Não é pessimismo, é crítica construtiva, por Laerte

Da Folha

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Leitoras, leitores e assinantes protestam contra a parcialidade do programa sabatina Folha/UOL

23 comentários

    • Um é pouco

      “Grande Laerte” só com um ponto de exclamação é pouco.

      Com sua permissão, aí vão mais alguns.

      !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      O Laerte merece. 

  1. Não se pode cobrar recato, no

    Não se pode cobrar recato, no lupanar que abriga o jornalismo mercantilista nacional.

    Mas se deve expor as fontes que geraram erros grosseiros de avaliação, na tão “zelosa e diligente” imprensa internacional; em especial a britânica e a germânica.

    • Esses devem estar

      Esses devem estar preparadíssimos, de olho na “Butique dela”, principalmente os experientes e sabichões investidores desses países mencionado por vc e os Yankees, of course.

  2. essa fixação do PT com a

    essa fixação do PT com a mídia Freud explica!! quem não lembra em 94 o pessimismo do PT com o Plano Real, toda a mídia petista dizendo que não ia dar certo, e no fim foi o que salvou o presidente lula!!!

  3. Os “eleitores” da Folha

    Os “eleitores” da Folha interpretarão a charge assim:  “fizemos apenas crítica construtiva e o sucesso do mundial se deve à nós. Se não fossem as críticas, passaríamos vexame mundial”.

  4. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome