TV GGN: As expectativas para este 1º de Maio de 2020, segundo os dirigentes sindicais

Neste 2020, um Primeiro de Maio diferente, sem os tradicionais atos públicos nas ruas do Brasil. Reveja a entrevista com os dirigentes sindicais à TV GGN

Jornal GGN – Um Primeiro de Maio diferente, sem os tradicionais atos e manifestações públicas nas ruas do Brasil, está ocorrendo neste 2020. Mas para os dirigentes sindicais, as lutas e reivindicações permanecem fortes para garantir os direitos dos trabalhadores.

Reveja a transmissão ao vivo da entrevista à TV GGN feita com o presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, com o presidente nacional da CSB, Antônio Neto, e Miguel Torres, presidente da Força Sindical, contando como foram organizadas as atividades e as expectativas para o dia de hoje.

E confira, ao vivo, as mobilizações organizadas pelos sindicatos:

Ao vivo: Lula, FHC, Ciro, Flávio Dino e artistas em ato do 1º de Maio

1º de Maio: sindicatos exigem quarentena geral e Fora Bolsonaro em ato virtual

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Conflito de terras: trabalhador rural é assassinado em acampamento de São Pedro d'Aldeia

1 comentário

  1. Hoje é o dia do trabalhador, mas…
    Não esqueçamos dos servidores públicos neoliberais, do piolho de burguês, do defensor de golpes, do “empreendedor”, do que acredita em meritocracia, do que não se considera um “simples trabalhador”, do que tem preconceito contra trabalhos braçais, do defensor de reformas contra trabalhador, do defensor do mercado acima de todos, do trabalhador que pensa estar do lado do capital financeiro… E tantos outros que ajudam a manter o mundo como conhecemos.
    Hoje é um dia maior do que eles merecem.
    Ainda não inventaram o dia do “colaborador” para eles.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome