‘As eleições dos EUA são para os americanos’, diz Eliot Engel

Presidente da Comissão da Câmara norte-americana critica embaixador após manifestação de apoio a Eduardo Bolsonaro

Eliot Engel, presidente do comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos. Foto: Reprodução/Wikipedia

Jornal GGN – Cresceu entre os congressistas democratas nos Estados Unidos o incômodo com a torcida da família Bolsonaro pela reeleição do republicano Donald Trump, ao ponto de o presidente do comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados norte-americana, Eliot Engel, se pronunciar após o apoio do embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, ao manifesto do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

“Ninguém está contestando o direito de Eduardo Bolsonaro falar livremente, mas as eleições dos EUA são para os americanos decidirem. Depois de tudo o que aconteceu na eleição de 2016, o nosso embaixador não deveria saber disso?”, disse Engel ao jornal O Estado de São Paulo.

Na última terça-feira, Chapman se colocou como um defensor da liberdade de expressão após ser questionado sobre um vídeo de apoio a Trump postado pelo filho do presidente Jair Bolsonaro. Embora o posicionamento do embaixador tenha sido celebrado por Eduardo Bolsonaro, ele foi interpretado como um apoio à família Bolsonaro por parte dos democratas americanos.

A família Bolsonaro mostrou seu apoio a Trump em várias oportunidades, e o presidente Jair Bolsonaro já deixou clara a sua torcida pela reeleição do republicano – o que contraria a tradição diplomática dos países não se envolverem em disputas domésticas, como forma de manter os canais de comunicação abertos com qualquer lado que saia vencedor.

 

 

Leia Também
Em retaliação a Trump, China fecha consulado dos EUA em Chengdu
Em resposta, China considera fechar consulado dos EUA em Wuhan
EUA exigem fechamento de Consulado-Geral chinês em Houston em 72 horas
Twitter adverte para Fake News de Trump, que ameaça com fechar rede social

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fora de Pauta

3 comentários

  1. As eleições em qualquer país do mundo diz respeito a eles também e esse apoio não se restringe a pronunciamentos públicos.

    Aliás, o que menos tem é pronunciamento público, porém o que tem de ação efetiva, concreta, não tá no enredo e chega ao ponto de derrubarem quem se elegeu democraticamente se este não for do seu agrado, da sua curriola.

    Agora nas eleições deles ninguém se mete?

    O direito ao voto em eleição americana deveria ser estendida a todos os povos do mundo, dado as suas interferencias nesses países.

    Eu quero votar para presidente, dos EUA.

    • Complementando, a interferencia dos EUA no mundo é tanta que nas próximas eleições presidenciais deles deveríamos reunir anti candidaturas de várias partes do mudo par disputar as eleições dele como uma forma de denúncia, apresentando um programa fundado na autodeterminação dos povos..
      Acho que nesta não dá, mas poderíamos organizar urnas virtuais em todo o mundo e participar dessas eleições como forma de protesto e denúnia.

      Fica a sigestão.

  2. O apoio cruzado, bozoxtrampo, está levando ambos os paises ao fundo do poço, tanto o financeiro quanto o sanitário.
    Eles, eua, nos sacanearam. Mais do que apoiaram, instruiram, fraudes juridicas, politicas e eleitorais, que nos levaram a este desgoverno resultanto no esfacelamento de nossos ativos, na pulverização de nossos recursos minerais, na extinção de direitos sociais e trabalhistas, desembocando na precarização da saúde e da educação com reflexos imediatos nas populações mais carentes e nas minorias étnicas..
    Agora, tomara que eles, eua, se f****, ou elegendo alguem fraco como Biden ou reelegendo o insano trump. E se bobagens balbuciadas ou rabiscadas pelos membros e apoiadores do desgoverno que eles colocaram aqui contribuir para isso, será melhor ainda.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome