Leminski: de som a som

Enviado por jns

DE SOM A SOM

ENSINO o silêncio

a ser sibilino

 

 

DE SINO EM SINO

o silêncio ao som

ensino

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Quando a viola traduz o violeiro, por Aquiles Rique Reis

9 comentários

  1. Na labuta

     

    O abençoado do vídeo é o Velho Lobo do Mar

    Ajeitando o PCeará turbinado, para suprir o seu velho baú, carcomido pela maresia, mas recheado de pérolas da MPB.

    João Donato por BRUNI Sablan

    Meus comprimentos ao meu alvo predileto

    O Inexcedível Dom Luc

      • Prá você

        Os meus cumprimentos!

         

        “Eu saí na sexta-feira / Com idéia de voltar / Mas fui dançar naquele brega / Nunca mais saí de lá” – A. Carlos & Jocafi

        “Como é perversa a juventude do meu coração / Que só entende o que é cruel, o que é paixão” – Belchior

        A pintura é do Ivonaldo Veloso de Melo

        • FACE-KINI

           

          Das praias chinesas prá virar moda global

          Maria Luisa transforme-se na mulher-aranha fashion e fique chique no úrtimo

          O “face-kini” foi ostentado pela primeira vez por mulheres de meia-idade como um complemento prático para seus trajes de banho, mas agora o face-kini tornou-se global.

          ACR Fashion Book, estilosa revista de New York fundada pela ex-editora da Vogue Paris Carine Roitfeld, publicou recentemente uma sessão de fotos de modelos vestindo face-Kinis, maiôs chiques e joias de fantasia.

          A transformação do que é considerado o epítome do “velho estilo da mulher” na alta moda da China tem divertido os Internautas.

          Em dois dias, o assunto gerou quase 12 milhões de mensagens sobre o equivalente chinês do Twitter, o Weibo.

          “Coroas chinesas estão no centro do mundo global da moda”, disse um comentário. “Parece que assaltantes de bancos estão invadindo a praia”, brincou outro.

          Quando se trata de evitar o sol, parece criatividade chinesa é ilimitada.

          Além do face-kini, os chineses usam chapéus de sol especiais que podem ser presos a cabos de bicicleta, para o bloqueio dos raios UV.

          Há também mangas removíveis que protegem contra o sol e capas estilo Batman. 

          A lista continua

          Na televisão chinesa, comerciais para mágicos cremes de clareamento não faltam. A pele super branca é visto como bonito, ou como diz o velho ditado chinês: “Brancas com um toque de disfarces apagam 100 tipos de feiura”

          Um usuário do Weibo explicou que ser branquela é um sinal de prosperidade.

          “Desde os tempos antigos, a beleza clássica da mulher, aos olhos dos chineses, tem a pele branca”, disse ele. “As meninas criadas em famílias ricas podiam se dar ao luxo de ficar em casa e ir ao trabalho duro e as suas peles brancas e rosadas era um sinal de fortuna.”

          É um contraste curioso o fato de que as pessoas em muitos países ocidentais pagam para o bronzeamento.

          O bronzeamento artificial só agora está, por outro lado, começando a decolar nas grandes cidades chinesas, onde as influências ocidentais são mais penetrantes.

          Liu Yupu, ou ” China tanning boss”, no Weibo, tomou a súbita popularidade de face-Kinis com uma pitada de ironia.

          Ele disse: “Hoje em dia, se você tivesse ido a um salão de bronzeamento na China, seus pais e amigos íntimos poderíam chamá-la de idiota, mas você também vai começar a receber uma abundância de elogios.”

          Mas uma mulher bem bronzeada pode transformar tantas cabeças como o rosto protegido pelo face-kini na praia de Qingdao?

          CR Fashion Book Fotos

          MEOW MEOW MEOW!

          BBC

          • So chapéu

            Parece que JNS aderiu totalmente à moda do face-kini. De minha parte prefiro algo mais natural. Praia ou piscina pede um maiô de banho bonito, porém discreto e um bom chapéu de palha ! Adoro um Panama.

  2. Christy Moore

     

    O Lamento do Trovador Irlandês por Chico Mendes e os Desabrigados de São Paulo

    ‘Sábia e santa mulher cantou nas ruas de São Paulo 
    para as crianças sem-teto que nunca aprenderam a sorrir 
    Ela cantou no santuário que construíram para Chico Mendes
    Onde os agricultores atiraram o seu corpo ao solo
    Ele cantou a ganância que exibimos diante dos nossos altares’

    [video:http://youtu.be/0PJ-Bclxy7I width:600 height:450]

     

  3. percepção

     

    “tomando uma postura quase que ‘kamikaze’, fechamos os olhos pra tudo de ruim; pulamos a linha entre o ‘passível de fazer sentido’ e a ‘verdade inventada’; e paramos nesta última, ou melhor, paramos nada, tentamos levar todo mundo junto, e não tem jeito…”

     

     

    “… nada existe no estado puro ou egocêntrico, nem na atividade absoluta, nem na passividade absoluta, mas sim na transformação contínua de todos nós e, além disso, qualquer ideia pode ser vista como seu oposto quando visualizada a partir de outro ponto de vista”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome