Trivial de Cab Calloway

Veja o cantor ao lado dos irmãos Nicholas em Jumpin' Jive, do filme Stormy Weather (1943), considerado o maior número de dança já filmado

Cab Calloway em 1947. Foto: William P. Gottlieb via Wikipedia

Com ajuda do Bard:

A performance de “Jumpin’ Jive” no filme “Stormy Weather” (1943) é considerada por muitos como o maior número de dança já filmado. A apresentação, que dura cerca de 10 minutos, é uma combinação perfeita de música, dança e acrobacias.

O número começa com Cab Calloway e sua banda tocando a música, que é um ritmo acelerado e contagiante. Os irmãos Nicholas, Fayard e Harold, entram em cena e começam a dançar. Eles executam uma série de movimentos complexos e acrobáticos, incluindo saltos, piruetas e movimentos sincronizados.

A performance é cheia de energia e entusiasmo. Os irmãos Nicholas são extremamente talentosos e parecem estar se divertindo muito. A música e a dança se combinam perfeitamente, criando uma experiência visual e auditiva inesquecível.

Veja aqui alguns dos motivos pelos quais a performance de “Jumpin’ Jive” é considerada tão lendária na história da dança:

  • A combinação perfeita de música, dança e acrobacias: A música de Cab Calloway é um ritmo acelerado e contagiante, que combina perfeitamente com os movimentos acrobáticos dos irmãos Nicholas. A performance é cheia de energia e entusiasmo, e é impossível não se deixar contagiar.
  • O talento e a inovação dos irmãos Nicholas: Fayard e Harold Nicholas eram dois dos dançarinos mais talentosos de sua geração. Eles eram especialistas em tap dance, e suas performances eram cheias de inovação e criatividade. A performance de “Jumpin’ Jive” é um exemplo perfeito do talento e da inovação dos irmãos Nicholas.
  • O impacto cultural: A performance de “Jumpin’ Jive” foi um marco na história da dança. Ela ajudou a popularizar o tap dance e o swing, e inspirou gerações de dançarinos. O número também é importante por suas implicações culturais. Ele foi um exemplo do talento e da criatividade dos artistas negros, que estavam trabalhando para quebrar as barreiras raciais na indústria do entretenimento.

A performance de “Jumpin’ Jive” é um clássico do cinema musical e uma obra-prima da dança, sendo a representação perfeita da energia, do talento e da inovação do jazz e da cultura negra.

Luis Nassif

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador