A carreira da atriz, cantora e cineasta Vanja Orico

Por jns

VANJA ORICO

Atriz, cantora e cineasta, nascida  no Rio de Janeiro.

Estudou música na Itália e participou do filme “Luci del Varietà” (Mulheres e Luzes) de Frederico Fellini, 1950.

Apareceu no cenário artístico, em 1953, cantando Mulher Rendeira, tema do filme “O Cangaceiro”, de Lima Barreto.

 

Curiosidades

. Filha do diplomata e escritor Oswaldo Orico, ainda cedo vai estudar em Roma, num colégio de freiras. 
. Vive em vários países da Europa e começa carreira como cantora de músicas folclóricas brasileiras. 
. Em Roma, é convidada para fazer “Luci del Varietà” em que aparece cantando “Meu Limão Meu Limoeiro”. 
. De volta ao Brasil, ganha projeção nacional e internacional ao participar do filme “O Cangaceiro”, em 1953, pela Vera Cruz. 
. Sua carreira fica marcada pelo gênero, ao participar de diversos outros filmes do Ciclo do Cangaço como “Lampião, O Rei do Cangaço” (63) e “Jesuíno Brilhante, o Cangaceiro”, (73).

  

. Em 1973 escreve e dirige seu único longa-metragem, um drama sobre o menor abandonado,

“O Segredo da Rosa”.
. Em 1995 é jurada no Festival de Gramado

. Em 1996 lança CD com o Quinteto Violado.

O FILME DE FELLINI
 

Título Original: Luci del Varietà

País: Itália

Ano: 1950  

Direção: FELLINI, Federico – LATTUADA, Alberto

Elenco: 

Peppino De Filippo – Carla Del Poggio – Giulietta Masina – John Kitzmiller – Dante Maggio – Checco Durante – Gina Mascetti – Giulio Calì – Silvio Bagolini – GiacomoFuria – Mario De Angelis – VanjaOrico – Enrico Piergentili – Renato Malavasi – Joseph Falletta

Sinopse: 

Uma companhia de espetáculos viaja para Roma e, no trem, o diretor é abordado por uma bela jovem que deseja ser dançarina. Na primeira noite, ela acaba entrando no show e faz muito sucesso entre os espectadores. O diretor então se apaixona por ela, e ambos largam a companhia para formar uma outra independente; mas, enquanto o diretor pensa em formar uma trupe apenas de artistas de rua, sua principal estrela se ocupa sonhando com o glamour do show business.

FILMOGRAFIA – Atriz

1994 – Terceira Margem do Rio
1987 – Ele, o Boto 
1979 – O Caçador de Esmeraldas
1974 – O Leão do Norte 
1974 – O Segredo da Rosa
1973 – Jesuíno Brilhante, o Cangaceiro
1972 – Independência ou Morte 
1972 – Em Ritmo Jovem 
1967 – Cangaceiros de Lampião 
1966 – O Santo Milagroso
1965 – Arrastão 
1963 – Lampião, O Rei do Cangaço 
1962 – Os Mendigos
1959 – Yális, A Flor Selvagem
1957 – Paris Music Hall 
1957 – Rosa-dos-Ventos
1956 – S.O.S. Noronha 
1956 – Club de femmes 
1955 – Ana
1955 – Paixão nas Selvas 
1954 – Conchita und der Ingenieur 
1953 – O Cangaceiro 
1950 – Mulheres e Luzes Filmografia – Diretor

1974 – O Segredo da Rosa 

Informações do Blog Meu Cinema Brasileiro

(…)

Vanja Orico no Filme de Fellini

LA CANZONE DI WILMA

varieta'    - La canzone di Wilma dal film                 

“Meu Limão, Meu Limoeiro”

https://www.youtube.com/watch?v=CoKUmGP9FCw

CHAQUITO, de Geraldo Vandré

Em 1994, durante uma apresentação no Rio de Janeiro, o Quinteto Violado conheceu, por intermédio de Geraldo Vandré, a atriz e cantora Vanja Orico.

Deste encontro, surgiu a idéia de gravar um disco no qual Vanja fosse acompanhada pelo Quinteto. O CD, produzido por Pedro de Souza, foi lançado pelo selo independente MATO.

Luis Nassif

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Morre a musa do cangaço

    Nassif,

    Hoje, 28/01/2015, morreu no Rio, aos 85 anos, a cantora, atriz e cineasta Vanja Orico, por complicações causadas por um câncer no intestino. Vanja era portadora de Alzheimer há alguns anos. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador