Pedidos de recuperação judicial disparam no primeiro trimestre

 

Pedidos dispararam 216%, , e solicitações deferidas avançaram 181,5%

Jornal GGN – Os pedidos de recuperação judicial dispararam durante o primeiro bimestre do ano, em relação ao visto no mesmo período do ano passado, segundo dados elaborados pela consultoria Boa Vista SCPC. Os pedidos de falência também subiram no período.

Ao longo do período, os pedidos de falência subiram 36% nos primeiros dois meses ante o período equivalente do ano anterior. Em fevereiro, o número de pedidos de falências aumentou 30,5% na comparação mensal e 76,3% em comparação a fevereiro de 2015.

No acumulado do bimestre, as falências decretadas permaneceram estáveis em relação ao período anterior. Na comparação interanual recuaram 9,1% e subiram 30,4% ante o mês anterior.  Os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas, no acumulado do bimestre, dispararam 216% e 181,5%, respectivamente.

“Os fatores que prejudicaram o desempenho das empresas ao longo de 2015, como a fraca atividade econômica, os elevados custos e a restrição ao crédito, ainda deverão ser observados em 2016. A pouca possibilidade de reversão da atual dinâmica econômica influencia os indicadores de solvência das empresas, conservando a tendência de alta para 2016”, diz a consultoria, em nota.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora