Gerente do contrato em tela, até o dia 07 11 95 não haviam sido citados pela 38° Vara Cível da Capital do Rio de Janeiro, segundo informou o Sr Danilo de Almeida Lobo, atual Presidente da TELERJ, em resposta á diligência determinada pelo Sr Secretário da SECEX/RJ(fls. 10 e 13) 3 A análise dos autos do Anexo 1 deste processo, que contém o relatório da comissão de sindicância constituída para apurar as irregularidades, demonstra, de fato, que não há elementos suficientes para se definir a responsabilidade não só dos retromencionados empregados (item 2 2), como também de outros eventualmente envolvidos. 3.1 Da mesma forma, é inviável estipular, com os dados disponíveis, o prejuízo sofrido pela TELERJ durante a execução do citado contrato. 4. Pacificada a controvérsia sobre a independência de instância, entre o Tribunal de Contas da União e o Poder Judiciário (ver TC-001.583190-5 – Sessão de 18.10 94, 1° Câmara, Ata n°37/94, TC-01 1 868/93- 7- Sessão de 24.03.94, 2° Câmara, Ata n° 10194, TC-007.483/93-7 – Sessão de 10.11.94, 22 Câmara, Ata n°40/94, e TC-0 19.669/85-2 e outros – Sessão de 08.03.95, Plenário, Ata n°09/95), nossa opinião é a de que esta Corte de Contas não deve ficar i espera de futuro e imprevisível deslinde na esfera judicial da questão da imputação de responsabilidades e-da quantificação do dano 4.1 Acreditamos, s.m.j., que a solução está prevista em lei, ou seja, já que não foi instaurada a tomada de contas especial, o Tribunal deve determinar a sua instauração ( 1° do Art 8° da Lei n° 8 443192, § do Art. 148 do Regimento Interno e § 2° da IN n°01/93) 5. Ante o exposto, sugerimos encaminhar os autos ao gabinete do Exmo Sr Ministro-Relator, Dr Paulo Affonso Martins de Oliveira, com proposta de 5 1 Com fulcro no § l°do Art 9* da Lei n°8443/92, no § l°do Art 148 do Regimento Interno e no § 2° do Art 1° da IN,’TCL’ n°01/93, determinar ao Presidente da TELERJ que, no prazo de 15 (quinze) dias, instaure tomada de contas especial, em obediência ao Art 8° da Lei n° 8 443192, ao Art 148 do Regimento Interno e ao Art. l da IN/TCU n° 01193, a fim de, diante dos fatos narrados às fis. 01-224 do Anexo 1 deste processo, identificar os responsáveis pelas irregularidades apontadas e quantificar o dano causado aos cofres daquela empresa, 5.2 Retirar a chancela de sigilo dos autos. É o Relatório. VOTO Trata-se de expediente do Presidente da Telerj dando noticia de irregularidades ocorridas na empresa, na área de Licitações e Contratos. A empresa adotou as medidas julgadas cabíveis para apurar as irregularidades, tendo inclusive, instaurado ação judicial, que ainda não foi concluída. Os elementos contidos nos autos não permitem definir com clareza a extensão do dano causado à Teleij em razão dos atos irregulares praticados, nem identificar os responsáveis por ditos prejuízos. Ante o acima exposto, acato a proposta oferecida pela zelosa SECEX/RJ, e VOTO no sentido de que o Tribunal adote a Decisão que ora submeto à apreciação deste Egrégio Plenário. e Voto por que o Tribunal adote a Decisão que ora submeto à elevada apreciação deste E. Plenário T.C.U., Sala das Sessões Ministro Lttciano Brandão Alves de Souza, em 12 de junho de 1996. HUMBERTO GUIMARÃES SOUTO Ministro-Relator Processo TC n°020.021/94-1 Denúncia PARECER Saladas Sessões, em12 de junho de 1996. PAULO AFFONSO MARTINS DE OLIVEIRA Ministro-Relator    

  42. Mal

    Por algum motivo acho que o cidadão Cunha vai se dar mal. A presidência da casa desde já corre perigo. 

    Na Terra dele, considerada a personalidade do gajo, deve ter muita gente que espera uma chance destas. Já esse povo aparece aqui.

    A empáfia vai derrubar o homem. Ele acredita que a companhia de “gente séria e da imprensa ilibada” vai resolver todos os seus problemas. Ele acha que está podendo!

    Melhor o deputado voltar a vestir o boné porque a previsão do tempo para ele é de chuvas e trovoadas.

    • Na terra dele….

      Na terra dele, o “caramulhão aí”  foi eleito em 2010  com 150 mil votos…..em 2014, reeleito com 230 mil votos   e  em sua nova “terra”   por 267 votos …

      Conclusão: Que grande parte dos eleitores cariocas devem ter ” titica de galinha” na cabeça e a  maioria da Camara tem mesmo, é cabeça de camarão !!!

       

  43. PGR: Eduardo Cunha usou documento falso para arquivar processo

    PGR: Eduardo Cunha usou documento falso para arquivar processo no TCE-RJ

    http://mpf.jusbrasil.com.br/noticias/100410232/pgr-eduardo-cunha-usou-documento-falso-para-arquivar-processo-no-tce-rj

    O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, defendeu nesta quinta-feira, 21 de março, no Supremo Tribunal Federal (STF) o recebimento da denúncia contra o deputado federal Eduardo Cunha. O Ministério Público Federal acusa o parlamentar da prática do crime de uso de documento falso, tipificado no artigo 304 do Código Penal.

    Em sustentação oral no STF, o procurador-geral da República reiterou que há indícios suficientes para o recebimento da denúncia e da existência do crime. A denúncia, todos sabemos, é uma proposta de acusação. A prova definitiva dos fatos é feita no curso da instrução. No presente caso, tem-se a comprovação de que o denunciado usou documento falso em processo de seu interesse, obtendo o benefício a que visava, disse Roberto Gurgel.

    O MPF acusa Eduardo Cunha de usar documentos falsos para ser excluído de responsabilidade em irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas do Rio de Janeiro na Companhia de Habitação estadual, na época em que o parlamentar a presidia. Para isso, o acusado fez juntar ao processo cinco documentos públicos falsificados, duas cópias e uma promoção de arquivamento, supostamente escrita pelo promotor de justiça Humberto Bernardino de Pinho, referente aos processos MP 4605, 4271, 4810 e 4935, todos do ano de 2000, além de uma cópia de uma suposta decisão proferida pelo Conselho Superior do Ministério Público fluminense, homologando o arquivamento, supostamente feito pelo mesmo promotor.

     

  44. Torcendo

    Desculpe Nassif, mas estou torcendo prá ‘o caso’ ir adiante a despeito da aporrinhação que isto lhe traga. Explico: não existirá melhor oportunidade, qual não seja a única, de expor a nem tão sigilosa vida e ascensão política deste , digamos, cidadão que ninguem sabe qtos ‘rabos’ teve que colecionar e pisar para chegar onde chegou.

    Boa sorte, prá ele. (rsrs)

     

  45. Segredo

    Nassif, vou te contar um segredo. Ele não está “ameaçando” te processar. Ele já te processou. Isso aí é um mandado de citação de uma ação já ajuizada, e em curso. Você tem que constituir um advogado e se defender, caso contrário vai ficar revel.

  46. i.
    Processos
    Eduardo Cunha é
    i.
    Processos

    Eduardo Cunha é réu em vários processos. No STF (Supremo Tribunal Federal), Eduardo Cunha responde a dois inquéritos. O 2984/2010 apura o uso de documentação falsa e o 3056 se refere a crimes contra a ordem tributária.
    No Tribunal Regional da Primeira Região ele é réu no processo 0031294-51.2004.4.01.3400. Trata-se de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.
    No Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ele é alvo do processo 0026321-60.2006.8.19.0001, que trata de improbidade administrativa.
    No Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro ele responde ao processo 59664.2011.619.0000, que se refere à captação ilícita de sufrágio. No mesmo tribunal ele é réu no processo 9488.2010.619.0153 sob a acusação de abuso de poder econômico em campanha eleitoral.
    No Tribunal Superior Eleitoral, ele também responde por captação ilícita de sufrágio, no processo 707/2007.
    com

  47. Outra ação

    Nassif, tem outra ação de danos morais contra você na Justiça do Rio. Do ex-presidente do Botafogo Mauricio Assumpção. Processo 0029104-44.2014.8.19.0001, na 42ª Vara Cível do Rio.

  48. Ótima notícia – temos agora,

    Ótima notícia – temos agora, assunto para muito tempo… Valeu, Cunha, contibuindo cada vez mais para desmoralização da politica

  49. cunha, renan e os podres do PMDB!!!

    O Ex-Delegado Paulo Lacerda sabe muito da ligaçao PC FARIAS e CUNHA!!!

     

    Trecho de noticia do Jornal  O ESTADO DE SAO PAULO de 13.08.2007 

     

    … Perícia deve questionar evolução dos bens do senador (Renan)  –  Vannildo Mendes, BRASÍLIA

     

    Relatório da Polícia Federal, em fase de conclusão, deverá apontar incompatibilidade do patrimônio do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), estimado em mais de R$ 10 milhões, com suas rendas de parlamentar e agropecuarista, segundo informou uma autoridade com acesso à perícia técnica a cargo do Instituto Nacional de Criminalística (INC). Deve também revelar inconsistências – antecipadas em laudo parcial produzido em 19 de junho – nos documentos entregues para tentar comprovar que ele faturou R$ 1,9 milhão com a venda de bois desde 2003.

     

    …Ao analisarem o material que provaria a venda de gado, os peritos se defrontaram com um dos maiores “laranjais” de empresas fictícias e correntistas de aluguel já vistos numa investigação criminal. O esquema seria comandado pela empresária Zoraide Beltrão, dona do frigorífico Mafrial, apontado por Renan como comprador dos seus bois.

     

    Entre 2004 e 2006, o esquema movimentou três grandes contas em nome de laranjas, pelas quais passavam entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão mensais. Uma das contas foi aberta no banco HSBC em nome do frigorífico de fachada GF Ltda, cujo titular era Genildo Ferreira da Silva Costa, um modesto ex-empregado de Zoraide. A conta registrou um movimento médio de R$ 500 mil mensais até ser extinta no final de 2006. Valores idênticos circularam nas contas da Carnal Carnes e Stop Carnes, abertas nos bancos Bradesco e Real. O objetivo das empresas de fachada, que eram fechadas a cada 3 anos, era sonegar impostos

  50. cunha, renan e os podres do PMDB!!!

    O Ex-Delegado Paulo Lacerda sabe muito da ligaçao PC FARIAS e CUNHA!!!

     

    Trecho de noticia do Jornal  O ESTADO DE SAO PAULO de 13.08.2007 

     

    … Perícia deve questionar evolução dos bens do senador (Renan)  –  Vannildo Mendes, BRASÍLIA

     

    Relatório da Polícia Federal, em fase de conclusão, deverá apontar incompatibilidade do patrimônio do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), estimado em mais de R$ 10 milhões, com suas rendas de parlamentar e agropecuarista, segundo informou uma autoridade com acesso à perícia técnica a cargo do Instituto Nacional de Criminalística (INC). Deve também revelar inconsistências – antecipadas em laudo parcial produzido em 19 de junho – nos documentos entregues para tentar comprovar que ele faturou R$ 1,9 milhão com a venda de bois desde 2003.

     

    …Ao analisarem o material que provaria a venda de gado, os peritos se defrontaram com um dos maiores “laranjais” de empresas fictícias e correntistas de aluguel já vistos numa investigação criminal. O esquema seria comandado pela empresária Zoraide Beltrão, dona do frigorífico Mafrial, apontado por Renan como comprador dos seus bois.

     

    Entre 2004 e 2006, o esquema movimentou três grandes contas em nome de laranjas, pelas quais passavam entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão mensais. Uma das contas foi aberta no banco HSBC em nome do frigorífico de fachada GF Ltda, cujo titular era Genildo Ferreira da Silva Costa, um modesto ex-empregado de Zoraide. A conta registrou um movimento médio de R$ 500 mil mensais até ser extinta no final de 2006. Valores idênticos circularam nas contas da Carnal Carnes e Stop Carnes, abertas nos bancos Bradesco e Real. O objetivo das empresas de fachada, que eram fechadas a cada 3 anos, era sonegar impostos

  51. Sim, ele sempre teve o

    Sim, ele sempre teve o “méríto”, desde que assumiu cada um dos cargos públicos: 

    http://oglobo.globo.com/brasil/processo-contra-eduardo-cunha-por-improbidade-na-cehab-arquivado-14994606

    R um dos grandes “Méritos” dele: 

    Tribunal de Contas do Rio de Janeiro arquivou processo que apontava irregularidades em licitações graças a documentos falsos apresentados pelo parlamentar 

    http://mpf.jusbrasil.com.br/noticias/100410232/pgr-eduardo-cunha-usou-documento-falso-para-arquivar-processo-no-tce-rj

    No STF, foi absolvido por unanimidade sobre a falsidade ideológica e falsificação de documentos com a afirmação da defesa de que o deputado não sabia da falsidade do documento. Os ministros concordaram que não havia prova de que Cunha agiu de má-fé e o inocentou da acusação. http://oglobo.globo.com/brasil/stf-absolve-eduardo-cunha-de-processo-por-uso-de-documento-falso-13736264

    Sobre as licitações na Telerj

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1994/1/19/brasil/25.html

    O primeiro sinal da crise que se generalizou no primeiro escalão do governo Garotinho começou na Cehab/RJ, presidida por Eduardo Cunha.

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0904200032.htm

    http://www.istoe.com.br/reportagens/34178_GAROTO+PROBLEMA

     

     

  52. Nassif, no Wikipedia já

    Nassif, no Wikipedia já consta esta postagem: 

    Processos judiciais[editar | editar código-fonte]

    Contra Luis Nassif[editar | editar código-fonte]

    Em abril de 2015 o jornalista Luis Nassif divulgou um mandado de citação via postal em que Cunha solicita indenização por dano moral devido a uma reportagem publicada em 2013 –46 no blog do jornalista e considerada ofensiva por ele. Em resposta, o jornalista solicitou aos leitores do blog que colaborassem em uma compilação de notícias publicadas sobre Eduardo Cunha.47

  53. O risco é grande, porém o lucro com a vitória é ainda maior.

    Se o Eduardo Cunha for um bom jogador ele não leva adiante o processo, pois vejamos o porquê.

    Quais os riscos que Nassif, o réu do processo corre? Perder o processo e com isto ter que indenizar Eduardo Cunha em montantes próximos ao solicitado, R$50.000,00 não deixará o Eduardo Cunha mais rico, nem levará o Nassif a falência.

    Por outro lado, quais os riscos que corre Eduardo Cunha? Perder parcialmente ou totalmente o processo e garantir que Nassif possa nominá-lo em qualquer momento daquilo que ele recorre contra Nassif.

    Como diz aquela propaganda do cartão de crédito, uma vitória de Eduardo Cunha, R$50.000,00, uma vitória de Luis Nassif, não tem preço!

    Nassif, monte bem a defesa e aguarde, pois quem pode perder muito mais, como a chance de se candidatar a presidente da república, não é Luis Nassif.

  54. O risco é grande, porém o lucro com a vitória é ainda maior.

    Se o Eduardo Cunha for um bom jogador ele não leva adiante o processo, pois vejamos o porquê.

    Quais os riscos que Nassif, o réu do processo corre? Perder o processo e com isto ter que indenizar Eduardo Cunha em montantes próximos ao solicitado, R$50.000,00 não deixará o Eduardo Cunha mais rico, nem levará o Nassif a falência.

    Por outro lado, quais os riscos que corre Eduardo Cunha? Perder parcialmente ou totalmente o processo e garantir que Nassif possa nominá-lo em qualquer momento daquilo que ele recorre contra Nassif.

    Como diz aquela propaganda do cartão de crédito, uma vitória de Eduardo Cunha, R$50.000,00, uma vitória de Luis Nassif, não tem preço!

    Nassif, monte bem a defesa e aguarde, pois quem pode perder muito mais, como a chance de se candidatar a presidente da república, não é Luis Nassif.

  55. Nassif (e ao pessoal do blog
    Nassif (e ao pessoal do blog que ler a mensagem), não vou poder checar as notícias agora, mas em todo caso, vou deixar um macete pro pessoal que quiser vasculhar (acha tudo, até agulha em palheiro) notícias antigas na rede por anos, já que se for procurar pelo Google (pela busca normal dele), o Google omite resultados e mistura, isso se o conteúdo for removido ou trancado em algum banco de dados sem acesso público.

    O Google disponibilizou acesso a vários jornais. Eu uma vez chequei pra procurar matéria sobre a prisão de dois nazistas no Brasil e achei o acervo do Jornal do Brasil disponível no Google. Mas agora vejo que o Jornal do Brasil colocou site próprio com isso:
    http://www.jb.com.br/paginas/news-archive/

    Olha aqui (a tela e a notícia) como aparecia na busca pelo jornal via Google:
    http://bibliotecno.com.br/?p=594

    No dispositivo do Google a pessoa podia limitar a data (de mês de ano tal até mês do outro ano) e o conteúdo da busca (no caso, Eduardo Cunha), nos jornais que liberaram conteúdo, mas tem vários bancos desses jornais online. O do JB tá acima, mas aqui segue o da Folha:
    http://acervo.folha.com.br/

    Estadão:
    http://acervo.estadao.com.br/

    O da Veja (eu sei, é ruim, tapem o nariz e procurem, as edições antigas devem ter alguma coisa):
    http://veja.abril.com.br/acervodigital/

    Da famigerada organizações Globo:
    http://acervo.oglobo.globo.com/

    E deve ter de vários outros, basca colocar o nome do jornal e acervo na busca do Google que ele retorna o site se houver. Dá pra fazer estrago nisso aí, procurando com precisão por ano e nome.

    Quero ver qual é a ação que alguém pode mover contra informações vinculadas na imprensa. Seria cômico se não fosse real. Mais uma tentativa de censura via judiciário.

  56. O “probo” Eduardo Cunha

    A moralidade de Cunha: advogado da Delta no Conselho do MP. Bem feito, Dr. Janot…

    2 de abril de 2015 | 22:26 Autor: Fernando Brito

    Eduardo Cunha, dizem os jornais e ele próprio o confirma, trabalha para indicar   o advogado Gustavo do Vale Rocha no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), órgão presidido por Rodrigo Janot.

    Rocha é advogado de Cunha nas várias ações que o probo Presidente da Câmara responde no STF.

    Mas não só.

    É advogado da empreiteira Delta contra o Governo Federal, como você vê na reprodução cima, no caso em que a Controladoria Geral da União, ministério da administração Dilma, decreta a inidoneidade da empreiteira Delta para contratar com o Governo Federal.

    A Delta, para quem não se lembra, é aquela dos guardanapos parisienses na cabeça da turma de Sérgio Cabral.

    Claro que faz parte do processo de Cunha para emparedar Rodrigo Janot.

    Aí está, Dr. Janot, como os adversários do Governo Dilma tratam a “independência ” dos poderes.

    Aquela, que o senhor fez questão de afirmar quando a Presidenta eleita disse que lhe ia pedir conselhos sobre quem nomear ao Ministério.

    A direita, Dr. Janot, trata o Ministério Público a tapas, quando necessita.

    O senhor parece ter-se esquecido de que tarefa o MP recebia quando Fernando Henrique era o Presidente.

    A de cuidar das gavetas.

    Seus meninos, agora de meia-idade, não se cansam de apregoar a volta do autoritarismo: mais prisões, confissões forçadas, às favas a ilicitude  das provas, como fez Jarbas Passarinho com os escrúpulos de consciência.

    São deuses, que não hesitam em invocar o Inferno, por seu brilho.

    Se o senhor leu o Fausto de Goethe, Dr. Janot, sabe que ele aparece para cobrar.

     

  57. Se quiser impedir que o Cunha

    Se quiser impedir que o Cunha fuja, e ademais, ainda tenha que se explicar ao Juiz, é só entrar, na peça de rechaço, com uma ação de RECONVENÇÃO, transformando o autor em réu reconvindo e expondo ali os diversos indícios que desestruturam a sua pose de “bom menino”.

  58. brincando com fogo.

    Assim como. collor, a esquerda brinca com fogo e o preço será alto.

    querer derrubar rede globo ou pmdb é de uma infantilidade tão grande que até assusta.

    • Taí um ateu…

      Este cabra, com certeza não leu o capítulo da biblia que fala de David enfrentando o gigante dos filisteus !!!

      Espera só o LN  jogar aquela frase no tribunal: ” excessão da verdade ” !!!!    

      Aí a  casa do caboclo cairá igual a  castelo de cartas!!

  59. Não posso ajudar nesse

    Não posso ajudar nesse quesito. Mas não vai faltar quem possa. Acho até que vai ter tanto material, que o Cunha desistirá da ação.

    Um sujeito com os podres dele está se expondo demais. Ele se deu bem porque atuava nas sombras. Agora parece que a vaidade pode derrubá-lo

  60. Pesquisando

    O acervo da Folha está sendo útil?

    Folha recebe prêmio de melhor site de veículo de comunicação

    DE SÃO PAULO – A Folha recebeu nesta terça-feira (31) o troféu “O Comunicador” na categoria melhor site de veículo de comunicação do Brasil.

    A premiação, promovida pela Abramark (Academia Brasileira de Marketing) e pela revista “Propaganda”, elege os destaques na imprensa do ano. Em sua 28º edição, foram avaliados os melhores veículos de 2014.

    O UOL, parte do Grupo Folha, recebeu o prêmio na categoria “melhor webportal”.

    A seleção do prêmio é feita com base na opinião de mais de mil profissionais de mídia, que indicam os nomes dos finalistas. Um júri da Abramark elege os vencedores, levando em conta critérios como marketing, circulação e audiência.

  61. eduardo cunha

    Nassif tenho tempo de sobra, mas preciso saber como pesquisar detalhadamente. Me ensine que , garanto dez anos de pesquisa é uma sopa para mim. FAÇO QUESTÃO DE AJUDÁ-LO A GANHAR    NOS PRECISAMOS DE VOCE.

  62. Imprensa Soberana

    Engana-se completamente quem subestima a importancia da nova imprensa alternativa, investigativa e independente. Sem rabo preso com a midia corporativa. Sua influencia ainda não pode ser comensurada de forma mais epistemologica, cientifica. Mas o recibo passado aqui pelo parlamentar “onipresente” é uma prova cabal da progressiva importancia e influencia do universo bloguiano na consciencia socio-politica da opinião publica cidadã. Parabéns, prezado Luis Nassif.

    • Eu li e reli o livro Guerra e

      Eu li e reli o livro Guerra e Paz. Tem mais de 1 000 pgns e centenas de personagens.–reli porque não coompreendi de ”prima”

        Mas estou falando de Tostói e não de gabi lisboa.

            Vc acha mesmo que alguém irá ler seus 19 ”capítulos”?

                  Tenha dó, né:

  63. SÓ OS ‘PEQUENOS”?

    É importante observar que os “ofendidos” só processam os blogueiros, tuiteiros, a mídia alternativa… Foi assim com Aécio Neves ao processar tuiteiros e blogueiros. Agora, o ALCunha quer entrar na Justiça contra o Nassif. Queria ver eles terem coragem de enfrentar as grandes redes, os jornalões (ainda existem ?). Aí,  não, né?

  64. Atendendo a pedido

    http://veja.abril.com.br/050400/p_040.html

    Correndo por fora da confraria de Campos, est� um novo integrante que se adaptou perfeitamente ao grupo. � o presidente da Companhia Estadual de Habita��o (Cehab), Eduardo Cunha. A Cehab � um dos �rg�os mais importantes da administra��o por controlar as verbas da constru��o de casas populares, com um programa de gastos de 1,3 bilh�o de reais at� 2002. Cunha � filiado ao PPB de Paulo Maluf e, no governo Collor, foi presidente da Telerj por indica��o de ningu�m menos que PC Farias. Em 1993, acabou envolvido com outros integrantes do governo Collor num processo que corre na Justi�a do Rio para apurar lavagem de dinheiro de diversas pessoas, entre elas o pr�prio Eduardo Cunha, atrav�s de conta de um doleiro chamado Jorge Lu�s da Concei��o, que atuava no esquema de PC Farias.

    Cunha assumiu a Cehab em outubro. Desde ent�o, realizou quatro licita��es para a contrata��o das obras de constru��o de casas populares, saneamento b�sico e infra-estrutura, a maior parte delas na Zona Oeste do Rio. A vencedora de todas as concorr�ncias foi uma desconhecida construtora do Paran�, a Grande Piso. Coincidentemente a empresa pertence ao empres�rio Roberto Sass, que, como Eduardo Cunha, tamb�m foi do PRN de Collor e se bandeou para o PPB. O TCE detectou v�rias irregularidades na contrata��o da construtora. Um exemplo: ela est� registrada como microempresa na Fazenda Federal, apesar de ter ganho contrata��es no montante de 35 milh�es de reais. Eduardo Cunha chegou � Cehab por interm�dio de um importante colaborador de Garotinho, o deputado federal e pastor evang�lico Francisco Silva.

     

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc3103200026.htm 

    “Veja este problema, com tantas denúncias e reclamações, talvez seja a pior parte do governo”, disse o ex-governador.
    Brizola informou que o PDT enviou ontem um abaixo-assinado de seus militantes pedindo o afastamento de Eduardo Cunha, “devido à má-gestão e também aos seus antecedentes”.

     

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDR73006-6009,00.html

     

    O doleiro e o Banco do Brasil

    Relatório da CPI afirma que o banco perdeu R$ 30,9 milhões em operações com Lúcio Funaro, um dos suspeitos do mensalão

    Funaro é bem relacionado no meio político. O ex-deputado Valdemar Costa Neto diz que o conhece superficialmente, mas que um de seus filhos já trabalhou com o doleiro. O deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), líder da bancada do ex-governador Anthony Garotinho no Congresso, morava até o ano passado em um apartamento no flat Blue Tree Towers, em Brasília, cujo aluguel de R$ 2.200 e o condomínio de mais de R$ 600 eram pagos todos os meses por Funaro, segundo reportagem já publicada por ÉPOCA. Outro deputado ligado a Garotinho, Carlos William (PMDB-MG) tem atuado na CPI em defesa dos interesses do doleiro. Quando a Comissão quebrou os sigilos bancário, fiscal e telefônico de Funaro, William entrou com requerimento para que também fossem quebrados os sigilos das autoridades do mercado financeiro que forneciam informações contra o doleiro.

     

     

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0904200032.htm

     Investigações começaram na Cehab do Rio Enriquecimento ilícito? 

     

    http://oglobo.globo.com/brasil/eduardo-cunha-vira-reu-em-acao-penal-no-stf-7908353

     

    Eduardo Cunha vira réu em ação penal no STF

    Líder do PMDB na Câmara é acusado de uso de documentos falsos

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/eduardo-cunha-vira-reu-em-acao-penal-no-stf-7908353#ixzz3WHBnnFPn 
     

     

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/mp-do-rio-e-acusado-de-avisar-deputado-eduardo-cunha-sobre-inquerito-que-apurava-sua-ligacao-com-quadrilha-de-sonegadores/

     

    30/03/2013

     às 1:43

    MP do Rio é acusado de avisar deputado Eduardo Cunha sobre inquérito que apurava sua ligação com quadrilha de sonegadores

     

    http://noticias.uol.com.br/politica/escandalos-no-congresso/51-pgr-acusa-eduardo-cunha-pmdb-rj-de-falsificar-documentos.htm

     

     PGR acusa Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de falsificar documentos

     

  65. processo de eduardo cunha contra luis nassif

    infelizmente ele não pretende processr o blog, o jornalista … ele está processando. só pode estar firmemente contando com a consabida leniência da justiça ‘irmã’. vai com tudo, guri !!! pra cima dele !!!

  66. processo de eduardo cunha contra luis nassif

    infelizmente ele não pretende processr o blog, o jornalista … ele está processando. só pode estar firmemente contando com a consabida leniência da justiça ‘irmã’. vai com tudo, guri !!! pra cima dele !!!

  67. Eduardo Cunha e Globo desde 1993
    “A permanência de indicados de PC Farias em cargos relevantes não se deve só (…) a “falta de empenho real dos ministros em substituí-los”. Há casos em que o “empenho real” é para segurar no cargo o indicado de PC (…). A Telefônica do Rio (…) é um dos casos mais espantosos de permanência de um dos escolhidos a dedo por PC Farias (…)” CURIOSIDADE…”A concorrência para a telefonia celular no Rio foi vencida pela NEC (Grupo Globo), que depois obteve de Eduardo Cunha, um aditivo, mantido em sigilo, que onerou o contrato diz-se em US$100 milhôes.”  FOLHA – 07/04/1993 http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?all_words=&commit.x=15&commit.y=16&commit=Enviar&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=1990&final_date=&fsp=on&group_id=0&initial_date=&page=19&phrase=Eduardo+cunha&theme_id=0&utf8=%E2%9C%93&without_words=&words= ”Folha – Como um dos coordenadores da campanha do Collor,  sr. se relacionada com PC?” – Cunha – “a relação que eu tiha com o PC era a mesma que todo o pessoal da campanha tinha (…)” FOLHA – 29/04/1993 http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?all_words=&commit.x=15&commit.y=16&commit=Enviar&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=1990&final_date=&fsp=on&group_id=0&initial_date=&page=19&phrase=Eduardo+cunha&theme_id=0&utf8=%E2%9C%93&without_words=&words=

     

    • Desculpa a formatação errada…

      “A permanência de indicados de PC Farias em cargos relevantes não se deve só (…) a “falta de empenho real dos ministros em substituí-los”. Há casos em que o “empenho real” é para segurar no cargo o indicado de PC (…). A Telefônica do Rio (…) é um dos casos mais espantosos de permanência de um dos escolhidos a dedo por PC Farias (…)” CURIOSIDADE…”A concorrência para a telefonia celular no Rio foi vencida pela NEC (Grupo Globo), que depois obteve de Eduardo Cunha, um aditivo, mantido em sigilo, que onerou o contrato diz-se em US$100 milhôes.”  FOLHA -07/04/1993

       “Folha – Como um dos coordenadores da campanha do Collor,  sr. se relacionada com PC?” – Cunha – “a relação que eu tiha com o PC era a mesma que todo o pessoal da campanha tinha (…)” FOLHA -29/04/1993 

       

  68. Se for necessário…

    Estou à disposição para contribuir financeiramente em todas as etapas.

    Vamos ver até onde vai a hipocrisia e cara de pau do PIG em apoiá-lo, enquanto for uma pedra no sapato da Dilma,

     

  69. Como diria Jack, vamos por partes…

    Nassif, não tenho nenhum documento, mas tenho uma sugestão. Até o mundo mineral sabe, nos anos 90, o funcionalismo do Banco do Brasil era muito mais atuante do que os funcionários de Furnas. Mas mesmo assim, o fundo de pensão dos funcionários do BB, a PREVI, foi gerida por cafajestes plenos naquela época (podem me processar, kkkkkkkkk!). Chegou ao ponto de entregar ao banco Opportunity, que tinha 12% da sociedade, o controle da Brasil Telecom. Detalhe: a PREVI detinha 34% e aceitou que mudanças na administração da empresa só fossem feitas com aprovação de…90% dos votos! Isso é para exemplificar um escândalo escandaloso que não provocou maiores reações. Por isso nem houve greve ou os funcionários foram às ruas. Mas no Real Grandeza, fundo de pensão dos funcionários de Furnas, quando tentaram nomear um amigo do Eduardo Cunha, os funcionários saíram em greve e pararam o bairro de Botafogo, no Rio. Talvez porque eles tenham uma excelente avaliação sobre a “onestidade” do impoluto Presidente da Câmara dos Deputados.

  70. como já coloquei…

    e apaguei ao constatar que Avatar já havia colocado, o Cunha já perdeu muitas ações, inclusive algumas que moveu contra os que provavelmente dessa vez o incentivaram, mesmo que indiretamente, a incomodar o Nassif

    e digo incomodar no sentido de que é revoltante para qualquer um o fato de poder ser processado por aquilo que é do conhecimento de todos, ou seja, que o Cunha sempre foi a parte empresarial do PMDB ou da política de captar o interesse público ou da sociedade em proveito próprio. Assunto de praticamente todas as reportagens e publicações anteriores ou com todas nesses sentido

    e se todos sabem, é sinal de que ele sempre atuou dessa forma; nenhuma novidade, muito menos ofensa moral

    • e como ele existem muitos outros…

      milindres de caras assim só acontecem porque eles não encaram a política como trabalho e sim como poder

      é o trabalho de cada um o que deve ser reconhecido ou criticado, jamais o poder, mesmo que este seja ilusório perante a justiça ou a garantia de liberdade total para se expor que, para o caso, são iguais, tanto para o político como para o jornalista

  71. Das aparências…

    Há um ditado galego que, traduzido, diz o seguinte:

    “De riqueza e santidade, da metade a quarta parte, da quarta parte a metade!”

    É só procurar, e não precisa ser direitinho, que embaixo dessa caspa do Cunha ainda vai aparecer muito piolho… Se o moço acompanha, não duvido de que já esteja arrependido de cutucar este vespeiro e vai ficar com muito pouca vontade de repetir o mesmo gesto no futuro.

  72. Mural dos malfeitos

    Sugiro a feitura de um mural só de manchetes (ou brevíssimos resumos) relativas a cada uma das trapalhadas de Cunha, cada uma delas apontando para a notícia respectiva. O mural permaneceria na capa do blog indefinidamente.

  73. O que fará a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência?

    O Palácio do Planalto “engoliu em seco” quando o chefe do JN processou blogueiros. Deveria ter qualificado os processos como atentados contra a liberdade de expressão e “entrado de sola” no assunto, contra a Rede Globo.

    E agora, o que fará em relação ao Eduardo “das mil denúncias” Cunha? Vai “engolir em seco” de novo?

    Governo de pusilânimes!

  74. O Congresso Nacional poderå
    O Congresso Nacional poderå estar muito em breve nas maos de figuras ligadas ao crime organizado e o MPF e Judiciario et caterva viajando na maionese…que o juiz para o qual for distribuida esta açao se ligue e corte o mal pela raiz dando um chega pra la no sr. Cunha antes que seja tarde

  75. Nassif

    Nassif,

    Antes de tudo afirmar minha absoluta solidariedade e certeza de que, assim como aconteceu em relação à notícia sobre a ação movida pelo Sr. Kamel, todas as manifestações aqui refletem, de volta, o que a seriedade do teu trabalho projeta e o apreço dos teus amigos de longa data.

    Dito isto, estou à disposição para o que julgues possível fazer para auxiliar-te.

    Aproveito para dizer-te que te proteja e defenda da forma mais prudente e compenetrada que seja possível. A despeito do que sabemos a respeito do acusador, não negligencie tua defesa e nem subestime o adversário por conhecer suas fraquezas. Não cochiles. O bom combate, vigilante e sóbrio, te dará ainda mais força para resolver a questão sem deixar pontas soltas ou motivo para ataques a flancos desguarnecidos.

    Estou acompanhando ainda que não tenha me manifestado; talvez  saibas o que diuturnamente comento a respeito desta figura nefasta e seus efeitos sobre esta conjuntura.

    No que precise, além do que já solicitaste, estou à inteira disposição.

    • Assinando embaixo!

      Assinando embaixo do comentário da Anna, também estou a disposição para defender Nassif no que for indicado. Há dois anos que ele me tirou as vendas dos olhos e me fez entender os verdadeiros fatos que ocorrem em nosso país. Com sua lucidez, isenção e seriedade, já não sou a ignorante política de outras épocas. VIVA NASSIF!  VIVA LOURDES!  e ” FORA CUNHA  e todos os “beneficiados” que nele votaram para presidente da Câmara!

    • Concordo plenamente com a Sra Anna Dutra

      Não apenas concordo, vou um pouco além: Um sujeito como este não submete todo um congresso se não possuir tentáculos muito, mas muito, venenosos. É um polvo extremamente perigoso, não se descuide Sr. Nassif!

      Ccontinuaremos sempre ao lado daqueles que dentro de suas possibilidades estarão sempre tentando retirar o véu da invisibilidade de canalhas que tentam jogar, com suas barganhas vergonhosas, o povo brasileiro ao inferno.

  76. Do Tijolaço
    Cunha, o ilibado,

    Do Tijolaço

    Cunha, o ilibado, quer processar Nassif

    3 de abril de 2015 | 08:25 Autor: Fernando Brito

    Como era mesmo aquela frase do Rui Barbosa sobre “de tanto ver….” Ah, sim:

    “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.”

    Pois não é que o pró-homem da República, Eduardo Cosentino Cunha, está processando o jornalista Luís Nassif  por dizer o que, há 20 anos, dele diz toda a imprensa brasileira, mas apenas quando lhe convém?

    Cunha, é claro, não processa a Istoé, a Veja, a Folha, o Globo nem nenhum outro poderoso grupo de comunicação.

    Valente como é, processa Nassif.

    E Nassif reage de uma forma espetacular, bem inspirada neste mecanismo de participação coletiva que desenvolvemos nos blogs ditos “sujos” por gente como o Eduardo “Limpo”.

    Chama a todos para ajudarem a recolher tudo o que a grande imprensa já publicou sobre as peripécias de Eduardo Cunha e reunir em um grande volume a ser usado na defesa.

    Não apenas como prova dos fatos mas para que se mostre a hipocrisia de quem não se sente ofendido com o que dele dizem os grandes, mas estica as garras contra os pequenos, se valendo do seu poder.

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=26068

     

     

  77. No mínimo, quinze anos de ‘licitações perigosas’
    [ISTOÉ Independente Brasil – | N° Edição: 1592 | 29.Mar.00 ‐ 10:00 | Atualizado em 02.Abr.15 ‐ 17:42] http://www.istoe.com.br/reportagens/34178_GAROTO+PROBLEMA 1/4] Garoto problema Licitações polêmicas da Cehab atingem governador e põem Eduardo Cunha no olho do furacãoDepois da crise na área da Segurança Pública, o governador do Rio, Anthony Garotinho (PDT),está às voltas com outro vespeiro. A construção de 100 mil casas populares, que deveria serum dos trunfos da sua gestão – projeto para o qual reservou R$ 350 milhões –, acabou setransformando nas últimas semanas num festival de denúncias de licitações irregulares econtratos com empresas fantasmas. No olho do furacão está o presidente da CompanhiaEstadual de Habitação (Cehab), Eduardo Cunha, que foi secretário da Executiva do PRN epresidente da Telerj no governo de Fernando Collor. Cunha identifica nas denúncias umamotivação política. “Querem atingir o governador Garotinho e estão me usando para isso”,afirma. Na maioria dos casos, porém, há questionamentos puramente técnicos. As principaisdúvidas são relacionadas à empresa paranaense Grande Piso, que em poucos meses setransformou de microempresa em construtora para vencer quatro concorrências da ordem deR$ 34 milhões no Estado do Rio.Nas licitações vencidas pela empresa Grande Piso, pelo menos uma irregularidade já foiconfirmada e há muitos fatos estranhos sendo apurados. O próprio presidente da Cehab admiteque errou ao aprovar os editais das concorrências sem submetêlosao Tribunal de Contas do Estado. “Me baseei num parecer da Procuradoria Geral do Estado, mas depois descobrimos que o TCE realmente deveria analisar os contratos”, explica Cunha. A trajetória da Grande Piso émeteórica. Até agosto, não passava de uma microempresa de revestimentos, com capital social de R$ 490 mil. Em dezembro, transformou-se em construtora, com capital de R$ 2,58 milhões. Contratou engenheiros pouco tempo antes de inscreverse nas concorrências que a Cehab começaria a realizar no mês seguinte. Curiosamente, acabou levando a maior fatia das obras, num total de R$ 34 milhões. Numa construção no bairro de Acari, zona norte, já sepassaram dois meses e a Grande Piso não colocou um só tijolo das 800 unidades que têm deficar prontas em julho. No conjunto Nova Sepetiba, começou a construir sem licençaambiental. Ligações perigosas – Em outra licitação, a firma vencedora usou a ajuda do argentino JorgeLa Salvia, antigo conhecido de Cunha e exprocurador de PC Farias. La Salvia assessorou aCentral de Administração de Créditos Imobiliários (Caci) na concorrência que a empresavenceu para fazer a auditagem de contratos imobiliários da Cehab, um negócio de R$ 570 mil.A licitação foi homologada no dia 23 de novembro do ano passado, mas ISTOÉ teve acesso auma cópia do contrato dessa concorrência – autenticada em cartório – assinada com data de1º de novembro de 1999. Ou seja: o contrato entre a Cehab e a Caci teria sido assinado antesmesmo da realização da licitação. Em sua defesa, Cunha exibe o contrato que tem arquivado,onde aparece a data de 1º de dezembro do ano passado. “Estou sendo vítima de umacampanha difamatória, entregaram à revista uma cópia adulterada”, afirma. O presidente daCehab dá pouca importância ao fato de o documento ter autenticação do 23º Ofício de Notas, oque comprovaria que foi conferido com o original. “Esses cartórios autenticam qualquer coisa”,reclama. Não é difícil achar irregularidades em empresas contratadas pela Cehab. A Ilanes Consultoria –que prestou serviços de digitação – e a Louca Car Bangu – que assinou contrato como locadorade automóveis – aparecem no cadastro com endereços residenciais. Ao se cadastrarem noRegistro Civil de Pessoas Jurídicas, as duas empresas usaram as mesmas pessoas paraassinarem como testemunha e contadora. Depois de denunciada a farsa, Cunha decidiu agir.“Achei que havia muitos problemas com essas empresas e resolvi anular a licitação”, afirma.Tantas complicações chamaram a atenção da Assembléia Legislativa. “Cunha já deveria estarfora do cargo há muito tempo”, reclama o deputado estadual Paulo Melo (PSDB). Cunha estádesde o início no governo do pedetista Garotinho, apesar de filiado ao PPB de Maluf. Primeiroatuou como subsecretário de Habitação, na gestão do secretário Francisco Silva, atualmente noPST, seu parceiro político, e desde outubro é presidente da Cehab. O currículo desseeconomista de 41 anos é polêmico. Quando esteve à frente da Telerj no governo Collortambém foi alvo de denúncias. Numa delas, foi questionado quanto a um supostofavorecimento à NEC, com quem a Telerj teria feito uma compra de US$ 4 milhões, semlicitação. Mais recentemente, chegou a ser investigado pela Polícia Federal no caso do grampodo BNDES, que derrubou o ministro das Comunicações, Luiz Carlos Mendonça de Barros e oentão presidente do BNDES, André Lara Rezende.“Tanto Silva como Cunha não têm identidadeideológica com o PDT”, afirma o exgovernador Leonel Brizola. Articulação – A ligação com seu passado collorido é outro ponto que embaraça o presidenteda Cehab. Além de Jorge La Salvia, outro personagem é Roberto Sass, dono da empresaGrande Piso, que é filiado ao PRN. Por fim, Cunha tem como chefe de gabinete o advogadoLemoel Granjeiro de Carvalho. “Esse homem representava uma empresa que usou os serviçosde César Arrieta, um lobista argentino que se servia da influência de PC Farias para apagardívidas de empresas junto à Previdência”, acusa a deputada estadual Cidinha Campos (PDT),que presidiu a CPI do INSS, quando era deputada federal. Lemoel diz que nunca teve negócioscom Arrieta. O governador Garotinho finge não dar importância às ligações de seu subordinado com a turmade Collor. “Francisco Gros e Pedro Malan também trabalharam com Collor. Onde estão agora?”,rebate. Mas o currículo collorido de Cunha e as seguidas denúncias envolvendo concorrênciasda autarquia estão dando dor de cabeça ao presidente da Cehab. “Não tenho feito outra coisasenão me defender de acusações”, reclama. Ele não tem dúvida da motivação política dosataques e dá nome aos bois. “Essa campanha é movida pelo exgovernadorMoreira Franco, por orientação do Planalto. O objetivo é minar uma futura candidatura do governadorGarotinho à Presidência.” Moreira descarta essa hipótese: “Ele está delirando e se dando muitaimportância. Quer dar às denúncias conteúdo político, como se ele fizesse parte daspreocupações políticas do Planalto.” 

  78. Fico pensando como na Câmara

    Fico pensando como na Câmara deve estar tudo podre porque para eleger uma escória desta para presidente. Este é o pior dos piores presidente da Câmara que já vi.

  79. .

    É vero o que Malú escreve aí embaixo. 

    A moral e toda a ética que um parlamentar deveria ter, encontra-se no esgoto. Ser comandado por uma pessoa com tantos processos, escândalos e tal folha corrida é, por si só, assumir a criminalidade, ser réu confesso e desdenhar da lei e da seriedade de um parlamento. Jogaram no lixo o pouco de credibilidade que possuiam e assumiram a bandalheira.

  80.  A esposa de Cunha ganha
     A esposa de Cunha ganha causa no STJ contra a Globo. (PPA).    
    A jornalista Cláudia Cruz, que trabalhou como repórter e apresentadora (RJTV) na Globo do Rio, entrou com ação no Ministério do Trabalho solicitando que fosse reconhecido seu vínculo empregatício com a Rede Globo. No período em que trabalhou na emissora, Cláudia Cruz teria sido obrigada, segundo afirma, a “abrir uma empresa pela qual forneceria sua própria mão-de-obra”.

    O TST deu ganho de causa à jornalista:

    A 6ª Turma do TST (Tribunal Superior do Trabalho) obrigou a TV Globo a reconhecer vínculo de emprego com a jornalista Claudia Cordeiro Cruz, contratada como pessoa jurídica.

    O ministro Horácio Senna Pires, relator do caso, concluiu que o esquema “se tratava de típica fraude ao contrato de trabalho, caracterizada pela imposição feita pela Globo para que a jornalista constituísse pessoa jurídica com o objetivo de burlar a relação de emprego”. [reportagem completa aqui]      

    segunda-feira, 11 de junho de 2012

    Por graves irregularidades trabalhistas, Ministério Público multa Rede Globo em R$ 1 milhão e a obriga a contratar 150 jornalistas

     

    Segundo o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, a Procuradoria do Trabalho da 1ª Região encontrou um cardápio com várias opções de irregularidades trabalhistas na Rede Globo do Rio de Janeiro: casos de funcionários com expediente de mais de 19 horas e desrespeito ao intervalo mínimo entre expedientes (11 horas) e não concessão do repouso semanal remunerado. “Foi constatado excesso de jornada e que este excesso é habitual, e não extraordinário”, explica a procuradora Carina Bicalho, do Núcleo de Combate às Fraudes Trabalhistas.

    Acordo firmado entre a empresa e o Ministério Público (MP) no fim de 2011 trouxe como resultado que a Rede Globo vai ter que contratar 150 jornalistas e radialistas para suas redações, além de pagar uma multa de R$ 1 milhão de reais.
     

    Nos últimos cinco anos, esta foi a terceira vez que a emissora do Jardim Botânico teve constatadas irregularidades quanto a jornadas de trabalho. Com este acordo na Justiça, a Globo promove nos últimos meses a prática de novas escalas, garantindo folgas aos jornalistas e mais respeito aos intervalos interjornadas. Este ajuste de conduta chegou também no Infoglobo, que edita os impressos da família Marinho.

    Em Nota, o Sindicato defende a importância do acordo e afirma que as irregularidades não se restringem à Rede Globo:

    Ao conseguir que a TV Globo seja multada e obrigada a contratar 150 funcionários no prazo de um ano – até fevereiro do ano que vem – o Ministério Público põe o dedo numa ferida. Profissionais, não apenas da Globo, sofrem com as longas jornadas de trabalho, a falta de respeito às folgas semanais e aos intervalos de 11 horas entre uma jornada e outra. Sofrem sem que a população tome conhecimento.

    Os trabalhadores que têm a missão de informar jamais são notícia quando o que está em pauta é o desrespeito às leis trabalhistas praticado pelas empresas de comunicação. Por motivos óbvios, os empresários não permitem que os seus próprios erros sejam noticiados. Esse tipo de censura é cláusula pétrea na lei interna das redações.

    A multa de R$ 1 milhão aplicada à TV Globo é simbólica, mas serve de alerta a todas as empresas que agem da mesma forma. E a justificativa dos procuradores ao pedir a punição é contundente.

    Os jornalistas, pressionados por um mercado de trabalho limitado, não devem sofrer calados. Com os devidos cuidados, precisam denunciar as irregularidades e se unir, através do Sindicato da categoria, na luta por melhores salários e condições de trabalho. Os veículos de comunicação, que fazem tantas denúncias de ilegalidades, têm a obrigação de cumprir a lei no que diz respeito ao seu público interno.

    Procuradora critica pejotização

    A procuradora Carina Bicalho afirma que a pejotização, que acontece na Rede Globo e em outras emissoras é artifício claro da precarização das relações do trabalho:

    “PJ é uma forma que o capital descobriu para trazer o trabalhador para o lado dele, dizendo que o empregado está ganhando com isso”, expõe a procuradora. No entendimento dela, quando essa prática ocorre com os altos salários, não há distribuição de riqueza, já que tanto a empresa quanto o profissional deixam de recolher impostos.

    Íntegra da entrevista da procuradora, da Nota do sindicato e mais detalhes do processo você acessa aqui.

    É bom que jornalistas e outros profissionais que são submetidos à pejotização pelas empresas saibam que a Justiça do Trabalho tem dado ganho de causa aos que entram com ação contra as empresas, como já publiquei aqui em Juiz do Tribunal Superior do Trabalho diz que TV Globo frauda contrato de trabalho de jornalista.

    A jornalista Cláudia Cruz, que trabalhou como repórter e apresentadora (RJTV) na Globo do Rio, entrou com ação no Ministério do Trabalho solicitando que fosse reconhecido seu vínculo empregatício com a Rede Globo. No período em que trabalhou na emissora, Cláudia Cruz teria sido obrigada, segundo afirma, a “abrir uma empresa pela qual forneceria sua própria mão-de-obra”.

    O TST deu ganho de causa à jornalista:

    A 6ª Turma do TST (Tribunal Superior do Trabalho) obrigou a TV Globo a reconhecer vínculo de emprego com a jornalista Claudia Cordeiro Cruz, contratada como pessoa jurídica.

    O ministro Horácio Senna Pires, relator do caso, concluiu que o esquema “se tratava de típica fraude ao contrato de trabalho, caracterizada pela imposição feita pela Globo para que a jornalista constituísse pessoa jurídica com o objetivo de burlar a relação de emprego”. [reportagem completa aqui]

    Se a moda pega, a Globo se ferra, pois jornalistas, atores, diretores (pelo menos os medalhões) sofrem do mesmo mal de Cláudia Cruz: também são obrigados a abrir uma empresa para fornecer sua própria mão-de-obra.

    “Nesse contexto, concluo que se tratava de típica fraude ao contrato de trabalho”, afirmou o relator do agravo de instrumento no TST, ministro Horácio Senna Pires.

  81. Não poderia se esperar outra

    Não poderia se esperar outra atitude dessa figura pequena que preside a Câmara. Elemento que representa o esgoto do PMDB ao lado de Renan, mestres em tirar proveito de situações em que o país é sempre prejudicado. Quem sabe esse processo sirva para  escancarar a  vida pregressa desse desclassificado.

  82. Pesquisando no forum da Barra
    Pesquisando no forum da Barra Funda cheguei a processos nos quais Eduardo Cunha processa Mino Carta, Bob Fernandes, Mino Carta, Giancarlo Summa….fiquei curioso pra saber quem eh Summa e ai achei o discurso de Cidinha Campos no qual ela acusa Cunha de processar todo mundo e divulga a relação de processados por Cunha

    ORDEM DO DIA
    Projeto De Lei 1860-A/2000

    Hide details for Informações BásicasInformações Básicas

    Sessão: Ordinária

    Responsável: Dep. Taquigrafia Data da Criação: 12/11/2002

    Data da Sessão: 12/11/2002 Hora: 11:46

    Texto da Ordem do Dia
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – Anuncia-se a votação em 2ª discussão (redação do vencido), em tramitação ordinária, do PROJETO DE LEI 1860-A/2000, de autoria do Deputado Chico Alencar, que dispõe sobre a publicação anual da remuneração.
    Em votação. Os Senhores Deputados que aprovam a matéria permaneçam como estão. (Pausa.)
    Aprovada.
    A SRA. CIDINHA CAMPOS – Peço a palavra pela ordem, Sr. Presidente.
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – Pela ordem, tem a palavra a Sra. Deputada Cidinha Campos.
    O SR. HÉLIO LUZ – Sr. Presidente, solicito verificação de votação.
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – Porém, antes da verificação sobre o Projeto do Sr. Deputado Chico Alencar solicitada pelo Deputado Hélio Luz, tem a palavra, pela ordem, a Sra Deputada Cidinha Campos.
    A SRA. CIDINHA CAMPOS (Pela ordem) – Sra. Presidente, é para agradecer, mais uma vez, ao Plenário por ter negado a concessão para que eu seja processada. Tenho acompanhado pela imprensa e hoje há uma matéria no jornal O GLOBO falando dos colunistas que estão sendo processado por políticos.
    Aqui estão sendo processados:
    (A Deputada faz uma leitura)
    Isso ela deve ter assimilado de seu companheiro Eduardo Cunha, que processa todo mundo – bom, só a mim ele processou quatorze vezes! Quatorze vezes, porque eu o chamei, só uma vez, de ladrão – isso é uma coisa inadmissível! Eu trouxe a relação das pessoas processadas pelo Deputado.
    (A Deputada faz uma leitura)
    Essa, três vezes – ele processa três vezes a ex-mulher. Processar-me quatorze vezes não significa nada. Ele processa n vezes as empresas Globo, Infoglobo, Notícia e Opinião Revista Eletrônica, Carta Editorial Ltda, Erich Alves dos Santos Silva, Gilberto Palmares (duas vezes), Marcelo Tognazzi, Cláudio Humberto Rosa e Silva, Patrícia Cerqueira, Villas Boas Corrêa, Marcos Sá Corrêa, Augusto Nunes, Marceu José Costa Vieira, Fabrício Marques, Cláudio Henrique, Simone Ruiz, Leandro Fortes, Maria Aguida Meneses de Aguiar, Anna Lee, Giancarlo Summa, Arnaldo César e Paulo Eduardo Gomes.
    Quer dizer, é um Deputado que, literalmente, não tem o que fazer, porque, quem cuida disso tudo, não pode cuidar da população.
    Muito obrigada.
    O SR. EDUARDO CUNHA – Peço a palavra pela ordem, Sra. Presidente.
    O SR. HÉLIO LUZ – Sra. Presidente, retiro o meu pedido de verificação.
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – O Sr. Deputado Hélio Luz retira o seu pedido de verificação.
    O Projeto foi aprovado e vai a Autógrafo.
    Pela ordem, tem a palavra o Sr. Deputado Eduardo Cunha.
    O SR. EDUARDO CUNHA (Pela ordem) – Sra. Presidente, em primeiro lugar, quero registrar que, apesar de não haver obstáculo, o meu voto é contrário ao Projeto de Resolução que foi aqui votado.
    Em segundo lugar, quero dizer que estou habituado, efetivamente, a processar aqueles que têm o hábito de me caluniar, como é o caso da Sra. Deputada que me antecedeu e que já foi condenada por três vezes em indenizações na área Cível.
    Quero avisar que irei processá-la, novamente, pelo que falou na semana passada, após minha saída do plenário, numa atitude absolutamente comum à sua natureza. Irei processá-la tantas vezes quantas me ofender neste microfone ou em qualquer outro lugar. Se não tem como provar o que fala, é melhor se calar ou, então, responder àquilo por que está sendo processada. Espero que tenha condições de pagar todas as indenizações que tenho ganho na Justiça.
    Muito obrigado.
    A SRA. CIDINHA CAMPOS – Peço a palavra pela ordem, Sra. Presidente.
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – Pela ordem, tem a palavra a Sra. Deputada Cidinha Campos.
    A SRA. CIDINHA CAMPOS (Pela ordem) – Sra. Presidente, é importante dizer não só da ditadura da Justiça, mas também da ditadura de comportamento de alguns parlamentares. Tanto criticamos a censura na época da ditadura e, agora, exercendo esse papel, temos a Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Sou inviolável por opinião, palavras e votos. Todas as vezes que chamei o Deputado de ladrão, o fiz aqui, no plenário. Portanto, sou inviolável. Ganharei no Supremo e, então, moverei ação regressiva, como já movi algumas vezes e fui vencedora. Assim, ele será condenado a devolver tudo aquilo que nunca paguei.
    Muito obrigada.
    O SR. CHICO ALENCAR – Sra. Presidente, peço a palavra pela ordem, sobre o projeto precedente, de minha autoria.
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – O pedido de verificação foi retirado.
    O SR. CHICO ALENCAR – Sim. Então, foi considerado aprovado.
    A SRA. PRESIDENTE (Graça Matos) – Com todos os trâmites legais, Sr. Deputado Chico Alencar.
    O SR. CHICO ALENCAR – Apenas gostaria de destacar que trata-se de um projeto absolutamente simples, mas, afinal, sendo este sancionado pela Sra. Governadora, saberemos a remuneração, a cada ano, do Poder Judiciário, que, às vezes, é um tanto quanto misteriosa.
    Muito obrigado.

    http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/taqalerj2006.nsf/5d50d39bd976391b83256536006a2502/6add8896b4185f1583256c6f005b5459?OpenDocument&ExpandSection=1

  83. A lista de aliados no Rio
    A lista de aliados no Rio inclui figuras como os irmãos Brazão (o deputado estadual Domingos e o vereador Chiquinho), suspeitos de serem ligados a milícias. Um advogado lotado no gabinete do parlamentar chegou a ser preso, acusado de ser o braço jurídico de um grupo paramilitar que domina favelas. Domingos declarou 24 doações à campanha de Cunha, segundo a Justiça Eleitoral (total de R$ 63,2 mil). O dinheiro que vai, também retorna: Cunha doou R$ 250 mil à campanha de Domingos.

  84. Eduardo Cunha aciona Luis Nassif

    POR FAVOR, SR. MODERADOR, MUITO CUIDADO ANTES DE PUBLICAR ESSE COMENTÁRIO! MAS, POR GENTILEZA, NÃO DEIXE DE MOSTRÁ-LO AO LUIS NASSIF OU A QUEM ESTÁ CUIDANDO DO ASSUNTO. NA VERDADE, SE PUDER, NEM PUBLIQUE. GRATO.

     

    Judicializando o mimimi.

     

    Caro Luis Nassif, pelo que entendi, o que Cunha argumenta é que você deve-lhe uma grana como rescarcimento por ele ter se ofendido por algo que você publicou. Ele se ofende seletivamente, então, já que tudo o que você publicou já havia sido publicado antes. Ou será que ele vai argumentar que tanto faz se já foi publicado antes ou não, o fato é que agora, desta vez, ofendeu-se? Ofender-se, além de ser opção pessoal (as pessoas podem insultá-lo mas você se ofender ou não com o insulto é questão sua, que passa por você querer e por você ter equilíbrio e força ne decisão de ofender-se ou não), é algo intangível. Alguém pode provar que alguém se ofendeu, verdadeiramente, com um determinado insulto? Infelizmente o IML ainda não faz exame de “espírito de delito” nem de “moral de delito”, apenas de “corpo de delito”, é isso? Tanto esse parece ser o ponto central da reclamação que no texto da ação ele nem refuta muito o teor do que foi publicado, ou seja, não oferece prova que contradiga o que você publicou, apenas diz que se ofendeu com aquilo. Não sou formado em Direito mas essa é minha impressão.  Será que não é uma boa contra-argumentar a estranheza que causa Cunha quando diz que agora, e só agora, se ofende? Lembrei de Barbosão: “‘Causa-me espécie’, Sr. Cunha, dizer-se ofendido agora, depois de tantos outros textos afirmando o mesmo que esse diz, que chego a imaginar que o Sr. não lê o que a imprensa publica sobre sua pessoa há tanto tempo e por tantas vezes, não ouve os clamores da galera!”, rs…

     

    Agora, numa ideia algo kamikaze, a ser totalmente descartada sem dó caso você ou seus advogados achem-na estapafúrdia… digamos que o processo ande (cabeça de juiz e bunda de neném, sabe como é… além do que Cunha tem lá sua influência) e, numa hipótese totalmente lamentável, até que o Sr. perca essa ação. Nesse caso, além de eu estar certo de que você tem aliados suficientes para arrecadar o dinheiro (eu mesmo me comprometo a contribuir humildemente mas… sabe aquela história de que “o que não me mata me fortalece”?), estará aberto um precedente na Justiça (jurisprudência é o nome?) que pode jogar empresas como a Globo, revistas como a Veja e jornalistas como Reinaldo Azevedo, Augusto Nunes e camarilha imensa (passando por Sheherazade, Ricardo Noblat etc.) numa pobreza infinita se processados por, digamos, Zé Dirceu, em valores que cobririam de longe os tais R$ 50 mil que Cunha pleiteia. A maioria dos membros do PT pode dizer-se ofendida, com muito mais gravidade, e o pior, com muito mais verdade do que esse mimimi de Eduardo Cunha. Sei que a questão não são os fatos publicados mas como a pessoa que se sente ofendida os toma, mas quem sabe se a uma outra ação submetida inclusive ao mesmo juiz no mesmo fórum poderia ser julgada diferentemente da sua. Esse juiz ficaria numa enrascada, não ficaria? Será que o juiz bancaria tanto a enxurrada de ações que se seguiriam a essa quanto a pecha de intimidador da imprensa livre? Por outro lado, se o juiz não der ganho de causa a Cunha, isso abre caminho para que eventuais ações que venham a ser movidas pelo PT contra os insultuosos “jornalitas”, os pitbulls da PIG, também sejam julgadas contra o PT… se bem que esse partido, especificamente, tem optado pelo conhecido “despreza que some”… Não sei e francamente até temo fazer reflexões sem saber, como leigo total que sou, mas foram essas as ideias que me ocorreram quando li a tal da ação.

     

    Enfim, de “orelhada”, creio que Eduardo Cunha está mesmo é tentando “botar pressão”. Ou isso ou algum advogado o convenceu de que, por módica quantia, pode fazer os inimigos dele tremerem. É como maqueteiro de candidato vaidoso e rico, que cobra os tubos pela campanha (pelo menos está trabalhando), mas não garante eleição em contrato. Ou seja, sempre de “orelhada”, essa ação aí me parece tudo, menos algo tecnicamente bom… na verdade me parece puro bullshit, rs… Mas é preciso cuidado com essa turma do mal, aí.

     

    Desculpe o palpite e à disposição,

     

    Renato Lazzari

  85. Esse negócio do Cunha de

    Esse negócio do Cunha de processar por se sentir ofendido é balela já desmontada pela deputada Cidinha Campos.

    Em 2002, a deputada foi condenada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro por danos morais à pessoa de Eduardo Cunha, por chamar o parlamentar de ladrão. Em sua explicação, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de 14/8/2002, ela argumentou que o termo não era inovação dela porque Cunha já era conhecido dessa forma pelo empresariado de São Paulo.  

    Na esperança que a juíza que a condenou lesse o Diário Oficial, ela solicita à Assembleia que transcreva a reportagem do jornal Folha de São Paulo, de 28/6/1992, em que a empresária Maria Beatriz Silva afirma que o presidente da Telerj, Eduardo Cunha, cobrou comissão de 15% à estatal – o que equivaleria 452 mil dólares – da Industria Metalúrgica Fontamac.

    Cunha rebateu dizendo que Maria Beatriz foi devidamente processada e que que assim iria se conduzir contra qualquer palavra que atentasse contra sua moral. “Assim posso garantir o futuro dos meus filhos através dos recebimentos dessas indenizações”.

    “Bom. Já estão garantidos”, respondeu Cidinha. “Mas, de qualquer maneira, quero deixar claro aqui que é um procedimento rotineiro do Deputado também”.

    Esse é o presidente da Câmara dos Deputados.

  86. Ação Eduardo

    Caro Nassif,

     

    Não moro em São Paulo, mas meu escritório de advocacia aqui da Paraíba está a sua disposição para lhe defender. Pois, um carlhorda como esse Eduardo Cunha.

    E mais uma vez ele impõe aos trabalhadores um estrondosa derrota aos trabalhadores.

    Atenciosamente,

    Alberto Brito.

     

  87. congresso

    A constatação de que a bandidagem está tomando conta do congresso(eduardo cunha,  seus asceclas, inclusive os petistas),  e de todas as Instituições do país, inclusive o judiciário,  é que leva determinados seguimentos da sociedade, a sugerir,  numa atitude insana e de extremo  desespero, a tomada do poder pelos militares, como se estivessem optando pelo suicídio,  como solução para os males que assolam o país.  

  88. Eduardo Cunha

    Não esmoreça nunca. Você é um cara importante para ajustarmos a democracia aos interesses de todos.

    Esse tipo de cara como Eduardo Cunha, sempre existiu, com mais ou menos poder, aqui ou em qualquer país.

    Infelizmente, o voto popular, no caso do atual congresso e do próprio Eduardo Cunha, foi um “tiro no pé” da própria democracia reprsentativa.

  89. Domínios de Eduardo Cunha
    do reddit:   http://pastebin.com/iRcDUtnA            # whois -h registro.br 504.479.717-00      % Copyright (c) Nic.br%  The use of the data below is only permitted as described in%  full by the terms of use at http://registro.br/termo/en.html ,%  being prohibited its distribution, comercialization or%  reproduction, in particular, to use it for advertising or%  any similar purpose.%  2015-04-08 23:01:07 (BRT -03:00) owner:       EDUARDO COSENTINO DA CUNHAownerid:     504.479.717-00country:     BRowner-c:     EDCCU8created:     20110110changed:     20110110 nic-hdl-br:  EDCCU8person:      EDUARDO COSENTINO DA CUNHAe-mail:      alvaro@saginformatica.com.brcreated:     20110110changed:     20120711 domain:      1530depfededuardocunha.com.brdomain:      1530eduardocunhafederal.com.brdomain:      1530federaleduardocunha.com.brdomain:      abencaochegou.net.brdomain:      bencaolivre.net.brdomain:      bencaopura.net.brdomain:      bookjesus.com.brdomain:      bookjesus.net.brdomain:      buscacrente.com.brdomain:      buscacrente.net.brdomain:      chatfeemjesu.com.brdomain:      chatfeemjesus.com.brdomain:      chatfeemjesus.net.brdomain:      chatjesus.com.brdomain:      chatjesus.net.brdomain:      chegouasuabencao.net.brdomain:      compraabencoada.net.brdomain:      compracrente.net.brdomain:      compradecrente.com.brdomain:      compradecrente.net.brdomain:      comunidadejesus.com.brdomain:      comunidadejesus.net.brdomain:      crentecompra.com.brdomain:      crentecompra.net.brdomain:      crenteurbano.net.brdomain:      depeduardocunha.com.brdomain:      depeduardocunha.net.brdomain:      deputadoeduardocunha.com.brdomain:      deputadoeduardocunha.net.brdomain:      eduardocunha.net.brdomain:      eduardocunhaeleicao2014.com.brdomain:      eduardocunhaelei��o2014.com.br xn--eduardocunhaeleio2014-y1b5g.com.brdomain:      eduardocunhafederal.com.brdomain:      eduardocunhafederal.net.brdomain:      eduardocunhafederal1530.com.brdomain:      eduardocunhafederal1530.net.brdomain:      eleicao2014depeduardocunha.com.brdomain:      eleicao2014eduardocunha.com.brdomain:      elei��o2014eduardocunha.com.br xn--eleio2014eduardocunha-m1b5g.com.brdomain:      facebookjesus.com.brdomain:      facebookjesus.net.brdomain:      facejesus.com.brdomain:      facejesus.net.brdomain:      facejesusbook.com.brdomain:      facejesusbook.net.brdomain:      federal1530eduardocunha.com.brdomain:      federaleduardocunha1530.com.brdomain:      feeemjesusliveid.com.brdomain:      feemcristo.net.brdomain:      feemdeus.com.brdomain:      feemdeus.net.brdomain:      feemjesus.net.brdomain:      feemjesusbook.com.brdomain:      feemjesusbook.net.brdomain:      feemjesuschat.com.brdomain:      feemjesuschat.net.brdomain:      feemjesuscristo.com.brdomain:      feemjesuscristo.net.brdomain:      feemjesusemail.com.brdomain:      feemjesusemail.net.brdomain:      feemjesusid.com.brdomain:      feemjesusid.net.brdomain:      feemjesuslive.com.brdomain:      feemjesuslive.net.brdomain:      feemjesusliveid.com.brdomain:      feemjesusliveid.net.brdomain:      feemjesusmail.net.brdomain:      feemjesusmessenger.com.brdomain:      feemjesusmessenger.net.brdomain:      feemjesusmsn.com.brdomain:      feemjesusmsn.net.brdomain:      feemjesusshopping.com.brdomain:      feemjesusshopping.net.brdomain:      feemjesustube.com.brdomain:      feemjesustube.net.brdomain:      fenabencao.net.brdomain:      fenacompra.net.brdomain:      fenodesconto.net.brdomain:      fmjesus.com.brdomain:      fmmelodia.net.brdomain:      globojesus.net.brdomain:      gmailjesus.com.brdomain:      gmailjesus.net.brdomain:      googlejesus.com.brdomain:      googlejesus.net.brdomain:      idfeemjesus.com.brdomain:      idfeemjesus.net.brdomain:      igjemail.com.brdomain:      igjemail.net.brdomain:      igjesus.com.brdomain:      igjesus.net.brdomain:      igjesusmail.com.brdomain:      igjesusmail.net.brdomain:      igmailjesus.com.brdomain:      igmailjesus.net.brdomain:      jbbm.com.brdomain:      jbbm.net.brdomain:      jbm.net.brdomain:      jegmail.com.brdomain:      jegmail.net.brdomain:      jeig.com.brdomain:      jeig.net.brdomain:      jeigmail.com.brdomain:      jeigmail.net.brdomain:      jemail.com.brdomain:      jemail.net.brdomain:      jesusberry.com.brdomain:      jesusberry.net.brdomain:      jesusblackberry.com.brdomain:      jesusblackberry.net.brdomain:      jesusbook.com.brdomain:      jesusbook.net.brdomain:      jesuschat.com.brdomain:      jesuschat.net.brdomain:      jesuschrist.com.brdomain:      jesuscompras.com.brdomain:      jesuscompras.net.brdomain:      jesusemail.com.brdomain:      jesusemail.net.brdomain:      jesusface.net.brdomain:      jesusfacebook.com.brdomain:      jesusfacebook.net.brdomain:      jesusfaith.com.brdomain:      jesusglobo.com.brdomain:      jesusglobo.net.brdomain:      jesusgmail.com.brdomain:      jesusgmail.net.brdomain:      jesusgoogle.com.brdomain:      jesusgoogle.net.brdomain:      jesusig.com.brdomain:      jesusig.net.brdomain:      jesusigmail.com.brdomain:      jesusigmail.net.brdomain:      jesuslive.com.brdomain:      jesuslive.net.brdomain:      jesusliveid.com.brdomain:      jesusliveid.net.brdomain:      jesusmail.com.brdomain:      jesusmail.net.brdomain:      jesusmailig.com.brdomain:      jesusmailig.net.brdomain:      jesusmessenger.com.brdomain:      jesusmessenger.net.brdomain:      jesusmidia.net.brdomain:      jesusmsn.com.brdomain:      jesusmsn.net.brdomain:      jesusradio.com.brdomain:      jesusshopping.com.brdomain:      jesusshopping.net.brdomain:      jesusterra.com.brdomain:      jesustube.net.brdomain:      jesusuol.com.brdomain:      jesusuol.net.brdomain:      jesusweb.net.brdomain:      jesusyahoo.com.brdomain:      jesusyahoo.net.brdomain:      jesusyoutube.com.brdomain:      jesusyoutube.net.brdomain:      jmail.net.brdomain:      jsn.net.brdomain:      livefeemjesus.com.brdomain:      livefeemjesus.net.brdomain:      liveidfeemjesus.com.brdomain:      liveidfeemjesus.net.brdomain:      liveidjesus.com.brdomain:      liveidjesus.net.brdomain:      livejesus.com.brdomain:      livejesus.net.brdomain:      livejesusid.com.brdomain:      livejesusid.net.brdomain:      louve.net.brdomain:      louvejesus.com.brdomain:      louvejesus.net.brdomain:      maiorsom.com.brdomain:      maiorsom.net.brdomain:      maisjesus.net.brdomain:      melodiafm.net.brdomain:      messengerfeemjesus.com.brdomain:      messengerfeemjesus.net.brdomain:      messengerjesus.com.brdomain:      messengerjesus.net.brdomain:      midiadejesus.net.brdomain:      minhabencao.net.brdomain:      msnfeemjesus.com.brdomain:      msnfeemjesus.net.brdomain:      msnjesus.com.brdomain:      msnjesus.net.brdomain:      muitabencao.net.brdomain:      nossopovomerecerespeito.com.brdomain:      nossopovomerecerespeito.net.brdomain:      oabencoado.net.brdomain:      onossopovomerecerespeito.com.brdomain:      onossopovomerecerespeito.net.brdomain:      opovomerecerespeito.com.brdomain:      opovomerecerespeito.net.brdomain:      parabencoado.com.brdomain:      paraben�oado.com.br xn--parabenoado-s9a.com.brdomain:      paraben�oado.net.br xn--parabenoado-s9a.net.brdomain:      portalcomfe.com.brdomain:      portalcomfe.net.brdomain:      portaldafe.net.brdomain:      portaldefe.com.brdomain:      portaldefe.net.brdomain:      portaldepeduardocunha.com.brdomain:      portaldepeduardocunha.net.brdomain:      portaldeputadoeduardocunha.com.brdomain:      portaldeputadoeduardocunha.net.brdomain:      portaleduardocunha.com.brdomain:      portaleduardocunha.net.brdomain:      portaleduardocunha1530.com.brdomain:      portaleduardocunha1530.net.brdomain:      portalfacebookjesus.com.brdomain:      portalfacebookjesus.net.brdomain:      portalfacejesus.com.brdomain:      portalfacejesus.net.brdomain:      portalfacejesusbook.net.brdomain:      portalfe.net.brdomain:      portalfeemcristo.com.brdomain:      portalfeemcristo.net.brdomain:      portalfeemdeus.com.brdomain:      portalfeemdeus.net.brdomain:      portalfeemjesus.net.brdomain:      portalfeemjesuscristo.com.brdomain:      portalfeemjesuscristo.net.brdomain:      portaligjesus.net.brdomain:      portaljesus.com.brdomain:      portaljesus.net.brdomain:      portaljesusbook.com.brdomain:      portaljesusbook.net.brdomain:      portaljesuscristo.com.brdomain:      portaljesuscristo.net.brdomain:      portaljesusfacebook.com.brdomain:      portaljesusfacebook.net.brdomain:      portaljesusmail.com.brdomain:      portaljesusmail.net.brdomain:      portalnafe.com.brdomain:      portalnafe.net.brdomain:      portaltenhafe.com.brdomain:      portaltenhafe.net.brdomain:      povomerecerespeito.com.brdomain:      povomerecerespeito.net.brdomain:      purabencao.net.brdomain:      querobencao.net.brdomain:      radiofe.net.brdomain:      radiofeemcristo.com.brdomain:      radiofeemcristo.net.brdomain:      radiofeemdeus.com.brdomain:      radiofeemdeus.net.brdomain:      radiofeemjesus.net.brdomain:      radiofeemjesuscristo.com.brdomain:      radiofeemjesuscristo.net.brdomain:      radiojesus.net.brdomain:      radiojesuscristo.net.brdomain:      radiolouve.com.brdomain:      radiolouve.net.brdomain:      radiolouvejesus.com.brdomain:      radiolouvejesus.net.brdomain:      radiomelodiafm.net.brdomain:      radioportaldafe.com.brdomain:      radioportaldafe.net.brdomain:      radioportalfe.com.brdomain:      radioportalfe.net.brdomain:      radioportaljesus.com.brdomain:      radioportaljesus.net.brdomain:      radioportaljesuscristo.com.brdomain:      radioportaljesuscristo.net.brdomain:      segurasuabencao.net.brdomain:      shoppingjesus.com.brdomain:      shoppingjesus.net.brdomain:      sitedabencao.net.brdomain:      sobencao.net.brdomain:      somentebencao.net.brdomain:      terrajesus.com.brdomain:      terrajesus.net.brdomain:      tvfeemjesus.net.brdomain:      uoljesus.net.brdomain:      webjesus.com.brdomain:      webjesus.net.brdomain:      windowslivejesus.com.brdomain:      windowslivejesus.net.brdomain:      windowslivejesusmessenger.com.brdomain:      windowslivejesusmessenger.net.brdomain:      windowslivemessengerjesus.com.brdomain:      windowslivemessengerjesus.net.brdomain:      yahoojesus.com.brdomain:      yahoojesus.net.brdomain:      youtubejesus.com.brdomain:      youtubejesus.net.br % Security and mail abuse issues should also be addressed to% cert.br, http://www.cert.br/, respectivelly to cert@cert.br% and mail-abuse@cert.br%% whois.registro.br accepts only direct match queries. Types% of queries are: domain (.br), registrant (tax ID), ticket,% provider, contact handle (ID), CIDR block, IP and ASN.clone this paste RAW Paste Data  Pastebin.com Tools & ApplicationsiPhone/iPad  Windows  Firefox  Chrome  WebOS  Android  Mac  Opera  Click.to  UNIX  WinPhonecreate new paste  |  api  |  trends  |  syntax languages  |  faq  |  tools  |  privacy  |  cookies  |  contact  |  dmca  |  advertise on pastebin  |  go pro Follow us: pastebin on facebook  |  pastebin on twitter  |  pastebin in the news Dedicated Server Hosting by SteadfastPastebin v3.11 rendered in: 0.010 seconds   

  90. não se cale, vc tem milhares de pessoas de seu lado

    amigo, estamos numa luta, e não desista, todos podemos ser processados, mas jamais nos calaremos. Gostariamos de saber daqui em diante, todos os passos que esse cara esta tendo contra sua pessoa. Estamos com você e caso ele tente algo contra você, vamos ate brasilia acampar nos gramados com uma vasta imensidao de pessoas te proteger…

  91. #CALABOUÇO PARA EDUARDO CUNHA.

    ESTE PSICOPATA JÁ ULTRAPASSOU TODOS OS LIMITES DO ACEITÁVEL DESDE QUE NASCEU. CRIMINOSO  NÃO PODE TER O ESPAÇO QUE TEM PARA DESACATAR AS AUTORIDADES E O POVO. O LUGAR DESTE VAGABUNDO É NA CADEIA. TENHAM VERGONHA NA CARA!!!!!!!!!!!!!!!!!

  92. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome