A faca não corta a mão do amolador!

Eduardo das Neves interpreta O AMOLADOR. Resgate de Luciano Hortencio.

Resgate de Luciano Hortencio

Eduardo das Neves interpreta O AMOLADOR

 

Namoro, sou namorado, para isso eu tenho tempo

Namoro, sou namorado, para isso eu tenho tempo

Eu nunca tive namoro, que não tirasse proveito

Eu nunca tive namoro, que não tirasse proveito

Ai, não corta, mamãe não corta, não corta o amolador

Não desates, também eu peço, o laço do nosso amor

Não desates, também eu peço, o laço do nosso amor

 

A cabocla me deixou, por eu não andar janota

A cabocla me deixou, por eu não andar janota

Não me importa que me deixe, caído pela chinoca

Não me importa que me deixe, caído pela chinoca

A faca também não corta, mão do amolador

A faca também não corta, mão do amolador

Não desates, também eu peço, o laço do nosso amor

Não desates, também eu peço, o laço do nosso amor

 

Tenho um baú de quatro palmos, que de cheio já não vejo

Tenho um baú de quatro palmos, que de cheio já não vejo

Todo cheio de presentes, que me faz cair o queixo

Todo cheio de presentes, que me faz cair o queixo

A faca também não corta, a mão do amolador

Não desates, mamãe eu peço, o laço do nosso amor

Não desates, mamãe eu peço, o laço do nosso amor

 

Na parede da oficina, tem retrato da morena

Tão longe de mim está, que me causa a maior pena

Tão longe de mim está, que me causa a maior pena

Leia também:  Ricardo Tacuchian, um erudito, por Aquiles Rique Reis

A faca também não corta, a mão do amolador

A faca também não corta, a mão do amolador

Não desates, mamãe eu peço, o laço do nosso amor

Eduardo das Neves – O AMOLADOR.

Disco Odeon R 108.078.

Ano de 1908.

Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

luciano hortencio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora