“Mesmo que eu mande em garrafas mensagens por todo o mar…”

https://www.youtube.com/watch?v=3h-w-IqmACw]

 

https://www.youtube.com/watch?v=J6uCnFuBQ10]

 

https://www.youtube.com/watch?v=In9ObckBGEI]

 

[video:https://www.youtube.com/watch?v=MrcmX7D6Dtg

 

[video:https://www.youtube.com/watch?v=eUd4RbsB-XA

 

[video:https://www.youtube.com/watch?v=Tk_CghlLAr4

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Barroso, simplesmente Ary, o CD de Alice Passos

8 comentários

  1. por todo o mar

                       Heroísmos

                      

                       Eu temo muito o mar, o mar enorme, 
                       Solene, enraivecido, turbulento, 
                       Erguido em vagalhões, rugindo ao vento; 
                       O mar sublime, o mar que nunca dorme. 

                      

                       Eu temo o largo mar, rebelde, informe, 
                       De vítimas famélico, sedento, 
                       E creio ouvir em cada seu lamento 
                       Os ruídos dum túmulo disforme. 

                      

                       Contudo, num barquinho transparente, 
                       No seu dorso feroz vou blasonar, 
                       Tufada a vela e n’água quase assente, 

                      

                        E ouvindo muito ao perto o seu bramar, 
                        Eu rindo, sem cuidados, simplesmente, 
                        Escarro, com desdém, no grande mar! 

                       Poema do super craque português Cesário Verde (1855 – 1886)

                       Imagens marinhas do super craque russo Vasnetsov Viktor Mikhailovich (1848 -1926)

    • Heroísmos no mar… e em terra firme

      A toda hora um heroísmo ao respirar, ao caminhar, ao trabalhar, ao enfrentar o outro como ele se apresenta a nós  ..

      E às vezes até nos surpreender com o fato de que ainda heroísmos há (ou haja).

  2. Frutificando

    Odonir, 

    Esta é linda e talentosa Julia. Filha do João.

    Ela trabalhou em minha equipe num projeto que coordenei e era muito talentosa na gestão.  Mas felizmente parou de “brigar” com a vocação e foi em busca do sonho, abraçando sem medo a música.

    Isto tem uns 05 anos e os frutos estão se mostrando doces e promissores para ela.

    Oxalá faça um caminho próprio reconhecido como o do pai.

    Ainda lembrando Chet, olha que bonito.

     

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=-0yE_nAGqAk%5D

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome