Esquivel, Nobel da Paz, pede libertação de lideranças sem-teto do MSTC

Ednalva Pereira, Angélica Lima, Sidney e Preta Ferreira estão presos desde junho relacionados à tragédia do Edifício Wilton Paes de Almeida

Escritor e Nobel da Paz Pérez Esquivel. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, gravou um vídeo pedindo a libertação das lideranças de movimentos por moradia de São Paulo Ednalva Silva Franco Pereira e Angélica dos Santos Lima (do Movimento de Moradia para Todos), e Sidney Ferreira Silva e Janice Ferreira Silva (a Preta Ferreira), do Movimento dos Sem Teto do Centro (MSTC).

Eles tiveram prisão preventiva decretada no dia 24 de junho em um inquérito que corre em segredo de Justiça, originado da queda do edifício Wilton Paes de Almeida, ocupado por sem-tetos, após um incêndio, deixando nove mortos.

A defesa das lideranças aponta que não há provas de irregularidades na atuação deles e, ainda, que os movimentos dos quais participam não atuavam no edifício Wilson Paes de Almeida.

“[Essas lideranças] são vítimas da perseguição contra os movimentos sociais. Foram presas sem provas e estão violando seus direitos de aguardar o transcurso do processo em liberdade”, pontua Esquível.

“Por isso, reclamamos aqui às autoridades e à Justiça que libertem essas pessoas que têm direito a reclamar por moradia, pois é um direito constitucional”.

Assista a manifestação de apoio do Prêmio Nobel da Paz na íntegra.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Guedes pode dar até R$ 7 bi em emendas para parlamentares

1 comentário

  1. DEMOCRACIA:Você tem a Liberdade de fazer o que for possível para Diminuir a Injustiça Social, até bater em uma Conta-corrente, daí prá frente,o Dinheiro Fala Mais Alto….

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome